Sarney Filho comandará Meio Ambiente no DF

0comentário

O deputado federal Sarney Filho (PV) e ex-ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho vai assumir o cargo de secretário do Meio Ambiente do Distrito Federal.

Segundo o Correio Brasiliense, Sarney Filho já teria aceito o convite feito pelo governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) e assume o cargo no dia 1º de janeiro de 2019.

Sarney Filho foi duas vezes ministro do Meio Ambiente, a primeira no governo de Fernando Henrique Cardoso entre 1999 e 2002 e no governo de Michel Temer entre 2016 e 2018.

Sarney Filho disputou a eleição para o Senado pelo Maranhão e teve 752 mil votos, mas foi o terceiro colocado e não consegui se eleger.

Foto: Renato Alves/Divulgação

 

sem comentário »

Caxias recebe etapa do Maranhense de Beach Soccer

0comentário

A partir desta quarta-feira (14), a cidade de Caxias sediará a terceira etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. Em Caixas, os jogos serão realizados na Arena montada no Balneário Veneza.

As disputas desta terceira etapa serão encerradas somente no domingo (18), com a realização da grande final. O evento reunirá seis seleções que vão brigar por duas vagas na fase final do Estadual, que ocorrerá somente em janeiro de 2019, em São Luís.

Até o momento, com a realização de duas etapas, quatro seleções já asseguraram um lugar na fase final do campeonato. Da etapa da Grande Ilha, as equipes de São Luís e de Paço do Lumiar se classificaram. Já da Etapa da Baixada, Pinheiro e Santa Helena garantiram o direito de seguir na competição.

No site da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. Vale lembrar que os jogos da etapa de Caxias serão transmitidos ao vivo pelo site oficial da federação.

O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Premiação

A premiação de cada etapa seletiva desta edição do Campeonato Maranhense de Beach Soccer corresponde às duas vagas para a fase final do torneio, que serão destinadas ao campeão e vice da etapa. Além disso, as equipes receberão troféus e medalhas. 

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Edilázio repudia decreto editado por Flávio Dino

0comentário

O deputado estadual Edilázio Júnior (PSD) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão de hoje para criticar o decreto baixado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) contra o “Escola Sem Partido” na educação estadual.

Para o parlamentar, a intenção do comunista com o decreto é tão somente tentar criar uma pauta nacional de contraponto ao presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

“Flávio Dino está terminando o quarto ano de mandato, por que ele não fez isso antes? Ele só fez depois de Bolsonaro ganhar a eleição. Isso porque um das bandeiras do presidente eleito é a Escola Sem Partido”, disse.

De acordo com Edilázio, a proposta do presidente eleito é a mais consistente e saudável para a criança que está em sala de aula, uma vez que há no país uma divisão com extremismo entre militantes políticos de direita e de esquerda.

“Escola sem partido é algo de extrema importância no momento político que o país vem enfrentando, tanto pela esquerda que vem batendo muito forte e também pela direita, esses dois extremismos que o país vem enfrentando hoje. Precisamos educar essas crianças sem esses extremismos”, enfatizou.

“Criança tem de ir para a escola para estudar Português, Química, Física, Matemática. Não tem que ir para a escola para professor, que é sindicalizado, estar dando aula e falando que a esquerda é melhor por isso, por isso e por isso. Que a Lei Rouanet é importante por isso, por isso e por isso. Ou ter um professor de direita dizendo que tem que ter arma, que tem que ter isso, que é importante por isso ou por aquilo. Uma criança hoje com 10  anos de idade, tem mais informações do que nós quando tínhamos 16, 17 anos, por conta das redes sociais, do celular, da internet a que todos têm fácil acesso. Então vamos deixar as nossas crianças, os nossos jovens na escola para aprender didática. Aprender as matérias para o Enem e deixar a política para fora da sala de aula”, completou.

Ele lembrou que o presidente eleito tem ignorado as provocações de Flávio Dino e classificou o decreto do maranhense de inconstitucional.

“O governador do Maranhão quer entrar numa disputa de bate-boca, mas o presidente eleito tem se saído muito bem”, finalizou.

Foto: Kristiano Simas/Agência Assembleia

sem comentário »

Sampaio deve perder seus principais jogadores

4comentários

O Sampaio deverá perder seus principais jogadores com o rebaixamento para a Série C. A maioria dos atletas do atual elenco não deverá renovar contrato com o clube que sofrerá uma profunda reformulação.

