Salto de qualidade

0comentário

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) apresentou, nesta quarta-feira (18), a 19 gestores das Unidades Regionais de Educação (UREs) as ações desenvolvidas para a efetivação do Sistema Integrado de Acompanhamento, Monitoramento e Avaliação das Escolas (Siama). O encontro foi realizado no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, em São Luís, paralelamente às discussões realizadas em plenária do segundo dia da Conferência Maranhense de Educação (Comae 2013).

Presentes, o secretario de Estado de Educação, Pedro Fernandes; a gerente de projetos do Instituto Ayrton Senna, Rita de Cássia Paulón; os secretários-adjuntos das regionais de Educação, Tadeu Lima, de Ensino, Leuzinete Pereira e de Projetos Especiais, Conceição Andrade; os 19 gestores das Unidades Regionais de Educaçao (URE’s), além de técnicos e superintendentes e supervisores de ensino.

seduc1
O secretário Pedro Fernandes destacou a importância da parceria do Instituto Ayrton Senna na construção desse novo momento da educação do estado. “Gostaria de ressaltar publicamente a importância do IAS à implementação de um novo modelo de gestão educacional, focado na melhoria da aprendizagem. É uma parceria que tem e mostrado muito positiva para a educação do estado”, ressaltou.

Segundo a coordenadora de projetos do IAS, Rita de Cássia Paulon, o Siama tem como referência a experiência da metodologia aplicada pelo Instituto Ayrton Senna, desenvolvida por meio do Programa Gestão Nota 10, alinhada às metas projetadas no projeto de cooperação técnica firmado entre a Seduc, MEC e Pnud. “Essa integração a partir da implantação do sistema, que tem como base o Programa Gestão Nota 10, faz com que o trabalho deixe de ser um programa e passe a figurar uma das áreas das atividades regulares da secretaria”, disse.

A secretária-adjunta de Ensino, Leuzinete Pereira, detalhou para os técnicos e gestores o Siama e buscou ouvir duvidas e questionamentos sobre a utilização do sistema. Neste primeiro momento foram apresentadas as linhas gerais do programa, cuja proposta é implantar o novo sistema nas escolas da educação básica. Segundo ela, com o sistema, serão avaliados os aspectos físicos, recursos humanos, gestão e aprendizagem.

seduc
O Siema foi criado a partir de um instrumento elaborado pelos técnicos das secretarias-adjuntas de Ensino (SAE) e de Projetos Especiais (Sape), em parceria com o Instituto Ayrton Senna (IAS).

Finalizando a reunião, a gestora da URE de Açailândia, Maísa Vieira, apresentou aos presentes o modelo de formação continuada do Siama, que foi realizado com os gestores escolares e técnicos da unidade regional. Ela mostrou dinâmicas realizadas e compartilhou as experiências com os demais gestores. “A formação continuada possibilita melhores práticas e demonstra a constante valorização dos profissionais”, finalizou.

Fotos: Lauro Vasconcelos

sem comentário »