Onze pontos nas praias estão liberados para banho

2comentários

Laudo da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) aponta as praias em São Luís e São José de Ribamar que estão em condições para banho neste feriado e no fim de semana.

Ao todo 11 pontos estão liberados para banho. Clique aqui e veja o laudo completo.

A Sema analisou amostras de água de 21 pontos distribuídos nas praias da Ponta d’Areia, São Marcos, Calhau, Olho d’Água, Praia do Meio e Araçagy.

Veja os pontos próprios para banho:

Praia de São Marcos (Em frente aos Bares Do Chef e Marlene’s)
Praia de São Marcos (Em frente a Barraca da Marcela)
Praia de São Marcos (Em frente ao Agrupamento Batalhão do Mar)
Praia do Calhau (À direita da elevatória II)
Praia do Calhau (Em frente a Pousada Tambaú)
Praia do Olho d’Água (À direita da Elevatória Iemanjá II)
Praia do Meio (Em frente ao Bar do Capiau)
Praia do Meio (Em frente ao Bar da Praia)
Praia do Araçagy (Em frente ao Fatima’s Bar)
Praia do Araçagy (Em frente ao Bar Novo Point)
Praia do Araçagy (Em frente ao Bar do Isaac)

Foto: Divulgação/Sema

2 comentários para "Onze pontos nas praias estão liberados para banho"


  1. Eduardo Augusto

    Não acredito nisso! Sendo que é um mar só, que tem variação de maré (enche- vaza) leva a sujeira e volta – o vento – tudo influencia. E apenas “alguns pontos estão próprio para banho”. Francamente!

  2. Rita de Cássia

    Para um bom analista político, é notório que nome que sobreviveu e mantém-se forte e em evidência hoje é o de Maura Jorge. E pelo que percebe-se pelas redes sociais da representante de Bolsonaro, ela vem crescendo assustadoramente com adesões de comunistas/bolsonarianos e consolidou-se com a direita maranhense. O certo é que, a vitória de Flávio Dino no Maranhão deu-se pela falta de unidade da oposição e se a mesma não se unir em torno de um nome promissor para derrotar o sucessor de Flávio Dino em 2022, perderão novamente. Maura não teve deputados, prefeitos, vereadores, não teve apoio partidário, não teve estrutura financeira e por fim, não teve tempo de TV e mesmo diante dessas circunstâncias conseguiu ter quatro vezes a votação maior que a do senador Roberto e ultrapassou a votação da ex-Governadora em algumas regiões. E vem o questionamento: Imaginem se ela tiver o apoio integral da oposição para 2020 e 2022?

deixe seu comentário