Adriano repercute protesto de enfermeiros e técnicos

1comentário

Enfermeiros e técnicos de enfermagem realizaram uma manifestação nesta segunda-feira (2) em frente à Secretaria de Estado da Saúde. Nesta terça-feira (3), o deputado estadual Adriano Sarney (PV), exigiu, na Assembleia Legislativa do Maranhão, o fim das demissões e do aumento da jornada de trabalho.

Segundo o líder de oposição, a manifestação aconteceu como forma de repúdio ao aumento da jornada de trabalho de 30 horas semanais e à demissão de 30 profissionais da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga.

“Hoje vemos as UPA’s demitindo profissionais, sem medicamentos e em uma situação precária. Isso é o reflexo de uma saúde com a gestão irresponsável do governo comunista que só vive de aparecer na mídia”, destacou Adriano.

De acordo com o deputado, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, prometeu: retornar os profissionais para a jornada de trabalho de 30 horas semanais; reajustar os salários; pagar as verbas rescisórias; e o fim das demissões. 

“Essa promessa foi filmada. Nós vamos cobrar todas as promessas do secretário Carlos Lula para que não fiquem apenas nas palavras, mas que sejam de fato revertidas em benefício daqueles que trabalham pela saúde do Estado do Maranhão”, afirmou Adriano.

Foto: Agência Assembleia

1 comentário para "Adriano repercute protesto de enfermeiros e técnicos"


  1. Thiago

    O deputado Adriano está correto em sua avaliação. A luta pela redução da jornada de trabalho é mundial e civilizatória e devia ser estendida a todas as categorias profissionais. Uma jornada de trabalho menor é condição para garantir a saúde do trabalhador e um serviço de mais qualidade para o cidadão.

deixe seu comentário