Maratona 2020

2comentários

Dizem os mais experientes na política que uma eleição é sempre uma maratona, nunca uma corrida de 100 metros livres.

Metaforicamente, querem dizer que não adianta largar bem meses (ou anos antes) de uma eleição, se não houver “fôlego” para a chegada.

No último fim de semana, o ainda jovem deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB) conheceu na prática um pouco dessa assertiva.

Mais votado em São Luís na eleição de 2018, ele desponta, ainda hoje, como um nome para a disputa pela Prefeitura em 2020.

Mas, a eleição, lembremos, é só daqui a um ano e meio. Uma maratona.

Duarte largou bem, mas sofreu seu primeiro grande baque nos primeiros 100 metros, com a exoneração da sua indicada Karen Barros da presidência do Procon-MA.

Resta saber como se recuperará de agora em diante. Ou se conseguirá se recuperar. Porque a corrida é longa. E está apenas começando.

Reação

Além dos reflexos político-eleitorais, há expectativa quanto a outro aspecto da exoneração de Karen Barros da presidência do Procon-MA.

Duarte Júnior é aliado do governo, mas recentemente saiu do plenário para não votar a rejeição da convocação do presidente da Emap pela oposição.

Os próximos posicionamentos dele em plenário serão acompanhados de perto pelo Palácio dos Leões, que pretende saber se ele seguirá fiel à base.

Estado Maior

2 comentários para "Maratona 2020"


  1. Tricolor

    Ela é namorada dele.

  2. Fernando Silva

    Isso prova que cargo indicado sem competência acaba dando nisso. Outra coisa, não pensa esse cidadão que eleição de deputado é igual pra prefeito. Tem que dormir, e muito, embaixo da rede de outros com mais bagagem política.

deixe seu comentário