Moto e Imperatriz tem chances na Copa do Brasil

6comentários

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sorteou os confrontos da primeira fase do Copa do Brasil 2019.

Os dois representantes maranhenses vão enfrentar equipes nordestinas e tem chances de classificação pois farão o jogo único em casa e embora sejam equipes sem grande apelo de torcida por aqui, tanto Moto como Imperatriz podem ir adiante.

O Moto enfrenta o Vitória-BA que foi rebaixado para a Série B. O Imperatriz pega o Náutico num confronto antecipado da Série C.

O Sampaio só entra na comoetição nas oitavas.

Veja os confrontos:

Moto Club-MA x Vitória-BA
Imperatriz-MA x Náutico-PE
Altos-PI x Santos-SP
São José-RS x Chapecoense-SC
River-PI x Fluminense-RJ
Ferroviário-CE x Corinthians-SP
Juazeirense-BA x Vasco-RJ
Aparecidense-GO x Ponte Preta-SP
URT-MG x Coritiba-PR
Rio Branco-AC x Bahia-BA
Campinense-PB x Botafogo-RJ
Tombense-MG x Sport-PE
Brusque-SC x Atlético-GO
Itabaiana-SE x Paraná-PR
Central-PE x Ceará-CE
Sinop-MT x Santa Cruz-PE
Boavista-RJ x Figueirense-SC
São Raimundo-PA x Criciúma-SC
Sergipe-SE x Goiás-GO
São Raimundo-RR x América-MG
Real Desportivo-RO x Avaí-SC
Galvez-AC x ABC-RN
Mixto-MT x CSA-AL
Votoporanguense-SP x Ypiranga-RS
Avenida-RS x Guarani-SP
Bragantino-PA x Asa-AL
Santa Cruz-RN x Tupi-MG
Operário-MS x Botafogo-PB
Sobradinho-DF x América-RN
Serra-ES x Remo-PA
Operário-MS x Botafogo-PB
Brasiliense-DF x CRB-AL
Tubarão-SC x Brasil-RS
Manaus-AM x Vila Nova-GO
Foz do Iguaçu-PR x Boa Esporte-MG
Palmas-TO x Juventude-RS
Corumbaense-MS x Luverdense-MS
Fast-AM x Oeste-SP
Americano-RJ x Londrina-PR
Atlético-CE x Joinville-SC

Foto: DIVULGAÇÃO/CBF

6 comentários »

Umbelino Junior visita obras do complexo Deodoro

1comentário

O vereador Umbelino Junior (PPS), visitou na manhã desta quinta-feira (13), as obras de reforma das Praças Deodoro, Pantheon e a Praça Dom Pedro II que foi revitalizada recentemente. O objetivo da visita é verificar a segurança nesses locais. Recentemente, o parlamentar apresentou na Câmara de São Luís, o requerimento Nº 407/18 solicitando a presença da guarda municipal nos espaços públicos que estão passando por reforma. A Praça Dom Pedro II, por exemplo, foi entregue em setembro deste ano, mas em poucas semanas o espaço foi alvo de vândalos.

Na Câmara, o requerimento foi aprovado e enviado ao Executivo Municipal que atendeu a solicitação do parlamentar. “Decidimos visitar os pontos que estão sendo revitalizados para verificarmos a segurança nestes espaços. As praças estão com uma nova paisagem e contam com acervos importantes da nossa história, como na Praça Pantheon, onde os bustos com personalidades maranhenses voltaram ao local. Infelizmente, muitos vândalos tentam acabar com o espaço público, mas a presença da guarda municipal nos passa uma segurança que o nosso patrimônio está sendo preservado e também transmite uma sensação de segurança para quem frequenta os espaços”, declarou Umbelino.

A previsão é que as Praças Deodoro e Pantheon sejam inauguradas no dia 18 deste mês. Os locais receberam serviços na parte urbanística e estrutural, com colocação de grama, piso em concreto lapidado e de granito na área central, a instalação de novos bancos, lixeiras, nova iluminação, além de outros serviços.

