Datafolha e Ibope apontam vitória de Bolsonaro

0comentário

O Datafolha divulgou neste sábado (27) o resultado da última pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado na sexta-feira (26) e no sábado (27) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

O instituto afirma que, um dia antes da eleição, Jair Bolsonaro (PSL), mantém o favoritismo, mas a diferença dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu de 18 para 10 pontos percentuais, em nove dias, nos votos válidos.

A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de 95%, com margem de erro de dois pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 55%
Fernando Haddad (PT): 45%

Ibope

O Ibope divulgou neste sábado (27) a última pesquisa do instituto sobre a intenção de voto para o 2º turno da eleição presidencial. Segundo o instituto, Jair Bolsonaro (PSL) venceria se eleição fosse hoje. Mas a distância dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu.

Vamos ver agora a pesquisa com os votos válidos, que excluem os brancos, nulos e o percentual de eleitores indecisos. Um candidato é eleito no segundo turno se conseguir cinquenta por cento dos votos válidos mais um voto.

A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de noventa e cinco por cento, com margem de erro de dois pontos – para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 54%
Fernando Haddad (PT): 46%

sem comentário »

Datafolha: Bolsonaro, 56%; Haddad, 44%

2comentários

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (25) o resultado da mais recente pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado nesta quarta-feira (24) e quinta-feira (25) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 56%
Fernando Haddad (PT): 44%

No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 59% e Haddad, 41%.

Sobre a pesquisa
Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 9.173 eleitores em 341 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 24 e 25 de outubro
Registro no TSE: BR-05743/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Leia mais no G1

2 comentários »

Pesquisa Datafolha: Bolsonaro, 32%; Haddad, 21%

0comentário

O Datafolha divulgou nesta terça-feira (2) a mais nova pesquisa de intenção de voto para presidente. O levantamento foi contratado pelo jornal “Folha de S. Paulo”.

Segundo o Datafolha, Jair Bolsonaro (PSL) cresceu quatro pontos percentuais e ultrapassou, pela primeira vez em pesquisa do instituto, a barreira dos 30% e abriu vantagem sobre o segundo colocado, Fernando Haddad (PT), que parou de subir.

O nível de confiança da pesquisa é de 95% – o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Vamos aos números:

Jair Bolsonaro (PSL): 32%
Fernando Haddad (PT): 21%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Marina Silva (Rede): 4%
João Amoêdo (Novo): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
Branco/nulos: 8%
Não sabe/não respondeu: 5%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 3.240 eleitores em 225 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 2 de outubro
Registro no TSE: BR-03147/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: “Folha de S.Paulo”

Leia no G1

sem comentário »

Pesquisa Datafolha: Bolsonaro, 28%; Haddad, 22%

0comentário

O Datafolha divulgou nesta sexta-feira (28) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 9 mil eleitores entre quarta-feira (26) e sexta-feira (28).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 10%
Marina Silva (Rede): 5%
João Amoêdo (Novo): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
Vera Lúcia (PSTU): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 10%
Não sabe/não respondeu: 5%

Sobre a pesquisa
Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 9 mil eleitores em 343 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 26, 27 e 28 de setembro
Registro no TSE: BR-08687/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”

Leia no G1

sem comentário »

Jair Bolsonaro lidera entre os ganham mais

0comentário

Dois aspectos chamam a atenção na pequisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (20) pela TV Globo e Folha de São Paulo.

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro lidera a pesquisa entre aqueles brasileiros que ganham mais e perde para Fernando Hadad (PT) entre aqueles brasileiros que recebem até dois salários.

Outro aspecto interessante é que Fernando Hadad vence apenas na região Nordeste, enquanto Jair Bolsonaro segue liderando nas demais regiões.

Veja os números:

Até 2 salários

Jair Bolsonaro (PSL) 19%
Fernando Hadad (PT) 20%

Mais de 2 a 5 salários

Jair Bolsonaro (PSL) 34%
Fernando Hadad (PT) 14%

Mais de 5 a 10 salários

Jair Bolsonaro (PSL) 40%
Fernando Hadad (PT) 15%

Mais de 10 salários

Jair Bolsonaro (PSL) 40%
Fernando Hadad (PT) 15%

Regiões

Sudeste

Jair Bolsonaro (PSL) 30%
Fernando Hadad (PT) 13%

Sul

Jair Bolsonaro (PSL) 37%
Fernando Hadad (PT) 10%

Nordeste

Jair Bolsonaro (PSL) 17%
Fernando Hadad (PT) 26%

Centro-oeste

Jair Bolsonaro (PSL) 36%
Fernando Hadad (PT) 12%

Norte

Jair Bolsonaro (PSL) 32%
Fernando Hadad (PT) 12%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 8.601 eleitores em 323 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 18 e 19 de setembro
Registro no TSE: BR-06919/2018
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro;
0% significa que o candidato não atingiu 1%; traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado.
* Observação: Em cada um dos segmentos da pesquisa, o posicionamento dos candidatos e os resultados seguem o padrão do relatório do Datafolha.

