Edivaldo moderniza Central de Marcação de Consultas

3comentários

Com a modernização da Central de Marcação de Consultas e Exames (Cemarc), a gestão do prefeito Edivaldo conseguiu mais um feito na área de saúde: a partir do mês de julho os agendamentos de todas as especialidades poderão ser realizados em qualquer dia da semana. Para alcançar o resultado, a Prefeitura de São Luís realizou uma série de melhorias, como reestruturação do espaço físico, investimento em novos equipamentos e capacitação funcionários. Nesta quinta-feira (28) o prefeito Edivaldo visitou a Central, acompanhado do secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, e conversou com funcionários sobre os novos serviços e a mudanças sendo feitas no local.

“Estamos conseguindo transformar o que por muitos anos foi um incômodo, um cenário de filas, de muito tempo de espera. Para agora conseguir consolidar mais essa importante mudança, de oferecer agendamento de todas as especialidades em qualquer dia, fizemos uma série de investimentos na Cemarc. Melhoramos a infraestrutura, ampliamos o atendimento para mais gente ter acesso, modernizamos o sistema e trocamos de equipamentos para dar mais rapidez, descentralizamos os pontos de marcação para melhorar o fluxo de pessoas, acabamos com a senha de pré-agendamento, que fazia as pessoas perderem muito tempo, e capacitamos e aumentamos o número de funcionários. A nossa demanda é grande, mas estamos empenhados em levar cada vez mais agilidade e dignidade para quem usa esse serviço”, destacou o prefeito Edivaldo.

O processo de mudança na Cemarc, que registra atendimento a cerca de 38 mil pessoas por mês, teve início em agosto de 2017, quando foi iniciado o mapeamento das necessidades e dos problemas para compreensão do fluxo de marcação. O objetivo maior do trabalho era acabar com a semana de marcação de consultas, quando a demanda se acumulava e as filas se formavam.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, enfatizou o objetivo dos investimentos na Cemarc. “A mudança no processo de marcação de consultas vai ser mais um marco na gestão do prefeito Edivaldo. É com coragem e ousadia que estamos enfrentando as dificuldades e superando os desafios. Esse é mais um trabalho que repercute na vida de milhares de pessoas que buscam os serviços públicos de saúde oferecidos pelo poder público municipal”, ressaltou.

Houve, ainda, nesse processo de modernização, melhorias na estrutura e troca dos equipamentos nas 23 unidades de marcação de consultas distribuídas pela cidade. Os profissionais também passaram por treinamento e a implantação Sistema Nacional de Regulação (Sisreg), do Ministério da Saúde, será finalizada no mês de agosto. O Sisreg substitui o Websis, sistema local que era utilizado para as marcações.

O titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) destaca ainda que, com as mudanças, São Luís sairá do rol de cidades brasileiras que enfrentam problemas com a marcação de consultas e exames. “Em muitas cidades brasileiras a população sofre com problemas nesse processo de marcação. Estamos muito felizes em perceber que essa mudança beneficia principalmente a nossa população”, disse.

As melhorias favorecem tanto os usuários do sistema público de saúde quanto os funcionários. “Melhorou muito. Antes os equipamentos eram precários e a unidade era lotada em dias de marcação. Hoje em dia, o usuário chega e é logo atendido, e a tendência é melhorar ainda mais com mais essa mudança. Até a nossa qualidade de vida melhorou com esse novo ambiente de trabalho”, afirmou a marcadora de consultas, Alaine Carvalho.

3 comentários »

Hilton lança Disk Hospital em Santa Rita

0comentário


O prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, lançou na última terça-feira (25), um serviço inovador, que trará melhoria e eficiência no sistema municipal de Saúde, trata-se do Disk Hospital. A partir de agora qualquer morador da cidade e dos povoados vão poder marcar consultas, fazer chamadas de emergências e obter informações sobre pacientes através de dois números.

De acordo com Hilton Gonçalo, o serviço visa modernizar a rede municipal de Saúde. “Agora o morador dos povoados distantes, não vai precisar se deslocar até a sede para marcar uma consulta. De casa, ele vai poder marcar uma consulta através do telefone”, explicou o prefeito.

Além da marcação de consultas, Hilton Gonçalo também quer agilizar o serviço de emergência da cidade por isso, os dois números também serão utilizados para chamados que necessitam de urgência de atendimento. Assim como serão disponibilizados veículos para levar pacientes até a capital maranhense para realizar procedimentos como hemodiálise ou outros tratamentos.

“Estamos disponibilizando quatro veículos, todos adquiridos com recursos próprios, para realizar o atendimento de emergência em Santa Rita e transportar pacientes se for necessário até São Luís. Estamos oferecendo mais qualidade, comodidade e um melhor atendimento para salvar a vida das pessoas em Santa Rita”, declarou.

No Hospital Maria Helena Freire que foi reformado e equipado recentemente, atualmente estão disponibilizadas as seguintes especialidades médicas: clínica médica, pediatria, ginecologia e obstetrícia, cardiologia, ortopedia e cirurgia geral.

