Moto derrota o Ríver no Castelão

0comentário

No seu último amistoso antes da estreia oficial na temporada 2019, o Moto venceu o Ríver, de Teresina, por 3 a 1, no Estádio Castelão, em São Luís.

Os gols do time rubro-negro foram marcados por Lucas Dias, Juninho Arcângelo e Evandro Russo, enquanto que Eduardo diminuiu para os piauienses.

O Moto foi superior ao Ríver durante toda a partida e construiu o placar com bastante tranquilidade.

A notícia ruim foi a contusão do goleiro Vitor Paiva. O atacante Dalmo e o meia Negueba sentiram durante a partida e pediram para ser substituídos. Os três jogadores são dúvida para a estreia na Copa do Nordeste.

O Moto Club joga nesta quarta-feira, contra o Altos-PI, pela Copa do Nordeste, às 19h30 no Estádio Castelão.

Foto: João Ricardo

sem comentário »

Brandão sanciona projeto de Rogério Cafeteira

0comentário

Na última semana, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), que exercia interinamente a função de governador do estado, sancionou uma proposição aprovada na Assembleia Legislativa do Maranhão, de autoria do deputado Rogério Cafeteira (DEM), que dispõe sobre a implantação do Programa Censo de Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus familiares.

O objetivo da Lei sancionada é o de identificar, mapear e cadastrar o perfil socioeconômico das pessoas com TEA e de seus familiares, para garantir uma maior eficácia na elaboração de Políticas Públicas de Saúde, Educação, Trabalho e Lazer no Maranhão.

“Recebi com muita alegria a notícia da sanção desta Lei, cujo objeto, o Censo, será um norte e um avanço muito importante na elaboração de Políticas Públicas para a população de autistas em nosso Estado. Agradeço ao vice-governador Carlos Brandão, que assinou a sanção, e ao governador Flávio Dino, pela sensibilidade, carinho e cuidado com que tratam as pessoas com deficiência no Maranhão.”, destacou o parlamentar.

Como funcionará

De acordo com a Lei, a cada quatro anos, deverá ser realizado um Censo para identificação e mapeamento dos autistas e o Estado poderá dispor de mecanismos que permitam atualização dos dados, mediante um auto cadastramento.

Entre as informações que deverão constar no questionário, estão: tipos e graus de autismo, localização, grau de escolaridade, renda e profissão das pessoas com TEA e familiares, entre outros dados.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

A postura antipática do Sampaio

0comentário

Em busca da reconstrução após o rebaixamento na Série B, o novo gerente de futebol do Sampaio, Ricardo Pereira mandou fechar os treinamentos para imprensa e torcedores.

Sem qualquer comunicação anterior, o gerente determinou que a imprensa faça as entrevistas antes do treino e depois se retire do CT.

Os patrocinadores que já são poucos vão gostar muito de saber que o clube não quer a imprensa nos treinamentos o que diminui a visibilidade do investimento no time de futebol.

Para piorar a situação, o gerente determinou que o fotógrafo oficial do clube parasse de tirar fotos do treinamento o que provocou a reação do assessor de imprensa Vinícius Bogéa.

É normal que um clube de futebol determine que este ou aquele treinamento seja fechado, mas todos os treinamentos não é algo comum.

Mas de quem foi realmente essa decisão? Isso é coisa do gerente de futebol ou uma determinação da presidência do clube?

O fato é que não cabe uma postura antipática no momento em que o clube precisa se reaproximar do torcedor.

Depois ainda reclamam que os torcedores maranhenses gostam mais dos times de fora…

sem comentário »

CBF confirma datas dos jogos na Copa do Brasil

0comentário

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou as datas dos jogos da primeira fase da Copa do Brasil. (Clique aqui e veja a tabela).

O estado do Maranhão terá três representantes na Copa do Brasil: Moto e Imperatriz, respectivamente campeão e vice Estadual e o Sampaio que foi o campeão da Copa do Nordeste e entra na competição nas oitavas de final.

O Imperatriz estreia na competição contra o Náutico-PE, no dia 6 de fevereiro (quarta-feira), às 19h30, no Estádio Frei Epifânio D’Abadia.

O Moto pega o Vitória-BA, no dia 13 de fevereiro (quarta-feira), às 21h15, no Estádio Castelão.

Imperatriz e Moto farão jogo único com Náutico-PE e Vitória-BA jogando pelo empate.

Foto: CBF

sem comentário »

Republicanismo de fachada

0comentário

Na esteira do debate que manteve com o deputado federal eleito Márcio Jerry (PCdoB) durante a semana, o deputado estadual Adriano Sarney (PV) condenou em suas redes sociais, na sexta-feira, 11, o que considerou “republicanismo de fachada” das esquerdas maranhenses.

As críticas foram acirradas depois de Jerry e apoiadores do governo Flávio Dino (PCdoB) comemorarem a aproximação com a gestão de Jair Bolsonaro (PSL). E atacarem o parlamentar do PV, que os criticou por boicotar o governo federal, ao mesmo tempo em que tentam se locupletar dele.

Adriano destacou que a postura assemelha-se ao que o PCdoB tem praticado nos últimos anos no Maranhão, onde atualmente faz ferrenha oposição ao grupo Sarney – de forma, avalia ele, muitas vezes baixa -, mesmo já tendo sido parte de uma gestão sarneyzista.

“Nos últimos anos, eles ficam repetindo essa história de oligarquia e de 40 anos. Mas eu lembro que o PCdoB integrou as duas primeiras gestões da ex-governadora Roseana. Naquela época, não tinha oligarquia, o que tinha era muito comunista ocupando cargo e defendo o governo com unhas e dentes”, ironizou.

O deputado se referiu aos mandatos que se estenderam de 1994 a 2002, quando o PCdoB era uma das principais legendas de apoio a Roseana Sarney. Na época, comunistas ocupavam cargos de destaque no governo. Como a Gerência Regional de Santa Inês, comandado por Marcos Kowarick, a Presidência do Instituto de Terras do Maranhão (Iterma), com Stefano Silva Nunes, e a Direção Fundiária do Iterma, com Eurico Fernandes.

Adriano lamentou a forma de fazer política do partido. “Quando a oportunidade de derrubar adversários se apresenta, o PCdoB sobe no palanque. Quando aparece uma oportunidade de se aproveitar de adversários, o PCdoB faz reuniões em gabinetes. Aí, quando alguém denúncia, eles dizem que é patrulha. Esse é o republicanismo de fachada do PCdoB”, afirmou.

Estado Maior

sem comentário »