Tropas do Exército chegam para eleição no MA

0comentário

As tropas do Exército que vão reforçar a segurança no 2º turno das eleições no Maranhão chegaram nesta sexta-feira (27) a São Luís.

O reforço foi solicitado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão ao TSE e autorizado para 45 municípios. No 1º turno, 72 cidades receberam o reforço de Tropas do Exército.

A lista não inclui Bacabal, onde haverá eleição suplementar para escolha do novo prefeito e vice da cidade.

Os municípios maranhenses que receberão tropas Federais são: Alto Alegre do Pindaré, Amapá do Maranhão, Axixá, Belágua, Benedito Leite, Bequimão, Boa Vista do GurupI, Buriti, Buriti Bravo, Cândido Mendes, Centro do Guilherme, Centro Novo do Maranhão, Chapadinha, Coroatá, Cururupu, Esperantinópolis, Governador Nunes Freire, Grajaú, Icatu, Itaipava do Grajaú, Junco do Maranhão, Loreto, Maracaçumé, Maranhãozinho, Mata Roma, Matões do Norte, Nova Iorque, Nova Olinda do Maranhão, Pastos Bons, Pedro do Rosário, Penalva, Peri Mirim, Pinheiro, Presidente Sarney, Santa Filomena do Maranhão, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, São Benedito do Rio Preto, São Domingos do Azeitão, São Félix de Balsas, São José de Ribamar, São Luís, São Mateus, Tuntum e Urbano Santos.

Foto: Sidney Pereira

sem comentário »

Carlos Brissac registra candidatura na OAB

1comentário

O advogado Carlos Brissac oficializou, nesta terça-feira (23) sua candidatura à presidência da seccional da OAB no Maranhão. Acompanhado de aliados na sede da entidade, o presidenciável registrou a chapa que vai concorrer ao pleito da Ordem maranhense, que acontecerá no dia 23 de novembro. A chapa 2 terá como vice Carlos André Anchieta, da região tocantina. Brissac classificou o momento como histórico para a advocacia maranhense por representar a união dos advogados.

“Esse é, sem dúvida, um momento histórico, pois conseguimos reunir cinco pré-candidatos em torno de um objetivo: resgatar o protagonismo da nossa OAB”, disse Brissac. Confiante, o candidato assegura que sairá vitorioso do pleito, pois o grau de insatisfação com a Seccional Maranhense é visível.

A Chapa 2 recebeu o nome “OAB de Verdade” numa referência à necessidade de que a Seccional volte a ser uma entidade verdadeiramente representativa dos advogados maranhenses, aspecto tido como um dos principais desafios da instituição atualmente.

O nome de Carlos Brissac, como candidato de oposição à atual gestão, ganhou ainda mais força com a adesão dos até então pré-candidatos Pedro Alencar (atual vice-presidente da entidade), Roberto Feitosa, dos movimentos União & Força e Repense OAB, respectivamente, Ana Brandão e Raimundo Nonato Neto.

A advogada, Ana Brandão Feitosa, que representa a advocacia feminina, disse que é preciso resgatar a altivez e a representatividade da OAB maranhense. “Milito na advocacia há 28 anos e penso que o momento exige o esforço de todos para que tenhamos uma Ordem com altivez e com maior representatividade para resgatar o valor da advogada”, disse.

A eleição na OAB-MA para o triênio 2019/2021 vai ocorrer em São Luís e nas sedes das subseções nas cidades de Açailândia, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Estreito, Barreirinhas, Caxias, Chapadinha, Codó, Imperatriz, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, Santa Inês, São João dos Patos e Timon.

Na ocasião, serão escolhidos os representantes para os cargos de conselheiros federais e suplentes, conselheiros seccionais e suplentes, diretoria do Conselho Seccional, Diretoria e Suplentes da Caixa de Assistência dos Advogados; e das Diretorias das Subseções.

