Prefeitura recolhe 37 toneladas de lixo na Litorânea

3comentários

Na manhã deste sábado (15), a Prefeitura de São Luís reuniu alunos da rede municipal de ensino e voluntários em uma grande ação de limpeza das praias da cidade. Durante o Dia D de Limpeza de Praia, que teve caráter educativo e de conscientização sobre a importância do descarte correto de resíduos, foi feita a coleta dos resíduos descartados irregularmente na faixa de areia ao longo da Avenida Litorânea.

O evento complementa as ações da macro política de resíduos sólidos da gestão do prefeito Edivaldo e reforça o trabalho rotineiro de limpeza das praias realizado pela Prefeitura de São Luís. O resultado do trabalho foi o recolhimento de quase 37 toneladas de resíduos descartados irregularmente.

O objetivo da ação é promover a sensibilização do público para o cuidado com o meio ambiente, a partir de ações de manutenção pela limpeza das praias.Esta foi a segunda ação do tipo realizada este ano em São Luís. A primeira ocorreu em setembro em alusão do Dia Mundial da Limpeza, quando foram recolhidas mais de 45 toneladas de lixo descartado irregularmente na orla da capital.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, destacou a importância da atividade. “Esta é uma grande ação onde temos a alegria de ver crianças participando da mobilização. Diariamente, nossas equipes recolhem das nossas praias mais de 20 toneladas de lixo descartados de forma irregular, por isso a importância dessa ação para conscientizar a população sobre a sustentabilidade, o cuidado com o meio ambiente. Para isto, precisamos da população. Todos temos que dar as mãos por essa causa. A gestão  do prefeito Edivaldo possui um planejamento de atividades permanentes para essa manutenção, desenvolvido de forma regular para manter limpas as praias da nossa cidade. É um compromisso de cada um de nós, para a preservação de nossas praias e de nosso meio ambiente”, pontuou.

Foto: Douglas Júnior

3 comentários »

Edivaldo anuncia usina de beneficiamento

5comentários

O prefeito Edivaldo anunciou, na manhã desta quarta-feira (25), a construção de uma usina de beneficiamento de resíduos inertes – para beneficiamento de restos da construção civil – e de um pátio de compostagem para transformação dos resíduos sólidos em novos insumos. O anuncio foi feito durante visita realizada à área de recuperação ambiental do antigo Aterro da Ribeira, que nesta quarta-feira completa três anos de desativação, um marco da política de gestão de resíduos sólidos colocada em prática pela Prefeitura de São Luís. Com a criação da usina e do pátio, o município avança mais nesta área, contribui para a preservação ambiental e estimula a geração de emprego e renda no setor.

Durante a visita ao aterro, que hoje é uma área em permanente processo de tratamento, monitoramento e recuperação ambiental, além de ponto de transbordo para transporte do lixo coletado na cidade, destinado atualmente à Central de Gerenciamento Ambiental Titara, o prefeito Edivaldo destacou os avanços na área e lembrou que a desativação do antigo aterro sanitário representou uma grande mudança, um marco para a capital e para a melhoria da qualidade de vida dos moradores, principalmente das comunidades do entorno.

“Contabilizamos mudanças significativas na área da gestão dos resíduos sólidos. Nossa cidade é, hoje, uma das poucas capitais brasileiras que conseguem cumprir integralmente o que prevê a Política Nacional de Resíduos Sólidos, legislação que determinou, inclusive, o ano de 2018 como o prazo final para que todas as prefeituras fechem seus lixões. E nós conseguimos cumprir essa meta três anos antes do previsto por lei. Portanto, estamos muito à frente também nessa área”, destacou o prefeito. “Agora, com a construção da usina de beneficiamento de resíduos inertes e do pátio de compostagem, vamos fechar o círculo de destinação do resíduo. Isso é desenvolvimento sustentável, isso é economia circular em benefício de toda a sociedade”, afirmou o prefeito Edivaldo, ao percorrer parte da área monitorada e acompanhar o trabalho nas estações de transbordo da Ribeira, serviço atualmente operacionalizado no terreno do antigo aterro sanitário.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, que também acompanhou o prefeito na visita, frisou os benefícios da usina de beneficiamento de resíduos inertes e do pátio de compostagem, que serão construídos no local. A gestora detalhou a funcionalidade de ambos os projetos e assinalou que o serviço dará início a um novo processo no ciclo de destinação adequada dos resíduos em São Luís.

