Sampaio bate o Uninassau no playoff da LBF

0comentário

O Sampaio Basquete deu um grande passo para voltar a disputar as finais da LBF CAIXA após duas temporadas. Fora de casa, a equipe maranhense bateu a Uninassau por 83 a 73, no ginásio Wilson Campos, no Recife (PE), e pode carimbar a vaga já no domingo, em São Luís (MA).

A Bolívia contou com as atuações imponentes das estrangeiras Ziomara Morrison, com 23 pontos e 10 rebotes, e Briahanna Jackson, com 17 pontos, 4 assistências e 4 bolas de três convertidas. Ambas fecharam o jogo acima dos 70% nos arremessos.

Além das ‘gringas’, Tati Pacheco (14 pontos), Leila (13) e Karina Jacob (10) também deram boa parcela na vitória.

“Estou muito feliz pela minha atuação, mas principalmente com o grande trabalho que fizemos como equipe. Soubemos aproveitar as vantagens melhor do que em outros jogos. Mas ainda temos que melhorar nossa defesa para domingo”, disse Ziomara.

O jogo começou com um grande nome: Ziomara dominou a pontuação do Sampaio, anotando 13 dos 19 marcados pelo Sampaio no primeiro período. No segundo, a chilena zerou, mas Tati Pacheco se encarregou de ajudar a manter a liderança do Sampaio, que fez 18 a 13 no período e foi ao intervalo com 9 de vantagem.

A Uninassau tratou de reagir no segundo tempo, e com uma parcial 9-0, voltou a encostar no placar, obrigando o técnico Virgil Lopez a parar o jogo. A pausa fez o Sampaio reencontrar seu ritmo, e apesar de perder o quarto por 20 a 16, manteve a liderança no placar.

Na última etapa, as equipes relaxaram na defesa e anotaram grandes aproveitamentos ofensivos. Se a Uninassau converteu 59,5% das suas tentativas, o Sampaio foi ainda mais eficiente, registrando incríveis 88,2% no quarto decisivo. Quatro jogadoras do Sampaio foram perfeitas nos seus arremessos e a equipe fez 30×25 na última parcial, apesar do esforço de Tassia para fazer a Uninassau encostar novamente. A ala demorou a encontrar seu ritmo no jogo e fez 13 dos seus 19 pontos no quarto final.

“Fomos buscar essa vitória muito na raça e na responsabilidade, pois soubemos administrar os momentos fortes da Uninassau. Mas não é o momento de comemorar, pois este foi só o início desta série. Temos que manter o que funcionou e corrigir os nossos erros. Temos muito trabalho pela frente”, analisou o cauteloso Virgil Lopez, técnico do Sampaio Basquete.

Próximos jogos:

Jogo 2: Domingo (13), 15h. Ginásio Castelinho, São Luís (MA) – TV Gazeta e SporTV.com
Jogo 3 (se necessário): Terça-feira (15), 20h. Ginásio Castelinho, São Luís (MA) – SporTV.com

Foto: Robson Neves/Uninassau

sem comentário »

Decreto de Dino troca multas por medidas educativas

0comentário

O líder do governo na Assembleia, deputado Rogério Cafeteira (DEM), anunciou, durante pronunciamento na Assembleia, o decreto que será editado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para priorização de medidas educativas quando da atuação de autoridade estadual de trânsito.

Rogério Cafeteira explicou que em casos de infrações de trânsito, leves e médias, o agente deverá, prioritariamente, aplicar medidas educativas, como advertência nos casos previstos no artigo 267 do Código Brasileiro de Trânsito, ao invés da penalidade máxima, como multas ou remoção ou apreensão do veículo, nos episódios em que o infrator não seja reincidente.