Quem é Carlos Brissac

Advogado formado pela UFMA, Carlos Brissac Neto é mestrando em Direito com especialização em Ciências Jurídico-Políticas na Universidade Portucalense do Porto (Portugal), é especialista em Compliance e Lei Anticorrupção pela Legal, Ethics and Compliance. Na Comissão de Jovens Advogados da OAB/MA, exerceu cargos de secretário, vice-presidente e presidente, como também foi Procurador Jurídico da OAB/MA, além de ter representado a Ordem no Conselho Estadual de Proteção ao Consumidor.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Cinco candidatos disputam eleição em Bacabal

0comentário

Paralelo ao segundo turno das eleições 2018, em 28 de outubro, data em que a nação decidirá o novo presidente do país e alguns estados novos governadores, o Maranhão realizará pleito em Bacabal para que a população escolha quem será o novo prefeito da cidade, tendo em vista que o eleito em 2016, o prefeito Zé Vieira teve o registro de candidatura mantido indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em junho deste ano.

Bacabal fica localizada a 250 km da capital São Luís e o número de eleitores aptos a votar é de 58 mil 494.

Concorrem ao cargo 6 candidatos:

– Cesar Brito (PPS 23) pela coligação “Bacabal vai vencer”;
– Edvan Brandão (PSC 20) pela coligação “Bacabal em primeiro lugar”;
– Giselle Veloso (PR 22) pelo Partido da República;
– Luizinho Padeiro (PSB 40) pelo Partido Socialista Brasileiro;
– Professor Maninho (PRB 10) pelo Partido Republicano Brasileiro.

Ordem de votação

Em Bacabal, a ordem de votação na urna eletrônica será: primeiro presidente e depois prefeito. É importante que os eleitores estejam atentos a isso para evitar que digitem números equivocados e anulem o voto, caso não corrijam antes de apertar a tecla confirma.

sem comentário »

Honorato destaca importância dos professores

0comentário

Em pronunciamento, na manhã desta segunda-feira (15), no Plenário da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Honorato Fernandes (PT) felicitou os professores pela data de hoje, Dia dos Professores, falou sobre o resultado das eleições, agradeceu aos votos recebidos como candidato a deputado estadual e fez uma analise sobre o atual momento político no cenário nacional destacando a importância do debate se dar no campo das propostas e não do ódio.

Quanto às eleições de 7 de outubro, Honorato agradeceu o apoio e votos recebidos.

“Quero agradecer aos quase 17 mil votos recebidos na eleição. Foi uma experiência muito rica, andei pelo nosso grande Estado e tive a oportunidade de ver de perto a situação da nossa gente. Muito tem sido feito e precisamos fazer muito mais pelo nosso povo. Sou grato pelos votos recebidos”, disse Honorato.

Ao saudar os professor pelo dia de hoje, o vereador destacou a importância dos professores na formação do caráter de todas as pessoas e os cumprimentou na pessoa de sua esposa, Erika Fernandes, professora da rede municipal de São Luís.

“Quero aqui externar todo o meu respeito aos professores e professoras que buscam no seu dia a dia condições para formar verdadeiros cidadãos, não apenas ensinar a ler e escrever. Estes profissionais buscam, na sua função de professores e professoras, ajudar a criar a verdadeira cidadania. A dar condições para que crianças e adolescentes possam entender qual é a razão de frequentar um banco de escola e qual é o seu papel, desde criança, numa sociedade que ainda é extremamente desigual , extremamente injusta, e por que não dizer covarde com a primeira infância e com a juventude. Obrigado professores e professoras pelo seu devotado e essencial trabalho”, destacou Honorato.

Quanto ao cenário nacional Honorato externou a sua preocupação quanto a explosão de ódio no processo eleitoral do segundo turno.

“É preocupante e assustador ver a crescente onda de intolerância que toma cada vez mais conta do nosso país. Mais de 50 casos de agressão e um caso de assassinato, por motivação política, já foram registrados desde o dia da eleição até hoje. São pessoas tomadas pelo ódio”, destacou o vereador, afirmando ainda que as discussões pertinentes a corrida eleitoral para a presidência devem se dar no campo das ideias, repudiando os inúmeros casos de Fake News já denunciados.