Foto: A. baeta

5 comentários »

Prefeitura leva educação ambiental às escolas

0comentário

Com o objetivo de despertar a consciência ambiental e incentivar o descarte correto do lixo domiciliar, a Prefeitura de São Luís iniciou nesta quinta-feira (3), o cronograma do mês de maio das ações de educação ambiental da campanha ‘Cidadão Limpeza Cidade Beleza’, uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo.

Por meio da campanha, serão realizadas palestras em escolas da rede municipal e nos bairros da cidade para chamar a atenção da população para os transtornos causados pelo descarte de resíduos sólidos em vias públicas, incentivando o uso dos Ecopontos e promovendo a coleta seletiva e reciclagem. Nesta quinta-feira o Cidadão Limpeza visitou os alunos da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Tom&Jerry, no bairro Planalto Vinhais.

A escola foi a primeira a receber a visita do Cidadão Limpeza, iniciando o cronograma de ações do mês de maio. Durante o período vespertino, cerca de 110 alunos da Educação Infantil (3 a 5 anos) da U.E.B. Tom&Jerry tiveram uma aula bem diferente, assistindo uma palestra divertida. De forma lúdica, eles aprenderam sobre os diferentes tipos de materiais recicláveis, como separá-los e que eles devem ser entregues nos Ecopontos para que sejam reaproveitados pelas cooperativas de catadores. Hoje (4), será a vez dos cerca de 500 alunos dos alunos do 2º ao 5º ano da U.E.B. Menino Jesus de Praga.

As crianças ficaram empolgadas com a presença do Cidadão Limpeza na escola e participaram de todas as brincadeiras propostas por ele. Atentas, elas responderam todas as perguntas sobre a separação correta dos materiais recicláveis como a cor do coletor para cada tipo de material (papel, plástico, metal e vidro). Elas também ouviram com atenção as histórias criadas por ele para ensiná-las sobre a importância da preservação do meio ambiente.

As ações de educação ambiental são desenvolvidas dentro do planejamento da campanha ‘Cidadão Limpeza Cidade Beleza’, que foi desenvolvida para informar e educar a população sobre o manejo adequado do lixo domiciliar. As ações são coordenadas pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana.

“Temos um cronograma fixo de ações de educação ambiental e desde abril integramos esta programação com a campanha ‘Cidadão Limpeza Cidade Beleza’ lançada este ano pela Prefeitura de São Luís. Para 2018 nossa meta é dobrar as ações realizadas em comparação a 2017, levando estas atividades ao maior número de bairros e escolas da nossa capital”, afirmou a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela.

Foto: Douglas Júnior

sem comentário »

Alunos têm aula de educação ambiental em Ecoponto

1comentário

Os alunos da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Dr. Oliveira Ramos, localizada no Vinhais, tiveram uma aula diferente nesta quinta-feira (12). A sala de aula deles foi o Ecoponto Bequimão, que atende o bairro no qual a escola está localizada. Durante o passeio, os estudantes puderam tirar suas dúvidas sobre a política dos Ecopontos, sustentabilidade, coleta seletiva, reciclagem e descarte ambientalmente adequado de resíduos sólidos. A atividade faz parte das ações implementadas pela Prefeitura de São Luís no combate ao mosquito Aedes aegypti.

