Liga de Basquete Feminino terá oito equipes em 2020

1comentário

A Liga de Basquete Feminino (LBF) terá oito equipes de quatro estados brasileiros em 2020. A competição que completa 10 anos terá início no dia 8 de março (Dia Internacional da Mulher).

Vão participar as equipes de Blumenau-SC, Ituano Basquete-SP, Pró-Esporte/Sorocaba-SP, Sampaio Basquete-MA, Santo André/Apaba/Caoa Chery-SP, Sesi Araraquara-SP, Sodiê Doces/LSB-RJ e Vera Cruz/Campinas-SP.

Todas as equipes se enfrentam em turno e returno na primeira fase. Nas quartas de final, serão quatro confrontos em séries melhores de três partidas (1º x 8º; 2º x 7º; 3º x 6º; e 4º x 5º), com vantagem de quadra para as equipes de melhor campanha. A fase seguinte, semifinal, também acontecerá entre três jogos, enquanto a grande decisão receberá cinco partidas para definir o campeão de 2020.

O Sampaio Basquete que tenta o tricampeonato terá o patrocínio da Equatorial Energia e Governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte e será comandado pelo técnico francês Virgil Lopez.

O time maranhense já confirmou a contratação da armadora argentina Meli Gretter, a pivô Érika, as alas Tainá Paixão, Tati Pacheco, Raphaella Monteiro e Gabi Guimarães. Também já assinaram com o Tricolor a pivô Gilmara e a lateral Isabela Ramona.

Foto: Arte/LBF

1 comentário para "Liga de Basquete Feminino terá oito equipes em 2020"


  1. Anonimo

    Famoso campeonato fantasma, fracassado, o Basquete feminino a nível mundial tá uma decepção , não é atoa que um time do Maranhão usando recursos obscuros da lei do incentivo ao esporte é o atual campeão. Acredito que esse campeonato não tem mais 2 anos de existência, sem apelo e sem patrocínio deve acabar breve

deixe seu comentário