“O debate precisa ser baseado na discussão de propostas e não na divulgação desonestas de notícias mentirosas. Voto em Haddad pelas propostas e respeito às políticas públicas inclusivas apresentadas por ele, por ser um candidato que defende o seu ponto de vista com argumentos e não com incitação ao ódio e fake news”, declarou o parlamentar, que finalizou a fala, sugerindo aos demais vereadores da Câmara a união para formação de um frente de combate às ações permeadas de ódio e violência ora em curso.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Aluisio duplica votação e sai fortalecido das eleições

0comentário

O deputado federal reeleito, Aluisio Mendes (PODE) sai fortalecido das eleições deste ano. Com 105.778 votos dados a ele, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o deputado dobrou a sua própria votação, em relação ao total registrado em 2014, saindo do décimo oitavo mais votado há quatro anos para o oitavo representante maranhense na Câmara em número de votos.

Segundo o parlamentar reeleito, o saldo da campanha é extremamente positivo. Vários municípios foram visitados e nestes locais, Aluisio Mendes reforçou o empenho para abraçar bandeiras de serviços essenciais. Em cada local, Aluisio foi recebido por grandes grupos de aliados e mobilizou milhares de pessoas em atos populares.

Para Aluisio, o Maranhão acredita em seu trabalho. “Quero agradecer aos mais de 105 mil votos recebidos na eleição deste ano. Essa votação é a prova de que o povo do nosso estado acredita em nosso trabalho. Podem ter certeza de que continuarei trabalhando, sempre em busca de benefícios para toda a população. Esta é a minha obrigação e o meu compromisso. Me dedicarei ao máximo para cumprir com estas metas e para honrar toda essa confiança”, disse Aluisio após a confirmação da reeleição.

Ele também agradeceu à população dos municípios visitados e aos aliados de campanha. Aluisio Mendes destacou ainda que continuará trabalhando e aplicando suas emendas em prol do povo maranhense. “Com esta votação tão expressiva, nossa responsabilidade aumenta. Se já mostramos ações positivas no primeiro mandato, será necessário mostrar ainda mais nos próximos quatro anos. Não medirei esforços para trazer mais benefícios, assim como fizemos na segurança, infraestrutura, agricultura, previdência, esporte e lazer, saúde e em outros setores”, afirmou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Roberto Rocha agradece acolhida nas ruas

0comentário

O senador Roberto Rocha (PSDB) que foi candidato ao governo do Maranhão se manifestou pela primeira vez após as eleições. Ele foi o quarto colocado na disputa e teve 64.446 votos (2,05%).

Roberto Rocha divulgou nota de agradecimento aos maranhenses, nesta terça-feira (9), na qual reafirma os seus compromissos com a população e diz que continuará lutando para melhorar a vida das pessoas.

Leia a nota na íntegra:

Em primeiro lugar agradeço à minha família que sempre esteve ao meu lado. Estendo os meus agradecimentos aos candidatos a deputados estaduais, federais e senadores da nossa Coligação “União e Coragem para Fazer um Maranhão Melhor”. Agradeço também aos amigos, lideranças, apoiadores, a nossa militância e ao povo maranhense pela enorme acolhida e carinho que recebi nas ruas por onde passei.

Construí essa campanha eleitoral com base em dois eixos fundamentais: preparar o Maranhão e os maranhenses. No meu Caderno de Ideias, apresentei propostas em todas às áreas, como saúde, educação, segurança pública, infraestrutura, agricultura, turismo, programas sociais e, principalmente, para o desenvolvimento socioeconômico – por meio da dinamização da atividade econômica, geração de empregos e melhoria nas condições de vida das famílias maranhenses.

Como senador da República pelo Maranhão, o nosso mandato continuará a serviço do povo maranhense, lutando sempre, como sempre fiz, para melhorar cada vez mais a vida das pessoas e do nosso País.”

Foto: Divulgação

sem comentário »

4 milhões 537 mil e 237 eleitores vão às urnas no MA

0comentário

4 milhões 537 mil e 237 eleitores vão às urnas, nas eleições deste domingo (7), em 217 municípios, dos quais em 92 (o que equivale a 3.380.833) a identificação será, obrigatoriamente pela biometria.

Em 53 cidades, a eleição será híbrida e em apenas 72 a biometria ainda não foi implantada pela Justiça Eleitoral, que tem até 2022 para concluir os trabalhos de recadastramento.

