Braide destaca importância da Reforma Tributária

0comentário

O deputado Eduardo Braide (PMN) destacou nesta segunda-feira (4), na abertura dos trabalhos do Congresso do Nacional, a importância da redução de impostos por meio da reforma tributária. (Veja o vídeo)

Em entrevista à TV Câmara, Eduardo Braide analisou de forma positiva a mensagem enviada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL).

“Primeiro acreditar na confiança, na esperança nesse novo governo de que melhores dias virão. Eu acho que o papel do Congresso nacional é fundamental para que esses temas que serão encaminhados pelo novo governo possam ser debatidos aqui com agilidade que é necessária, mas sem deixar de lado temas importantes. A Reforma da Previdência é um tema que tem sido exautivamente tocado por todos, mas ao lado da Reforma da Previdência tem uma reforma que eu considero muito importante que é a Reforma Tributária que já foi aprovada por uma comissão especial aqui da Casa Casa e que muitas vezes deixa de ser tocada nos discursos. Eu acho que a Reforma Tributária é o que o Brasil está precisando neste momento para poder gerar novos empregos para poder acabar com o sufoco, com o arrocho fiscal que é feito, principalmente com os pequenos comerciantes brasileiros que tentam sobreviver a essa crise”, afirmou.

Eduardo Braide também destacou o ‘pacote anticrime’ anunciado pelo ministro da Justiça Sérgio Moro.

“Eu acho que é importantíssimo esse enfrentamento direto, esse enfrentamento firme em relação ao crime organizado, à corrupção e aos crimes violentos, eu acho que mais do que um número grande na pena que vai ser estabelecida ao criminoso é a certeza da punição. Eu acho que isso é o mais importante de tudo. E esse projeto pela oportunidade que eu tive de acompanhar a coletiva do ministro da Justiça vem e acordo com essa realidade. Aumentar a sensação de punição em relação àqueles que cometem os crimes ao invés de ficar sempre aumentando a pena e deixar de lado a aplicação da lei”, destacou.

Foto: Reprodução

sem comentário »

Carlos Brandão presta contas na Assembleia

0comentário

Na tarde desta segunda-feira (4), durante a Sessão Solene que marcou a abertura dos trabalhos da 19ª legislatura (2019-2022) na Assembleia Legislativa do Maranhão, o vice-governador do Estado, Carlos Orleans Brandão (PRB), representando o governador Flávio Dino (PCdoB), leu a Mensagem Governamental com a prestação de contas referente ao período de 2015 a 2018 e as propostas para o próximo quadriênio. Na Mensagem, o governador Flávio Dino diz que finaliza a gestão de 2015/2018 com a sensação de dever cumprido e reafirma o compromisso de promover a harmonia entre os poderes de forma isenta, republicana e democrática.

 “Essa mensagem, além de cumprir uma exigência legal, visa demonstrar o resultado de um esforço coletivo, realizado nos últimos anos, para construir um Maranhão mais justo e próspero, e apresentar as propostas, amplamente discutidas com a população maranhense, para o próximo quadrimestre”, complementou.

“Como é do conhecimento de todos, as finanças públicas da União e dos entes subnacionais passam por uma situação muito delicada, decorrente de uma profunda crise econômica e política que fragilizou a capacidade dos órgãos públicos de enfrentar problemas socioeconômicos. Apesar dessas adversidades, conseguimos avanços significativos em todas as áreas do governo e, pela terceira vez consecutiva, somos apontados pelo Portal G 1 como o governo que mais cumpriu propostas”, ressaltou o governador.

Avanços

Dentre outras conquistas, na área da Educação, o governador destacou a construção e reforma de 830 escolas do programa “Escola Digna”, a entrega de mais de 90 ônibus escolares aos municípios e a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), de 2.8 para 3.4, tirando o estado do 22º lugar para o 13º, no ranking nacional, e ocupando o 3º lugar no Nordeste. “Retiramos mais de 100 mil pessoas do analfabetismo, por meio dos programas de alfabetização ‘Sim eu Posso’ e ‘Brasil Alfabetizado’, e pagamos o maior salário da rede estadual do Brasil aos nossos docentes”, acrescentou.

