Barbosa de Godóis conquista ouro nos JEMs

0comentário

A torcida do Barbosa de Godóis de São Luís estava em peso na final do handebol contra o Centro Educacional Arteceb, de Imperatriz e viu a equipe feminina faturar o título de campeã da modalidade dos Jogos Escolares Maranhenses 2018 categoria infantil. A partida foi realizada no Ginásio Castelinho.

Por 16 a 11, a equipe do Barbosa de Godois superou o adversário de Imperatriz. Já o terceiro lugar da competição foi ocupado pela escola Abdon que marcou 17 a 11 contra a escola Bertila.

No infantil masculino, a tradição se manteve. O Barbosa de Godóis que já conta com o hexacampeonato, realizou uma partida eletrizante contra o Batista, de Codó, vencendo por apenas um ponto de diferença, com 20 a 19.

Para o técnico da equipe, o trabalho que proporciona tantas vitórias se constrói desde a infância. “É importante um trabalho de base, desde o pré-mirim, pois sem ele não conseguimos esse resultado. Ao realizar essa atividade, os atletas já chegam preparados para uma competição como essa”, destacou Eduardo Telles.

A medalha de bronze ficou com o ArteCEB, de Imperatriz.

Foto: Divulgação/ Sedel

sem comentário »

O que está acontecendo no Sampaio?

1comentário

A situação do Sampaio na Série B é muito complicada. A equipe não vence a onze jogos e se afunda a cada rodada na zona do rebaixamento. Aguardando a reação do seu time, a torcida boliviana fica procurando reposta para explicar com o campeão do Nordeste se transformou em uma equipe tão diferente no Brasileirão.

O técnico da equipe, Paulo Roberto Santos, já encontrou um dignóstico sobre a situação do Sampaio e diz que internamente já tem resolvido com a direção da equipe. O treinador diz que para o bem do clube as situações não podem ser expostas.

“O dignóstico nós temos, mas muitas coisas são resolvidas internamente. Até para o bem do próprio clube. A gente não pode expor muitas coisas. Acho que vem se pagando um preço de situações que não são de agora. Quando cheguei aqui a situação já estava dessa maneira. Tenho conversado muito com o presidente sobre tudo que vem ocorrendo”,  disse.

Tentando aprofudar mais com o técnico Paulo Roberto Santos, o treinador elecar situações com desorganização em campo e falta de força para marcação que podem está atrelada a este problemas internos. O treinador diz que foi entregue um relatório ao presidente do clube.

“A gente paga o preço de algumas situações que já vem se arrastando dentro do clube. Tem feito uma balancete, um relatório do que encontramos aqui. Infelizmente, a situação de desorganização, de uma equipe as vezes sem força de marcação, tudo isso foi detectato. Estamos conversando com o nosso presidente para tentar melhorar ainda nessa competição para sair dessa situação”, afirmou.

Em meio a este momento, o Sampaio enfrenta o Vila Nova já nesta terça-feira pela Série B. A partida está marcada para às 21h, no estádio Castelão.

Foto: Lucas Almeida

Leia no Globoesporte

1 comentário »

Definidos os campeões no futsal nos JEMs

0comentário

A escola Ceduc venceu a final contra a escola Comecinho de Vida, de Anajatuba, por 2 a 1 e foi a campeã do futsal, infantil feminino, dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) 2018, em partida realizada no Ginásio Costa Rodrigues.

No infantil masculino, o Colégio Carlos Martins, de Pedreiras, tirou a invencibilidade da escola Magnólia e conquistou o ouro nos últimos minutos do segundo tempo, por 4 a 3. Apesar da diferença apertada, a equipe mostrou desenvoltura durante todo o tempo da partida.

De acordo com a técnica Raimunda Nonata, o trabalho que resultou na vitória foi conquistado com muito esforço. “Quando os meninos foram campeões em Pedreiras, nos colocamos à disposição para que eles viessem a ter um bom resultado, tanto na regional como aqui. Deixamos de ter férias para treinar, mas o trabalho resultou nesse bom resultado”, contou.

O Carlos Martins e o Ceduc vão representar o Maranhão nos Jogos Escolares Brasileiros – JEBs.

Foto: Divulgação/ Sedel

sem comentário »

Misael cobra agressividade no Sampaio

4comentários

Entre derrotas e empates, o Sampaio está sem conseguir uma vitória há 11 rodadas. A última vitória do Sampaio foi no dia 9 de junho, pela décima rodada, contra o Oeste, no Castelão, quando o time venceu por 2 a 0. Desde lá, pela Série B do Campeonato Brasileiro, o time não conseguiu mais vencer. A última derrota foi na noite deste sábado (18), por 2 a 0, para o Guarani, em São Luís.

Por conta desses resultados ruins, o time está na zona de rebaixamento, com 17 pontos em 21 jogos. Está ao lado do Boa Esporte na lanterna da competição e com uma diferença de sete pontos para os primeiros times fora do Z-4.