O Maranhão tem 105 zonas eleitorais e na capital, São Luís, são 6: a 1ª, 2ª, 3ª, 10ª, 76ª e 89ª. São 15.830 seções ((2.088 em São Luís), distribuídas em 5.742 locais de votação.

As seções estarão abertas das 8h às 17h, período em que o eleitor deve comparecer em sua seção eleitoral levando documento oficial com foto e o título de eleitor. Nele constam informações sobre a zona eleitoral e a seção onde o cidadão está inscrito para votar.

Quanto à transmissão de dados, serão 83 postos avançados, 20 juntas especiais e mais 5 centrais avançadas, instaladas em Timbiras, Amapá do Maranhão, São Francisco do Maranhão, Alto Alegre do Pindaré e Itinga.

Pediram para votar em trânsito 2.287 eleitores (São Luís, Imperatriz, Timon e São José de Ribamar) e se cadastraram com nome social 107 pessoas.

Os maranhenses vão escolher o governador, dois senadores, 18 deputados federais, 42 deputados estaduais e o presidente da República.

Seis candidados disputam o governo do Maranhão: Flávio Dino (PCdoB), Maura Jorge (PSL), Odívio Neto (Psol), Ramon Zapata (PSTU), Roberto Rocha (PSDB) e Roseana Sarney (MDB).

Fotos: Divulgação

sem comentário »

Ricardo Murad divulga manifesto sobre as eleições

6comentários

O candidato a deputado federal Ricardo Murad (PRP) divulgou, nesta segunda-feira (1º), um manifesto no qual anuncia que independentemente do resultado das eleições irá à Justiça Eleitoral para que sejam apurados todos os abusos, condutas vedadas e demais ilícitos eleitorais que macularam, e ainda estão a macular as eleições, praticados por Flávio Dino.

“Não tenho dúvidas: as eleições 2018 no Maranhão estão eivadas de graves ilicitudes que devem ser punidas porque os atos abusivos de gravidade absoluta maculam as eleições”, diz o manifesto.

Leia o documento na íntegra:

Seja qual for o resultado das eleições de 2018 no Maranhão, seja quem ganhe as eleições para governador, irei apresentar à Justiça Eleitoral, ao TRE/MA e ao TSE se for o caso, uma ação (AIJE) para que sejam apurados todos os abusos, condutas vedadas e demais ilícitos eleitorais que macularam, e ainda estão a macular as eleições, praticados por Flávio Dino. Ele não se emenda. Já está condenado e inelegível por oito anos a contar de 2016, pelos abusos que comandou na eleição de Coroatá, lança mão, para sua reeleição, de dezenas de práticas abusivas e ilícitas.

Não tenho dúvidas: as eleições 2018 no Maranhão estão eivadas de graves ilicitudes que devem ser punidas porque os atos abusivos de gravidade absoluta maculam as eleições.

Abaixo apresentamos os tópicos que irão fazer parte da ação. Já há provas dos ilícitos, continuamos a colher mais provas e de outros ilícitos que estão sendo apurados, e, para quem interessar e quiser participar da ação como autor (candidatos, coligações e partidos) ou apenas apresentar provas desses abusos ou de outros, pedimos que entrem em contato.

Seguem os temas dos tópicos que irão compor a ação (AIJE):

1. Abuso de poder e conduta vedada – Uso do programa Mais Asfalto, por 4 anos, com finalidade eleitoral;

2. Abuso de poder e conduta vedada – Utilização do Palácio dos Leões para fins de eleitorais – Reuniões político-eleitoral – Lançamento de candidatas – Cooptação de prefeitos com recursos do Estado

3. Abuso de poder e conduta vedada – Suspensão de apreensão de veículos, multa, etc, por meio de decreto a regulamentar lei federal – Oferecimento de benefício em ano eleitoral que não estava em execução no ano anterior;

4. Abuso de poder (religioso) – Utilização das capelanias (Polícias Militar Civil e bombeiros) para fins eleitoral;

5. Abuso de poder e conduta vedada – espionagem política (Fichamento de adversários e autoridades para fins de controle);

6. Abuso de poder e conduta vedada – Utilização da propaganda institucional, por 4 anos, para fins eleitorais;

7. Abuso de poder – Doação de um hospital público (anexo do HCM) com objetivos eleitorais – Beneficiamento de quase 80 mil pessoas;

