Moto faz promoção para lotar Castelão

4comentários
Mototorcida

Moto enfrenta o Santos precisando vencer no Castelão para chegar ao mata-mata da Série D

A venda de ingressos para o jogo entre Moto e Santos, domingo, pela Série D do Brasileiro, começa nesta quinta-feira. Inicialmente, dois setores serão colocados à disposição. A venda até sábado segue com preços promocionais. O jogo vale a classificação do time maranhense para a próxima fase.

Para o setor 1, o preço cobrado cai de R$ 20 para R$ 10, contudo para adquirir  o ingresso, o torcedor terá que apresentar também 1 kg de alimento não perecível. Para o setor 4, o preço cai de R$ 50 para R$ 40.

Quinta e sexta, os torcedores poderão comprar os ingressos nas bilheterias do Nhozinho Santos, na sede administrativa do clube, no Palácio dos Esportes, e na Luiza Variedades, no Centro. No sábado, o Castelão passa a ser opção também, mas a sede administrativa do clube não funciona mais no fim de semana. No domingo, dia do jogo, os preços devem voltar ao normal.

A ideia é fazer com que o torcedor marque boa presença no Castelão e empurre o time para a classificação para o mata-mata da Série D. A expectativa que no domingo seja registrado o melhor público do Moto nesta edição da Série D. São esperados mais de 10 mil torcedores.

Leia mais

4 comentários »

Desmonte de uma fraude

9comentários

JoseSarneyvota

O senador José Sarney foi alcançado ontem por um documento da TV Amapá, repetidora da Rede Globo e membro da Rede Amazônica de Televisão. O motivo da declaração da empresa foi um vídeo que circula na Internet desde o início da semana. A empresa deixa claro: “Declaro para todos os fins que não é autêntico o vídeo atribuído a esta emissora.

Trata-se, na verdade, de uma montagem fraudulenta”. O que a TV Amapá esclarecia ao próprio Sarney diz respeito a um vídeo espalhado como vírus pela rede mundial de computadores. Nele, tentam fazer parecer que o senador votara em Aécio Neves (PSDB) nas eleições de domingo, o que é absolutamente mentiroso.

Sarney não só votou na presidente Dilma (PT) como vibrou com a sua vitória no Maranhão, a maior votação proporcional do país, com quase 80% dos votos. E no Amapá também a petista teve expressiva votação.

O vídeo manipulado baseou-se em imagens feitas pelos profissionais da emissora amapaense, destacados para cobrir, de forma jornalística, o voto do ex-presidente, como das demais autoridades que exerceram seu direito de voto no estado. A fraude contra Sarney, além de covarde, mostrou-se criminosa, típica do clima de campanha que se instalou no Maranhão nas eleições, criticado pelo próprio Sarney.

E teve o objetivo de indispor o senador com a presidente, o que não logrou êxito diante do agradecimento da própria Dilma pela votação alcançada no estado. A fraude agora é desmontada oficialmente, com a declaração da emissora amapaense.

Coluna Estado Maior/O Estado

9 comentários »

Volta ao Senado

6comentários

sarney

O senador José Sarney (PMDB-AM) retornou ao Senado, nesta segunda-feira (16), após ficar 54 dias afastado para tratamento de saúde. Ele chegou a ficar internado no hospital por 24 dias entre os meses de julho e agosto.

Sarney participou da sessão especial que comemorou os 70 anos da criação do território federal do Amapá. O senador saudou a chegada a Macapá da linha de transmissão que permitirá a integração dos estados da região Norte ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Com aproximadamente 1.800 quilômetros de extensão total, o chamado Linhão de Tucuruí passa por trechos de florestas e atravessa o Rio Amazonas.

De acordo com Sarney, o linhão traz a possibilidade de energia abundante para que o estado possa “concretizar o sonho de um polo industrial”. O senador disse que a obra foi feita de forma a causar o menor dano possível ao meio ambiente, por isso o cabeamento passa acima da floresta, preservando-a. A obra inclui três torres na travessia do Rio Amazonas, duas delas com 295 metros de altura.

Sarney recordou que essa obra resultou de uma grande luta, iniciada quando ele ainda era presidente da República e determinou os primeiros estudos, na Eletronorte, para a ligação do sistema elétrico de Tucuruí com o resto do Brasil.

Foto: Pedro França/Agência Senado

6 comentários »

Judô do Maranhão brilha no Amapá

0comentário

arturcarvalhoTrinta e seis medalhas. Doze de ouro, doze de prata, doze de bronze e a terceira colocação geral para a equipe maranhense que participou no fim de semana do Campeonato Brasileiro de Judô da Região I, em Macapá, no Amapá.