“A partir de agora, os carros que abordados que estejam sem o licenciamento em dia, serão apenas advertidos por escrito e com um prazo determinado para que seja regularizado. Importante dizer que as blitzes contra o uso de álcool na direção, permanecerão. Acredito que a “lei seca”  é uma unanimidade, pela importância que ela tem, na questão da segurança. O governo do Estado reforça com essa medida o caráter educativo da nossa política educativa de trânsito”, finalizou o deputado.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Saída do Dia das Mães beneficia 695 presos

1comentário

O juiz titular da 1ª Vara de Execuções Penais da capital, Márcio Castro Brandão, publicou nesta segunda-feira (7) a Portaria que relaciona os recuperandos do sistema prisional que estão aptos ao benefício da Saída Temporária do Dia das Mães deste ano.

Segundo o documento, 695 internos estão autorizados à saída do regime semi-aberto para visita aos seus familiares, se por outro motivo não estiverem presos.

Os beneficiados poderão sair a partir das 9h desta quarta-feira (9) e deverão retornar aos respectivos estabelecimentos prisionais até a próxima terça-feira (15), às 18h.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

1 comentário »

Sampaio demite técnico Francisco Diá

12comentários

Foram apenas cinco rodadas para o Sampaio demitir o técnico Francisco Diá. A diretoria fez o que o torcedor queria, pois todos pediam a cabeça de Diá.

Comandante do time no acesso à elite do futebol nacional, o treinador Francisco Diá foi demitido nesta terça-feira (8), após a derrota para o CRB, por 3 a 2, em pleno Castelão.

Em cinco jogos na Série B, o Sampaio começou a competição muito bem ao vencer o Coritiba por 2 a 0, no Castelão.

A partir daí foram quatro tropeço até a queda do treinador. O Sampaio perdeu para o Guarani, em Campinas por 2 a 0 e em Goiânia para o Vila Nova por 3 a 1.

Nos dois últimos jogo, dentro do Castelão, o Tricolor amargou um empate com o Paysandu por 1 a 1 e ontem foi derrotado pelo CRB. Após o jogo, muitas críticas do torcedor no Castelão.

É preciso dizer que o Sampaio tem uma equipe limitada com atletas apenas razoáveis. O seu melhor jogador, o meia Marlon deixou o time na semana passada e foi para o Fortaleza.

Além disso, o time nos dois últimos jogos perdeu um caminhão de gols, daí culpar o treinador agora acredito que seja cedo demais.

O fato é que agora o Sampaio vai ter que começar tudo novamente e já começa à beira da zona do rebaixamento.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

12 comentários »

Honorato propõe projeto que beneficia autistas

0comentário

A Câmara Municipal de São Luís protocolou projeto de lei de autoria do vereador Honorato Fernandes (PT) que prevê a criação, no âmbito do Município de São Luís, do “Programa Censo de Pessoas com TEA – Transtorno do Espectro Autista e de seus familiares (família nuclear) e seu cadastramento”.

O objetivo, segundo o artigo 1° do projeto, é a aplicação de um método de mensuração e cadastramento das pessoas com TEA, de modo a facilitar o direcionamento das políticas públicas de saúde, educação, assistência social, trabalho e lazer desse segmento social.

Considerado uma síndrome complexa e muito mais comum do que se pensa, o autismo faz parte de um grupo de desordens do cérebro chamado de transtorno invasivo do desenvolvimento (TID). Há vários níveis dentro do espectro autista, dessa forma, o transtorno pode se manifestar em três níveis: leve, moderado ou grave.

De acordo com o projeto, o cadastro elaborado em cima do censo deverá conter informações quantitativas sobre os tipos e os graus de autismo no qual a pessoa com TEA foi acometida, bem como o grau de escolaridade, nível de renda, raça e profissão da pessoa com TEA e seus familiares.

O autor do projeto, que também preside a Comissão de Direitos Humanos do Legislativo Municipal, vereador Honorato Fernandes explicou que “a realização desse mapeamento, com base em dados que dizem respeito à condição social, a faixa de renda, a escolaridade, o grau em que o transtorno se manifesta são fatores essenciais para a elaboração de qualquer política pública nessa área”.

