Moto perde tempo e não resolve problema no ataque

1comentário

A torcida do Moto vai ter que esperar ainda mais, pois o tão sonhado “homem-gol” só deverá mesmo ser contratado para o Campeonato Brasileiro Série D que tem início previsto para o mês de maio.

Embora o time ainda dispute três competições, o Moto não pode mais inscrever nenhum atleta no Campeonato Maranhense. Na Copa do Nordeste, as chances de classificação diminuíram e na Copa do Brasil, precisa avançar no mata-mata. Mas se depender dos atacantes vai ser muito difícil.

Danilo Galvão e Dalmo, após 12 jogos, marcaram apenas um golzinho.Foi na vitória por 2 a 1, contra o Pinheiro e o gol de Danilo Galvão (foto). Foi só e mais nada.

Sempre que perguntado sobre o assunto, o presidente Natanael Júnior diz está procurando. “Estamos monitorando o mercado, mas para trazer a melhor opção, vamos esperar o término da primeira fase dos estaduais”. Assim, o time deve ficar mais alguns dias sem esta novidade.

Val Barreto o Moto não quis e o atacante que foi destaque na temporada passada foi para o Imperatriz.

Enquanto não vem um atacante, o Moto se reforça com o volante Amarildo, de 33 anos. Ele atuou duas temporadas futebol boliviano pelo Destroyers. Também atuou no River-PI, Botafogo-PB, CRB, Avaí, dentre outras equipes.

Vale lembrar que além do ataque, o Moto tem carência na lateral-esquerda e na meia.

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

1 comentário para "Moto perde tempo e não resolve problema no ataque"


  1. Conde maximu’s del reis

    Presidente, tá louco, tá louco..
    Vai se lascar e nem merece pelo bom trabalho,presidente juizo homem, falta o homem dd fazer gol, voce tá cego,homem de deus….

deixe seu comentário