Braide defende bumba-boi como patrimônio na Unesco

0comentário

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) defendeu, nesta quinta-feira (23), na sede da Unesco em Brasília, a candidatura do bumba meu boi ao título de Patrimônio Imaterial da Humanidade. 

“Como maranhense, me senti orgulhoso ao defender hoje junto à diretora da Unesco, Marlova Jovchelovitch, a candidatura do nosso bumba meu boi ao título de Patrimônio Imaterial da Humanidade, apresentada com excelência pelo Iphan, por sua presidente Kátia Bogéa. Fiz essa defesa junto com o deputado Hildo Rocha, por entendermos que a riqueza do bumba-boi do Maranhão merece ecoar em todos os cantos do mundo”, afirmou Braide.

O encontro também contou com a participação de representantes do IPHAN e da Diretoria do Departamento Cultural do Itamaraty. 

“A diretora da Unesco nos informou que as candidaturas serão julgadas em dezembro deste ano, na cidade de Bogotá, na Colômbia. E tanto a diretora Marlova quanto os representantes do Iphan e do Itamaraty destacaram a força que o bumba meu boi tem para se tornar patrimônio da humanidade”, disse Braide.

Ao final da reunião, Eduardo Braide presenteou a representante da Unesco com um boizinho produzido por artesãos de São Luís. 

“Agora temos um símbolo da cultura do Maranhão na sede da Unesco e, pelo sucesso que o boizinho fez, saímos do encontro com a certeza de que essa será uma candidatura vitoriosa. Estamos na torcida para que o nosso bumba-boi ganhe este importante título mundial. A nossa cultura merece!”, finalizou o deputado.

Foto: Igor Almeida

Sem comentário para "Braide defende bumba-boi como patrimônio na Unesco"


deixe seu comentário