Pré-carnaval agita Centro Histórico de São Luís

1comentário

Com atrações na Nauro Machado, Avenida Beira Mar, Praça dos Catraieiros, Madre Deus, Feirinha São Luís e Casa do Tambor de Crioula, o Pré-Carnaval do Maranhão continuará animando o público neste fim de semana com mistura de ritmos e diversidade cultural. Clique aqui e veja a programação

Às sextas-feiras, a prévia carnavalesca acontece na Praça Nauro Machado, a partir das 17h. 

Já nó sábado são dois os pontos de folia: Av. Beira Mar, a partir das 15h, e Praça dos Catraieiros (Bloco da Imprensa), às 17h. 

E no domingo, as atrações se apresentam pela manhã no palco da Feirinha São Luís, na Praça Benedito Leite. E a tarde de domingo a festa é na Madre Deus, a partir das 16h.

Os grupos de tambor de crioula também estão na programação com espaço exclusivo, sempre às quartas-feiras, a partir das 18h, na Casa do Tambor de Crioula.

Nesta sexta-feira (24), na Praça Nauro Machado, o Pré-Carnaval terá grupos de samba, blocos afro e tradicional, escola Favela do Samba, campeã do Carnaval 2019, e a banda Confraria do Copo com repertório repleto de marchinhas e músicas carnavalescas já conhecidas do público.

Na tarde de sábado (25), a alegria também está garantida na Av. Beira Mar e na Praça dos Catraieiros (Bloco da Imprensa). Na Beira Mar a festa começa com toda a animação do Bloco Sem Limite e termina com o Trio Jegue Folia, conhecido por arrastar multidão de foliões no carnaval maranhense. 

Já na Madre Deus, neste domingo (26), o palco montado no Beco do Gavião recebe cinco atrações. Destaque para o show do cantor e compositor Gabriel Melônio, homenageado em 2016 pela escola de samba Turma do Quinto, campeã do Carnaval naquele ano. A programação contará ainda com blocos afro e tradicional, a Escola Unidos de Fátima e o grupo de samba Marabloco.

Foto: Divulgação

1 comentário para "Pré-carnaval agita Centro Histórico de São Luís"


  1. helena

    Cinismo e oportunismo se vê em certos parlamentares. Caso as MAs estivessem um tapete florido, o nobre senador teria cacife para cobrar o governo federal, uma vez que é muito próximo do governador

deixe seu comentário