Moto decepciona na estreia da Copa do Nordeste

1comentário

O Moto tinha tudo para começar a Copa do Nordeste com uma vitória diante da sua torcida contra o Altos-PI, mas acabou transformando um jogo que começou fácil em um tropeço que ninguém esperava.

O time maranhense começou bem a partida e dominou o primeiro tempo. Logo a 16 minutos, num cruzamento de Juninho, o Papão abriu o placar com Márcio Diogo que foi o destaque da partida, ao desviar de cabeça.

Com o gol, o Moto come;ou a recuar, mas a defesa não dava espaço ao Altos que só teve uma chance com Manoel, aos 34 minutos que chutou da entrada da área e a bola desviou no poste esquerdo de Rodolfo.

No segundo tempo, o Moto cedia espaço ao adversário na tentativa de marcar o segundo gol no contra-ataque, mas foi o Altos que teve as melhores chances.

Os piaiuenses encontravam facilidade pelas laterais, principalmente pelo lado direto do Moto. Tiaguinho apareceu livre pelo menos quatro vezes até acertar um chute cruzado aos 37 minutos e empatar o jogo.

O Altos ainda perderia duas oportunidades incríveis de marcar e vencer o jogo. O empate por 1 a 1 acabou ficando de bom tamanho para o Moto.

O resultado é claro que foi ruim, mas nada que leve ao desespero logo na primeira partida. Mas já deu para ver que o Moto tem problemas no gol, na lateral esquerda e, principalmente no ataque.

Se o Moto decepcionou, o seu torcedor decepcionou ainda mais. Foram apenas 2.400 fiéis rubro-negros no Castelão. Fica difícil o Moto ter um time melhor sem o apoio da sua torcida.

O próximo jogo do Moto pela Copa do Nordeste será no sábado (19), contra o Vitória, às 16h, no Barradão.

Foto: Zeca Soares

1 comentário »

PTB vai se unir ao MDB e PP, diz Pedro Lucas

0comentário

A bancada do PTB na Câmara dos Deputados decidiu, nesta quarta-feira (16), que passará a integrar o bloco formado pelo MDB, PP e outros.

O futuro líder do partido, Pedro Lucas Fernandes (MA), informou, após reunião realizada nesta tarde, que, “num futuro próximo”, o PTB vai fechar questão sobre que candidato irá apoiar à Presidência da Câmara.

“A bancada decidiu que vai marchar unida em relação à Presidência. O PTB teve os votos necessários para a sua decisão de formar o bloco neste momento e, num futuro próximo, definir seu candidato à Presidência”, declarou.

Foto: Jotaric

sem comentário »

Edivaldo confirma avanços no atendimento da Cemarc

1comentário

A modernização e melhoria do atendimento promovidas pela gestão do prefeito Edivaldo na Central de Marcação de Consultas e Exames (Cemarc) tem proporcionado mais agilidade aos serviços de saúde da capital e, como uma das consequências, promovido o bem-estar da população. Para constatar o processo de mudança na Cemarc o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem empreendido uma série de visitas ao local com o objetivo de conversar com as pessoas que usam o serviço e ver de perto o funcionamento do órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

Nesta quarta-feira (16), Edivaldo voltou à Cemarc seis meses após à implantação da nova sistemática de agendamentos que teve como principal resultado a redução das filas no local. Com as melhorias realizadas pela Prefeitura foi triplicada a oferta disponibilizada nas unidades que passou de 6.500 para cerca de 19 mil atendimentos mês.

“Estamos voltando à Cemarc em mais uma visita de rotina para acompanhar de perto o trabalho realizado no setor, porque essa é uma característica da nossa gestão: estar perto da comunidade, vistoriar os serviços, corrigir os rumos que devem ser seguidos e, também, observar os acertos. E acertos é o que podemos verificar aqui na Central de Marcação de Consultas e Exames, que vive hoje uma nova realidade”, destacou o prefeito que esteve acompanhado pela primeira-dama, Camila Holanda, do vice-prefeito Julio Pinheiro e do secretario municipal de Saúde, Lula Fylho.

Neste novo momento, o agendamento de consultas e procedimento são feitos diariamente e não mais apenas na primeira semana de cada mês como era anteriormente. De acordo com dados da Semus, a Cemarc fechou o ano de 2018 com mais de 2 milhões atendimentos ofertados na rede municipal de saúde. “Conseguimos fazer com que o serviço funcionasse e avançasse. Vir aqui e não ver mais aquela situação indigna das pessoas esperando atendimento em longas filas ou dormindo no local para conseguir agendamento de serviço é, realmente, motivo de muita alegria para todos nós”, completou Edivaldo.

O titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho, avaliou as melhorias estruturais e de gestão executadas no setor como cruciais para os resultados hoje alcançados pela Cemarc, que registrou um aumento de mais de 80% na oferta de especialidades médicas como ortopedia, por exemplo, que passou de 80 consultas/mês para cerca de 600 consultas/mês, um número considerado extremamente significativo e que denota a mudança no setor de modo geral. Com as mudanças efetivadas, o atendimento aumentou de 6 mil, em agosto de 2017, para cerca de 19 mil consultas e procedimentos agendadas, triplicando o atendimento para as especialidades médicas na rede municipal de saúde.

“A orientação do prefeito Edivaldo é para darmos atenção especial à Central de Marcação de Consultas e Exames, um dos gargalos no setor da saúde que deveriam ser enfrentados com maior diligência. E foi o que fizemos. Mudamos a sistemática de agendamento, que passou a ser diário; aumentamos a oferta de serviços e disponibilizamos novos procedimentos que não eram realizados antes na rede, como arteriografia, ecodoplercardiograma e cateterismo, por exemplo. Com todas essas melhorias implementadas, ofertamos hoje um atendimento muito mais rápido e humanizado, porque as pessoas não precisam mais dormir no local, nem ficar em longas filas para agendar sua consulta ou exames médicos”, observou Lula Fylho.

Ainda conforme o secretário, com a mudança de estratégia no atendimento, houve redução significativa também do tempo de espera por atendimento. Uma ressonância, por exemplo, que antes tinha um tempo de espera de até seis meses para ser realizado, hoje o mesmo exame é feito num espaço de 30 dias, após o agendamento. O mesmo é observado com os exames de tomografia, que hoje são feitos em no máximo 10 dias após sua marcação.

O titular da Semus informou ainda que um grupo de trabalho foi instituído para analisar o desenvolvimento do serviço no setor, traçar as metas e implementar as ações com vistas a garantia da excelência no atendimento. O último balanço realizado na área aponta também que todos os procedimentos de saúde ofertados na rede tiveram crescimento significativo, atendendo ao planejamento no qual foram mapeadas 41 intervenções discutidas em reuniões semanais por esse grupo de trabalho e implementadas uma a uma.

Foto: A. Baeta

1 comentário »

Vereadores participam de audiência sobre Plano Diretor

1comentário

Vereadores de São Luís participaram, na noite de terça-feira (15), da primeira, de uma série de nove audiências públicas, para revisão do Plano Diretor da capital maranhense, com base na Lei nº 4.669/2006.

O evento, de iniciativa da Prefeitura, ocorreu no auditório da Faculdade Pitágoras, no bairro do Turu, e tem como finalidade debater a reordenação de políticas voltadas para áreas urbanas e rural da cidade, além de garantir acessibilidade, mobilidade, uso racional do uso e ocupação do solo, habitação, meio ambiente, saneamento básico, entre outras questões que envolvem o planejamento estratégico do município.

Para o presidente da Câmara de São Luís, Osmar Filho (PDT), esse é o momento importante para que todos possam discutir melhorias para a cidade. “Entendemos a importância que tem o Plano Diretor, instrumento que há mais de dez anos não passa por um processo de revisão. A cidade tem que acompanhar as mudanças que ocorrem constantemente e um dos pilares para isso é justamente o Plano Diretor”, declarou.

Osmar Filho informou que, após a conclusão das audiências públicas, tudo que for absorvido pelos técnicos da Prefeitura farão parte do documento revisado, que passará por uma ampla discussão e posterior votação no plenário da Câmara Municipal.

“Na nossa avaliação a cidade precisa avançar e no momento em que o prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) encaminhar está matéria para o Legislativo, a gente saberá contribuir para avançar nessa questão. Assim que esse documento chegar na Câmara, com certeza, daremos total celeridade ao assunto”, frisou.

