Moto, Imperatriz e Cordino avançam na Série D

13comentários

O Moto venceu o ASSU-RN, por 1 a 0, no Estádio Castelão e garantiu a primeira colocação no grupo A5, do Campeonato Brasileiro Série D, com 13 pontos ganhos.

O gol saiu logo no primeiro minuto da partida e tudo levava a crer que o Moto venceria com extrema facilidade. Tanto é que a 2 minutos, Val Barreto perdia a chance de ampliar.

O Moto ainda teve uma chance com Ricardo Maranhão, mas a bola bateu no trave. Foi só.

A partir daí o Moto se acomodou no jogo e com uma atuação muito ruim do seu meio-campo e do ataque deixou a sua torcida bastante preocupada com o que pode acontecer de agora em diante no mata-mata.

O adversário do Moto será o Fluminense de Feira de Santana-BA que foi o segundo colocado do grupo A8 com 13 pontos. O Moto tem a vantagem e faz o segundo jogo no Castelão.

Em Natal, o Imperatriz perdeu para o América-RN por 2 a 1 e vai enfrentar na próxima fase, o mesmo América-RN. O time de Natal faz o segundo jogo em casa.

Em Fortaleza, o Cordino empatou com o Ferroviário-CE, no presidente Vargas por 0 a 0 e vai enfrentar na próxima fase, o mesmo Ferroviário-CE que decide a classificação em casa.

Os estados do Maranhão, Rio Grande do Sul e Santa Catarina foram os que mais classificaram times para o primeiro mata-mata, cada um terá três equipes.

Veja os jogos de ida: dia 3 de junho

Santos-AP x Manaus-AM
Rio Branco-AC x Independente-PA
Altos-PI x Nacional-AM
Cordino-MA x Ferroviário-CE
Flu de Feira-BA x Moto Club-MA
Imperatriz-MA x América-RN
Brasiliense-DF x Sergipe-SE
Itabaiana-SE x Campinense-PB
URT-MG x Treze-PB
Novo-MS x Iporá-GO
Linense-SP x Sinop-MT
Novorizontino-SP x Macaé-RJ
Inter de Lages-SC x Uberlândia-MG
Maringá-PR x Caxias-RS
Brusque-SC x Tubarão-SC
Novo Hamburgo-RS x São José-RS

Foto: Lucas Almeida

13 comentários »

Sampaio vence e fica a uma vitória do título

0comentário

Empurrado pela torcida, o Sampaio Basquete deu um grande passo em busca do bicampeonato da LBF. Na tarde deste domingo (27), no ginásio Castelinho, em São Luís (MA), o tricolor maranhense bateu o Vera Cruz Campinas por 55 a 50. Mais de cinco mil pessoas presenciaram a vitória tricolor, no melhor público registrado na temporada.

Mais uma vez, a recém-eleita Craque da Galera Briahanna Jackson foi a cestinha da vitória, com 16 pontos e mais 9 rebotes. Pelo Vera Cruz Campinas, Ariadna teve 11 pontos.

Com 2 a 1 na série final, a equipe nordestina precisa de apenas mais uma vitória para conquistar o título. A primeira chance é nesta terça-feira, 29, no mesmo Castelinho. Já o Vera Cruz precisa da vitória para forçar o quinto jogo, que se necessário, será em Campinas, no próximo domingo (3/6).

O Vera Cruz Campinas começou o jogo mais eficiente, convertendo as primeiras chances e abrindo 8 a 2 nos primeiros sete minutos, com 6 pontos de Ariadna. O Sampaio começou a reação através de Briahanna Jackson, que converteu duas bolas de três e teve 8 pontos no quarto. O segundo período foi do Sampaio, que melhorou a postura defensiva e virou o placar, com a parcial 18×10, que levou o time ao intervalo com sete de vantagem.

Se o segundo quarto foi do time da casa, o terceiro foi das campineiras. As paulistas voltaram melhor do vestiário, com Ariadna, Fabi e Patty acertando os chutes. Mais ajustado na defesa, o Vera Cruz reduziu o ataque boliviano a apenas dez pontos e um aproveitamento baixo no terceiro período (31%). O período foi o melhor do time paulista na série (parcial 24×10), e ao fim de 30 minutos o placar era 47 a 40 para as visitantes.

O quarto período começou zerado nos primeiros minutos, até Tati Pacheco fazer jogada de três pontos, que voltou a inflamar a torcida no Castelinho. Ponto a ponto, o Sampaio foi tirando a vantagem do Vera Cruz Campinas, até empatar a um minuto e dezessete do fim com dois lances livres de Karina Jacob, e virar com Tati a 58 segundos do fim. Como nos primeiros jogos, não faltou emoção até o segundo final, que confirmou a vitória da casa.