O Maranhão deu show na categoria Sub-15 com a conquista de 4 ouros, 4 pratas e 5 bronzes. Quem também brilhou foi Arthur Carvalho (foto) que trouxe a medalha de prata para o Maranhão no (Sub-13).

Quadro de medalhas

Ouro: Jully Nazaré (Sub-18), Adryelly Santos (Sub-15), Orlando Junior (Sub-15), Nayara Barbosa (Sub-21), Juliana Coelho (Sub-15), Nayara Barbosa (Sub-18), Leonardo Kubo (Sênior), Brenda Barbosa (Sub-18), Luís Anchieta (Sub-13), Willian Sá (Sub-15), Caio Borralho (Sub-21), Antonio Pegado (Sub-13).

Prata: Ana Silva (Sub-13), Lucas Rios (Sub-13), Thalison Filgueiras (Sub-15), Priscyla Silva (Sub-21), Maria Coelho (Sub-13), Luís Rios (Sub-13), Arthur Carvalho (Sub-13), Jarbas Ferreira (Sub-15), Luciana Coelho (Sub-18), Lucas Fernandes (Sub-13), Tárcylla Silva (Sub-15), Larissa Baia (Sub-15).

Bronze: Rômulo Carvalho (Sub-15), Ítalo Mazzili (Sub-18), Vítor Rios (Sub-21), Elias Souza (Sub-18), Valber Neto (Sub-15), Vanessa Oliveira (Sub-18), Juliana Britto (Sub-13), Diogo Pereira (Sub-13), Matheus Soares (Sub-15), Brenda Barbosa (Sub-21), Matheus Brito (Sub-15), Jonathas Ferreira (Sub-15).

Classificação final

1º Pará – 84 medalhas (25 ouros, 23 pratas e 36 bronzes)
2º Amapá – 80 medalhas (24 ouros, 23 pratas e 33 bronzes)
3º Maranhão – 36 medalhas (12 ouros, 12 pratas e 12 bronzes)
4º Piauí – 23 medalhas (10 ouros, 8 pratas e 5 bronzes)
5º Ceará – 24 medalhas (8 ouros, 9 pratas e 7 bronzes)

sem comentário »

Promessa no judô busca patrocínio para competir

1comentário

Adryelly-KarolynnyEla tem apenas 13 anos, mas já é destaque no cenário do judô nacional. A jovem judoca Adryelly Karolynny, atleta da Associação Ippon de Judô, é uma promessa do esporte maranhense. Dedicada nos estudos e em cima do tatame, Adryelly é nome certo para brigar pela medalha de ouro no Campeonato Brasileiro Regional I, competição que será realizada no início de abril na cidade de Macapá (AP).

Hexacampeã estadual, tricampeã regional, medalha de prata nas Olimpíadas Escolares em 2011 e atual vice-campeã brasileira Sub-15, a judoca maranhense agora se prepara para mais um desafio.

“Espero ter um bom resultado. Que possa vir qualquer medalha, mas meu foco é primeiro lugar para que eu possa me classificar para o Brasileiro final. Fui campeã da Copa Cidade de Fortaleza e agora estou treinando para ir para o Regional”, declarou a judoca de 13 anos.

No entanto, para competir na capital do Amapá entre os dias 6 e 7 de abril e buscar um lugar entre os melhores judocas do país, Adryelly terá de superar, além dos adversários, a falta de patrocínio para viajar. De acordo com a mãe da jovem promessa maranhense, Karine Sales Santos, a ausência de investimentos para o esporte é a principal dificuldade encontrada para a conquista de bons resultados.

“Infelizmente, não dispomos com recursos suficientes para estar arcando com todas as despesas. A grande dificuldade é essa para você conseguir patrocínio para o seu filho estar viajando e estar participando das competições. Até agora, só temos perspectivas. Está faltando algumas respostas. O pessoal prefere investir em festas a estar investindo em uma criança que está participando do esporte. Essa é a grande tristeza”, declarou dona Karine.

Apesar da dificuldade, a mãe de Adryelly espera conseguir estes patrocínios para que a filha não tenha o sonho de lutar interrompido. “Ela tem paixão pelo judô, uma dedicação inacreditável. Por isso, eu faço todo o sacrifício. Eu corro atrás de patrocínio porque esse tipo de incentivo está faltando. Se eu como mãe não incentivar, não correr atrás, irei estancar o sonho dela. Corro atrás para que esse sonho não seja interrompido”, finalizou.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

1 comentário »