O projeto estabelece ainda que alguns órgãos da administração pública municipal, como a Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Educação, e Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social, tenham acesso ao sistema de gerenciamento e mapeamento dos dados, bem como às ferramentas de pesquisa básica e de pesquisa ampla do mesmo. Segundo Honorato, “o acesso a este sistema possibilitará a articulação e formulação de políticas públicas em cada secretaria, através do cruzamento de informações”, explicou o parlamentar.

Em São Luís, um ensaio de mensuração do quadro quantitativo de pessoas diagnosticadas dentro do espectro autista foi realizado pelo grupo Ilha Azul. Formado por mães de crianças autistas, o grupo tem como objetivo orientar e auxiliar famílias e pessoas com TEA. No entanto, o cadastro online feito pelo Ilha Azul não tem caráter oficial, o que impossibilita que os dados do mesmo sejam utilizados para nortear as políticas públicas voltadas aos autistas, bem como a inclusão dos custos das mesmas nas demandas que integram a Lei Orçamentária Anual.

Integrante do grupo Ilha Azul, Luise Winkler Mattos, mãe do Robert Yudi, diagnosticado com autismo aos 2 anos de idade, destaca a importância do projeto e a necessidade de aprovação do mesmo pela Câmara Municipal.

“A aprovação do projeto é de fundamental importância para que finalmente possamos ter um mapa do autismo na cidade de São Luís e assim discutir e elaborar políticas específicas que correspondam à realidade dos autistas da nossa cidade”, disse Luise.

Protocolado no início do mês de Maio, a previsão é que o Projeto de Lei entre em pauta para apreciação pelo plenário até o final do mês. Para o autor da proposta, a expectativa é pela aprovação, que, segundo ele, significa “permitir a adoção de políticas públicas melhores para os autistas e que eles sejam incluídos na sociedade, tendo mais qualidade de vida e respeito”, disse Honorato.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Francisca Primo discute aproveitamento de alimentos

0comentário

Presidindo a Frente Parlamentar em Defesa da Segurança  Alimentar e Nutricional, a deputada estadual, Francisca Primo (PCdoB) reuniu – se com membros do Fórum Maranhense de Segurança Alimentar e Nutricional (FMSAN), Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA/MA),   Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (SASAN) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDES) na última segunda-feira (07) para debater sobre o Programa de Aproveitamento de Alimentos não consumidos no Estado.

Na ocasião foram apresentadas ideias e soluções para a instalação do Banco de Alimentos na Central Estadual de Abastecimento (CEASA) na capital.

Projeto de Lei para a criação do Banco de Alimentos

Entre os pontos definidos durante a reunião, se destaca o encaminhamento para votação na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei para a criação do Banco de Alimentos que tem como objetivo a contribuição para a Segurança Alimentar e Nutricional. Autora da Lei de n° 10.232/15 que institui o Programa de Aproveitamento de Alimentos não consumidos no Maranhão, a deputada estadual, Francisca Primo (PCdoB) mostrou-se empenhada em atender as solicitações apresentadas.

“Como saldo positivo da reunião ficou decidido que enviaremos um anteprojeto que tratará do Banco de Alimentos em nosso estado, para fortalecer o banco que deverá ser inaugurado nesse primeiro semestre pelo Governo do Estado, através da  SEDES”  apontou a parlamentar.

Na ocasião a Secretária Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional da SEDES, Lourvídia Caldas, explicou sobre o processo de organização para a inauguração do Banco de Alimentos.

“Estamos com a estrutura quase toda pronta, também estamos realizando o recrutamento da equipe. Esse é um trabalho realizado em parceria com a CEASA para contribuir com o fortalecimento da Segurança Alimentar e Nutricional e também reduzir o desperdício de alimentos” ressaltou a secretária.

