Moto bate o Sampaio e segue 100% no Maranhense

9comentários

O Moto venceu o Sampaio por 1 a 0, neste sábado (9) no Estádio Castelão pelo Campeonato Maranhense. (Veja o gol aqui).

A partida foi equilibrada no primeiro tempo. o Sampaio começou melhor, mas o Moto acabou equilibrando e passou a atacar com perigo.

O Sampaio chegou em um único lance que Edgar lançou Medina, mas o goleiro Rodolfo fez a defesa para o Moto.

O time rubro-negro ainda teve um pênalti que o árbitro Mayron Frederico não marcou quando Edgar puxou Léo Paraíba dentro da área.

O gol da vitória rubro-negra foi marcado aos 32 minutos do segundo tempo. Num cruzamento de Léo Paraíba, o atacante Dalmo cabeceia e o goleiro Rodrigo Santos faz grande defesa, mas larga a bola e Gleisinho aproveita o rebote para abrir o placar .

O Moto ainda teve a chance de fazer o segundo em cobrança de falta de Juninho e a bola bateu no travessão e depois no porte esquerdo.

Com a vitória, o Moto segue isolado na liderança com 12 pontos e 100 por cento de aproveitamento. O Sampaio é o segundo com 7 pontos.

O público anunciado foi de 5.200 pagantes e A renda somou R$ 90 mil.

O Moto volta a jogar na quarta-feira, pela Copa do Brasil, contra o Vitória-BA, no Castelão e no domingo volta a enfrentar o Sampaio, às 17h, pela Copa do Nordeste.

Foto: Lucas Almeida

9 comentários »

Hildo quer melhorar forças de segurança pública

0comentário

O deputado federal Hildo Rocha apresentou Projeto de Lei que obriga os Estados da federação a oferecerem melhor preparação dos policiais militares. De acordo com Hildo Rocha, em alguns estados, os novos policiais começam a trabalhar sem que estejam devidamente preparados. (veja aqui)

“Temos visto alguns estados formarem os seus policiais em apenas seis meses. Isso é uma irresponsabilidade porque é impossível oferecer o treinamento adequado em tão pouco tempo”, argumentou o parlamentar.

Prazo maior e treinamento continuado

Hildo Rocha ressaltou que esse procedimento tem amparo legal, está na Constituição Federal. “O projeto de minha autoria não mexe na autonomia dos Estados. Porém, o PL 463/2019 diz que para  o Estado conseguir recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública é condição indispensável que no Plano Estadual de Segurança Pública, de cada unidade da federação, conste que o período de formação dos policiais seja de no mínimo um ano e que haja requalificação continuada”, explicou.

Alto índice de policiais mortos

O deputado disse que uma das consequências da formação inadequada é a elevada quantidade de policiais mortos diariamente em todo o país. “Apresentei esse projeto visando fazer com que a sociedade tenha uma polícia melhor e obrigar os Estados a ofertarem melhor treinamento para que os policiais também adquiram melhores condições para se defender. Diariamente nos deparamos com notícias sobre morte de policiais no exercício das suas atividades. Isso não está correto”, afirmou Hildo Rocha.

Apoio dos colegas parlamentares

O deputado conclamou os seus colegas congressistas a apoiarem a proposta. “Trata-se de um projeto importante que irá contribuir para que a sociedade brasileira possa contar com policiais mais treinados, mais eficientes. Portanto, peço o apoio dos colegas deputados e deputadas para que possamos aprovar esse Projeto de Lei”, destacou Hildo Rocha.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Roberto Rocha assina CPI de Brumadinho

0comentário

Foi protocolado esta semana no Senado, o requerimento que cria a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as causas do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. O objetivo é identificar responsáveis pela catástrofe, possíveis falhas nos processos de licenciamentos dos órgãos competentes, os autores dos laudos técnicos, além das providências cabíveis para evitar novos acidentes.