Tudo isso por conta da perda de patrocínio da ordem de R$ 7,5 milhões oriundos do patrocínio da CBF de R$ 6 milhoes e da Caixa Econômica Federal de R$ 1,5 milhões.

Além de perder os seus principais jogadores, o Sampaio terá que buscar no mercado jogadores com salários mais baixo e olhar para o mercado local, principalmente porque a maioria dos jogadores trazidos de fora não tem lá muito futebol do que os que encontramos nos campos de futebol no Maranhão.

Principal destaque do Sampaio na temporada, o meia Fernando Sobral (foto) tem proposta de outras equipes e até já anda concedendo entrevistas em tom de despedida. Por tudo que fez nesta temporada, o Sampaio vai sentir muita falta de Sobral.

O goleiro Andrey também tem propostas de outras equipes e nem vai mais atuar pelo Sampaio neste restante de Série B.

Depois de perder a condição de titular com a chegada do técnico Marcinho Guerreiro, o zagueiro e ex-capitão Maracás também deixará o Tricolor.

Outro jogador que não deve ficar é o volante Adilson Goiano contratado em meio à Série B. A permanência de Diego Silva é outra dúvida.

O presidente Sérgio Frota só deve tratar sobre quem fica e quem sai no Sampaio, a partir da próxima semana quando o Sampaio encerra a sua participação na 2ª divisão.

Foto: Lucas Almeida

4 comentários »

Braide pede explicações sobre situação do FEPA

2comentários

O deputado Eduardo Braide anunciou, nesta terça-feira (13), um Requerimento de sua autoria para que o presidente do Instituto de Previdência do Estado do Maranhão (IPREV), Joel Fernando Benin, compareça a Assembleia a fim de explicar atos administrativo-financeiros do Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria (FEPA).

“Apresentei hoje um Requerimento para que o presidente do IPREV venha até a Assembleia no dia 28 de novembro informar a todos os maranhenses, especialmente, aos pensionistas e aposentados, o motivo dos saques efetuados do FEPA e, mais que isso, a garantia que eles terão o pagamento de seus benefícios em dia”, explicou o parlamentar.

Durante o pronunciamento, Braide relembrou já ter alertado para a situação do FEPA, que teve saques efetuados pelo Governo do Estado.

“Já foram sacados mais de R$ 1 bilhão do FEPA. Alerto isso há mais de um ano e a situação é preocupante. Preocupante porque não sabemos qual a garantia que aposentados e pensionistas terão de seus pagamentos. Para que se tenha ideia, do montante do fundo, só restam cerca de R$ 200 milhões em caixa. Aposentados e pensionistas do Estado podem ficar tranquilos? Quais as garantias que podem ser dadas pelo Governo do Estado para isso? São esses alguns dos questionamentos que todo o Maranhão quer respostas”, afirmou o deputado.

Outra situação apontada por Eduardo Braide foi a confirmação feita por técnicos do IPREV de que já estão sendo feitos estudos para uma possível reforma da previdência no Estado.

“Não é justo o Governo do Estado sacar, sem quaisquer justificativas, recursos do FEPA para depois penalizar os servidores com uma reforma da previdência no Maranhão. Foi também por esse motivo que apresentei o Requerimento para ouvirmos o presidente do IPREV. A Assembleia precisa cumprir com o seu papel, que é de fiscalizar os atos do Poder Executivo”, concluiu o parlamentar.

O Requerimento apresentado pelo deputado Eduardo Braide deverá ser votado na próxima segunda-feira (19).

Foto: Kristiano Simas/Agência Assembleia

2 comentários »

Flávio Dino não confirma reunião com Bolsonaro

10comentários

O governador Flávio Dino (PCdoB) ainda não confirmou se participa ou não de uma reunião, agendada para esta quarta-feira (14), em Brasília com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Procurada pelo Blog do Zeca Soares, a assessoria do governador informou que a participação de Flávio Dino “ainda está sem confirmação”.

No fim da tarde desta terça-feira (13), o secretário de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry respondeu ao blog.  “A reunião foi convocada pelo governador eleito de São Paulo, João Dória, e não pelo presidente eleito. O Fórum de Governadores do Nordeste designou o governador do Piauí, Welington Dias, para representar os governadores nordestinos”, disse.

Flávio Dino que está em Brasília tem sido um crítico severo do presidente Jair Bolsonaro desde a campanha eleitoral. No dia 23 de outubro, Flávio Dino chegou a comparar Bolsonaro a “Drácula”.