Na área da Segurança, foi destacado o fim do caos prisional no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, o efetivo de 15 mil policiais militares (o maior da história do Maranhão), a aquisição de 1.078 viaturas para o reaparelhamento das polícias e a queda de 65% nos índices de homicídios na grande São Luís, tirando a capital da lista das 50 mais violentas do mundo.

Na área da Saúde, segundo a Mensagem Governamental, foram investidos R$ 206 milhões em obras de construção, reforma e ampliação de unidades assistenciais de saúde. “Entregamos 10 novos hospitais e temos, hoje, mais de 200 ambulâncias ajudando a conectar os sistemas de saúde municipais à rede estadual. Além disso, transformamos o Hospital Geral em Hospital de Câncer”, prosseguiu.

Na área da Infraestrutura, as ações destacadas foram a construção de 1.200 km de rodovias, além de 1.972 km de requalificação asfáltica por intermédio do programa “Mais Asfalto”.

Propostas

Como propostas estratégicas para o próximo quadriênio, o governador citou a implantação do sistema integrado de planejamento e gestão fiscal e do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central, assim como a expansão do Plano Mais IDH, a partir do planejamento estratégico com enfoque territorial, garantindo a integração e estruturação de redes de políticas públicas municipais e regionais. Citou ainda a ampliação do programa “Travessia”, para garantir transporte acessível e adequado para o deslocamento de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

E mais: ampliar o número de escolas de ensino em tempo integral, com a meta de chegar a 150, bem como contribuir para a ampliação do acesso à educação infantil nos municípios, em regime de colaboração, por meio da construção de creches, pré-escolas e espaços lúdicos, com acessibilidade, atendendo ao que estabelece o Marco Legal da Primeira Infância.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Sandow Feques é o novo técnico do Maranhão

0comentário

O Maranhão apresenta nesta terça-feira (5), o seu novo treinador. O nome da vez no Parque Valério Monteiro é o de Sandow Feques que substitui a Marcinho Guerreiro que pediu demissão e já está no Treze-PB.

Sandow Feques já treinou equipes como Sampaio, Moto, JV Lideral, São José e o Imperatriz que foi a sua última equipe em 2017. Servidor público estadual, Feques é funcionário na Sedel.

Além de Sandow, o MAC deve confirmar os ex-jogadores Paulo César como auxiliar técnico e Izone Carvalho que será o diretor de futebol.

Além do novo comando técnico, o MAC confirmou a contratação do goleiro Rodrigo Ramos.

No ano passado, Rodrigo Ramos foi campeão maranhense pelo Moto e disputou a Série C. No fim de 2018, disputou a Copa FMF pelo MAC e sagrou-se campeão.

No início deste ano, Rodrigo Ramos foi para o Atlético de Alagoinhas, no interior da Bahia, mas não se adaptou e após três jogos pediu para retornar ao Maranhão.

O MAC é o sexto colocado no Campeonato Maranhense com apenas 3 pontos ganhos e vem de duas derrotas consecutivas. O próximo jogo do MAC será no domingo (10), às 17h, no Estádio Castelão contra o Santa Quitéria que é o vice-lanterna e luta contra o rebaixamento.

Foto: João Rodrigues

sem comentário »

Rafael Leitoa é o novo líder do governo na AL

0comentário

O deputado Rafael Leitoa (PDT) foi escolhido novo líder do governo Flávio Dino na Assembleia Legislativa. O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira (4), durante a Sessão Solene de abertura dos trabalhos, no Plenário Nagib Haickel. 

Leitoa terá a missão de substituir a Rogério Cafeteira que disputou a eleiçào, mas não conseguiu se releger.

“Eu me sinto honrado em ter sido escolhido lpara ser o íder do governo na Assembleia Legislativa. Além de trabalharmos a pauta em defesa das ações do governo, daremos suporte aos projetos e matérias importantes, entre outras coisas, fazendo a interlocução com os municípios maranhenses”, disse Rafael Leitoa.

O parlamentar acrescentou que o governo Flávio Dino tem dado certo e, por isso, é referendado pelo povo maranhense. “O governo do Maranhão é apontado como o melhor do Brasil e, aqui na Assembleia, nós contribuiremos para que esse trabalho continue, dando suporte, aprovando projetos de leis e, sobretudo, dialogando com a sociedade”, finalizou. 