Segundo o vereador Honorato Fernandes (PT), essa discussão é importante, pois garante a retomada da revisão do Plano Diretor de São Luís. “A gente espera que esse debate tenha, cada vez mais, a ampla participação da sociedade civil e que a gente veja a população da cidade participando
desses nove encontros, que se inicia hoje com este evento, pois esta é uma ferramenta importante, ao lado da lei que trata do uso e ocupação do solo urbano, fundamental para que haja um crescimento ordenado do município”, destacou.

A vereadora Bárbara Soeiro (PSC) disse que a sociedade tem mais é que comemorar esse debate, por se tratar de uma discussão que impactará na vida de todos que moram em São Luís. “Entendo que o marco é quando a sociedade participa, fala e discute as suas demandas. Eu sempre digo que
o Plano Diretor começa e termina na Câmara Municipal. O Executivo é a parte técnica, mas é aqui nessas audiências que a sociedade discutirá aonde doi. Portanto, é somente por meio desse diálogo que temos que debater a cidade, pois precisamos ter qualidade de vida. Temos milhares de problemas e não adianta ficar somente reclamando no canto”, enfatizou.

Já o vereador Estevão Aragão (PSDB) criticou a falta de mais participação popular na primeira audiência pública organizada pela Prefeitura, além da demora na revisão do Plano diretor que já ultrapassa os dez anos legais para sua atualização. “O Plano Diretor de São Luís vai caminhando para os três anos de defasagem, pois deveria ter sido atualizado em 2016, já que a última revisão aconteceu em 2006. Entendo também que faltou ampla divulgação sobre o assunto à população da
cidade. É preciso que vários setores e segmentos da sociedade possam participar, pois isso mexerá com a vida e o dia a dia de cada um. O que a gente observa é que sempre participam das audiências apenas correligionários do prefeito. Apesar disso, trata-se de um assunto de extrema importância e essas audiências são fundamentais para reordenarmos o nosso Plano Diretor”, afirmou.

Os trabalhos contaram também com as participações de secretários municipais, estudantes, lideranças comunitárias e demais representantes da sociedade civil organizada.

Para o secretário municipal de Planejamentos Estratégicos, Gustavo Marques, que presidiu a mesa de diálogos, o Conselho da Cidade teve todas as suas atividades técnicas acompanhadas por observadores ao longo das reuniões para a montagem do documento que proporcionará a revisão do Plano Diretor.

“A realização dessas nove audiências públicas é a oportunidade que a população de São Luís tem de se fazer ouvir e falar na montagem dessa revisão do Plano Diretor. Esse processo está sendo garantido pela Prefeitura, que abre as portas para que todos possam fazer suas manifestações e contribuir para esse novo documento”, frisou.

Também participaram da audiência os vereadores Raimundo Penha (PDT), Francisco Chaguinhas (PP), Ricardo Diniz (PRTB) e Joãozinho Freitas (PTB).

Foto: Divulgação

1 comentário »

Hilton Gonçalo é favorito na disputa em Santa Rita

0comentário

O prefeito Hilton Gonçalo é cotado como favorito para vencer a disputa eleitoral em Santa Rita no próximo ano. Em recente levantamento, o atual prefeito aparece com ampla vantagem em relação aos seus possíveis adversários, tanto em um cenário espontâneo, como em cenários estimulados.

De acordo com o Instituto Conceito, o médico tem quase 70% da intenção de votos na pergunta quem não apresenta os nomes dos candidatos, já quando os nomes são apresentados, Hilton chega a 80%.

A pesquisa do Instituto Conceito aponta que no cenário espontâneo, Hilton possui 69,8%; Márcio Rezende 13,6%; o ex-prefeito Tim 6,2%; Dr Gaspar 4,3%; Júnior da Servbem 3,1%; Dr Joelson 1,2%; Talib, Jansen Mauro e Fredilson com 0,6%, cada um.

Já no cenário estimulado, Hilton Gonçalo tem 75,7% contra 24,3% de Júnior da ServBem. Em outra simulação, o atual prefeito aparece com 80,7% contra 19,3% do ex-prefeito Tim. Os números representam os votos válidos.

Hilton Gonçalo está no terceiro mandato como prefeito de Santa Rita e deve disputar a reeleição em 2020, e todos os números apontam amplo favoritismo.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Sampaio Basquete anuncia Clarrisa e Tati Pacheco

0comentário

A semana é especial para o torcedor do Sampaio Basquete. A cada dia, a diretoria tem anunciado uma contratação para a temporada 2019 da LBF, e a novidade desta quarta-feira é histórica. Três vezes MVP do nacional, Clarissa é mais um nome de peso para o garrafão Tricolor.