“Essas obras do governo federal vem num momento muito importante para nossa cidade. É um alto investimento, um momento histórico, não podemos deixar que vândalos acabem com o nosso patrimônio, por isso apresentamos essa sugestão. Acredito que também que cada um de nós devemos fazer a nossa parte para preservarmos a nossa história”, afirmou o parlamentar.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Justiça do Trabalho suspende greve dos rodoviários

1comentário

A Justiça do Trabalho decretou a suspensão do movimento grevista dos rodoviários marcado para a próxima segunda-feira (17). A decisão do Tribunal Regional do Trabalho 16ª Região foi motivada por ação formulada pela Prefeitura de São Luís, por meio da Procuradoria Geral do Município de São Luís (PGM), objetivando a garantia do direito de ir e vir dos cidadãos. O tribunal determinou, ainda, a realização de audiência conciliatória na próxima segunda-feira (17), na sede do TRT-MA, na Areinha.

“Tendo em vista a comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário no Estado do Maranhão informando o início da paralisação dos seus sindicalizados para as 0h do dia 17 de dezembro, determino a suspensão de qualquer paralisação no período que antecede a audiência conciliatória”, considerou o desembargador Gerson de Oliveira Costa Filho, desembargador Federal do Trabalho.

A ação da Prefeitura – em desfavor do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário no Estado do Maranhão, Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís, Consórcio Central Ltda, Consórcio Via SL Ltda e do Consórcio Upaon Açu Ltda e Viação Primor – foi motivada pelo informe da paralisação em decorrência do não atendimento da pauta de reivindicações referentes à celebração da Convenção Coletiva de 2018/2019, por parte do Sindicato Patronal.

O pedido à Justiça do Trabalho se deu, segundo informou o procurador geral do Município, Marcos Braid, por verificar que estavam ausentes as razões legais que autorizam a deflagração da greve. “Deste modo, agimos prontamente, ingressando com a ação, para preservar o direito de ir e vir dos cidadãos”, pontuou o procurador.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Governo Dino comete improbidade, diz César Pires

0comentário

O deputado César Pires alertou, da tribuna da Assembleia Legislativa, que o governo Flávio Dino está retirando recursos Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para cobrir o rombo do Fundo Estadual de Pensões e Aposentadorias (FEPA). Para o parlamentar, essa é uma grave improbidade administrativa que precisa ser investigada pelos órgãos competentes.

Com base em dados oficiais, César Pires informou que a contribuição dos servidores gera uma receita anual de R$ 660 milhões para o FEPA, que somada à contribuição do Estado, em torno de R$ 814 milhões, chega à arrecadação de R$ 1,475 bilhão. “Só que a despesa anual da Previdência estadual é de R$ 2,476 bilhões, um déficit de R$ 1 bilhão entre a receita e a despesa. O FEPA quebrou e estão cometendo improbidade administrativa ao usar recursos do Fundeb para tentar cobrir o rombo previdenciário”, denunciou ele.

Segundo César Pires, o governo Flávio Dino transferiu para o FEPA R$ 100 milhões do Fundeb, que deveriam garantir melhorias salariais para os professores do ensino médio, e mais R$ 16 milhões do ensino superior, impondo perdas à produção científica da Universidade Estadual. “Volto a reafirmar aos professores da rede estadual que eles estão ganhando menos porque o Estado está subtraindo direito líquido e certo assegurados pelo FUNDEB, e o mesmo ocorre com os docentes da UEMA e da UEMASul”, ressaltou.

Para o parlamentar, “o que estamos assistindo é uma aberração administrativa, vedada pelos artigos 37 e 40 da Constituição Federal, nos artigos 70 e 71 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e também na Lei 11.494/2007. O governo gastou mais do que recebeu, não tem mais capacidade de endividamento, acabou a liquidez do Estado”.

