Teto do ginásio Castelinho desaba em São Luís

1comentário

Um dia triste para o esporte no Maranhão.

O teto do ginásio Castelinho, no Outeiro da Cruz, a maior e principal praça esportiva do esporte amador desabou no início da tarde desta quarta-feira (5).

No momento do incidente, haviam dois funcionários que trabalham no local e que conseguiram sair ao perceber que o tato estava desabando.

O ginásio Castelinho é o local de treinamento do Sampaio Basquete que se prepara para a Liga de Basquete Feminino (LBF). O time treinou ontem pela manhã e tarde e hoje estava de folga.

O Corpo de Bombeiros inteditou toda a área do ginásio.

O secretário de Desporto e Lazer, Rogério Cafeteira que á está no local disse que toda estrutura do teto foi comprometida e que o governador Flávio Dino já determinou a recuperação imediata do Castelinho.

“Fomos informados agora há pouco do desabamento de parte do ginásio. Graças a Deus não tem nenhum ferido. Os técnicos da Secretaria de Infraestrutura estão vindo para cá para fazer todo o levantamento para que possamos começar logo a recuperação dessa importante praça esportiva como já determinou o governador Flávio Dino. Nós não sabemos se todo o teto desabou e o Corpo de Bombeiros não orientou a nossa entrada para ver o que houve, mas tudo indica que toda a estrutura do teto foi comprometida”, disse o secretário da Sedel, Rogério Cafeteira em entrevista à Rádio Mirante AM.

Foto: Divulgação/Redes sociais

1 comentário para "Teto do ginásio Castelinho desaba em São Luís"


  1. Rubem Alexsandro

    É muito engraçado só agora o governador vai mandar fazer a reforma no Ginásio Castelinho, a tempos esse Ginásio precisava de reparos emergenciais, o Esporte e Lazer no estado do Maranhão só serve para fazer política e cabide de emprego, esse tal de Rogério Cafeteira nem sabe porque está nessa pasta, só sabe é fazer política e um tal de Leonardo da Capei só sabe pedir propina, eita Governador Flávio Dino, já que fez um ótimo carnaval é hora de fazer um ótimo Esporte e Lazer.
    Fica aqui meus comentários meu caro Zeca Soares.

deixe seu comentário