A jogadora de 1,88m e 30 anos joga no Lyon ASVEL, da França, e chega ao final da temporada europeia. Não atua na LBF desde 2016, quando vestia a camisa do Corinthians/Americana.

A pivô é uma das maiores jogadoras da história da LBF. Pelo ADCF/Unimed/Americana, conquistou três títulos (2011/12, 2013/14 e 2014/15) e outros três troféus de Melhor Jogadora da Temporada (2011/12, 2013 e 2014/15). Em 120 jogos, tem um duplo-duplo de média, com 15 pontos e 10,8 rebotes.

Clarissa começou no Fluminense e passou por Mangueira, Vagos (Portugal), Acucar Cometa/Unimed/Catanduva. Entre 2015 e 2016, atuou na WNBA pelo Chicago Sky. Nas temporadas mais recentes, vem atuando na Liga Francesa com passagens por Tango Bourges, Flammes Carolo e o Lyon ASVEL.

Com a camisa da Seleção, Clarissa tem três títulos continentais e duas participações olímpicas, com média de 13,4 pontos e 10,7 em 10 jogos entre Londres-2012 e Rio-2016.

Tati Pacheco retorna

Um dos destaques da campanha passada, que terminou com o vice-campeonato, a ala Tati Pacheco volta para mais uma temporada no Maranhão.

A ala de 1,81m e 28 anos foi uma das principais cestinhas do tricolor em 2018, com quase 12 pontos por jogo de média, melhor marca de sua carreira na LBF CAIXA, que tem mais de 120 jogos, duas finais disputadas, um troféu do Torneio de Três Pontos de 2016 e de Jogadora Revelação de 2013.

“A expectativa é melhor possível, claro! O time está todo renovado; vamos precisar de um tempinho pra encaixar, mas acredito que vamos fazer uma LBF muito boa”, declarou a tricampeã Sul-Americana com a Seleção.

Nas quartas de final passadas, registrou seu recorde pessoal ao anotar 29 pontos contra Presidente Venceslau. No Jogo das Estrelas, representou o Sampaio no Desafio contra a Liga Argentina e participou do primeiro Torneio de Enterradas Feminino do país.

Com os dois nomes, já são seis os reforços anunciados pelo Sampaio Basquete, que já revelou as contratações de Agustina LeivaRaphaella MonteiroTainá Paixão e Érika. O treinador será Cristian Santander, ex-seleção argentina.

O Sampaio Basquete tem o patrocínio do Governo do Maranhão e da Cemar por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Arquivo/FIBA

sem comentário »

Hildo reafirma candidatura à presidência do MDB

0comentário

Diante da falsa informação de que estaria sendo costurado um acordo para a eleição do diretório estadual do MDB do Maranhão, o deputado federal Hildo Rocha reagiu com firmeza e indignação. “Não existe acordo. Sou candidato à presidência do diretório regional do MDB maranhense. As informações divulgadas por alguns blogs é fantasiosa”, afirmou o parlamentar.

A reação do deputado decorre da publicação de suposto acordão por meio do qual o deputado João Marcelo assumiria o comando da legenda e Hildo Rocha seria o vice-presidente.

“Essa possibilidade nunca chegou a ser cogitada. Quando estivemos reunidos para tratar sobre a eleição, o deputado João Marcelo foi taxativo ao dizer que não pretende concorrer porque, no seu entendimento, caso ele sucedesse o seu pai, o Senador João Alberto, ficaria parecendo continuidade da atual gestão. João Marcelo chegou a afirmar que o MDB não é capitania hereditária. Portanto, a informação é fantasiosa, totalmente mentirosa”, informou Hildo Rocha.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Caos na Saúde

0comentário

A edição de ontem de O Estado trouxe um levantamento nacional preocupante e que coloca o Maranhão como o 24º estado no ranking nacional da saúde pública. O estado governado pelo comunista Flávio Dino é hoje o último em expectativa de vida do país e o 22º em mortalidade infantil.

O relatório ainda aponta que cerca de 70% dos óbitos registrados no estado na fase infantil são evitáveis. Pelo levantamento, falta uma adequada atenção à gestante, ao recém-nascido e à mulher na hora do parto.