Leia no G1

sem comentário »

Datafolha: Bolsonaro, 28%; Hadad, 16%; Ciro, 13%

0comentário

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (20) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 8.601 eleitores na terça-feira (18) e na quarta-feira (19).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 16%
Ciro Gomes (PDT): 13%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Marina Silva (Rede): 7%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Vera Lúcia (PSTU): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 12%
Não sabe/não respondeu: 5%

Sobre a pesquisa
Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 8.601 eleitores em 323 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 18 e 19 de setembro
Registro no TSE: BR-06919/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”

Leia no G1

sem comentário »

Lula lidera pesquisa DataFolha com 30%

0comentário

Uma pesquisa do Instituto Datafolha foi divulgada neste domingo (10) pelo jornal “Folha de S.Paulo” com índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018.

Foram feitas 2.824 entrevistas entre 6 e 7 de junho, em 174 municípios.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Veja os resultados dos 4 cenários pesquisados no 1º turno:

Cenário 1 (Se Lula for candidato)

Lula (PT): 30%
Jair Bolsonaro (PSL): 17%
Marina Silva (Rede): 10%
Geraldo Alckmin (PSDB): 6%
Ciro Gomes (PDT): 6%
Alvaro Dias (Podemos): 4%
Manuela D’Ávila (PC do B): oscila entre 1% e 2%
Rodrigo Maia (DEM): oscila entre 1% e 2%
Aldo Rebelo (SDD): oscila entre 0% e 1%
Fernando Collor de Mello (PTC): oscila entre 0% e 1%
Flávio Rocha (PRB): oscila entre 0% e 1%
Guilherme Afif Domingos (PSD): oscila entre 0% e 1%
Guilherme Boulos (PSOL): oscila entre 0% e 1%
Henrique Meirelles (MDB): oscila entre 0% e 1%
João Amoêdo (Novo): oscila entre 0% e 1%
João Goulart Filho (PPL): oscila entre 0% e 1%
Josué Alencar (PR): oscila entre 0% e 1%
Levy Fidelix (PRTB): oscila entre 0% e 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC): não alcança 1% em nenhum cenário
Sem candidato: 21%<

Cenário 2 (Se o PT lançar Fernando Haddad no lugar de Lula)

Jair Bolsonaro (PSL): 19%
Marina Silva (Rede): 15%
Ciro Gomes (PDT): 10%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Alvaro Dias (Podemos): 4%
Fernando Haddad (PT): 1%
Sem candidato: 33%

Cenário 2 (Se o PT lançar Fernando Haddad no lugar de Lula)

Jair Bolsonaro (PSL): 19%
Marina Silva (Rede): 15%
Ciro Gomes (PDT): 10%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Alvaro Dias (Podemos): 4%
Fernando Haddad (PT): 1%
Sem candidato: 33%
Cenário 4 (Se o PT ficar fora da eleição):

Jair Bolsonaro (PSL): 19%
Marina Silva (Rede): 15%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Alvaro Dias (Podemos): 4%
Sem candidato: 34%

Leia mais

sem comentário »

Lula lidera pesquisa Datafolha

4comentários

Uma pesquisa do Instituto Datafolha foi divulgada nesta quarta-feira (31) pelo jornal “Folha de S.Paulo” com índices de intenção de voto para o primeiro turno da eleição presidencial de 2018.

Veja os resultados dos nove cenários pesquisados:

Cenário 1
Lula (PT): 37%
Jair Bolsonaro (PSC): 16%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Ciro Gomes (PDT): 7%
Joaquim Barbosa (sem partido): 5%
Alvaro Dias (Podemos): 4%
Fernando Collor de Mello (PTC): 2%
Manuela D´Ávila (PCdoB): 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
João Amoêdo (Partido Novo): 1%
Guilherme Boulos (sem partido): 0
Branco/nulo/nenhum: 17%
Não sabe: 3%

Cenário 2
Lula (PT): 36%
Jair Bolsonaro (PSC): 18%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Ciro Gomes (PDT): 7%
Alvaro Dias (Podemos): 4%
Manuela D´Ávila (PCdoB): 2%
Fernando Collor de Mello (PTC): 2%
Henrique Meirelles (PSD): 1%
João Amoêdo (Partido Novo): 1%
Paulo Rabello de Castro (PSC): 1%
Guilherme Boulos (sem partido): 0
Branco/nulo/nenhum: 19%
Não sabe: 3%

Veja a pesquisa completa no G1

(mais…)

4 comentários »

Flávio Dino ironiza Michel Temer

3comentários

FlavioDino1O governador Flávio Dino (PCdoB) utilizou as redes sociais para comentar a pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (9) sobre a sucessão presidencial e o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT).

