Edivaldo lança 13ª edição da Feira do Livro de São Luís

0comentário

De 11 a 20 de outubro São Luís será o centro das atenções da literatura maranhense. É que neste período ocorre a 13ª Feira do Livro de São Luís (FeliS). Nesta terça-feira (24) o prefeito Edivaldo Holanda Junior fez o lançamento do evento no auditório do Centro Cultural e Administrativo do Ministério Público do Maranhão. A FeliS é o maior evento cultural e de fomento à leitura do Maranhão. Em 2019 o tema é “O Brasil atemporal na obra de Aluísio Azevedo” e vai reunir mais de 100 autores locais. A expectativa é que o evento receba um público superior a 160 mil pessoas, número de visitantes do ano passado.

O prefeito Edivaldo Holanda Junior, que estava acompanhado da primeira-dama Camila Holanda, do vice-prefeito, Julio Pinheiro, e do titular da Secult, Marlon Botão, entre outros secretários municipais, afirmou que a FeliS estimula a leitura e movimenta o comércio do setor. “Durante 10 dias iremos receber a população de São Luís e de outros municípios maranhenses que participarão das várias atividades da nossa programação. As crianças são o nosso público mais importante. Todos os dias levamos alunos da nossa rede para participarem da programação e terem contato com os poetas, escritores e se sentirem motivadas a ler”, disse o gestor municipal.

A FeliS é uma promoção da Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias municipais de Cultura (Secult) e Educação (Semed) e correalização do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae). A programação da Feira do Livro de São Luís é toda gratuita e será realizada no Multicenter Sebrae das 10h às 22h.

O lançamento da 13ª edição da Feira do Livro de São Luís reuniu autoridades, escritores, representantes de entidades literárias e livrarias entre outros entusiastas da cultura e literatura local. Este ano, além do patrono Aluísio Azevedo, também serão homenageados os também maranhenses Rosa Mochel e Dreyfus Azoubel, ambos comemorando o centenário de nascimento.

Durante seu pronunciamento o prefeito Edivaldo destacou ainda que um dos pontos altos da FeliS é oferecer aos autores locais a oportunidade de lançarem e divulgarem suas obras. Em sua fala ele destacou a cordelista e poetisa Goreth Pereira como exemplo das mudanças que a literatura pode fazer na vida de uma pessoa. Ex-agente de limpeza urbana da Prefeitura de São Luís, Goreth Pereira teve apoio do prefeito Edivaldo para seguir na carreira literária.

Emocionada, ela agradeceu pelo apoio recebido e prestou uma homenagem ao prefeito Edivaldo. “Eu conheci o prefeito Edivaldo quando ele ainda era vereador e não me esqueço das palavras que ele me disse. Ele pediu que eu o visse não como vereador, mas como político. E foi isso que ele foi para mim. O amigo que me ajudou a realizar o sonho de ser escritora enquanto muita gente fazia pouco de mim”, disse. Em seguida ela recitou um poema de sua autoria em homenagem aos 407 anos de São Luís.

Fotos: A. Baeta

Sem comentário para "Edivaldo lança 13ª edição da Feira do Livro de São Luís"


deixe seu comentário