Com o objetivo de intensificar as ações de combate ao Aedes aegypti por toda a cidade, a Prefeitura de São Luís está realizado uma série de atividades integradas que tiveram início pelo Vinhais e cuja culminância naquele bairro ocorre sábado (14). O trabalho, que segue orientação do prefeito Edivaldo, inclui visitas domiciliares, atividades educativas, vistorias em estabelecimentos e serviços de limpeza. Entre estas ações está a visita guiada aos Ecopontos.

A equipe técnica do Comitê Gestor de Limpeza Urbana recebeu alunos do 4º ano da unidade de ensino e explicaram aos alunos como funciona um Ecoponto, que tipo de resíduos podem ser descartados lá e qual destinação recebem. O objetivo da ação é que os estudantes repassem o conhecimento a outras pessoas da comunidade.

Segundo Carolina Moraes Estrela, presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, os Ecopontos de São Luís estão de portas abertas a toda a comunidade escolar. “Este trabalho faz parte das ações desenvolvidas pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana. Temos uma programação permanente de visitas guiadas aos Ecopontos. Qualquer escola que nos procure, querendo fazer uma atividade com seus alunos nos Ecopontos será recebida. Basta agendar a visita. Esta é uma ação contínua que realizamos”, destacou.

As escolas que quiserem agendar visitas aos Ecopontos podem ligar para a Central de Atendimento do Comitê Gestor de Limpeza Urbana pelo telefone 0800 098 1636.

Foto: A. Baeta

1 comentário »

Edivaldo reforça trabalho de limpeza urbana

0comentário

O trabalho de limpeza que é feito de forma rotineira nos bairros da capital está sendo reforçado nos finais de semana pela Prefeitura de São Luís. Várias localidades já receberam a ação como o Turu, Porto do Tibiri, na zona rural de São Luís, e as margens do Rio das Bicas abrangendo a área popularmente conhecida como Praça dos Gatos. Neste sábado (14) a grande ação de limpeza foi realizada no Residencial Pinheiros. O trabalho é coordenado pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana e segue determinação do prefeito Edivaldo.

O Residencial Pinheiros tem cerca de 1000 residências. O local foi escolhido para a ação de limpeza porque apesar da instalação do Ecoponto, a região ainda tem pontos de descarte irregular de resíduos sólidos. “A comunidade tem essa consciência de que a limpeza é responsabilidade de todos. A ação conta com a participação da associação de moradores. Juntos fizessêmos uma ação de conscientização na área, conforme orienta o prefeito Edivaldo”, afirmou Carolina Estrela, presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana.

Entre outras finalidades, a ação de limpeza teve também o objetivo de contribuir para a proteção da saúde pública e da qualidade ambiental do Residencial Pinheiros; o descarte correto de pequenos volumes; a extinção dos lixões; além de estimular o reaproveitamento e a reciclagem de materiais descartáveis e propiciar à população um local específico para fazer a destinação do lixo reciclável acumulado em sua casa.

Segundo Carolina Estrela, o engajamento da população é fundamental para manter a cidade limpa. “O que nós, da Prefeitura de São Luís, estamos fazendo aqui hoje é uma ação pontual. Todos os dias temos equipes de limpeza cumprindo o cronograma dos bairros. Aqui no Residencial Pinheiros trouxemos um esforço operacional concentrado, mas estamos conversando com a comunidade que eles é que devem manter. Como eles já estão mobilizados não teremos dificuldades”, disse.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Lixômetro chama atenção na Deodoro

4comentários

Lixômetro instalado na Praça Deodoro chama atenção em ação da Semana do Meio Ambiente

Lugar de lixo é na lixeira e para promover a conscientização, a Prefeitura de São Luís instalou um ‘lixômetro’ na Praça Deodoro, na manhã desta terça-feira (7), para medir a quantidade de resíduos descartados de forma irregular. A iniciativa integra a campanha ‘Mais Limpeza, Mais Saúde – Eu Faço Minha Parte’, incluída na programação da Semana do Meio Ambiente.