O deputado também acrescentou ter sido informado que parte da contribuição previdenciária recolhida dos servidores estaduais não tem sido repassada ao FEPA, desde agosto. “E onde está o Ministério Público que não intervém? O Governo usa dinheiro do Fundo de Manutenção do Ensino Básico para pagar a Previdência. O que está acontecendo no Maranhão é um crime e, portanto, merece a apuração dos órgãos de fiscalização”, finalizou César Pires.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

TRE aprova sem ressalvas contas de Adriano

1comentário

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) aprovou, sem ressalvas, a prestação de contas de campanha do deputado estadual Adriano Sarney (PV), que concorreu à reeleição pela coligação “Maranhão Quer Mais 2”. O parlamentar obteve 50.679 votos.

Adriano é ludovicense, tem 38 anos de idade e é economista, empresário e administrador. Chega ao seu segundo mandato na Assembleia Legislativa e desponta como uma forte liderança na bancada de oposição.

Em sua jornada parlamentar, Adriano apresentou mais de 200 proposições na Assembleia e encampou dezenas de causas em defesa do povo, com destaque à luta pela reforma de feiras e mercados de São Luís. É criador e presidente da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa (FPME).

A cerimônia de diplomação da próxima legislatura acontece no dia 18 de dezembro, às 16h, no Centro de Convenções Governador Pedro Neiva de Santana.

1 comentário »

Prefeitura de Santa Rita antecipa 13º dos servidores

0comentário

A Prefeitura de Santa Rita concluiu nesta quinta-feira (13), o pagamento do 13º salário de todos os servidores da administração municipal. A medida é mais uma demonstração do comprometimento do prefeito Hilton Gonçalo com o funcionalismo público e também honrando os direitos trabalhistas.

A data limite para pagamento do 13º é no dia 20 de dezembro, porém a administração municipal antecipou em uma semana, iniciando na quarta-feira (12) e concluindo nesta quinta-feira. O objetivo do prefeito Hilton Gonçalo também é garantir injeção de dinheiro na economia local, garantindo a circulação monetária e o fluxo normal do comércio.

Desde que assumiu a Prefeitura de Santa Rita, o prefeito Hilton Gonçalo tem antecipado os salários dos servidores bem como todos os direitos trabalhistas estão sendo pagos, como férias e 13º salário.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Médico culpa governo e prefeituras por caos no Socorrão

0comentário

O médico Alan Roberto Costa Silva, que trabalha na emergência do Hospital Djalma Marques, o “Socorrão I”, criticou prefeituras do interior e o governo do estado devido a situação crítica pela qual passa o hospital do Centro de São Luís.

Nesta quinta-feira (13), foram flagrados pacientes lotando os corredores em macas e um homem, com um curativo na cabeça, estava deitado no chão do hospital. A situação é tão grave que o médico informou que quarto pacientes morreram nos corredores esperando por cirurgia, sendo três nessa quarta e um nas primeiras horas de quinta.

Para o médico Alan Silva, a superlotação no Socorrão se dá pelo fato de pacientes de vários municípios do interior do estado serem encaminhados ao hospital.

“O problema dos Socorrões I e II não é São Luís, mas é sim o interior do estado e mais recentemente um verdadeiro desmonte que o governo do estado está fazendo na saúde, e o município é que está sofrendo as consequências. Estamos à beira, realmente, de um colapso”, disse Alan Roberto Silva.

O médico reclamou da falta de investimento dos prefeitos nos hospitais dos municípios do interior e também de problemas recentes por falta de médicos na rede estadual de saúde também.