Foto: Paulo de Tarso Júnior / Sampaio

sem comentário »

Edivaldo comemora centenário da Liberdade

0comentário

Comemorando este mês um século de fundação, a Liberdade, bairro da capital com fortes tradições culturais e história marcante, foi homenageado pela Prefeitura de São Luís com o desenvolvimento de diversos serviços públicos realizados por meio do programa ‘Todos por São Luís’, neste sábado (26). A edição especial alusiva ao aniversário do bairro aconteceu na Praça Mário Andreazza, palco da culminância do evento, onde foi executada uma diversificada programação de atividades em diversas áreas. O prefeito Edivaldo, acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, e do vice-prefeito Júlio Pinheiro, participou da ação, oportunidade na qual destacou a importância do bairro no contexto histórico da capital maranhense.

“Estamos fazendo uma justa homenagem a um dos bairros mais antigos e tradicionais da nossa cidade. E não poderíamos fazer de outra forma que não fosse com trabalho e disponibilizando aos seus moradores serviços públicos importantes. Para nós é uma grande alegria participar dessa festa com a população da Liberdade, homenageando sua história, a sua população e reconhecendo a sua importância na constituição da cidade e do povo ludovicense”, disse o prefeito Edivaldo.

O vice-prefeito Júlio Pinheiro destacou a homenagem ao bairro da Liberdade como uma ação de valorização da sua gente. “Trabalho, respeito e promoção da dignidade humana. Tudo isso se oferta com ações que venham trazer benefícios à população, como é o caso do ‘Todos por São Luís’, esse grande programa que já se consolidou como uma marca da gestão municipal’, afirmou o vice-prefeito.

Em comemoração ao centenário da Liberdade, o Todos por São Luís marcou presença no bairro com ações na área da cultura, reforçando os fortes laços culturais que a população tem com a música e as tradições afro, além das atividades que já são ofertadas pelo programa nos setores da saúde, educação, segurança alimentar, assistência social, lazer, artes, entre outras.

A primeira-dama Camila Holanda também ressaltou a importância da realização do Todos Por São Luís na comunidade da Liberdade, como parte das comemorações de seus 100 anos de fundação. “Para nós é motivo de grande alegria e uma honra estar na comunidade da Liberdade ofertando serviços essenciais à população e celebrar com ela essa data festiva. Já estivemos aqui em outro momento com a programação do Todos por São Luís, mas esta é uma data muito especial e que não poderíamos deixar passar em branco”, observou Camila Holanda.

Ilustre moradora do bairro da Liberdade, a atleta Iziane Castro, ex-jogadora de basquete da Seleção Brasileira, participou do evento, oportunidade na qual destacou a relevância da ação para a comunidade onde nasceu e cresceu. “A população, principalmente a menos favorecida, necessita de projetos como este, para ter atendidas suas necessidades básicas como cidadãos, e Programa Todos por São Luís faz exatamente isso”, disse a atleta.

Também acompanharam o prefeito ao mutirão do Todos por São Luís, na Liberdade, os secretários municipais Lula Filho (Governo), Canindé Barros (Trânsito e Transporte), Andreia Lauande (Criança e Assistência Social), Conceição Castro (Comunicação); a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Pública, Carolina Estrela, além do deputado estadual Jota Pinto, os vereadores Raimundo Penha e Concita Pinto, entre outras autoridades.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

Câmara debate exploração sexual contra crianças

0comentário

O plenário da Câmara Municipal de São Luís foi palco, na última sexta-feira (25), de mais uma ação promovida pelo vereador Raimundo Penha (PDT) com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a importância de combater e denunciar crimes relacionados à exploração sexual contra crianças e adolescentes.

A Casa, atendendo proposição do pedetista, realizou sessão solene em alusão ao Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, comemorado no último dia 18.

O evento, no qual também foi realizada a entrega de premiação para estudantes da rede municipal de São Luís que participaram do concurso de redação e filmes sobre o tema, reuniu representantes dos mais variados segmentos da sociedade.

Integrante do Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes, onde possui assento representando o parlamento ludovicense, Raimundo Penha destacou o evento como mais um momento de união e de reflexão acerca de tão importante assunto que, infelizmente, ainda é uma realidade Maranhão.

O vereador, é importante destacar, é autor de projeto de lei que determina a obrigatoriedade para que ações e contatos telefônicos do Conselho Tutelar sejam divulgadas no ambiente das escolas das redes pública e privada de ensino da capital maranhense.

A iniciativa do parlamentar em promover e estimular o debate foi elogiada pelos participantes.

“O vereador Raimundo Penha, mais uma vez, mostra-se atento e disposto a contribuir para que possamos avançar nas políticas públicas direcionadas para combater este tipo de crime”, avaliou Luciano Moraes, presidente da Associação Estadual dos Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares do Maranhão.

Representando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, o secretário Moacir Feitosa (Educação) destacou a atuação do vereador em favor das crianças e adolescentes de São Luís e garantiu que a prefeitura conseguiu avançar com ações direcionadas para este tipo de público e que também orientam o cidadão a denunciar casos de abuso ou  violência.