O ‘lixômetro’ tem capacidade para três mil litros de resíduos, que foi também o total coletado na ação, segundo os organizadores. Na ocasião, as equipes realizaram ainda trabalho de conscientização, distribuição de material informativo, momento lúdico com encenação sobre o tema e substituição de lixeiras quebradas fruto de vandalismo.

“Manter a cidade limpa é uma missão de todos nós. Cabe ao poder público promover as ações e inserir a comunidade que deve estar consciente do seu dever de contribuir para a conservação do lugar onde vive. É uma mudança de atitude que todos devemos ter para evitar o descarte irregular de resíduos e preservar nosso ambiente”, enfatizou a coordenadora do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Estrela. Na ação de abertura da Semana, no último domingo (4), mais de quatro mil litros de lixo foram recolhidos ao longo da Avenida Litorânea.

Quem passou na Deodoro durante as atividades, elogiou a ideia e se mostrou solidário com o esforço da gestão municipal para manter São Luís limpa.

A Praça Deodoro ganhou 15 novas lixeiras/papeleiras, instaladas durante a ação. As antigas estavam destruídas fruto das ações de vandalismo; seis foram recuperadas. “Esperamos que não sejam depredadas, pois é um custo à própria população e são importantes para que possamos manter a cidade limpa. Essa é uma área de fluxo intenso de pessoas e é necessário que existam pontos estratégicos para que o lixo seja adequadamente descartado”, enfatizou Carolina Estrela

Foto: Maurício Alexandre

4 comentários »

Prefeitura faz limpeza de ruas e avenidas

3comentários

Prefeitura de São Luís realiza mutirão de capina em ruas e avenidas da capital

A Prefeitura de São Luís, por meio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, está realizando grande operação de limpeza da cidade, com serviços especiais de capina, roçagem e pintura de meio-fio em dezenas de vias da capital. Nesta segunda-feira (23) os trabalhos se concentraram na avenida Mário Andreazza, no Olho d´Água. Ainda nessa área, o trabalho contempla também as avenidas Daniel de La Touche, São Luís Rei França, Aririzal, Luiz Rocha e Boa Esperança.

Para executar a operação de limpeza, a Prefeitura contratou 100 novos homens para complementar as equipes na realização do serviço de retirada do mato dos canteiros e outros espaços públicos da cidade. Conforme o cronograma de trabalho, a meta é realizar a capina em cerca de 362 quilômetros de vias na capital.

Segundo a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Pública, Carolina Estrela, visando melhor coordenação e organização do trabalho efetuado, foi realizado um mapeamento dividindo os bairros por setores. “Com a umidade do período chuvoso, o crescimento da vegetação na via pública acontece em maior proporção, requerendo a realização de operações em larga escala para controle do problema”, observou ela.

O cronograma de execução dos serviços especiais de capina seguirá o ordenamento alinhado no mapeamento elaborado pelo Comitê Gestor, que é ligado a Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp). A ação já concluiu os serviços em outras 12 avenidas de São Luís, entre elas a Beira Mar, Africanos, Jerônimo Albuquerque, Getúlio Vargas, Alexandre Moura, Guaxenduba, Euclides Figueiredo, Luis Eduardo Magalhães.

Nas próximas semanas, os serviços chegarão às principais vias dos bairros Anil, Cohatrac, Cohab, Tirirical, Turu, João Paulo, São Francisco, Santa Cruz, Santo Antônio, Cidade Operária, entre outros.

Fotos: Maurício Alexandre

3 comentários »

Prefeitura de São Luís investe em Ecopontos

5comentários

Implantado pela Prefeitura, Ecoponto do Jardim América está em pleno funcionamento

O bairro Jardim América e as comunidades adjacentes contam com um espaço adequado para descarte dos resíduos que não são recolhidos pela coleta domiciliar regular. A Prefeitura de São Luís entregou oficialmente o Ecoponto do bairro, nesta quarta-feira (22).

