Apoios agora não vão influenciar nada

5comentários
Wellington do Curso e Eliziane Gama ainda negociam apoio neste segundo turno

Wellington do Curso e Eliziane Gama ainda negociam apoio neste segundo turno das eleições

Chegamos à última semana da campanha eleitoral neste segundo turno da disputa pela Prefeitura de São Luís entre os candidatos Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e Eduardo Braide (PMN).

A expectativa toda, além do dia da votação é para o debate na sexta-feira (28), na TV Mirante e para os possíveis anúncios de apoio por parte do governador Flávio Dino (PCdoB) e de Wellington do Curso (PP) e Eliziane Gama (PPS) que foram candidatos no primeiro turno.

Na minha opinião, Wellington e Eliziane demoraram muito definir o apoio neste segundo turno, de modo que os votos que receberam no primeiro turno já migraram para um ou outro candidato e agora nada influenciarão no pleito e certamente serão vistos como puro “oportunismo eleitoral”.

Nos bastidores, o comentário é que a pedida de Wellington e Eliziane teria sido alta demais a Edivaldo e Eduardo. Para piorar a situação, Braide ainda chegou a afirmar que não trocaria “apoios por cargos ou secretarias”. E pelo que sabemos é exatamente essa a pedida, tanto de Welllington quanto de Eliziane.

Em resposta a mensagem que enviamos sobre possível apoio, Wellington do Curso respondeu: “conversando com os dois candidatos”. Eliziane não respondeu.

Quanto a Flávio Dino, o seu apoio a Edivaldo Holanda júnior já estaria gravado em um vídeo que deve ser divulgado a essa semana. Também em cima da eleição, a sua participação poderá não ter efeito algum. Principalmente se demorar mais alguns dias.

Vamos aguardar!!!

5 comentários »