Andréia Lauande, secretária municipal de Assistência Social, frisou a parceria proveitosa que a sua pasta mantém com Raimundo Penha.

“O Penha mostra-se, diariamente, um defensor desta causa, principalmente no que diz respeito a promover o debate permanente nesta Casa. Nós só temos que agradecer o seu empenho”.

Também participaram da sessão solene, além de dezenas de estudantes, os secretários estaduais Francisco Júnior (Desenvolvimento Social), que representou o governador Flávio Dino, e Tatiana Pereira (Juventude).

Foto: Divulgação

sem comentário »

Marujos

0comentário

Por Joaquim Haickel

Quando Flávio Dino emergiu da preamar política do Maranhão, sabendo que se tratava de um jovem magistrado, alguém intelectual e culturalmente bem preparado, imaginei que ele poderia ser o personagem que faria a grande mudança política de que nosso estado tanto necessitava. Alguém que pudesse fazer a correção de rumo que a vida reserva de tempos em tempos a homens predestinados a manobrar o leme da embarcação da história, fazendo com que ela algumas vezes até aderne, mas que jamais venha a zozobrar e possa assim rumar na direção de praias, portos e dias melhores. Ledo engano!

Todos que acreditaram nele, mesmo que em gradações diferentes, se decepcionaram. São raras as pessoas que tenham depositado em Flávio Dino um grama de esperança ou um vintém de confiança que não tenham se decepcionado com ele. Ouso dizer que nem mesmo seus prepostos e nem ele mesmo, está satisfeito consigo, pois quase quatro anos depois de assumir o governo do Maranhão, o balanço e a contabilidade de suas ações não permitem que se possa dizer que as coisas saíram como alguém poderia imaginar.

A história nos ensina que em intervalos temporais as coisas tendem a passar por mudanças, como ocorre com as ondas do mar. As águas se movimentam e neste afã abrem-se vagas e vagalhões, e eles, para o bem ou para mal, acabam causando mudanças. Essa é a lei natural do mar e das coisas.

Flávio Dino, que tinha tudo para se transformar na bujarrona, vela maior de nossa embarcação política, passará para história apenas como mais um nó na escada de corda que dá acesso ao mastro principal.

Zé Sarney foi, num determinado momento, um desses operadores de mudanças. Mesmo que ainda muito jovem, ele colocado na condição de capitão, no tombadilho da nau maranhense, foi capaz de operar importantes transformações no panorama geral de nosso Estado. Desconhecer isto é não levar em consideração a verdade, um dos graves defeitos de quem deseja fazer mudança baseado unicamente no discurso ideológico e midiático.

Mas vejamos objetivamente por que Flávio Dino é uma grande decepção! Alguém que se leve em tão alta conta não deveria imaginar que quando confrontado com seus discursos de campanha venha a ser desdito por si mesmo, por suas próprias palavras e ações!? Isso para mim é a pior das tragédias que pode acontecer a um homem ou a um político! A peste conhecida como incoerência que se apresenta de forma indissociável com outra praga conhecida como hipocrisia.

Imagine alguém que criticava os abusos cometidos por administrações anteriores e que no exercício do poder faz as mesmas coisas!

Imagine alguém que em campanha fazia com que todos acreditassem que quando ele chegasse ao poder, entidades ligadas às mulheres, deficientes, associações de classes, teriam participações asseguradas em conselhos reguladores de atividades ligadas à cultura, ao esporte ou mesmo à polícia! Imaginem que no poder esse governante eliminou a participação dessas pessoas naqueles conselhos!

Imagine alguém que se comprometeu em fazerum governo de todos e que o máximo que consegue fazer é um governo para todos os que o rodeiam ou lhe tecem loas.

O capitão Flávio Dino não foi capaz de entender que a mudança que o Maranhão e os maranhenses precisavam não era a mera extinção de um grupo de marujos, mas sim a criação de um grupo melhor que aquele que havia antes. Trocar seis por meia dúzia nunca, em tempo algum, em nenhum lugar, foi uma mudança importante ou digna de quem deseja entrar para a história. Esse tipo de ação é o pior dos engodos, e acarreta graves problemas como enfraquecimento precoce e derrota iminente.

Ao se dedicar à destruição da esquadra de Sarney, o capitão Flávio Dino só conseguiu adiar o fim de tal grupo, obrigando-o a recuar, manobrar e às vezes fundear, aguardando os inevitáveis desacertos e equívocos cometidos por quem tem piratas de toda espécie e procedência em seu convés.

Como os piratas que singravam os mares do novo mundo ficaram na história, o reinado deste marujo está fadado a ser contado, muito em breve, como mais uma lenda dos sete mares ou das reentrâncias maranhenses.

sem comentário »