Eduardo Braide entrega emenda impositiva a Apae

2comentários

O deputado federal Eduardo Braide (PMN-MA) visitou, nesta quinta-feira (2), a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luis (Apae).

Braide fez questão de comunicar pessoalmente a Apae, a destinação de emenda impositiva da Bancada Federal do Maranhão, da ordem de R$ 509.405,00.

Segundo o parlamentar, os recursos vão garantir os serviços da Apae que os maranhenses tanto necessitam.

“Retornei hoje à APAE de São Luís para entregar a emenda impositiva de bancada que coube a mim, como deputado federal, destinar. Os recursos no valor R$ 509.405,00 vão assegurar os atendimentos de maranhenses que procuram pelos serviços da APAE todos os dias”, destacou nas redes sociais.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Osmar Filho firma compromisso com a Apae

0comentário

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), visitou, nesta quinta-feira (7), a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (Apae), no bairro Outeiro da Cruz.

Na oportunidade, o vereador comprometeu-se em destinar recursos de emendas de sua autoria para auxiliar no desenvolvimento das ações da organização social. Além disso, propôs levar o debate para a Casa Legislativa objetivando fazer com que os demais parlamentares conheçam o trabalho da Associação e, desta forma, também possam contribuir com a mesma através da destinação de recursos provenientes de emendas.

“Pudemos observar o trabalho grandioso que é desenvolvido aqui, o que nos deixou sensibilizados. Já nos comprometemos em destinar uma parte das nossas emendas para serem alocadas para o custeio da instituição, para a aquisição de equipamentos ou para outras destinações que contribuam para o seu melhor funcionamento e ampliação do atendimento”, disse o presidente.

Osmar Filho visitou a Apae atendendo convite do ex-vereador e atual deputado federal, Pedro Lucas Fernandes (PTB).

O deputado, durante o encontro, anunciou a destinação de duas emendas do ex-deputado federal Pedro Fernandes (PTB), seu pai, para a entidade – R$ 150 mil para a unidade de São Luís e igual valor para a de Araioses.

Pedro Lucas também se comprometeu em ajudar com recursos de emendas individuais nesta nova legislatura na Câmara Federal.

O presidente da Associação, Vanderlan Rolim, destacou a importância da visita dos parlamentares.

Segundo ele, a sinalização de parceria em um momento tão importante para a entidade, que completará 48 anos este ano, é uma grande vitória.

“Para nós é importante constatarmos nossos parlamentares sensíveis a uma causa tão nobre, porque nestes 48 anos de existência a Apae vem realizando um trabalho de muita relevância para a sociedade, já que nossa atuação não se restringe à questão educacional da pessoa com deficiência, mas na sua inclusão social”, comentou.

Também participaram do encontro Christiane Diniz e Conceição Rolim, gestora e assessoria jurídica da Associação, respectivamente; o voluntário Eufrânio Cavalcante; Luiz Borralho e Cléo Matias Rocha – assessor do deputado e da prefeitura da capital, respectivamente.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edilázio destina emenda para APAE de Paço

0comentário

 

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) assegurou a destinação de emenda, no valor de R$ 100 mil, para a APAE situada no município de Paço do Lumiar.

A entrega do ofício que especifica e efetiva a destinação da emenda, foi feita no seu gabinete, no Legislativo Estadual, à Maria Olga Plácido de Jesus, que na ocasião estava acompanhada do vereador Puluca e do senhor Francisco.

O montante investido pelo parlamentar na instituição, será aplicado para a melhoria do atendimento a crianças, idosos e população carente. A APAE de Paço atende cerca de 165 crianças por mês.

Após destinar a emenda, Edilázio fez um apelo ao governador Flávio Dino (PCdoB), para que  faça a execução dos recursos.

“Conto com a sensibilidade do governador Flávio Dino, que coloque como prioridade a necessidade dessas crianças”, disse.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Prefeitura entrega alimentos do Carnaval

3comentários

Prefeitura de São Luís entrega à Apae alimentos arrecadados na Passarela do Samba

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), entregou aproximadamente sete toneladas de alimentos não perecíveis para a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). As doações foram arrecadadas durante o Carnaval de Todos, promovido pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de São Luís, quando o público trocou alimentos por ingressos da Passarela do Samba, nos cinco dias de programação carnavalesca.

O secretário municipal de cultura, Marlon Botão, representando o prefeito Edivaldo, entregou ao presidente da Apae, Vanderlan Rolin, os alimentos que beneficiarão os alunos e mais de 250 famílias atendidas pela instituição. Também estiveram presentes durante a entrega o gestor da Apae, Pedro Afonso, do vereador Honorato Fernandes (PT) e demais autoridades.

“Eu estou muito feliz de estar aqui, neste momento na Apae  vendo pessoas comprometidas com causas importantes para a sociedade ludovicense e muito feliz porque a gente viu a importância do que é a unidade. A unidade do Governo do Estado, a unidade da Prefeitura de São Luís, na figura do governador Flávio Dino, do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, da Câmara Municipal que também teve um papel importante neste momento do Carnaval da nossa Ilha que passa por dificuldades econômicas no Brasil afora e São Luís não é diferente e a iniciativa do secretário Marlon Botão”, destacou Honorato.