O equipamento recebe materiais de grande volume que não são recolhidos na coleta convencional, diminuindo, assim, os pontos de descarte irregular de resíduos. O espaço também envolve diretamente a comunidade conscientizando quanto ao descarte regular e a entrega voluntária dos itens.

A coordenadora do Comitê de Limpeza Urbana, Carolina Estrela, destacou a importância de mais esta ação da Prefeitura de São Luís. “Os Ecopontos são uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo, que contribuem para melhorar a qualidade de vida da população e também tem papel importante na execução de práticas sustentáveis para a cidade. Este é um bairro de grande fluxo de população e que era bastante demandado por um espaço deste tipo”, disse. A coordenadora destacou ainda que nos bairros onde já funcionam ecopontos, tanto catadores, quanto população vem se conscientizando do melhor manejo dos resíduos.

O Ecoponto do Jardim América tem capacidade para receber 100 toneladas de resíduos por mês, podendo variar de acordo com a demanda. “Os Ecopontos proporcionam a revitalização de áreas abandonadas ou terrenos baldios, onde o descarte irregular contribui para a disseminação de doenças. O resultado é um bairro mais limpo e com saúde”, completou Carolina Estrela.

5 comentários »

Vereadores querem explicações sobre suposto débito

4comentários

vereadoresApesar das desculpas manifestadas, por meio de nota à imprensa, a Mesa Diretora da Câmara de São Luís deve mesmo convocar, na próxima semana, a presidente do Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam), Carolina Estrela, para explicar declarações de que o Legislativo deve cerca de R$ 200 milhões ao Ipam. Em sua afirmativa, na semana passada, a dirigente do órgão teria acusado a Câmara de Vereadores de recolher o recurso previdenciário dos funcionários estatutários sem repassar ao Instituto.

Numa tentativa de desqualificar as acusações feitas e colocar um ponto final na confusão, Carolina Estrela afirmou que: “A Câmara Municipal de Vereadores não faz parte da demanda acima mencionada e tampouco foram feitas quaisquer declarações, por parte do Ipam e de sua presidente, sobre as irregularidades mencionadas”.

Para o presidente da Mesa Diretora da Câmara, vereador Astro de Ogum (PMN), esta é uma situação que jogou a Casa contra a própria sociedade. “Não tenho ideia e nunca fiquei sabendo que esta Casa esteja devendo esse montante absurdo para o Ipam. Portanto, esperamos aqui nesta Câmara uma retratação da dirigente do órgão”, declarou.

O 1º secretário da Mesa Diretora, Josué Pinheiro (PSDC), disse que as palavras da presidente do Ipam foram bastante duras com relação à Câmara de São Luís. “Esperamos que esta Mesa convoque a presidente do Ipam, para esclarecer a questão e dizer na presença deste parlamento e do público se a Câmara deve ou não esse montante milionário”, frisou.

De acordo com o 2º vice-presidente da Câmara, Pavão Filho (PDT), é preciso que haja um esclarecimento da direção do Ipam em respeito à população e em respeito à verdade dos fatos. “O próprio presidente Astro de Ogum nos comunicou que não há dívida da Casa com o Ipam. Portanto, entendo que a dona Carolina Estrela deve ser convocada imediatamente para prestar informações detalhadas sobre esse caso”, ressaltou.

A confusão entre a Câmara e o Ipam começou quando o prefeito Edivaldo Júnior (PTC) encaminhou à Casa projeto de reformulação do instituto para ser votado em regime de urgência. Os vereadores resistiram à votação por entender que precisava maior discussão do assunto. Como forma de pressão, o Ipam divulgou na mídia alinhada à Prefeitura o suposto débito de R$ 200 milhões. Para tentar amenizar o caso, Edivaldo pediu o projeto de volta, mas os vereadores decidiram convocar a presidente do instituto.

O Estado

4 comentários »