Programa de Aproveitamento de Alimentos não consumidos no Maranhão

O programa busca resgatar alimentos não comercializados e não consumidos em restaurantes, supermercados, empresas e áreas afins que estejam em perfeitas condições de higiene, para serem, devidamente transportados e armazenados, para que cheguem à mesa de milhares de famílias carentes.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Polícia procura suspeito de matar delegado da PF

0comentário

A polícia continua a procura de Davi Costa Martins, terceiro suspeito de ter participado da morte do delegado federal Davi Farias de Aragão, que ocorreu durante a festa de aniversário da filha dele no último sábado (5) na Praia do Meio, no bairro Araçagi, em São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís. Davi Costa já é considerado foragido da Justiça e teve prisão preventiva decretada.

Na segunda-feira (7) um adolescente de 17 anos foi apreendido pela polícia no bairro Divinéia, na capital. Segundo o delegado Jefrey Furtado da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), o adolescente confessou à polícia que ele foi responsável por desferir os golpes de faca no delegado.

Logo após o crime, a polícia prendeu Wanderson de Morais Baldez, suspeito de participar da ação, enquanto ele tentava atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Vila Luizão na capital.

Os três suspeitos invadiram o imóvel para assaltar e o delegado Davi Aragão foi morto ao tentar impedi-los de entrar numa parte da casa onde estavam as crianças. Houve luta corporal entre os assaltantes e o delegado que foi atingido por três disparos e algumas facadas. A principal hipótese investigada pela polícia é que Davi tenha sido vítima de um latrocínio.

De acordo com a Polícia Civil, os três assaltantes invadiram a residência por volta das 23h. Os bandidos perceberam que havia uma movimentação na casa quando um entregador de pizza chegou ao local. Eles entraram por uma casa ao lado que estava desocupada. Dois bandidos pularam o muro do quintal da casa do delegado e um terceiro entrou pela lateral.

Após o crime, os três criminosos identificados como Davi Costa Martins, Wanderson de Morais Baldez e um terceiro com chamado apenas de Leandro fugiram do local do crime. Ainda segundo a polícia, Wanderson de Morais deveria estar sendo monitorado por meio de uma tornozeleira eletrônica já que responde por outro crime que não foi informado. Ao ser capturado pelos policiais, o assaltante não estava usando o equipamento.

O delegado Davi Farias de Aragão foi sepultado no domingo (6) em clima de grande comoção e com a presença de familiares, amigos e colegas de profissão. Ele era chefe da Delegacia de Repressão aos Crimes Fazendários do Maranhão e há mais de 12 anos trabalhava na Polícia Federal.

Leia mais

sem comentário »

Flávio Dino sugere que PT desista de Lula e apoie Ciro

0comentário

Governador do Maranhão e aliado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Flávio Dino (PC do B) defendeu que o seu partido, o PCdoB, e ainda o PSOL e o PT abram mão de suas pré-candidaturas para apoiar Ciro Gomes (PDT) na eleição para a Presidência da República.

Para Dino, a multiplicidade de candidaturas ameaça o seu campo político de perder já no primeiro turno. “Está chegando o momento de admitir uma nova agenda. Se não oferecermos uma alternativa viável, você pode perder a capacidade de atrair outros setores do centro que se guiam também pela viabilidade”, disse na sexta (4), na sede do governo.

Segundo Dino, a união da esquerda hoje se daria em torno de Ciro, porque ele “é hoje e o melhor posicionado”. Lula está inabilitado e “o PT não tem nome capaz de unir nesse momento”, disse.

Sem Lula nas pesquisas de intenção de voto, entre os nomes identificados como de esquerda, o cearense é o que herda a maior parcela do eleitorado lulista —15% no cenário mais favorável medido pelo Datafolha em abril. Manuela D’Avila (PC do B) atrai 3% dos votos do ex-presidente.

Dino disse que a prisão de Lula é “muito dilacerante, muito traumática, uma tragédia política, a maior derrota da esquerda brasileira desde o golpe [militar] de 1964”. “É pior que o impeachment [da ex-presidente Dilma Rousseff (PT)] pelo simbolismo de o maior líder popular do país ao lado de Getulio Vargas está fora da eleição”, afirmou. Pela dramaticidade do episódio, argumentou, foi necessário a simpatizantes viver o “luto para processar a perda”.