O atacante Misael estreou na noite deste sábado (18), justamente na derrota por 2 a 0 para o Guarani, no Castelão. Para o jogador, o que falta a equipe é mais agressividade.

“Falta mais agressividade dentro de casa. No segundo tempo nós até criamos, com menos um jogador. A torcida tem todo o direito de fazer esse barulho, pois estão insatisfeitos. Nós também não estamos satisfeitos com a situação. Agora é ter cabeça tranquila e trabalhar os erros para que no jogo de terça-feira (contra o Vila Nova, em São Luís), buscar a todo custo os três pontos”, disse Misael.

Sobre jogar com menos um jogador, ele se referiu a expulsão, ainda no primeiro tempo, de William Oliveira. A próxima partida será terça-feira (21), contra o Vila Nova, novamente no Castelão, às 21h30.

Foto: Reprodução / PFC

Leia no Globoesporte

4 comentários »

Reino domina disputas do basquete nos JEMs

0comentário

O Reino dominou a disputa no basquete infantil no Jogos Escolares Maranhenses – JEMs 2018, com a conquista de duas medalhas de ouro, nas decisões disputadas neste sábado (18), no Ginásio Castelinho.

No feminino, o Reino bateu o Colégio Santos Dumont, de Imperatriz por 25 pontos de diferença (40 a 15).

No masculino, o Reino repetiu a dose ao vence O Educator, por 27 pontos de diferença (50 a 23) coroando o belo trabalho dos professores Spiro e Alex.

Ainda neste sábado, o voleibol infantil feminino ficou com a medalha de prata. Na decisão, o Reino foi derrotado pelo Crescimento por 3 sets a 1.

Fotos: Divulgação

sem comentário »

Sampaio perde para o Guarani no Castelão

3comentários

O Sampaio ampliou a sequência de partidas sem vitória no Campeonato Brasileiro Série B. Agora já são 11 jogos sem vencer e a situação vai se complicando rodada a rodada.

O time maranhense, a exemplo do que aconteceu no turno foi derrotado pelo Guarani-SP, por 2 a 0, desta vez no Estádio Castelão.

Com o resultado, o Sampaio segue na penúltima colocação com 17 pontos, a mesma pontuaçã1o do lanterna Boa Esporte, mas leva a vantagem nos critérios de desempate.

A nova derrota em casa deixou o Sampaio há 7 pontos do Paysandu que é a primeira equipe fora da zona de rebaixamento.

Precisando do apoio da sua torcida para reagir na competição, o público total no estádio foi de 4.830 torcedores.

Na próxima rodada, o Sampaio enfrenta o Vila Nova-GO, na terá-feira (22), no Estádio Castelão.

Foto: Reprodução

3 comentários »

Sampaio pega o Guarani precisando vencer

2comentários

O Sampaio enfrenta o Guarani-SP, neste sábado (18), às 19h, no Estádio Castelão, pelo Campeonato Brasileiro Série B.

Com apenas 17 pontos e ocupando a penúltima colocação, o Tricolor precisa desesperadamente da vitória na briga contra o rebaixamento. O time não vence há 10 rodadas.

O time terá algumas novidades. Uma delas é o atacante Misael que ficará como opção no banco de reservas para o técnico Paulo Roberto Santos.

O timo do Sampaio deverá ser Gustavo Busatto; Bruno Moura, Maracás, Rogério e Julinho; Willian Oliveira, Adilson Goiano, João Paulo, Matheusinho e Bruninho; Alison Mira.

Tudo sobre Sampaio e Guarani você acompanha pela Rádio Mirante AM.

Foto: Lucas Almeida

2 comentários »

Esportes coletivas acirram disputas nos JEMs

0comentário

Jogos de basquete, handebol, futsal e voleibolestão sendo disputados em São Luís

As modalidades coletivas dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) categoria infantil já estão agitando as competições de 2018. Handebol, basquete, vôlei e futsal foram as modalidades disputadas na manhã desta quarta-feira (15) em diversas praças esportivas de São Luís.

Em disputa intensa no handebol masculino no Ginásio Castelinho, a escola Abdon Braide de Santa Luzia do Tide chegou a perder para a escola Bertila de Urbano Santos por 5 a 4 em momentos do 1º período, mas soube lidar com a situação e venceu o jogo. O placar final apontou 13 para a escola Abdon Braide contra 8 da escola Bertila. “Foi difícil, mas tivemos sangue guerreiro até o fim e por isso vencemos”, declarou a estudante Sandra de Sousa.

 No Ginásio Paulo Leite, o Colégio Educallis e o Educator de São Luís se enfrentaram em partida pelo basquete feminino. O Educator tentou, mas ficou atrás do Educallis em toda a partida que acabou vencendo por 24 a 19.

Vôlei e Futsal

Para seguir adiante na competição de vôlei feminino, o Reino Infantil e o Colégio Militar Tiradentes (CMT), ambas de São Luís mostraram que queriam avançar na competição em partida realizada no Ginásio Poliesportivo Manoel Trajano. Porém, o CMT não teve força e acabou sendo superado por 2 sets a 0.

