Onze pontos nas praias estão liberados para banho

2comentários

Laudo da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) aponta as praias em São Luís e São José de Ribamar que estão em condições para banho neste feriado e no fim de semana.

Ao todo 11 pontos estão liberados para banho. Clique aqui e veja o laudo completo.

A Sema analisou amostras de água de 21 pontos distribuídos nas praias da Ponta d’Areia, São Marcos, Calhau, Olho d’Água, Praia do Meio e Araçagy.

Veja os pontos próprios para banho:

Praia de São Marcos (Em frente aos Bares Do Chef e Marlene’s)
Praia de São Marcos (Em frente a Barraca da Marcela)
Praia de São Marcos (Em frente ao Agrupamento Batalhão do Mar)
Praia do Calhau (À direita da elevatória II)
Praia do Calhau (Em frente a Pousada Tambaú)
Praia do Olho d’Água (À direita da Elevatória Iemanjá II)
Praia do Meio (Em frente ao Bar do Capiau)
Praia do Meio (Em frente ao Bar da Praia)
Praia do Araçagy (Em frente ao Fatima’s Bar)
Praia do Araçagy (Em frente ao Bar Novo Point)
Praia do Araçagy (Em frente ao Bar do Isaac)

Foto: Divulgação/Sema

2 comentários »

Praias estão impróprias para banho em São Luís

3comentários

O laudo sobre as condições de balneabilidade das praias na Região Metropolitana de São Luís divulgado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), no fim deste mês de março, aponta que todos os 21 trechos que foram monitorados estão impróprios para banho.

O monitoramento foi realizado no período de 25/02/2018 a 25/03/2018, integrando a série de acompanhamentos semanais das condições de balneabilidade das praias da ilha do Maranhão.

Foram coletadas e analisadas amostras de água de 21 (vinte e um) pontos distribuídos nas praias da Ponta d’Areia, São Marcos, Calhau, Olho d’Água, Praia do Meio e Araçagy.

O monitoramento obedece aos padrões fixados na Resolução CONAMA nº 274/00.

Os resultados qualitativos resultantes dessa etapa do monitoramento são os seguintes (clique aqui)

3 comentários »

Praias da Ilha 100% impróprias para banho

0comentário

Todas as praias de São Luís e de parte da Grande Ilha estão poluídas e, portanto, impróprias para banho. A constatação foi fruto de uma ação de monitoramento de amostras de água realizada em 21 trechos distribuídos nas praias da Ponta d’Areia, São Marcos, Calhau, Olho d’Água, na capital, e Praia do Meio e Araçagi, ambas em São José de Ribamar, entre 3 e 28 de janeiro, pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) para verificar a balneabilidade das praias.

Há pontos em que as placas informativas não foram trocadas, mas em outros, onde a impropriedade está apontada, O Estado encontrou banhistas que, sem medo de contrair doenças, continuavam na água suja.

Situação semelhante ocorreu em junho do ano passado, no início do período de férias. Vindo de São Paulo para São Luís, Nilson Alves Lima aproveitava ontem a Praia de São Marcos com a filha Maria Eduarda, de 1 anos e 8 meses. O vendedor alegou que não sabia da problemática. “Cheguei de São Paulo e vim aproveitar o mar com a minha filha. Ago­ra, fiquei até receoso. Eu não sabia dessa situação”, justificou Lima.

A contadora Carliane Cavalcante Carvalho, de 45 anos, chegou de Roraima para curtir a Ilha e ficou triste com a poluição nas praias. “Eu arrisco me banhar e deixar minhas filhas também, porque moramos em Boa Vista e lá não tem mar. Além do mais, temos de aproveitar enquanto estamos aqui em São Luís. Só viemos a cada dois anos. Fiquei muito triste ao saber que as praias estão impróprias para banho”, lamentou Carliane Carvalho.

Nem a poluição e nem o mau tempo fizeram com que o estudante Gilliardson Costa da Silva, de 16 anos, não tomasse banho de mar. “Sei que a água está suja, mas eu me arrisco, porque a praia é um dos melhores locais para se divertir. Já tive um problema de saúde por causa da água do mar. Contraí uma virose muito forte”, relatou Silva.

