Edivaldo entrega mais duas escolas requalificadas

3comentários

A Prefeitura de São Luís entregou neste sábado (15) as obras de requalificação da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Orquídea Santos e da Unidade Integrada (U.I) Vila Embratel, ambas localizadas na Vila Embratel, região Itaqui-Bacanga.

A reforma das escolas é mais uma ação do Programa ‘Educar Mais’, lançado no ano passado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que já entregou à população ludovicense mais de 150 escolas requalificadas e cerca de 800 salas de aula climatizadas. As duas escolas foram entregues totalmente climatizadas.

Com o trabalho de requalificação, foram reformados todo o sistema elétrico e hidráulico e a cobertura com troca de telhas e substituição do madeiramento e do forro. Também foram reformados o piso, o revestimento da cozinha e banheiros e realizada a troca de portas, janelas e grades, além de pintura externa e interna. Na parte elétrica foi feita a troca de todo o cabeamento, lâmpadas, ventiladores, interruptores, tomadas e feita a instalação de ar-condicionados em todas as salas de aula, diretoria e sala de professores.

Durante a entrega das escolas, o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, representando o prefeito Edivaldo, enfatizou o comprometimento do gestor municipal com a qualificação do ensino da rede pública. “O prefeito Edivaldo tem mantido seu compromisso com a população de São Luís e a entrega de mais essas duas escolas é resultado desse trabalho. A mudança na estrutura das unidades oferece melhores condições de aprendizado aos alunos e de trabalho aos professores”, disse o titular da Semed.

As escolas estão localizadas na Travessa da Rua 09, no bairro Vila Embratel. Elas passam a contar com ambientes mais adequados ao aprendizado, com salas de aula mais iluminadas, banheiros adaptados e toda uma estrutura física mais favorável ao desenvolvimento integral da criança e do adolescente. A U.E.B. Orquídea Santos possui quatro salas de aula, cozinha e banheiros masculino e feminino. A unidade atende cerca de 150 crianças nos turnos matutino e vespertino.

A infraestrutura da U.I Vila Embratel conta com dez salas de aula, sendo duas destas destinadas para educação especial. A unidade conta ainda com biblioteca, sala de informática, sala administrativa, banheiros masculinos e femininos, refeitório e pátio. A escola atende aproximadamente 700 estudantes nos turnos matutino, vespertino e noturno.

Fotos: Maurício Alexandre

3 comentários »

Maranhão tem 6 cidades com menor PIB per capita

1comentário

Das 10 cidades com menor per capita no Brasil, seis são do Maranhão, segundo levantamento divulgado na sexta-feira (!4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com destaque para o município de Nina Rodrigues (R$ 4.282), que é o segundo colocado, perdendo apenas para a cidade baiana de Novo Triunfo (R$ 3.190).

Os outros municípios maranhenses que estão no top 10 de menor PIB per capita no Brasil são Penalva (R$ 4.530), Santana do Maranhão (R$ 4.586), Cajapió (R$ 4.689), Satubinha (R$ 4.766) e Matões do Norte (R$ 4.803).

Esses e outros municípios maranhenses integram a lista de 571 cidades que possuem os menores PIBs per capita (todos acima da posição 5.000 no ranking). E de acordo com o IBGE, dois destes municípios, não tiveram a administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social como principal atividade econômica. São eles: Barra do Corda e Paço do Lumiar, ambos no Maranhão.

Já os cinco maiores PIB per capita no Maranhão correspondem aos municípios de Santo Antônio dos Lopes (R$ 89.607,91), Tasso Fragoso (R$ 58.403,77), Davinópolis (R$ 56.655,59), Imperatriz (R$ 27.482,99) e São Luís (R$ 26.154,25). Segundo análise do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográcos (Imesc), no caso do Davinópolis, houve um aumento expressivo do PIB per capita nesse período devido ao crescimento significativo no Valor Adcionado (VA) da atividade Comércio.

Entre as capitais, a primeira posição ficou com Brasília, com PIB per capita de R$ 79,1 mil por pessoa. Em último lugar aparece Macapá, com R$ 19,9 mil. Dentre as 27 Unidades da Federação, oito registraram PIB per capita maior que o do Brasil em 2016, enquanto os outros 19 ficaram abaixo do nacional.

Os números do IBGE confirmam ainda que apenas seis dos 217 municípios maranhenses – São Luís, Imperatriz, Balsas, Açailândia, São José de Ribamar e Caxias – concentram 50,72% da economia do estado. A capital, com 33,21% de participação do PIB do estado em 2016, ocupa o 1° lugar no ranking, tendo como destaque em sua composição, as participações dos segmentos de serviços (76,0%), indústria (23,9%) e agropecuária (0,1%).

O Estado

1 comentário »

Sampaio e Imperatriz ficarão no grupo do Nordeste

5comentários

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deve oficializar nos próximos dias, os dois grupos do Campeonato Brasileiro Série C.

A tendência é que as 20 equipes fiquem divididas, no grupo A, com 10 times da região Nordeste e o grupo B, com 10 equipes das regiões Norte, Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Os grupos serão os seguintes:

No grupo A, devem ficar Sampaio-MA, Imperatriz-MA, Ferroviário-CE, Náutico-PE, Santa Cruz-PE, Globo-RN, ABC-RN, Botafogo-PB, Treze-PB e Confiança-SE.

No grupo B, Paysandu-PA, Remo-PA, Atlético-AC, Luverdense-MT, Volta Redonda-RJ, Boa Esporte-MG, Tombense-MG, São José-RS Juventude-RS e Ypiranga-RS.

A fórmula de disputa será a mesma dos últimos anos. As 10 equipes se enfrentam no sistema de ida e volta na fase de classificação.

As quatro primeiras se classificam e disputam o mata-mata de acesso. As duas últimas de cada grupo são rebaixadas.

5 comentários »

Francisca Primo é cidadã de Buriticupu

0comentário

A deputada estadual, Francisca Primo (PCdoB) recebeu na manhã desta sexta-feira (14), o título de cidadã de Buriticupu na Câmara de Vereadores do município. A honraria proposta pelo vereador José Alves Pereira Peixoto (PMN) por meio do Projeto de Decreto Legislativo 008/18, foi aprovada por unanimidade por todos os vereadores que compõem a Câmara.

Durante a solenidade, o vereador Peixoto afirmou que essa honraria é um reconhecimento aos serviços prestados pela deputada em Buriticupu.

“A deputada tem importantes trabalhos realizados nessa cidade, é merecedora desse título. Tem forte ligação com Buriticupu, mesmo não tendo nascido neste município. Considero essa homenagem, muito justa” afirmou o vereador

Reflexão e Agradecimento

Em seu discurso de agradecimento a deputada, Francisca Primo fez uma breve reflexão da sua história em Buriticupu, agradecendo a todos

“Recebi o título de cidadã buriticupuense com muita emoção e um orgulho indescritível. Muito obrigada de coração a todos que me permitiram criar raízes nesta cidade e construir a minha história na vida pública. O amor e a identificação que descobri por este lugar durante esses 30 anos, me habilitaram a receber este título. Agradeço especialmente o vereador, José Alves Pereira “Peixoto” que apresentou a proposta de recebimento do título e a todos os vereadores que aprovaram a propositura por unanimidade. Obrigada pelo reconhecimento!

Foto: Divulgação

sem comentário »