Pesquisa fantasma

0comentário

Depois de criar os aluguéis fantasmas – também conhecidos como “aluguéis camaradas” -, os funcionários fantasmas da Saúde, as estradas fantasmas – como a MA-006, denunciada no Fantástico -, os hospitais fantasmas e as escolas fantasmas, todos devidamente registrados em ações tanto na Justiça comum quanto na Eleitoral, eis que o governo Flávio Dino (PCdoB) acaba de comemorar a pesquisa fantasma.

Trata-se da pesquisa Econométrica, divulgada com estardalhaço no fim de semana, em blogs, TVs e jornais controlados pelo Palácio dos Leões. A pesquisa é simplesmente chancelada pela assinatura de uma pessoa já falecida. A professora Celene Raposo de Aquino, que assina a pesquisa como responsável técnica, morreu bem antes de os comunistas pensarem em fazer o levantamento.

Para ficar mais claro o escândalo: a pesquisa Econométrica foi iniciada no dia 21 de agosto e registrada no dia 26 de agosto, mas quem deveria assiná-la como responsável técnico já havia falecido pelo menos 19 dias antes de a coleta de dados ser iniciada.

A professora Celene tinha 81 anos e, já debilitada, lutava há meses pela vida em uma UTI de hospital. Não poderia sequer acompanhar o desenrolar do levantamento. A pesquisa festejada pelos comunistas que ora ocupam o Palácio dos Leões a expôs de forma cruel. Num desrespeito sem tamanho a ela e à família. Tudo em nome da manutenção do poder.

Tudo errado

Não bastasse a assinatura de uma pessoa já falecida, a pesquisa Econométrica traz outros dados estranhos.

Um dos proprietários da empresa, Jorge Zibicuêta, é funcionário do próprio Governo Flávio Dino, desde 2015, lotado na Casa Civil, chefiada por Marcelo Tavares.

Além disso, o endereço da empresa – em uma casa simples no Maiobão – é diferente de onde está a logomarca, no São Francisco.

O Estado

sem comentário »

Edivaldo vence segundo a Econométrica

0comentário
Faltando nove dias para a eleição, instituto Data M aponta liderança do atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior

Pesquisa Econométrica aponta vitória de Edivaldo faltando dois dias apenas para a eleição

Pesquisa Econométrica divulgada nesta sexta-feira (28) aponta a vitória de Edivaldo Holanda Júnior, na disputa do segundo turno pela Prefeitura de São Luís.

Na pesquisa estimulada, o atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) tem 54,1% das intenções de votos e Eduardo Braide (PMN) tem 37,7%. Brancos e nulos somam 4,2% e não sabem ou não responderam 3,9%.

Considerando apenas os votos válidos, Edivaldo Holanda Júnior aparece com 58,9% e Eduardo Braide 41,1%.

A pesquisa Econométrica divulgada pelo Jornal Pequeno está registrada na Justiça Eleitoral sob o Nº MA-09849/2016 e ouviu 1016 eleitores, no dia 26 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos com um intervalo de confiança de 95%.

sem comentário »

Econométrica aponta liderança de Edivaldo

0comentário
Pesquisa Econométrica mostra liderança de Edivaldo Holanda Júnior contra Eduardo Braide

Pesquisa Econométrica mostra liderança de Edivaldo Holanda Júnior contra Eduardo Braide

Pesquisa Econométrica aponta a liderança do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) na disputa pela Prefeitura de São Luís. Segundo o levantamento, Edivaldo Holanda Júnior tem 52% das intenções de votos, contra 39,4% de Eduardo Braide (PMN). Brancos e Nulos somam 4,4% e 4,1% “não sabem ou não responderam.

Considerando apenas os votos válidos, Edivaldo Holanda Júnior tem 56,9%, contra 43,1% de Eduardo Braide.

O Instituto Econométrica, também avaliou o índice de rejeição dos candidatos a prefeito de São Luís. Eduardo Braide tem 44,1% de rejeição e Edivaldo 31,9%. Disseram que votariam nos dois candidatos 16,7%, enquanto 3,2% não votariam em nenhum dos dois. Não sabem ou não responderam 4,2%.

