Marcinho quer ‘esperar o que vai acontecer’

0comentário

O desânimo que tomou conta dos jogadores e da comissão técnica do Sampaio após a derrota por 3 a 2 para o CSA, em pleno Castelão é o reflexo do amargo rebaixamento que está por vir.

O Sampaio tem chances de escapar vencendo todos os quatro jogos que restam e torcendo por uma combinações de resultados, mas diria que ficou quase impossível diante de tanta passividade do time.

Marcinho não sabe mais o que dizer. Abatido, o treinador praticamente ‘jogou a toalha’ e prefere esperar o que vai acontecer.

Mas ora, acabou. É esperar por um milagre uma vez que dentro de campo o time não se mostra capaz de reagir.

“A gente fica triste porque foram três gols de vacilo e as coisas não andam. É lamentável a situação que a gente vive. Futebol precisa de concentração. Os caras estavam com um a menos e pegamos gol que não era para pegar. Mudo o time, treinamos e as coisas não andam. Agora é descansar e segunda-feira já tem jogo. Agora tem que trabalhar e esperar o que vai acontecer”, diz Marcinho.

Mas ainda é possível acreditar após três derrotas consecutivas e duas delas em casa?

“Eu tinha falado isso para os jogadores (que poderia cair com a derrota em casa). Perder um jogo dentro de casa é muito difícil, porque agora tem que partir para ganhar quatro, mas vamos trabalhar”, finalizou Marcinho.

Vamos então esperar para ver o que vai acontecer na segunda-feira (5), às 20h, contra o Goiás, em Goiânia.

Foto: Reprodução/TV Mirante

Sem comentário para "Marcinho quer ‘esperar o que vai acontecer’"


deixe seu comentário