Um dia antes, Flávio Dino já havia usado o termo “filhote de fascista” para se dirigir ao filho do presidente Jair Bolsonaro.

Mesmo após a derrota do seu candidato Fernando Haddad (PT), Flávio Dino mantém as críticas ao presidente eleito nas redes sociais.

Ontem, ao editar o decreto “Escola Sem Censura”, Dino disparou: “Falar em “Escola Sem Partido” tem servido para encobrir propósitos autoritários incompatíveis com a nossa Constituição e com uma educação digna”, disse ao alfinetar mais uma vez Bolsonaro.

Até agora, confirmaram presença os governadores eleitos do Acre, Gladon Cameli; Amapá, Waldez Góes; Amazonas, Wilson Lima; Distrito Federal, Ibaneis Rocha; de Goiás, Ronaldo Caiado; Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; Minas Gerais, Romeu Zema; Mato Grosso, Mauro Mendes; do Pará, Helder Barbalho; Paraná, Ratinho Júnior;, Rio de Janeiro, Wilson Witzel; Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra; Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; de Roraima, Antonio Denarium; Santa Catarina, Coronel Carlos Moisés da Silva; São Paulo, João Doria; e do Tocantins, Mauro Carlesse.

Resta saber se o governador terá coragem de encarar Jair Bolsonaro ou vai mandar um representante como fez no governo de Michel Temer (MDB).

Ou simplesmente vai ignorar a reunião.

10 comentários »

Enfermeira que matou cão é multada em R$ 20 mil

2comentários

A enfermeira Ana Giselly Ferreira Atan que atropelou e matou um cachorro, em uma rua no bairro Residencial Pinheiros foi condenada a pagar multa no valor de R$ 20 mil reais e mais cinco salários mínimos.

Imagens de câmera de segurança de uma residência mostraram o momento em que uma mulher atropela dois cachorros. O caso foi registrado no dia 14 de agosto. O vídeo viralizou nas redes sociais e provocou revolta nos internautas.

No vídeo, a enfermeira que conduzia um veículo de cor prata passa cima dos animais. Após o atropelamento, os cachorros aparecem sangrando e mancando. Um dos cachorros morreu após o incidente.

Em nota, a enfermeira dissie à época que o “ato que não passou de um infeliz acidente e que está trazendo a ela e sua família um profundo abalo”. Ela acrescentou que “jamais maltratou qualquer animal, quer seu, quer de terceiros, que possui animais de estimação e sempre os tratou de forma respeitosa”.

A decisão foi da juíza Andrea Lago, do 1º Juizado Criminal que presidiu a audiência que contou com a participação do promotor do Meio Ambiente, Fernando Barreto.

A multa de R$ 20 mil será destinada ao Hospital Veterinário da Universidade Estadual do Maranhão (Uema). Os cinco salários mínimos serão destinados a uma instituição filantrópica a ser definida.

Foto: Arquivo pessoal

2 comentários »

Othelino Neto recebe visita de Eliziane Gama

1comentário

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PC do B), recebeu, na noite desta segunda-feira (12), a visita de cortesia da deputada federal e senadora eleita Eliziane Gama (PPS). No encontro, a parlamentar reafirmou o compromisso de trabalhar no Senado Federal em conjunto com os poderes Legislativo e Executivo em prol do povo maranhense.

Othelino Neto agradeceu a visita e ressaltou a importância do diálogo permanente entre as instituições para o desenvolvimento do Estado. “Fico muito feliz em receber a senadora eleita Elizane Gama. Com esse pacto entre os poderes, o Maranhão finalmente vai saber o que é ter uma senadora e um senador trabalhando, junto com o Governo e a Assembleia, para melhorar a vida dos maranhenses”, acentuou.

Durante a conversa, Eliziane Gama garantiu que, com grande parte dos senadores e deputados federais atuando a favor do Governo do Estado, o Maranhão tende a crescer mais. Segundo ela, os próximos anos serão ainda melhores.

“Vamos fazer com que os recursos federais cheguem ao nosso Estado. Teremos um Senado antenado e, consequentemente, o governador Flávio fará muito mais pelo nosso povo, porque dentre os elementos que tem, contará com a maioria da bancada federal a seu favor. Finalmente, temos, de fato, um Congresso Nacional que representa povo do Maranhão. Estou otimista e não tenho dúvida que nestes quatro anos traremos ainda mais conquistas para os maranhenses ”, disse ao finalizar.