O Instituto Econométrica realizou, no 2º turno, três pesquisas que apontam crescimento de Edivaldo Júnior e queda de Eduardo Braide. Na pesquisa divulgada no dia 14 de outubro, Edivaldo tinha 52,3%. Depois, no levantamento do último dia 20, chegou a 52,6%; e agora subiu e chegou a 56,9%. Eduardo Braide começou com 47,7%, depois 47,4% e agora caiu e está com 43,1% dos votos válidos.

A pesquisa Econométrica contratada pelo Jornal Pequeno foi realizada no dia 20 de outubro e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o nº MA- 04728/2016. Foram entrevistados 1014 pessoas nos bairros e na zona rural de São Luís. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos com um intervalo de confiança de 95%.

Foto: DIvulgação/ Assessorias

sem comentário »

Maioria acredita em vitória de Edivaldo

4comentários

Edivaldo_Maioria_Econometrica

A maioria do eleitorado de São Luís acredita que o atual prefeito, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), conseguirá a reeleição em outubro.

É o que aponta a pesquisa Econométrica divulgada neste sábado (23). Segundo o levantamento, 35,9% disseram quem independentemente do seu voto, acham que o pedetista será o vitorioso.

Eliziane Gama (PPS), segundo colocada em intenção de votos, também aparece em segundo nesse quesito, com 22,2%. Wellington do Curso (PP) tem 14,9%.

O levantamento, contratado por Luís Assis CS de Almeida-ME (leia-se Blog do Luís Cardoso), saiu às ruas entre os dias 14 e 16 de julho e foi registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-03691/2016. Foram ouvidos 985 leitores, para uma margem de erro de 3,1 pontos percentuais, para mais ou para menos, e  95% de confiabilidade.

Blog do Gilberto Léda

4 comentários »

Pesquisa mostra Edivaldo em primeiro

0comentário

edivaldo

O que já vinha sendo especulado pelos analistas políticos, o crescimento da pré-candidatura do prefeito Edivaldo Júnior (PDT), acabou sendo confirmado pela pesquisa Econométrica divulgada neste sábado (23).

Foi a primeira vez que um levantamento apontou o prefeito e candidato à reeleição na primeira colocação da disputa eleitoral em São Luís, justamente no momento muito importante da eleição, talvez até crucial, o momento das convenções partidárias.

De acordo com a pesquisa Econométrica, contratada pelo Blog do Luís Cardoso e registrada no dia 17 de julho com o número MA-03691/2016. Edivaldo aparece em primeiro com 23,7%. A pré-candidata e deputada federal Eliziane Gama (PPS) está em segundo com 20% e o deputado estadual Wellington do Curso (PP) tem 18,1% em terceiro lugar.

Depois dos três pré-candidatos com dois dígitos, aparecem na pesquisa Bira do Pindaré (PSB) 6,8%, Rose Sales (PMB) com 3,4%, Fábio Câmara (PMDB) com 3%, Eduardo Braide (PMN) 2,5%, Bentivi (PHS) 1,7%, Cláudia Durans (PSTU) 0,8% e Valdeny Barros (PSOL) 0,5%. Nulos/brancos 15,2% e não responderam ou não sabem 4,3%.

O levantamento ouviu a opinião de 985 eleitores da capital maranhense, entre os dias 14 e 16 de julho, com margem de erro de 3,1% para mais ou para menos e tendo 95% de confiabilidade.

Blog do Jorge Aragão

sem comentário »

Pesquisa aponta favoritismo de Edivaldo

7comentários
EdivaldoHolandaJunior

Econométrica vê favoritismo de Edivaldo Júnior

A pesquisa Econométrica para a disputa da Prefeitura de São Luís, divulgada no último sábado (11), apresentou mais um aspecto interessante, Edivaldo Júnior (PDT) é o favorito para vencer as eleições.