A auxiliar administrativa Cidilene Ribeiro, de 45 anos, disse que só vai ao mar para molhar o pé. “Depois que fiquei sabendo que as praias estão inapropriadas para banho, tenho bastante cautela. Vou no mar só para molhar os pés e volto para a areia rapidamente”, ressaltou Ribeiro. “Prefiro vir à praia para admirar o mar e curtir o ar puro”, relatou a educadora Leni Silva, de 46 anos.

Confira os pontos onde foram coletadas e analisadas amostras de água

Praia da Ponta d’Areia – ao lado do Forte Santo Antônio – IMPRÓPRIO
Praia da Ponta d’Areia -atrás do Hotel Praia Mar – IMPRÓPRIO
Praia da Ponta d’Areia -atrás do Bar do Dodô – IMPRÓPRIO
Praia da Ponta d’Areia – em frente à Praça de Apoio ao Banhista – IMPRÓPRIO
Praia da Ponta d’Areia -em frente ao Edifício Herbene Regadas – IMPRÓPRIO
Praia da Ponta d’Areia -em frente ao Hotel Brisa Mar – IMPRÓPRIO
Praia de São Marcos – em frente aos bares Do Chef e Marlene’s – IMPRÓPRIO
Praia de São Marcos – em frente à Barraca da Marcela – IMPRÓPRIO
Praia de São Marcos – em frente ao Agrupamento Batalhão do Mar – IMPRÓPRIO
Praia de São Marcos – em frente ao IPEM e ao Bar Kalamazoo – IMPRÓPRIO
Praia de São Marcos – Foz do Rio Calhau – IMPRÓPRIO
Praia do Calhau – à direita da elevatória II da Caema – IMPRÓPRIO
Praia do Calhau – em frente a Pousada Tambaú – IMPRÓPRIO
Praia do Calhau – em frente ao Bar Malibu – IMPRÓPRIO
Praia do Olho d’Água – à direita da Elevatória Pimenta I – IMPRÓPRIO
Praia do Olho d’Água – à direita da Elevatória Iemanjá II – IMPRÓPRIO
Praia do Meio – em frente ao Bar do Capiau – IMPRÓPRIO
Praia do Meio – em frente ao Bar da Praia – IMPRÓPRIO
Praia do Araçagi – em frente ao Fatima’s Bar – IMPRÓPRIO
Praia do Araçagi – em frente ao Bar Novo Point – IMPRÓPRIO
Praia do Araçagi – em frente ao Bar do Isaac -IMPRÓPRIO

Fonte: Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema)

Foto: Paulo Soares

O Estado

sem comentário »

Veja como estão as praias para banho

0comentário

De acordo com último laudo de balneabilidade divulgado pela Secretaria de Meio Ambiente do Maranhão, 8 dos 21 pontos localizados nas praias de São Luís e São José de Ribamar estão impróprios para o banho. Os dados foram coletados em dezembro de 2017 e divulgados no dia 4 de janeiro.

De todas as praias avaliadas, o ponto da praia de São Marcos localizado em frente a Barraca da Marcela estava em boas condições no mês anterior e ficou imprópria no último laudo. Além disso, quase toda a extensão da praia da ponta da areia está imprópria para o banho.

O biólogo Jorge Nunes explica que as péssimas condições das praias de São Luís decorrem da ocupação dessas regiões e da falta de planejamento e tratamento adequado do esgoto em relação ao que é produzido pela população.

“Nós temos uma falta de planejamento muito grande aqui em São Luís. Existem mais de 1 milhão de habitantes em São Luís, mas apesar de a gente ter todo um processo de urbanização aparente, a partir do momento que passamos a ocupar o Calhau, o Araçagy… o problema começou a migrar também. Porque em toda casa que não tem tratamento de esgoto o dono vai fazer uma fossa séptica. Daí, de quanto em quanto tempo essas fossas tem manutenção? São uma série de problemas que não levantamos. Qual é o percentual de tratamento de cada estação de tratamento e o quanto nós jogamos? Se formos fazer uma equação do que é produzido e do que é passado para a estação de tratamento, o superávit de contaminação é muito alto”, explicou o biólogo.