Dos 81 congressistas, 44 assinaram o requerimento. O senador Roberto Rocha, novo líder do PSDB no Senado assinou o documento. “O Brasil quer respostas e providências. Há três anos foi a barragem de Mariana e hoje acontece novamente, mas e amanhã? É preciso investigar os fatos e o legislativo tem um papel relevante no aperfeiçoamento da legislação que trata do tema”, disse.

Ainda de acordo com o senador maranhense, todas as barragens brasileiras precisam passar por um processo de fiscalização mais rigoroso. “Será necessário um esforço conjunto entre os governos estaduais e o governo central para averiguar a situação de cada uma delas”, disse.

A CPI tem prazo de 180 dias de funcionamento e será composta por 11 senadores. A comissão prevê visitas in loco que podem ajudar na investigação das causas do rompimento da barragem.

Foto: Agência Senado

sem comentário »

Prefeitura inicia vacinação antirrábica em São Luís

0comentário

Mais de 160 mil animais devem ser imunizados durante a Campanha de Vacinação Antirrábica, iniciada nesta sexta-feira (8), na capital. A ação leva agentes de saúde da Prefeitura de São Luís de casa em casa para vacinar cães e gatos e, assim, manter a cidade livre da raiva e garantir a saúde do animal e da população. Coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), a campanha integra a política pública de saúde da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. A vacinação prossegue até o mês de abril, sempre às sextas e sábados.

O secretário de Saúde, Lula Fylho, destaca o apoio da população à campanha da Prefeitura como um dos importantes contribuintes para alcance das metas. “A gestão do prefeito Edivaldo tem promovido um rigoroso controle epidemiológico e mostrado preocupação em garantir a cobertura vacinal dos animais. Neste sentido, é importante a adesão da população ao trabalho da Prefeitura. Peço que as pessoas recebam os vacinadores e somem para que sejam atingidas as metas e mantenhamos os animais imunizados mantendo a cidade livre de doenças como a raiva que pode ser transmitida aos humanos”, pontuou.

Equipes de mais de 200 técnicos estão distribuídos nos bairros, trabalhando por quadra de moradias para vacinar os animais. A atividade iniciou na área central da capital alcançando os bairros Centro, Liberdade, Apeadouro, Camboa, entre outros. Conforme estipulado pela Unidade de Vigilância Epidemiológica (UVZ), órgão da Semus, devem ser vacinados cães e gatos com idades a partir de três meses, sendo exceção para animais que estejam doentes e fêmeas no último mês de gestação.

São Luís não registra casos de raiva desde 2013, e desde o início da gestão Edivaldo são promovidas medidas de controle epidemiológico. As campanhas são anuais e disponibilizam ainda as vacinas em unidades de saúde. A raiva é uma infecção viral aguda, transmitida para seres humanos a partir da mordida, lambida ou ferida causada por animais infectados. Entre os sintomas da doença no animal estão mudança de comportamento, dificuldade para engolir e excesso de salivação.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Fernando Pessoa defende obras em Barra do Corda

0comentário

O deputado Fernando Pessoa (SD) destacou durante a semana na Assembleia Legislativa, a importância das obras da MA-012, que liga diversos municípios e povoados entre Barra do Corda e São Raimundo do Doca Bezerra.

Pessoa agradeceu a atenção do governador Flávio Dino à região de Barra do Corda e lembrou, também, que o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), cooperou para que essas transformações chegassem à região.

Centro de Hemodiálise

Já no grande expediente, Fernando Pessoa defendeu a instalação de um Centro de Hemodiálise em Barra do Corda, para atender não só a própria cidade, mas também todos os municípios próximos.

Essa proposta tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas que fazem hemodiálise e necessitam se deslocar até a cidade de Caxias ou Imperatriz, duas vezes por semana.

Segundo o parlamentar, ainda em campanha, foi firmado compromisso com o Governo do Estado para implantação da unidade de tratamento no município.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Eliziane Gama assina CPI Lava Toga

0comentário

A senadora Eliziane Gama (PPS) está entre os subscritores do requerimento para a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Cortes Superiores. O senador Alessandro Vieira (PPS-SE), que vinha coletando assinaturas desde o início da semana, chegou às 27 adesões necessárias na quinta-feira (7).