De acordo com o levantamento, para 33,2% dos entrevistados Edivaldo será o vencedor e conseguirá se reeleger. Para 30,6% será a deputada federal Eliziane Gama (PPS) a nova prefeita de São Luís, enquanto que 13,3% dos entrevistados, apostam que o surpreendente deputado estadual Wellington do Curso (PP) será o novo prefeito da capital.

Além de Wellington do Curso que surpreendeu bem posicionado na pesquisa, quem mais tem motivos para comemorar a pesquisa é justamente o prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior.

Afinal, além de ser apontado como favorito para vencer a eleição, Edivaldo conseguiu saltar da casa dos 15% para o patamar de 20% e consequentemente se aproximou ainda mais de Eliziane Gama.

Outro fator que Edivaldo pode comemorar é que o efeito da retirada da candidatura do deputado federal e ex-prefeito João Castelo (PSDB), que decidiu apoiar Eliziane Gama, parece ter sido pior para a pré-candidata, pois os “votos” de Castelo não foram para Gama, que parece ter levado sim o desgaste da aliança com um político de quem foi a principal opositora.

Até mesmo a rejeição de Edivaldo, apesar de alta, segue diminuindo. Ou seja, os números da pesquisa acabaram sendo benéficos para o atual prefeito.

Só lembrando que a pesquisa, que ouviu 997 eleitores entre os dias 4 e 7 de junho, foi registrada sob o protocolo MA-08340/2016. O levantamento tem margem de erro de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%.

Blog do Jorge Aragão

7 comentários »

Disputa polarizada entre três candidatos

12comentários
1465588453-406413724

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior, deputada Eliziane Gama e o deputado Wellington do Curso

A pesquisa de intenções de votos Econométrica, realizada entre os dias 4 e 7 deste mês e contratada pela empresa Classe Mídia, que edita a Revista Maranhão Hoje, apresenta a disputa polarizada por três nomes e São Luís: a deputada federal Eliziane Gama (PPS), o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e o deputado estadual Wellington do Curso (PP).

O levantamento, registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-08340/2016, ouviu 997 eleitores em 52 bairros da capital, possui margem de erro de 3,1% e intervalo de confiança de 95%.

Ao todo, foram elencados cinco principais cenários na pesquisa, todos do tipo “estimulado”. Destes, três simulam eventual segundo turno na capital. Até então, nenhum instituto havia apontado cenário de segundo turno para São Luís.

No primeiro cenário mais abrangente da pesquisa, quando o instituto pergunta ao eleitor em qual dos candidatos ele votaria caso as eleições fossem “hoje”, a deputada Eliziane Gama aparece na frente com 24,3% das intenções de votos, contra 20,0% do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Wellington do Curso aparece logo em seguida com 16,9% da preferencia do eleitorado, na terceira colocação, a frente da vereadora Rose Sales (PMB), com 6,8%; vereador Fábio Câmara (PMDB), com 2,6% e o médico João Bentivi (PHS), com 2,6%.

Afirmaram que votarão nulo, 22,7% dos entrevistados e não souberam ou não quiseram responder, 4,2%.

No segundo cenário do tipo “estimulado”, Eliziane Gama aparece ””novamente a frente com 24,6% das intenções de votos; contra 20,2% do prefeito Edivaldo Júnior; 17,0% de Wellington do Curso; 7,2% da vereadora Rose Sales; 2,6% de Bentivi e 1,3% da deputada estadual Andrea Murad (PMDB), que na semana passada abriu mão da disputa em favor de Fábio Câmara.

Declararam que votariam nulo 23,1% dos eleitores e não souberam ou não quiseram responder, 4,1%.

Espontânea

A Pesquisa Econométrica também levantou um cenário do tipo “espontâneo” para a disputa eleitoral 2016 em São Luís. Neste, quando nenhum nome de pré-candidato é apresentado ao eleitor, Edivaldo Holanda Júnior aparece na primeira colocação, com 13,2% da preferência do eleitorado.

