Penha leva cidadania para moradores da Alemanha

1comentário

Idealizado pelo vereador Raimundo Penha (PDT), o projeto Movimentação concluiu, neste último fim de semana, mais uma edição exitosa nas comunidades de São Luís.

Desta vez, os moradores da Alemanha foram beneficiados com serviços gratuitos nas áreas da saúde, capacitação profissional, esporte  e cultura, por exemplo.

Mais de 500 pessoas foram atendidas nesta edição do projeto. Foram oferecidas oficinas de grafitagem, transformação de alimentos, artesanatos natalino e chapeiro.

Na saúde, os moradores tiveram acesso à consultas oftalmológicas; atendimento odontológico; clínico geral; vacinação; e ações relacionadas ao “Novembro Azul”.

“Tratou-se de mais uma etapa muito proveitosa do projeto, através da qual promovemos cidadania para a comunidade da Alemanha. O Movimentação continuará percorrendo São Luís em 2020 levando serviços variados para os moradores”, disse o vereador.

Raimundo Penha, na semana passada, também esteve na Alemanha acompanhando o início dos trabalhos de pavimentação de vias do bairro.

O serviço está sendo realizado pela Prefeitura, através do programa “São Luís em Obras”, e foi uma solicitação feita pelo parlamentar.

Outra conquista recente dos moradores do bairro e do vereador foi o início da obra de reforma do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO).

Foto: Divulgação

1 comentário para "Penha leva cidadania para moradores da Alemanha"


  1. Helena

    Vou fazer um comentário que não tem nada a ver com o assunto do post.
    Espero que a SECID tome providências o quanto antes.
    Há alguns dias foram derrubados vários barracos que estavam sendo erguidos na beira da Av. Quarto Centenário mais precisamente nas imediações da Fé em Deus e da rua Boa Vista, acontece que as pessoas voltaram a construir novas palafitas, na verdade elas nunca foram totalmente extintas das margens do rio Anil principalmente na área do bairro da Alemanha, mas foram reduzidas a poucos barracos. A Secid que é responsável pela obra da av., acredito eu, não pode deixar proliferar mais barracos naquele entorno porque muitos motoristas ficarão com receio de trafegar com seus veículos naquele local por medo de assaltos, passei ontem lá (2 de dezembro) e está ficando um cenário pior do que era antes das outras palafitas que foram removidas pelo gov. do estado e os moradores mudaram-se para apartamentos populares. Espero que a Secid, a prefeitura ou algum órgão competente volte lá e vejam o que é possível fazer para frear essas construções improvisadas, as pessoas que estão fazendo barracos não são sem tetos querem apenas ver se conseguem tirar alguma coisa do governo como aluguel social ou um apartamento no condomínio Jomar Moraes que será entregue em breve.

deixe seu comentário