A Maria Fernanda do Reino Infantil não acreditava que chegaria a competição. “A minha equipe foi muito boa e até achamos o jogo fácil. Eu nunca imaginei que estaria aqui por conta de eu ser baixinha, mas é maravilhoso estar nos JEMs”, comemorou.

O treinador do Reino Infantil, Antonino Araújo, preferiu deixar avaliações sobre equipe para depois. “A gente vem trabalhando forte e quando a competição for afunilando vamos ver em que estamos melhorando”, sintetizou o treinador.

No Ginásio Costa Rodrigues, a escola Cleobeto de Oliveira de Santa Luzia do Paruá abriu dois gols de vantagem logo no primeiro tempo contra a escola José de Anchieta de Cajari. No segundo tempo, a Escola José de Anchieta marcou e diminuiu a diferença, mas logo depois a equipe adversária manteve fez o 3º gol. Placar final: Cleoberto de Oliveira 3 e José de Anchieta 1.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Torcedor do Sampaio está ausente do estádio

5comentários

Tenho falado muito sobre a ausência do torcedor do Sampaio nos jogos. O assunto pode até ser velho, mas é sempre bom lembrar até para mostrar a importância que o torcedor tem para o seu time.

O Sampaio luta desesperadamente para deixar a Zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro Série B e precisa caminhar junto com a sua torcida.

A campanha ruim e a sequência de resultados negativos tem afastado cada vez mais a torcida rodada a rodada.

Agora, o Sampaio tem dois jogos mais do que decisivos contra Guarani-SP e Vila Nova-GO e precisa mais do que nunca do seu torcedor.

Além do time que anda mal das pernas, o torcedor reclama dos horários dos jogos, mas é preciso dizer que mesmo nos dias em que são disputados mais cedo, o torcedor também não tem comparecido.

A pergunta que faço é: quando é que o torcedor do Sampaio vai entender que ele pode ajudar o time a sair dessa situação?

Não tem mais desculpa. O Sampaio precisa e o torcedor precisa apoiar a equipe neste sábado, 19h, no Castelão.

Ficar nas emissoras de rádio e nas redes sociais criticando não vai ajudar em nada, lugar do torcedor é no estádio.

Fica a convocação!!!!

Foto: Lucas Almeida

5 comentários »

Handebol e futsal são destaque no ParaJems

0comentário

O ginásio poliesportivo Manoel Trajano no Complexo Esportivo Canhoteiro foi centro de disputas do futsal de cinco, futsal intelectual e handebol intelectual – masculino e feminino – das Paralimpíadas Escolares Maranhenses (ParaJEMs) 2018 que integram os Jogos Escolares Maranhenses (JEMS) 2018. No terceiro dia de competições, os estudantes mostraram as jogadas dos intensos treinos em disputas acirradas.

As primeiras a darem show em quadra foram as equipes femininas do handebol intelectual da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (APAE) e da escola Eney Santana.  Com placar de 9 a 8 para a APAE, a atacante da equipe vitoriosa, Joseana Pereira, acreditou na vitória da equipe. “Foi difícil, mas mais importante do que ganhar ou perder é participar porque significa inclusão com as pessoas com deficiência”, afirmou.

No masculino de handebol intelectual, a APAE também levou a melhor em cima da Escola Eney Santana com placar de 12 a 6.

Já no futsal de cinco, as equipes A e B da Escola de Cegos Maranhão (Escema) se enfrentaram em quadra. O atacante do time B, Maciel Santos, pretendia fazer três gols, mas a partida ficou no 0 a 0. “Nossa equipe é conhecida pela união. Foi um grande desafio e apesar do resultado, estamos satisfeitos. Tudo isso engrandece nosso esporte”.

Do outro lado, a equipe A também levou o empate como um importante resultado para o time. “Fomos bem. Apesar de a equipe adversária ter um atacante excelente, nós conseguimos barrar ele porque o jogo ficou empatado. Eles tinham tudo para ser favorito, mas conseguimos neutralizar”, avaliou o zagueiro Carlos Cavalcante.

O futsal intelectual finalizou as rodadas matutinas no Manoel Trajano. A APAE fez um grande jogo e venceu por 11 a 4 a Escola Eney Santana. “Estamos aqui para descontrair. Hoje nós ganhamos deles e vamos ganhar de novo”, comemorou o lateral direito da APAE, Luís Cássio. Já o atacante da Eney Santana, Eliseu Costa, afirmou que “foi um jogo bom, deu pra mostrar nosso futebol e que deficientes têm condições de praticar esporte”.

O Secretário de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), Hewerton Carlos Rodrigues, acompanhou os jogos e ressaltou o papel dos JEMs. “Os jogos das Paralimpíadas são muito importantes pela inclusão social que promovem. Dessa forma, pessoas com deficiência podem aproveitar o esporte para o seu desenvolvimento, para melhorar a saúde e para o lazer”, finalizou.

Foto: Divulgação

sem comentário »