Foram arrecadados aproximadamente sete toneladas de alimentos durantes os desfiles

“Esta é uma iniciativa pioneira que servirá de modelo para outros eventos promovidos pela secretaria, como o São João, que poderá firmar parcerias com outras entidades filantrópicas que desenvolvem trabalhos sociais e precisam de apoio. Escolhemos a Apae por desenvolver um relevante trabalho há 45 anos à sociedade e consolidamos esta parceria na gestão do prefeito Edivaldo, reforçada pela Câmara de Vereadores que também abraça hoje esta causa”, frisou o secretário municipal de cultura, Marlon Botão.

O presidente da Apae, Vanderlan Rolin, apresentou as instalações, alguns pais e alunos atendidos pela Associação e agradeceu as doações recebidas. “Nós sobrevivemos de apoio e precisamos de parcerias como esta. As portas desta casa estão sempre abertas e com ajudas assim iremos continuar este serviço. Os alimentos recebidos serão bem distribuídos para quem realmente precisa e consumidos pelas crianças e famílias atendidas aqui”, disse o presidente ressaltando que o foco da instituição é inserir as pessoas com Síndrome de Down na sociedade. “E esta inclusão já começou pela cultura, temos todos os anos o bloco da Apae que desfila na Passarela do Samba, e, nesta edição, 62 crianças participaram do circuito carnavalesco na Passarela”.

Fotos: Lauro Vasconcelos

3 comentários »

APAE homenageia Eduardo Braide

3comentários

Deputado Eduardo Braide recebe homenagem da APAE em São Luís

Deputado estadual Eduardo Braide (PMN) recebe homenagem da APAE em São Luís

O deputado Eduardo Braide (PMN) recebeu, nesta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa, a diretoria da APAE de São Luís, que, pessoalmente, homenageou o parlamentar por sua atuação junto à entidade.

“Tive a felicidade de receber em meu gabinete hoje a diretoria da APAE de São Luís, que me trouxe essa homenagem, muito significativa para mim. Conheço de perto o trabalho valoroso desta entidade, que ajuda milhares de maranhenses e que precisa constantemente de nosso apoio, do apoio do poder público de forma eficaz e efetiva”, disse Eduardo Braide.

Para a diretoria da APAE, a placa entregue ao deputado Eduardo Braide, foi o reconhecimento da entidade pela colaboração dele, a exemplo da destinação da emenda parlamentar no valor R$ 500 mil (quinhentos mil reais) que permitiu a retomada do Teste do Pezinho, suspenso pela primeira vez este ano.

“O deputado Eduardo Braide, muito sensível a causa, estabeleceu e firmou junto a diretoria da APAE de São Luís, seu comprometimento em adotar permanente postura de nos ajudar a preservar vidas. A magnitude do Teste do Pezinho que abrange todo o estado, refere-se à ação preventiva que permite fazer o diagnóstico de diversas doenças congênitas ou infecciosas, assintomáticas no período neonatal, a tempo de se interferir no curso da doença, permitindo, desta forma, o tratamento precoce e a diminuição ou eliminação de sequelas associadas a cada doença”, explicou Arionildes da Silva e Silva, presidente da APAE de São Luís.

Eduardo Braide afirmou que parceria com entidade continuará e será ampliada em 2017. “Precisamos entender que não é a APAE que precisa da gente. O Poder Público é quem precisa da APAE. Por isso que no orçamento para 2017 já destinei nova emenda parlamentar à entidade, para que a APAE de São Luís amplie os seus serviços com a mesma qualidade”, finalizou o deputado.

Foto: Divulgação

3 comentários »

Idosos enfrentam fila para marcar consultas

0comentário

IdososFilaOs idosos que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS), em São Luís, estão enfrentando filas e até dias fora de suas residências para conseguir marcar consultas ou realizar exames na da Central de Marcação de Consultas e Exames do Município (Cemarc), que funciona na sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), no bairro do Outeiro da Cruz.

É que como o sistema foi descentralizado o número de senhas acaba sendo menor que o grande número de pessoas que procura o local. Situação essa que obriga pessoas como o aposentado João Araújo, de 84 anos, a passar o seu domingo (24) em uma fila somente para não perder a sua vez na fila de atendimento. “Eu cheguei aqui ontem uma hora da tarde. Se eu não viesse ontem eu não teria vez para mim’, conta.

O operador de máquinas Raimundo Nonato da Silva foi o primeiro a chegar. Ele passou mais de 24 horas na fila porque já tinha retornado outras vezes e não conseguia atendimento. Ele revela que a Cemarc é um local bastante visado por criminosos. “Aqui não é só eu como vem todo mundo aqui. Aqui é escuro, corre o risco de ser assaltado. Eu já fui assaltado duas vezes aqui. É difícil. Não tem como. E chega aqui com essa luta todinha não tem senha”, desabafa.

Segundo a Prefeitura de São Luís, não há necessidade de chegar mais cedo porque as senhas só são entregues às sete horas da manhã. Mesmo assim, as pessoas dizem que se chegarem em cima da hora não conseguem uma das 450 senhas disponibilizadas para as especialidades médicas.

O policial militar reformado José de Ribamar Rodrigues diz que o serviço não é eficaz e pontua que os órgãos responsáveis poderiam criar meios de qualificar o atendimento. “Se a Prefeitura tivesse um órgão que nós tivéssemos onde chegar com as nossas requisições e que fosse confiável não seria necessário isso. É só inventar meios. Ter meios mais viáveis do que esse sofrimento aqui para todos”, finaliza.

Sobre o atendimento no Posto da Cemarc que funciona na sede da Apae, até o momento, a Secretaria de Saúde de São Luís não se manifestou.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

Leia mais

sem comentário »