O fantasma de um novo fracasso dentro de casa

0comentário

Foi horrível mais uma vez ver o futebol apresentado pela Seleção Brasileira na Copa América. Se a estreia contra a Bolívia, apesar da vitória por 3 a 0 foi sofrível, o que dizer após o empate contra a “forte” seleção da Venezuela?

O Brasil de Tite foi uma confusão só. Parecia mais um amontoado de jogadores, onde cada um tentava resolver sozinho da pior forma possível e que acabaram envolvidos pela marcação da Venezuela que entrou em campo na expectativa de perder de pouco.

Mais perdidos do que os jogadores estava o técnico Tite que visivelmente nestes dois jogos procurou apenas “segurar” o emprego na Seleção.

Com o time da Venezuela totalmente na defesa qual a necessidade do Brasil jogar com Casemiro e Arthur?

O que faz o David Neres nesse time? Como pode o Éwerton Cebolinha ficar na reserva com o Neres em campo? Porque Tite demorou tanto para colocar o Cebolinha em campo?

E o Firmino? Incrível como o Tite consegue esconder o bom futebol do craque do Liverpol.

E o Felipe Luiz? O que esperar de um jogador tão comum? Por fim teve a entrada do Fernandinho? Ah!!! Essa foi demais…

Porque os jogadores não conseguem repetir na Seleção Brasileira o que fazem em seus clubes? Tite tem uma ideia para o time, mas parece não ter as peças adaptadas a ela, afinal estão atuando diferente dos seus clubes.

O alerta está ligado, o Brasil pega agora o Peru e precisa pelo menos empatar para garantir a classificação sem depender do resultado entre Venezuela e Bolívia. Uma derrota para o Peru e uma vitória da Venezuela e o Brasil de Tite estará desclassificado e repetirá em casa o vexame da Copa do Mundo.

Mas dessa vez num grupo “forte’ ao lado de Bolívia, Venezuela e Peru.

Com todos os problemas e sem convencer a ninguém, ainda acredito que o Brasil tem tudo para se classificar, pois é impossível imaginar o Brasil fora da Copa América num grupo desses.

Pelo menos é o que se espera…

Foto: Reuters / Rodolfo Buhrer

Sem comentário para "O fantasma de um novo fracasso dentro de casa"


deixe seu comentário