Foto: Agência Secap

sem comentário »

Edivaldo reafirma parceria com a Câmara

0comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior participou, nesta segunda-feira (4), da sessão solene de abertura dos trabalhos da 19ª legislatura do 5º período legislativo da Câmara Municipal de São Luís. O ato foi conduzido pelo novo presidente da Casa, vereador Osmar Filho. Na ocasião, o prefeito Edivaldo apresentou um balanço das ações municipais em diversas áreas, anunciou novas obras para a cidade e destacou a importância da harmonia entre os poderes Legislativo e Executivo, reiterando seu compromisso de continuar mantendo o diálogo e o respeitoso relacionamento institucional que já é cultivado entre ambos os poderes visando ao bem comum da população e melhorias em favor da cidade.

Em sua mensagem no ato solene, o prefeito Edivaldo desejou sabedoria e sucesso aos vereadores na condução dos trabalhos na legislatura que se inicia na Casa. “A Câmara tem sido uma grande parceira em apoio aos importantes projetos que desenvolvemos em nossa cidade em diversas áreas e que trouxeram mudanças muito positivas para a população. E eu tenho a honra de voltar a esta Casa onde iniciei minha vida pública e reconhecer que muitas das conquistas obtidas pelo município nos últimos seis anos de gestão foram resultado desse importante apoio dos vereadores aos projetos de lei do Executivo, por entenderem que o que é bom para cidade é bom para a população e vice e versa”, afirmou Edivaldo, que esteve acompanhado pelo vice-prefeito Julio Pinheiro.

Na solenidade, o prefeito pontuou algumas das ações municipais realizadas com o apoio da Câmara. Edivaldo citou, entre outros projetos, a realização da licitação do transporte público, que foi aprovada por unanimidade na Casa. O projeto culminou na reestruturação de todo o sistema público de transporte da capital, que hoje conta com 638 ônibus novos, sendo 275 veículos climatizados. Edivaldo acrescentou ainda que outro importante projeto para a cidade será encaminhado nos próximos dias à apreciação da Câmara: o projeto do novo Plano Diretor da cidade, cujas audiências públicas para escuta popular encerraram na semana passada.

Ainda no ato solene de abertura dos trabalhos na Câmara, Edivaldo pontuou ainda o pacote de obras de revitalização da região central da capital, como as realizadas no Complexo Deodoro e Rua Grande, além das executadas no largo da Praça Pedro II. Na ocasião, o prefeito anunciou a expansão dos serviços para revitalização do Centro Histórico.

(mais…)
sem comentário »

As decisões que comprometem Marcinho Guerreiro

4comentários

Ninguém vai entender a decisão do técnico Marcinho Guerreiro que após três jogos e duas derrotas consecutivas jogou a toalha e pediu demissão do Maranhão.

Para piorar a situação, Marcinho Guerreiro já acertou com o Tre4ze-PB que demitiu o técnico Marcilho. Todo mundo já sabia que o Treze procurava um treinador e ao demitir Marcilho anunciou Marcinho Guerreiro.

Em menos de um ano, Marcinho trocou o Moto pelo Imperatriz em meio à turbulência rubro-negra.

Depois do acesso com o Cavalo de Aço foi para o Sampaio para tentar ser o “salvador da pátria” e acabou entregando o cargo em meio à Série B.

E chegou a ser anunciado como técnico em 2019, mas o clube acabou mudando de ideia depois que Guerreiro “jogou a toalha” antes do término na Série B.

Agora, depois de deixar de lado o técnico Raimundinho Lopes e optar por Marcinho Guerreiro, o MAC se vê sem treinador, pois o seu técnico está pronto para assumir o time de Campina Grande, onde um dia já foi jogador.

O fato é que a sequência de idas e vindas de Marcinho Guerreiro são recentes demais e recorrentes o que é muito ruim para o seu curriculo.

É legítimo que Marcinho Guerreiro busque sempre o melhor lugar para trabalhar e tenha as melhores condições, mas também é necessário que mostre capacidade de reagir diante de problemas, pois pular do barco no meio do caminho é no mínimo uma demonstração de fraqueza.