Agora, um mês depois, aproxima-se o momento de Lula e aliados admitirem que sua candidatura se tornou inviável e começarem a traçar estratégias para vencer a eleição. Do contrário, sustentou o governador maranhense, a divisão pode resultar em tragédia ainda pior, que seria a derrota para a direita.

“O ponto de interrogação que está dirigido sobretudo ao PT é se nós queremos uma eleição apenas de resistência, de marcar posição, eleger deputados, ou ganhar a eleição presidencial”, disse. “Temos chance de ganhar, a eleição porque o pós-impeachment deu errado. O fracasso do Temer é o fracasso da alternativa que se gestou a nós.”

Sem nominar, o comunista discordou da postura de setores do PT, inclusive da presidente do partido, Gleisi Hoffmann, de insistir na candidatura de Lula. “A tática de marcar posição é derrotista e não honra a importância do Lula, porque abre mão da possibilidade de haver uma virada geral na sociedade que possibilite julgamentos racionais dele”, afirmou.

Foto: Albanir Ramos/ Folhapress

sem comentário »

Andrea diz que dados da segurança são manipulados

0comentário

Na sessão plenária desta segunda-feira (7), a deputada Andrea Murad (PRP) chamou a atenção para os crimes violentos que foram destaques na imprensa este fim de semana.

“David, Pedro, Otávio, Neurivania, vítimas da crueldade, da insegurança que ronda nosso estado, só neste fim de semana, enquanto dados são maquiados. David Aragão, delegado federal, morto dentro de sua própria casa por assaltantes. Pedro Martins, de apenas sete anos, um tiro no olho quando voltada da igreja com a mãe na hora que dois integrantes de facções rivais entraram em conflito. Otávio que aparece nas imagens de câmera de segurança quando 2 assaltantes rendem a vítima e um dispara no rosto de Otávio. Neurivania de Formosa da Serra Negra entrou para as estatísticas de feminicídio em um dos estados com os maiores índices de violência contra mulher. Estes foram apenas alguns dos casos, imaginem quantos outros ocorreram pelo interior do estado e que não são divulgados”, destacou Andrea.

A oposicionista ressaltou que a SSP não apresenta os números de crimes violentos do interior do estado e também não revela quais crimes realmente foram solucionados, e que o pouco divulgado apenas serve para maquiar as estatísticas da segurança no Maranhão e enfeitar propaganda comunista.

No site do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, até 2016, os dados de mortes violentas intencionais só aumentaram. No Anuário da Segurança Pública, divulgado ano passado, revelou que entre 2015 e 2016 o número de mortes violentas intencionais cresceu 2%, isso tendo como fonte a própria Secretaria de Estado da Segurança, que vem divulgando queda da violência no Maranhão. Andrea Murad defendeu mais uma vez a intervenção no setor que está sendo utilizado apenas para interesses eleitorais.

“Quando o secretário Jefferson Portela realmente tiver a seriedade de tratar a segurança pública como um órgão resolutivo, divulgando todos os dados, capital, região metropolitana, interior do Maranhão, e principalmente o que conseguiu elucidar e o que não conseguiu, aí sim todos verão a realidade da violência no estado, onde o que impera é o sucateamento das unidades de polícia no interior. Por isso, a intervenção no sistema de segurança é inadiável e imprescindível. A polícia tá sendo desviada de sua finalidade. Está sendo usada politicamente como um instrumento do PCdoB para espionar e constranger os adversários do governo e como comitê religioso eleitoral com pastores e padres escolhidos a dedo como cabos eleitorais. Enquanto isso a violência prolifera sem controle, fomentada pela ausência do governo. A polícia civil está destruída, sucateada como assistimos todos os dias o SINPOL denunciar a penúria que estão vivendo. E a militar não é diferente”, denunciou Andrea.

Foto: Nestor Bezerra

sem comentário »