O Disk Hospital vai funcionar diariamente por 24 horas e a central de telefone vai ficar no próprio Hospital Maria Helena Freire.

Telefones para informações e emergência: (98) 987816107 – 992320778

Foto: Divulgação

sem comentário »

Andrea sugere marcação diária de consultas

0comentário

Deputada Andrea Murad sugere marcação diária de consultas como era na gestão anterior

Andrea Murad levou para a tribuna da Assembleia Legislativa o caso das longas filas para marcação de consultas no Hospital Adelson Souza Lopes da Vila Luizão, ao lado da UPA localizada no bairro da capital São Luís. Na manhã desta segunda-feira (24), centenas de pessoas, entre idosos e mães com crianças de colo, amanheceram no local para garantir a senha e marcar consultas do mês seguinte. A situação ganhou repercussão nacional e duras críticas da parlamentar.

“Flávio Dino tem pavor do que sai em nível nacional. Está envolvido até o pescoço na lava jato. Está desesperado. Era o rei da moralidade, agora é o rei da corrupção. Pegou sacolinha de dinheiro. E agora um hospital do estado vira notícia nacional por causa da péssima gestão desse governador. Eu vou falar para vocês de como funcionava a marcação antes, na gestão anterior, nesse mesmo hospital. Era assim, segunda você podia marcar consulta de uma ou duas especialidades; terça uma outra especialidade, quarta outra, quinta outra, sexta outra. Isso era o que acontecia no governo anterior, na gestão do meu pai, Ricardo Murad. Você marcava aqui, até sete dias depois você era consultado. Agora, quilômetros de gente passando noite e madrugada para ser atendido no próximo mês, passou dias e noites de plantão para tentar pegar uma senha e ainda tem gente comprando senha. O que significa isso? O secretário demitiu os diretores e disse que um dia no mês para marcar consultas está errado, que o correto é uma semana no mês para pegar senha e a consulta para o mês subsequente. Para minha surpresa esse é o certo para ele. Será que querem que eu ache isso normal, que a população ache normal?”, discursou.

A parlamentar que tem a saúde como seus principais temas da tribuna, revelou que o problema já vem ocorrendo há muito tempo e considerou omissão da Secretaria de Estado da Saúde que só agora tomou providências.

“Diminuíram funcionários, diminuíram médicos e o Secretário, em vez de assumir os erros junto com o Governador, porque saiu na mídia nacional, ele foi demitir os diretores. Como se isso fosse melhorar a situação dos que buscam as consultas lá. O secretário não sabe o que acontece na gestão dele? Na secretaria que ele administra? Ele só soube porque saiu em rede nacional? Então este governo é pior do que eu pensava. Aí nós paramos para analisar as coisas e vemos a gravidade da saúde do estado. Espero que o secretário Lula se compadeça com a questão da Vila Luizão, não só demitindo os diretores como ele fez, oferecendo estrutura de trabalho, voltando a quantidade de funcionários e médicos e resolva o problema, que ele retorne a marcação de consultas como era feita, todos os dias da semana, e as pessoas se consultarem pelo menos até em uma semana, não no mês seguinte, no mês seguinte a pessoa pode estar morta”, alertou a deputada.

Foto: Nestor Bezerra
sem comentário »

Pacientes dormem em fila de consulta

0comentário

Pacientes estão dormindo na fila da porta do Hospital Adelson de Sousa Lopes, situado no bairro Vila Luizão, em São Luís, com o intuito de garantir uma vaga na marcação de consulta e exames. Tudo isso porque esta segunda-feira (24) será o único dia neste mês para realizar a marcação de consulta no hospital.

Os pacientes afirmam que as senhas que são distribuídas no hospital não são suficientes para todas as pessoas e em virtude disto eles são obrigados até a dormir no local.

Uma paciente identificada apenas como Antônia que revela que para conseguir marcar uma consulta ela se submeteu a passar a noite na fila. Ela acrescenta que está no local desde as 19h de domingo (23).

“Eu cheguei sete horas da noite. Passei a semana todinha com vômito, diarreia e aqui que nem o que vocês estão vendo olha a humilhação. Quem já está doente termina de morrer. Cadê o governador? Cadê o prefeito? Eu fui na UPA e aí só faz encaminhamento para médico e a gente está aqui para pegar a vez e isso se a gente conseguir o médico que a gente quer. Eu estou na frente do esgoto, da fossa”, desabafou.

Policiais militares estão no local realizando a segurança e mantendo a ordem na fila que se formou nas proximidades do Hospital Adelson de Sousa Lopes, na capital.

Ao G1, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que 15 dias será implantado o processo de regulação ambulatorial eletrônica, de modo que o acesso às consultas será via encaminhamento médico com agendamento prévio, sem necessidade de marcação presencial. Além disso, pede desculpas pelo transtorno à população e comunica o afastamento dos três diretores da unidade.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

Leia mais

sem comentário »