8. Abuso de poder – Utilização da PGE/MA como escritório eleitoral do governador, correligionários e partidos;

9. Abuso de poder – Utilização e assédio a servidores para participar de reuniões e atos de campanha eleitoral;

10. Abuso de poder – Abuso dos meios de comunicação – Utilização de rádio estatal e rádios comunitárias para fins eleitorais;

11. Abuso de poder – Utilização de grêmios estudantis para fins eleitorais;

12. Abuso de poder e econômico – Pagamento (verba de publicidade) e utilização de sites e blogs para fins eleitorais;

13. Abuso de poder econômico – Financiamento de empresas de pesquisa eleitoral;

14. Abuso dos meios de comunicação – Manutenção de meio de comunicação (TV Difusora), consorciado com partidos políticos, como meio de propaganda próprio e para censurar e manipular a propaganda eleitoral gratuita;

15. Abuso de poder econômico, “caixa dois”, doação de origem vedada – Utilização de veículos e estruturas de empresas privadas na campanha eleitoral que direta ou indiretamente mantêm contrato com o poder público;

16. Abuso de poder e conduta vedada – Utilização de programas sociais para fins eleitorais – distribuição de cheques;

17. Abuso de poder e conduta vedada – Contratação e utilização de serviços de whatsapp (Whatsapp de Todos Nós) para fins eleitorais.”

6 comentários »

Segundo turno no Maranhão

0comentário

Um forte debate tem dominado as redes sociais e os grupos de troca de mensagens em torno do posicionamento dos candidatos a governador no eventual segundo turno das eleições presidenciais. Ao que pesquisas indicam, devem disputar o segundo turno nacional os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). No Maranhão, caminha-se para um embate entre Flávio Dino (PCdoB) e Roseana Sarney (MDB).

Até pela aliança que tem, natural seria que Flávio Dino se vinculasse ao candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad. Roseana, nesta questão, ficaria com Bolsonaro, certo? Errado.

Até pela postura furta-cor de Flávio Dino – que sempre tentou se beneficiar de tantos quantos presidenciáveis pudesse – a cúpula nacional do PT em geral, e o ex-presidente Lula, em particular, não confiam que o comunista maranhense possa levar Haddad a uma vitória tão inquestionável quanto a de Dilma, dada por Roseana, em 2014.

E o próprio Lula já determinou aos seus auxiliares mais próximos, segundo a revista IstoÉ: “Quero a família na campanha de Haddad”. Roseana, portanto, até pela sua postura e pela relação que mantém com o PT, primeiro em âmbito nacional, depois no Maranhão, pode estar na linha de frente da campanha petista.

Jair Bolsonaro tem na candidatura de Maura Jorge ao Governo do Estado um palanque no Maranhão. Mas independe disso para fazer sua campanha no estado, levada, em grande medida, por militantes da extrema direita, militares e toda sorte de pessoas avessas aos projetos da esquerda – de evangélicos a conservadores, passando por empresários e políticos. E se dará dessa forma o embate de segundo turno no Maranhão.

Estado Maior

sem comentário »

Pesquisa Ibope: Bolsonaro, 27%; Haddad, 21%

0comentário

O Ibope divulgou nesta quarta-feira (26) a mais recente pesquisa de intenção de voto para presidente. O levantamento foi encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A pesquisa ouviu 2 mil eleitores em 126 municípios no sábado (22), domingo (23) e segunda-feira (24).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 27%
Fernando Haddad (PT): 21%
Ciro Gomes (PDT): 12%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (Rede): 6%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 11%
Não sabe/não respondeu: 7%

Simulações de segundo turno

Haddad 42% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 16%; não sabe: 4%)
Ciro 44% x 35% Bolsonaro (branco/nulo: 17%; não sabe: 3%)
Alckmin 40% x 36% Bolsonaro (branco/nulo: 20%; não sabe: 3%)
Bolsonaro 40% x 38% Marina (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 2 mil eleitores em 126 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 22, 23 e 24 de setembro
Registro no TSE: BR-04669/2018
Nível de confiança: 95%
Contratante da pesquisa: Confederação Nacional da Indústria (CNI)

Leia no G1

sem comentário »