Eliziane Gama fica na segunda colocação, com 9,2% das intenções de votos, contra 5,8% de Wellington do Curso; 5,4% de João Castelo (PSDB); 2,7% de Rose Sales; 1,5% de Roseana Sarney (PMDB); 1,3% de Fábio Câmara; 0,6% de Bira do Pindaré (PSB); 0,6% de Neto Evangelista (PSDB); 0,4% de Tadeu Palácio (PP); 0,2% de Bentivi e 0,2% de Andrea Murad. Ao todo, 1,4% afirmou que votaria em “outros”; 1,4% disse que não votará em nenhum candidato e 56,0% não souberam ou não quiseram responder.

Mais

Apesar de ter lançado há pouco tempo sua pré-candidatura à Prefeitura de São Luís, o nome do deputado estadual Eduardo Braide (PMN) não apareceu na pesquisa Econométrica de intenções de votos.

O Estado

12 comentários »

Temor do PCdoB…

26comentários

aecioeflavio

Desvendado o temor do PCdoB…

Uma pergunta feita pelo Instituto Econométrica e que tanto causou preocupação aos comunistas, enfim teve a publicação autorizada pela Justiça Eleitoral, numa decisão da desembargadora Alice de Sousa Rocha.

O PCdoB havia conseguido evitar a divulgação da pergunta e a resposta no levantamento do Instituto Econométrica  que ouviu 1.005 eleitores entre os dias 26 de julho e 31 de julho. A pesquisa publicada em O Imparcial foi registrada sob o número 0029/2014-MA no dia 28 de julho.

Mas porque tanto temor? É que segundo a pesquisa, quando mencionado o apoio de Lula e Dilma, o candidato Lobão Filho aparece em primeiro com 39,4%. Já Flávio Dino quando citado com o apoio de Aécio Neves, José Serra e Fernando Henrique Cardoso aparece com 38,8%.

econometrica

Talvez ai também se explique o fato da assessoria do candidato Flávio Dino não ter divulgado uma linha sequer sobre a visita de Aécio Neves esta semana em Imperatriz quando o tucano e o comunista estiveram lado a lado. Porque não divulgaram nada? Porque não mobilizaram as redes sociais como sempre fazem? Porque esconderam Aécio?

Mas enquanto o PCdoB esconde tudo, as fotos e material de imprensa divulgadas pela assessoria do PSDB deixam claro o tamanho do incômodo de Flávio Dino (veja a foto acima) que até agora não conseguiu explicar aos eleitores esta aliança, principalmente porque até abril, Dino era funcionário do Governo Dilma Rousseff e ocupava o cargo de presidente da Embratur.

Viram só como as peças se encaixam??????

Foto: Orlando Brito/Coligação Muda Brasil

26 comentários »

Pendência sanada

0comentário

EduardoJoseLealMoreiraO jornal O Imparcial deve divulgar nesta quinta-feira (26), a pesquisa do Instituto Econométrica sobre a sucessão no Maranhão.

A pesquisa estava prevista para ser divulgada na semana passada (19), mas por um equívoco do instituto que fez apenas o registro junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) quando deveria ter registrado a pesquisa, também no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acabou sendo suspensa.

A decisão do juiz eleitoral Eduardo José Leal Moreira (foto), do TRE-MA determinou a suspensão da divulgação da pesquisa Econométrica/Imparcial até que a pendência do registro junto ao TSE fosse sanada.

O PCdo B pediu a suspensão da divulgação da pesquisa, mas a decisão do juiz Eduardo Moreira foi apenas no sentido que a pendência do registro junto ao TSE foi providenciada pelo Instituto Econométrica o que aconteceu na última sexta-feira.

O jornal O Imparcial sequer entrou com recurso contra a representação Nº 104.19.2014.6.10.0000, apenas providenciou o registro da mesma por meio do Instituto Econométrica junto ao Tribunal Superior Eleitoral uma vez que a pesquisa também aponta números sobre a sucessão presidencial.

Passados os cinco dias, após o pedido de registro junto ao TSE, o jornal O Imparcial já pode divulgar os números da pesquisa Econométrica o que deve acontecer na edição desta quinta-feira (26).

sem comentário »