“Estamos vivendo um drama muito maior, que é um verdadeiro desmonte que o governo do estado está fazendo na saúde do estado, com demissões em massa de médicos em hospitais de alta complexidade, como o Carlos Macieira (Hospital de Referência Estadual de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira) e em hospitais macrorregionais no interior do estado, por isso está vindo tudo pra cá. Até uma cirurgia de apendicite, que era algo simples que era feita no interior, não é mais, pois onde tinham dois cirurgiões, agora só tem um, e uma operação como esta não pode ser feita só por um, tem que ter um auxiliar, aí vem tudo pra cá”, declarou o médico.

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) também diminuíram a capacidade de atendimento, de acordo com Alan Roberto Silva.

“As UPAs não tem mais resolutividade nenhuma e encaminham pra cá até cólica menstrual, pois não tem medicamentos, as alas vermelhas vão fechar. Onde tinham três médicos, agora têm dois, e onde eram dois agora só tem um. Então hoje, as UPAs são meros postos de saúde que não resolvem nada. Então tudo que chega lá um pouco mais complexo, eles mandam para o Socorrão I. Vivemos aqui uma situação dramática”, concluiu.

O secretário de saúde de São Luís, Lula Fylho, disse que precisa de mais detalhes para poder comentar as três mortes informadas pelo médico.

“Eu não posso falar desses casos isolados, pois não tive acesso ao prontuário. Eu não sei qual foi o caso específico, mas posso falar de uma maneira geral. Nós temos em média 4 mil atendimentos por mês. Se colocar em 30 dias, é possível entender o absurdo de pessoa que a gente atende por dia e, ainda assim pessoas que vem de outras cidades, praticamente todas as cidades do interior do estado. Algumas pessoas saem das suas cidades de noite, esperam o ferry-boat de madrugada para chegar aqui. Ou seja, muitos pacientes passam as vezes 10 a 12 horas de viagem até chegar aqui”, disse o secretário.

Sobre a superlotação, o secretário disse que é resultado de uma rede que não funciona como deveria. “Quando a gente vê um corredor de Socorrão, seja o Socorrão I ou o Socorrão , lotado a gente tem que entender que ali é consequência de algo que não está funcionando em uma rede. A saúde pública funciona como rede e se qualquer ponto desta rede der problema vai cair sobre os hospitais”, concluiu.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) disse que o atendimento segue de modo regular aos pacientes tanto nas UPAs e hospitais de alta complexidade. Em relação aos médicos do Hospital Carlos Macieira, a secretaria informou que houve “apenas a substituição da empresa responsável pela Central de Regulação de Leitos e que em nada acometeu o atendimento aos usuários”.

sem comentário »

Penha viabiliza viatura para Ronda Escolar

1comentário

Os moradores da área Itaqui-Bacanga e de parte da zona rural de São Luís estão em festa. Em solenidade realizada nesta quarta-feira (12), o vereador Raimundo Penha (PDT) e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jorge Luongo, entregaram à comunidade uma viatura nova que será utilizada pelo 1º Batalhão da PM para a realização exclusiva do serviço de Ronda Escolar.

O veículo foi adquirido pela prefeitura da capital com recursos de emenda parlamentar apresentada pelo vereador pedetista ano passado.

“Como vereador, fico feliz em poder contribuir com o setor educacional de São Luís. Esta viatura oferecerá mais segurança para estudantes, professores e demais profissionais do setor, garantindo um ambiente escolar mais tranquilo. Eu que fui estudante da rede pública de ensino, sei da importância da soma de esforços no sentido de melhorarmos, cada vez mais, a educação de nossa cidade”, afirmou Raimundo Penha.

O 1º Batalhão da Polícia Militar atende os bairros do Itaqui-Bacanga e algumas localidades da zona rural. A nova viatura da Ronda Escolar direcionará o seu trabalho para 44 instituições de ensino da região, sendo que 25 integram a rede municipal de ensino. O trabalho da PM beneficiará diretamente cerca de 16 mil estudantes.