Gama é a única entre os três senadores maranhenses que assinou o pedido.

Chamada nos bastidores de “CPI Lava Toga”, a comissão quer investigar o funcionamento de órgãos como o Supremo Tribunal Federal (STF) e pretende até convidar ministros da Corte para darem depoimento.

O requerimento é focado em quatro pontos. Um deles é o “uso abusivo” de pedidos de vista ou outras manobras que atrasam as decisões das Cortes. Outra frente de investigação pedida pelos parlamentares é o “cotidiano desrespeito ao princípio do colegiado” – segundo Alessandro, os tribunais se transformaram “em um aglomerado de juízes monocráticos”.

Blog do Gilberto Léda

sem comentário »

Curioso comportamento

0comentário

Desde a primeira sentença aplicada pela Justiça Federal contra o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, o governador Flávio Dino tem apontado o dedo contra a magistratura e sugerido falta de isenção e inclinação política dos juízes nos processos.

Foi assim contra Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça; contra o Tribunal Regional Federal da 4 Região (TRF-4), quando confirmou a condenação de primeira instância de forma unânime e mandou o ex-presidente para a prisão; e na última semana, quando o petista foi novamente condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

Dino já chegou a classificar a primeira sentença contra o ex-presidente – proferida por Moro -, de “condenável, incorreta e desastrada”. Ele também afirmou na ocasião – numa entrevista a jornalistas concedida em Boston, em 2018 – que o processo judicial contra o petista estava sendo utilizado para “fins políticos”.

Depois disso, afirmou que Moro não tinha “as mínimas condições para julgar Lula”. Na ocasião da sentença unânime dos desembargadores do TRF-4, o comunista falou em “esoterismo judicial” e tripudiou da análise do processo feita pela Corte.

E na última semana apontou “inovação jurídica” sobre a decisão da juíza Gabriela Hardt, que condenou Lula a mais 12 anos e 11 meses de prisão.

Em todos os casos, uma assanhada arrogância, desrespeito à Justiça e tentativa de constrangimento aos magistrados.

Ex-juiz, Flávio Dino tem tentado, de todas as formas mostrar que há forte influência política dentro da magistratura. Tem sustentado uso político em todos os processos contra o ex-presidente.

Curioso isso, vindo, sobretudo, de um ex-juiz que abraçou a causa política.

Estado Maior

sem comentário »

Moto e Sampaio fazem clássico no Maranhense

0comentário

Moto e Sampaio se enfrentam neste sábado (9), às 17h, no Estádio Castelão pela quarta rodada do Campeonato Maranhense.

As duas equipes apostam nos seus destaques na temporada, pelo lado do Moto o meia Márcio Diogo e no Sampaio,, o atacante Maxuel Samurai, os dois são artilheiros das equipes na temporada.

O Moto lidera a competição com 9 pontos e tem 100 por cento de aproveitamento na competição. O Sampaio é o segundo com 7 pontos ganhos.

No Moto, o técnico Wallace Lemos não terá o zagueiro titular Lucas Dias que cumprirá suspensão e o meia Evandro Russo por motivo de contusão, mas ganha o retorno do lateral-direito Diego Renan.

O time rubro-negro terá a seguinte escalação: Rodolfo; Diego Renan, Eduardo, Alisson e Matheus Mendes; Naílson, Lucas Hulk e Juninho Arcanjo; Léo Paraíba, Danillo Galvão e Márcio Diogo.

No Sampaio, o Flávio Araújo perdu os zagueiros Paulo Sérgio, por motivo de contusão e Moisés que está machucado e suspenso. Quem também está fora é o lateral-esquerdo Rômulo que foi dispensado durante a semana.

OTricolor deve enfrentar o Moto com: Rodrigo Santos; Talisson, Wanderson, Rafael e Lucas Gabriel; Dedé, João Felipe, Eloir e Medina; Edgar e Maxuell Samurai.

Tudo sobre Moto e Sampaio você acompanha pela Rádio Mirante AM.

Foto: Lucas Almeida

sem comentário »