Quando a política ajuda o esporte e vice-versa

2comentários

Quando Rogério Cafeteira foi escolhido pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para assumir a Sedel, nem mesmo ele tinha noção do quanto a sua indicação poderia vir a ser importante para o esporte.

Rogério na Sedel, com o trânsito que tem no meio político iria trazer boas novas para o nosso esporte. Não deu outra e mesmo estando apenas no início, posso afirmar que muita coisa já melhorou.

Digo isto para falar de um outro político, sempre presente em eventos esportivos. Falo do hoje deputado federal e pré-candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide que ontem esteve no Costra Rodrigues acompanhando a final da Liga de Basquete Feminino (LBF) entre Sampaio e Vera Cruz.

Existe quem o chame de “aproveitador”, mas quem frequenta os estádios, ginásios e campos de futebol Maranhão afora sabe que não é verdade.

Braide tem o DNA do esporte e não pode ser confundido com aqueles que só aparecem nos grandes eventos.

A sua presença nos locais de evento, assim como o exemplo que citei de Rogério Cafeteira são muito importantes para o esporte, pois tudo que acontece gira em torno da política.

A presença de Braide e de outros políticos nos eventos esportivos será sempre bem vinda, principalmente quando trouxer algo positivo para o esporte.

Antes de finalizar, quem também prestigiou o basquete feminino ontem foram os deputados estadual Duarte Jr. e Daniela Tema. Torceram , tiraram fotos e ainda participaram da entrega das medalhas às equipes.

Que voltem mais vezes e que façam ações no espote….

Os desportistas agradecem….

2 comentários para "Quando a política ajuda o esporte e vice-versa"


  1. Júnior

    Pra quem não sabe, o pai de Eduardo braide, Antônio Carlos, já foi presidente do Moto. Ele frequentou estádios desde muito novo.

  2. silva

    só faltou ele vestir o manto vitorioso da bolivia querida o resto ta de ferias

deixe seu comentário