“Trata-se de uma importante aquisição, uma vez que o serviço de Ronda Escolar ficará mais reforçado com a viatura. A instituição Polícia Militar agradece o município de São Luís, que adquiriu o veículo, e o vereador Raimundo Penha, que mostrou sensibilidade ao destinar recursos de suas emendas para o setor da Segurança Pública”, disse Luongo.

Educação e Segurança Pública são duas áreas que continuam recebendo atenção especial de Raimundo Penha. Este ano, a prefeitura inaugurou a nova UEB Emir Justino Ribeiro, no bairro do São Bernardo, que foi reformada e climatizada com recursos de emenda do vereador do PDT. Penha também destinou este ano cem mil reais  para reforma e climatização da UEB Mário Andreaza, na Liberdade.

O parlamentar indicou, ainda, R$ 70 mil para a Secretaria Municipal de Segurança e Cidadania para aquisição de duas novas motos para frota da Guarda Municipal com o objetivo de reforçar a segurança no Parque do Bom Menino.

Também participaram da solenidade o coronel Edivaldo dos Santos, comandante da Polícia de Área Metropolitana 3; o tenente-coronel Cláudio André, comandante do 1º Batalhão;  Coronel Augusta, Comandante do Comando de Segurança Comunitária, o deputado estadual eleito Márcio Honaiser (PDT); Denise Duarte, presidente da Central Estudantil; e Carlos Viegas, secretário municipal adjunto de Administração e Finanças da Semed.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Robson Paz deve assumir presidência do Maranhão

2comentários

O radialista Robson Paz, atual secretário adjunto de Comunicação do governo Flávio Dino (PCdoB) deverá assumir a presidência do Maranhão Atlético Clube.

Robson Paz que atualmente é o diretor de futebol do MAC já recebeu o convite e estuda encarar o desafio.

“Já recebemos o convite e vamos reunir toda a diretoria do MAC para discutir o assunto e ouvir outras pessoas também. Tenho que pensar muito e bem “, disse ao blog de Zeca Soares.

Robson Paz é daqueles atleticanos presentes aos jogos do clube e sempre sonhou em ver o MAC sempre brigando por títulos e não duvido que possa de fato encarar esse grande desafio.

Com a conquista da Copa FMF e da vaga para o Campeonato Brasileiro Série D, Paz se aninou com a possibilidade.

O mandato do atual presidente Antonio Macedo termina no dia 31 de dezembro e a eleição no MAC deve acontecer logo nos próximos dias.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Sem argumentos

0comentário

Os números oficiais sobre a realidade de estados brasileiros são as assombrações mais constantes do governo de Flávio Dino (PCdoB) após seu primeiro mandato.

IBGE, CGU e Sebrae, por exemplo, destacam dados de que em nada o governo comunista pode se orgulhar, já que os números confrontam a realidade apresentada em propagandas institucionais pelo governo estadual e também na campanha eleitoral.

O comunista chegou a traçar um cenário perfeito do Maranhão que não tinha como pano de fundo aumento de impostos, fundo de pagamento de pensão e aposentadoria quase zerado e nem a previsão de falta de verba até para pagar funcionalismo público. Saúde não estava em crise, com pagamentos salariais atrasados e nem fechamento de unidades de saúde.

Em confronto ao que as peças publicitárias mostram, os números de órgãos como o IBGE apresentam uma realidade do Maranhão nada boa. Mais da metade da população passou a viver abaixo da linha da extrema pobreza.

O Sebrae também demonstra ineficiência da cara pasta de Indústria e Comércio, que na prática não apresentou dado algum que mostrasse um desenvolvimento econômico.

O que mais chama atenção é que nem o governador Flávio Dino e nem seus auxiliares chegaram a fazer qualquer defesa dos dados negativos.

Motivo? Não há justificativas convincentes. Existe apenas o silêncio, a única estratégia usada pelos comunistas quando não conseguem explicar os dados ruins que sua gestão provocou nos últimos quatro anos.

Estado Maior

sem comentário »