Os dados desconstroem todo um discurso elevado pelo governador Flávio Dino de que houve avanço na área da saúde durante o seu governo, e atestam as denúncias da oposição de sucateamento das UPAs e hospitais regionais, desvalorização dos prossionais e falta de investimento no setor.

E vão além disso: mostram os efeitos danosos provocados por uma organização criminosa que segundo a Polícia Federal atuava dentro da Secretaria de Estado da Saúde na gestão comunista.

A classificação do Maranhão no ranking nacional do DGE mostra que as coisas não vão tão bem, como prega Flávio Dino no governo virtual acampado no Twitter e no Facebook.

A situação é alarmante.

Ilegalidade

Funcionários das UPAs que haviam sido aprovados em seletivo realizado pela SES em abril de 2016, estão trabalhando hoje sem qualquer vínculo empregatício nas unidades. Isso porque o seletivo tinha validade de 2 anos, e venceu em 2018.

Apesar disso, os profissionais foram mantidos de forma precária em suas atividades.

Na UPA do Bacanga, por exemplo, eles são constantemente ameaçados de demissão pela direção da unidade e atuam sob pressão psicológica. É o caos na saúde.

Desrespeito

A desvalorização e o desrespeito aos profi ssionais da Saúde no Governo do Maranhão, aliás, tem sido uma marca da gestão comunista iniciada em janeiro de 2015.

Ao assumir mandato, Dino prometeu concurso público para o setor. Mas realizou apenas seletivos e um deles com a criação empregos na Emserh, com baixos salários, diga-se.

Mantém centenas de profissionais sem vínculos nas unidades, uma ilegalidade que agride os direitos trabalhistas de cada um dos profissionais. Não há dignidade.

Sem ortopedia

A “gestão” da Secretaria de Estado da Saúde decidiu encerrar a oferta de atendimento na especialidade Ortopedia na UPA Araçagi.

De todas as UPAs da capital, a do Araçagi era a única equipada para receber pacientes, em casos de urgência, para intervenções nessa área. Agora, nem isso.

A rede estadual de saúde do Maranhão está sucateada.

Outro lado

O Governo do Estado armou, por meio de nota, que houve uma queda de 4,3 óbitos infantis quando comparados os anos de 2013 a 2017 no Maranhão.

A base para o apontamento, segundo a SES, é a metodologia de busca ativa do Ministério da Saúde. O Governo não explicou, contudo, por que ainda é o 24º estado no ranking da Saúde do DGE 2018 e o 22º no que diz respeito à mortalidade infantil.

Outro lado 2

Por meio de nota, o Governo também informou que a taxa de expectativa de vida no Maranhão cresceu/melhorou de 70 anos em 2014 para 70,9 anos em 2017 segundo o IBGE.

Apesar disso, segundo o relatório de indicadores do DGE 2018, o Maranhão ainda é o estado com a menor expectativa de vida do país.

O instituto utilizou como base justamente os dados do IBGE para fazer um panorama geral do país.

Estado Maior

sem comentário »

Moto estreia na Copa do Nordeste no Castelão

0comentário

O Moto Club estreia na Copa do Nordeste, hoje (17), às 20h30, no Estádio Castelão, contra o Altos-PI.

O Moto está no grupo B, juntamente com ABC-RN, Bahia-BA, Botafogo-PB, CSA-AL, Confiança-SE e Náutico-PE e nesta primeira fase enfrenta as equipes do grupo A: Altos-PI, CRB-AL, Fortaleza-CE, Salgueiro-PE, Sampaio-MA, Santa Cruz-PE, Sergipe-SE e Vitória-BA.

O time rubro-negro é comandado pelo técnico Wallace Lemos e passou por uma profunda reformulação. Do time do ano passado, apenas o lateral-direito Diego Renan permanece no time titular.

O time está definido com Rodolfo, Diego Renan, Lucas Dias, Alisson e Matheus. Naílson, Lucas Huck e Juninho. Evandro Russo, Danilo e Márcio Diogo.

O Moto fez quatro amistosos na pré-temporada com três vitórias e um empate. O último amistoso foi contra o Ríver, de Teresina e venceu por 3 a 1, no Castelão.

Para a partida contra o Altos estarão abertos os setores 1, 2 e 3 ao preço de R$ 30,00 e as cadeiras cobertas a R$ 50,00. Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do Castelão durante todo o dia.

Todos os detalhes sobre Moto e Altos-PI você acompanha pela Rádio Mirante AM.

sem comentário »