Veja a lista das praias próprias e impróprias em São José de Ribamar e São Luís.
Impróprias

Praia da Ponta D’ areia – Atrás do Hotel Praia Mar
Praia da Ponta D’ areia – Atrás do Bar do Dodô
Praia da Ponta D’ areia – Em frente a Praça de Apoio ao Banhista
Praia da Ponta D’ areia – Em frente ao Edifício Herbene Regadas
Praia da Ponta D’ areia – Em frente ao Hotel Brisa Mar
Praia de São Marcos – Em frente a Barraca da Marcela
Praia de São Marcos – Foz do Rio Calhau
Praia do Olho d’Água – A direita da Elevatória Pimenta I

Próprias

Praia da Ponta D’ areia – Ao lado do Forte Santo Antonio
Praia de São Marcos – Em frente aos Bares Do Chef e Marlene’s
Praia de São Marcos – Em frente ao Agrupamento Batalhão do Mar
Praia de São Marcos – Em frente ao IPEM e ao Bar Kalamazoo
Praia do Calhau – À direita da elevatória II da CAEMA
Praia do Calhau – Em frente a Pousada Tambaú
Praia do Calhau – Em frente ao Bar Malibu
Praia do Olho d’Água – À direita da Elevatória Iemanjá II
Praia do Meio – Em frente ao Bar do Capiau
Praia do Meio – Em frente ao Bar da Praia
Praia do Araçagy – Em frente ao Fatima’s Bar
Praia do Araçagy – Em frente ao Bar Novo Point
Praia do Araçagy – Em frente ao Bar do Isaac

Leia mais

sem comentário »

Praias estão impróprias para banho

3comentários
Laudo aponta perigo no Calhau, São Marcos, Ponta da Areia, Araçagi, Praia do Meio e Olho d’água.

Praias de São Marcos, Ponta da Areia, Araçagi, Praia do Meio e Olho d’água estão impróprias

De acordo com o último laudo de balneabilidade da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), seis das principais praias da Grande São Luís estão impróprias para o banho. São elas Calhau, São Marcos, Ponta da Areia, Araçagi, Praia do Meio e Olho d’água.  Foram coletadas 21 amostras de pontos específicos das praias e todas apresentaram um nível de poluição acima do tolerável.

A análise mediu a quantidade de bactérias presentes na água. Em vários pontos das praias da capital é possível encontrar os sinais dessa poluição. A água escura, o mau cheiro e a grande quantidade de resíduos sólidos encontrados nas faixas de areia ameaça a saúde da população e destrói o lugar que deveria ser usado para lazer.

“Para mim não dá para banhar e nem recomendo para ninguém. Sou maranhense, ludovicense, nascido e criado aqui e, infelizmente, a gente tem uma orla marinha excelente, mas preocupante para banho”, disse o técnico em segurança, Carlos Henrique Saraiva.

Na praia do Olho D’água, o esgoto escorre a céu aberto despejando toda a sujeira direto no mar. Onde deságua o Rio Pimenta, a água está contaminada e chega causando sérios problemas ao lugar, e ainda leva lixo para a praia. Quem frequenta o local até perdeu a vontade de entrar no mar. “Não tem condições”, afirmou o Oficial da Marinha Cândido Benedito.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) informou que atua em ações de fiscalização e que o laboratório de análises ambientais realiza as coletas semanalmente.

Já a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informou que o Governo está empenhado em concluir as obras de saneamento a partir da execução de projetos de despoluição de rios que deságuam no mar. Ainda segundo a Caema, a Estação de Tratamento de Esgoto do Vinhais será entregue ainda neste mês e também vai contribuir para a melhoria da balneabilidade das praias de São Luís.

Leia mais

3 comentários »