Que coisa!!!

Foto: Afonso Diniz

4 comentários »

Glalbert Cutrim é eleito 1º vice-presidente da AL

0comentário

A eleição do deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT), como 1º vice-presidente da mesa diretora da Assembleia Legislativa, mostrou o peso político conquistado pelo parlamentar durante seu primeiro mandato.

Neste biênio, o deputado terá a responsabilidade de substituir, sempre que solicitado, o presidente Othelino Neto (PCdoB), eleito por unanimidade, na sexta-feira (1º).

Aos 30 anos, Glalbert chega a 1º vice após ocupar os principais cargos no Legislativo Estadual.

No inicio de seu primeiro mandato, foi eleito 2º vice-presidente na chapa do saudoso deputado Humberto Coutinho (PDT).

Também presidiu as duas mais importantes comissões do Poder Legislativo, a primeira, Comissão Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle e por último, Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.

Fora do Legislativo, foi indicado para compor a Direção Nacional do PDT, conquistou espaço no partido e teve participação importante na articulação que elegeu o prefeito Erlânio Xavier na eleição da Famem, no último dia 30.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

A volta precipitada e a nova lesão de Paulo Sérgio

6comentários

Não foi por falta de alerta… Foi teimosia e precipitação mesmo…

Falei aqui no blog esta semana que a escalação do zagueiro Paulo Sérgio pelo treinador Flávio Araújo era precipitada, pois o duelo com o CSA era decisivo para as pretensões das duas equipes.

Não deu outra. O zagueiro que não disputava uma partida oficial há quase 5 anos ficou apenas 7 minutos em campo até sofrer uma nova lesão e ser substituíndo.

Estava mais do que claro que Paulo Sérgio não poderia voltar assim, pois ele não sofreu apenas uma contusão até ficar parado. Foram várias contusões e, principalmente várias cirurgias.

E deveriam, também ter medido o risco do gramado pesado por conta das chuvas que caem em São Luís.

Disse aqui que Paulo Sérgio deveria ter sido lançado em jogos mais simples, de preferência no Campeonato Maranhense que tem nível técnico abaixo da Copa do Nordeste, mas a comissão técnica entendeu que estava na hora.

Na entrevista coletiva, Flávio Araújo mininizou o problema e sequer tocou no assunto, mas a direção do clube deve agir diferente.

Deve cobrar explicações ao treinador Flávio Araújo porque jogou o atleta nessas “fogueira” e explicar também porque o Sampaio vai tão mal na Copa do Nordeste e o que ainda espera de jogadores como Edgar, Eloir e companhia….

Foto: Reprodução/TV Mirante

6 comentários »

Foco de resistência

0comentário

O início dos trabalhos na Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (4), marca também a institucionalização do Bloco Parlamentar de Oposição na Casa com um dos poucos – mas talvez o principal – focos de resistência ao governo Flávio Dino (PCdoB) no Maranhão.

O comunista saiu com um grupo muito mais fortalecido e ainda maior das eleições de 2018. No Parlamento estadual, por exemplo, pelo menos no papel, a oposição se resumirá ao BPO – formado por PV e MDB, com cinco deputados – e ao deputado Wellington do Curso (PSDB). Todas as demais bancadas estarão alinhadas ao Palácio dos Leões.

Liderados pelo deputado estadual Adriano Sarney (PV), portanto, caberá aos poucos oposicionistas a hercúlea missão de encampar pautas de fiscalização e cobrança do governo Dino.

Como já se viu nos quatro anos do primeiro mandato do chefe do Executivo, não será tarefa fácil, já que os comunistas não hesitam em usar a força da máquina a seu favor nas votações em plenário.

Mas é a partir da postura dos não alinhados que se pode delinear um caminho aos que não concordam com as práticas do PCdoB no Maranhão.

Racha

A propósito do tamanho do grupo Flávio Dino (PCdoB), há quem acredite que o governador não consegue manter a paz entre aliados por muito tempo.

A base está efetivamente grande demais e, para os que advogam essa tese, em algum momento não será possível atender a tantos interesses.

E a consequência óbvia seria um racha.

O Estado

sem comentário »