Ricardo Murad divulga manifesto sobre as eleições

6comentários

O candidato a deputado federal Ricardo Murad (PRP) divulgou, nesta segunda-feira (1º), um manifesto no qual anuncia que independentemente do resultado das eleições irá à Justiça Eleitoral para que sejam apurados todos os abusos, condutas vedadas e demais ilícitos eleitorais que macularam, e ainda estão a macular as eleições, praticados por Flávio Dino.

“Não tenho dúvidas: as eleições 2018 no Maranhão estão eivadas de graves ilicitudes que devem ser punidas porque os atos abusivos de gravidade absoluta maculam as eleições”, diz o manifesto.

Leia o documento na íntegra:

Seja qual for o resultado das eleições de 2018 no Maranhão, seja quem ganhe as eleições para governador, irei apresentar à Justiça Eleitoral, ao TRE/MA e ao TSE se for o caso, uma ação (AIJE) para que sejam apurados todos os abusos, condutas vedadas e demais ilícitos eleitorais que macularam, e ainda estão a macular as eleições, praticados por Flávio Dino. Ele não se emenda. Já está condenado e inelegível por oito anos a contar de 2016, pelos abusos que comandou na eleição de Coroatá, lança mão, para sua reeleição, de dezenas de práticas abusivas e ilícitas.

Não tenho dúvidas: as eleições 2018 no Maranhão estão eivadas de graves ilicitudes que devem ser punidas porque os atos abusivos de gravidade absoluta maculam as eleições.

Abaixo apresentamos os tópicos que irão fazer parte da ação. Já há provas dos ilícitos, continuamos a colher mais provas e de outros ilícitos que estão sendo apurados, e, para quem interessar e quiser participar da ação como autor (candidatos, coligações e partidos) ou apenas apresentar provas desses abusos ou de outros, pedimos que entrem em contato.

Seguem os temas dos tópicos que irão compor a ação (AIJE):

1. Abuso de poder e conduta vedada – Uso do programa Mais Asfalto, por 4 anos, com finalidade eleitoral;

2. Abuso de poder e conduta vedada – Utilização do Palácio dos Leões para fins de eleitorais – Reuniões político-eleitoral – Lançamento de candidatas – Cooptação de prefeitos com recursos do Estado

3. Abuso de poder e conduta vedada – Suspensão de apreensão de veículos, multa, etc, por meio de decreto a regulamentar lei federal – Oferecimento de benefício em ano eleitoral que não estava em execução no ano anterior;

4. Abuso de poder (religioso) – Utilização das capelanias (Polícias Militar Civil e bombeiros) para fins eleitoral;

5. Abuso de poder e conduta vedada – espionagem política (Fichamento de adversários e autoridades para fins de controle);

6. Abuso de poder e conduta vedada – Utilização da propaganda institucional, por 4 anos, para fins eleitorais;

7. Abuso de poder – Doação de um hospital público (anexo do HCM) com objetivos eleitorais – Beneficiamento de quase 80 mil pessoas;

8. Abuso de poder – Utilização da PGE/MA como escritório eleitoral do governador, correligionários e partidos;

9. Abuso de poder – Utilização e assédio a servidores para participar de reuniões e atos de campanha eleitoral;

10. Abuso de poder – Abuso dos meios de comunicação – Utilização de rádio estatal e rádios comunitárias para fins eleitorais;

11. Abuso de poder – Utilização de grêmios estudantis para fins eleitorais;

12. Abuso de poder e econômico – Pagamento (verba de publicidade) e utilização de sites e blogs para fins eleitorais;

13. Abuso de poder econômico – Financiamento de empresas de pesquisa eleitoral;

14. Abuso dos meios de comunicação – Manutenção de meio de comunicação (TV Difusora), consorciado com partidos políticos, como meio de propaganda próprio e para censurar e manipular a propaganda eleitoral gratuita;

15. Abuso de poder econômico, “caixa dois”, doação de origem vedada – Utilização de veículos e estruturas de empresas privadas na campanha eleitoral que direta ou indiretamente mantêm contrato com o poder público;

16. Abuso de poder e conduta vedada – Utilização de programas sociais para fins eleitorais – distribuição de cheques;

17. Abuso de poder e conduta vedada – Contratação e utilização de serviços de whatsapp (Whatsapp de Todos Nós) para fins eleitorais.”

6 comentários para "Ricardo Murad divulga manifesto sobre as eleições"


  1. Raimundo Mesquita

    E de politicos deste calibre que estamos precisando para cuidar deste estado!

  2. carlos

    Eita, asse “cabra” é macho mesmo!!!! Eu fiquei com medo… Imagina Dino.
    Eita “cabra” mal!!! Esse é dos Bons!!!1
    Ate se Rose ganhar ele vai as barras da Justiça? Eita “cabra” danado…
    Esse “cabra” é cunhado dos bons mesmo…
    “cabra” macho pra danar…
    Esse é do tipo cachorro doido… Morde é mesmo, não tá nem ai… Deve latir também, que é pro negocio ficar “feroz”.
    Deveria ter sido candidato a governador… Tavendo o “BOLSA” ai? Gritou, gritou, xingou, xingou e agora tá se dando bem…
    Eu prefiro o Moço ai, que Dona Rose. Nas proximas eleições pra governador quem sabe ele venha mais malvado, carrancudo, doidão mesmo e se candidate a governador ou até mesmo presidente. haaaaaa… Lembrei. Não tá inelegivel?

  3. Jorge

    A Globo está perdendo um grande ator, pois como político essa cidadão é um fracasso, lembrando que Ricardo Murad está inelegível por decisão colegiada. Este sujeito é que não pode concorrer a nenhum cargo eletivo.

  4. pmaranhão

    TUA HORA CHEGOU – ACABOU A MAMATA E TEU GRUPO MORREU – AS TETAS DA VACA QUE COMPRAVA VOTOS – AGORA NÃO EXISTE MAIS E A DEBANDADA ESTÁ SENDO MUITO GRANDE NO TEU GRUPO – SAI DE RÉ E CUIDA QUE A JUSTA TÁ BEM PERTINHO.

  5. Jehan Saraiva

    Pergunta pra ele se ele vai entrar com representação também contra o candidato a deputado aliado do grupo dele que tava divulgando material de campanha difamatório contra os candidatos ao senado Weverton e Eliziane.

    • Zeca Soares

      Mas isso que está no material está na propaganda eleitoral.

deixe seu comentário