Foto: Agência Assembleia

1 comentário »

Sampaio Basquete: uma aposta que deu certo

6comentários

A imagem que abre a matéria vale mais do que mil palavras…

A diretoria do Sampaio Basquete já vive a expectativa para a confirmação da participação da equipe maranhense em mais uma edição da Liga de Basquete Feminino.

Todo o planejamento para 2019 já está pronto, atletas e comissão técnica aguardam o sinal verde e apoio do governo para o clube confirmar a participação (até 21 de novembro) naquela que tem tudo para ser a melhor temporada da LBF.

A Liga deverá ter na próxima temporada nada mais nada menos do que 13 equipes o que comprova o crescimento do basquete feminino brasileiro com a entrada de equipes do Rio de Janeiro, Brasília e Bahia.

Nestes quatro primeiros anos, o sucesso do Sampaio basquete e a evolução do basquete no Maranhão só foram possíveis graças ao apoio decisivo do governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte que possibilitou que os maranhenses competissem de igual para igual com as equipes de São Paulo que tem o melhor basquete do país.

Para cá vieram várias jogadoras de Seleção Brasileira e o Sampaio sempre esteve entre as quatro melhores conquistando um título e um vice no ano passado. Nem preciso lembrar que os nossos ginásios estão sempre cheios e a nossa torcida vem mostrando que o maranhense adora a prática do basquete.

Além disso, do primeiro ano para cá, o Sampaio saiu de duas para seis atletas maranhenses na equipe o que mostra que a cada temporada é maior a preocupação do clube em expandir o basquete local o que nunca foi uma tarefa fácil, mas aos poucos isso vem se tornando possível.

O desafio é grande, pois manter uma equipe de basquete no Maranhão e com atletas em nível de Seleção Brasileira. Isto só foi possível até hoje porque o governador Flávio Dino comprou a ideia e sempre decidiu apoiar o projeto que deu certo e mostra que não ficamos devendo nada a ninguém.

Sabemos que o momento é de crise, mesmo assim acredito que governo possa continuar apoiando o projeto que tem tudo para se consolidar, ainda que nos moldes do que fez esse ano.

E quem sabe possamos repetir a dose e conquistar mais um grande título e fazer novamente história no cenário do basquete nacional. A nossa torcida agradece!!!

Foto: Paulo de Tarso Jr.

6 comentários »

Há muito o que explicar!

2comentários

O governador Flávio Dino (PCdoB) já vem tentando carta de seguro para diminuir o problema na gestão estadual dos últimos quatro anos. A última dele, nas redes sociais, foi armar que houve uma queda nos repasses do Fundo de Participação dos Estados (FPE) de cerca de R$ 1,5 bilhão. O dado – sabe-se lá de onde o governador tirou -, mesmo que fosse verdadeiro, não justifica os problemas financeiros no caixa estatal.

E por qual motivo não justifica?

Porque ainda que sendo menos que se previa, Dino ainda recebeu mais nos últimos quase quatro anos de seu governo comparado a 2011/2014. Foi mais de R$ 1 bilhão a mais que Dino recebeu para gerir o estado.

E deu certo? Pelos dados do projeto de lei orçamentária de 2019 – quatro anos depois do comunista instituir a nova república do Maranhão -, o estado precisa arrecadar muito mais. Precisa de muito mais dinheiro.

Nada adiantou receber uma folha de pessoal enxuta de 38%, mais de R$ 1 bilhão no fundo de aposentadoria aplicados em investimentos e mais de R$ 2 bilhões em caixa de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ou seja, uma estrutura fiscal pronta para povos investimentos, ampliar os horizontes do Maranhão e trazer o sonhado desenvolvimento social e econômico dos maranhenses.

Mas tudo saiu ao contrário. Mais de R$ 1 bilhão em empréstimos, resgate de mais de R$ 1 bilhão do Fundo Estadual de Aposentados e Pensionista (Fepa) e déficit primário (não conseguiu pagar todas as contas deixando restos a pagar) de quase R$ 1 bilhão.

No fim de quatro anos, o Maranhão é uma República bem diferente da prometida quando Dino assumiu os Leões, em 2015, ficando ainda pior do que estava sendo vendida na campanha eleitoral veiculada até o início de outubro deste ano, quando as peças publicitárias mostravam um governador confiante, com “contas acertadas e um futuro brilhante”.

Estado Maior

2 comentários »