“Datafolha hoje mostra que impeachment é sustentado por lideranças que não tem apoio popular. Logo, impeachment levaria a governo mais fraco. Ainda há tempo para que forças tradicionalmente ao “centro” abandonem essa tese extremista e golpista, que pode conduzir a um grave desastre”, escreveu.

E aproveita para alfinetar um eventual governo do vice Michel Temer (PMDB).

“Como fazer um impeachment sem base jurídica e entregar governo para um político que só tem 1% na pesquisa para Presidente? Insensatez. Se um partido político de “centro” resolve seguir posições de extrema-direita, perde força. É o que está nítido na pesquisa Datafolha”, afirmou.

3 comentários »

68% apoiam impeachment, diz Datafolha

0comentário

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (19) no site do jornal “Folha de S.Paulo” indica os seguintes percentuais, na opinião dos entrevistados, sobre como os deputados deveriam votar em relação ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT):

– Sim: 68%
– Não: 27%
– Indiferente: 3%
– Não sabe: 2%

Na pesquisa anterior, de fevereiro, 60% se disseram a favor do impeachment, contra 33% que eram desfavoráveis.

O Datafolha realizou o levantamento nos dias 17 e 18 de março. O instituto ouviu 2.794 eleitores em 171 municípios de todo o país. As somas podem passar ou ficar abaixo dos 100% por conta de arredondamentos, informou o instituto.

A pesquisa quis ainda saber se os entrevistados entendem que Dilma deveria renunciar. Os resultados foram:

– Sim: 65%
– Não: 32%
– Não sabe: 3%

Com relação à avaliação do governo, o resultado foi:

– Ótimo/bom: 10%
– Regular: 21%
– Ruim/péssimo: 69%

O Datafolha também questionou os ouvidos sobre se Dilma vai ou não ser afastada do governo:

– Não vai ser afastada: 47%
– Sim, vai ser afastada: 46%
– Não sabe: 7%

Lula

Ainda segundo o Datafolha, o percentual de rejeição a Lula atingiu o maior patamar, de 57%. A pior taxa de rejeição ao ex-presidente havia sido de 47% em novembro de 2015.

Questionados sobre o que consideram ser a principal motivação de Lula ao assumir um ministério, os entrevistados responderam:

– Ter foro privilegiado na Operação Lava Jato: 68%
– Ajudar o governo Dilma: 19%
– Ambos 7%
– Não sabe: 5%

Já sobre se Dilma agiu mal ao convidar Lula para a pasta, as respostas foram:

– Sim: 73%
– Não: 22%
– Não sabe: 5%

Sobre se a entrada de Lula ajudaria a melhorar o desempenho geral do governo, as respostas foram:

– Não haverá mudanças: 38%
– Tende a piorar: 36%

O Datafolha perguntou ainda sobre se o juiz Sergio Moro agiu bem ou mal ao obrigar o ex-presidente a depor na Polícia Federal no dia 4 de março:

– Agiu bem: 82%
– Agiu mal: 13%
– Não sabe: 5%

Outros temas

O Datafolha quis saber ainda a opinião dos entrevistados sobre um governo liderado pelo vice-presidente Michel Temer (PMDB):

– Ótimo/bom: 16%
– Ruim ou péssimo: 35%
– Não sabe: 15%

O instituto questionou os entrevistados sobre a percepção em relação ao governo em que mais houve corrupção:

– Dilma: 36%
– Lula: 23%
– Fernando Collor: 20%
– FHC: 7%
– José Sarney: 3%
– Itamar Franco: 1%
– Em todos deles: 4%
– Em nenhum deles: 0
– Não sabe: 6%

O Datafolha perguntou quem foi o melhor presidente que o Brasil já teve:

– Lula: 35%
– FHC: 16%
– Getúlio Vargas: 7%
– Juscelino Kubitschek: 5%
– José Sarney: 3%
– Tancredo Neves: 2%
– João Figueiredo: 2%
– Itamar Franco: 2%
– Fernando Collor: 1%
– Dilma: 1%

Sobre qual seria o principal problema do país, os entrevistados consideraram:

– Corrupção: 37%

Leia mais

sem comentário »