Fábio comprova débito de IPTU de Wellington

7comentários
Candidato Fábio Câmara (PMDB) foi entrevistasdo nesta quarta-feira no Ponto Final, na Rádio Mirante AM

Candidato Fábio Câmara (PMDB) comprovou na Justiça débito de IPTU de Wellington do Curso

Nesta terça-feira (27), o candidato do PMDB à Prefeitura de São Luís conseguiu comprovar na Justiça Eleitoral que o candidato do PP, Wellington do Curso, de fato estava devendo mesmo o IPTU na capital maranhense.

O juiz Daniel Blume, da 2ª Zona Eleitoral de São Luís, suspendeu a decisão que concedia Direito de Resposta ao candidato Wellington do Curso contra o candidato Fábio Câmara, pela propaganda exibida no horário eleitoral no rádio e na televisão, onde era afirmado na propaganda do peemedebista que Wellington devia o IPTU.

Fábio Câmara apresentou junto à Justiça Eleitoral extrato do débito de R$ 120 mil de IPTU, sob a responsabilidade de candidato Wellington do Curso. Ao todo foram veiculadas 24 inserções de 30 segundos totalizando 12 minutos.

A Justiça eleitoral havia concedido Direito de Resposta por considerar a propaganda ofensiva “por atribuir ao candidato fato irregular”, que atingiria a reputação, dignidade e decoro do candidato com possibilidade de “influenciar a liberdade de escolha dos eleitores”.

Em seu recurso, a Coligação “Coragem para Fazer”, de Fábio Câmara alegou que o Direito de Resposta só deve ser concedido quando a “afirmação é sabidamente inverídica” e atinja a honra da pessoa.

O juiz Daniel Blume concluiu que o fato veiculado na propaganda eleitoral, comprovado por meio da apresentação de extrato de débito é verídico, não ensejando portanto Direito de Resposta.

O curioso é que inicialmente Wellington do Curso negou o débito, depois confirmou que parcelou, mas na sua propaganda eleitoral continua afirmando que não existia débito.

Entretanto, Fábio Câmara demonstrou a existência do débito na Justiça Eleitoral.

Foto: Zeca Soares

Leia mais

7 comentários »

IPTU, VLT, Fábio, Wellington….

7comentários

O candidato à Prefeitura de São Luís pelo PP, Wellington do Curso, precisa urgentemente mudar sua postura para não correr o risco de se transformar na nova Eliziane Gama e cair em descrédito junto a classe política e principalmente perante a população.

Em dois momentos polêmicos durante a campanha envolvendo Wellington do Curso, ele desdisse o que disse e, pior, negou ter dito o que disse. Foi assim no caso do débito com o IPTU e na questão do VLT, abordada no debate da TV Guará.

No caso do IPTU, Wellington foi acusado de um débito com a Prefeitura de São Luís girando em torno de R$ 120 mil. Num primeiro momento, Wellington negou tal débito, depois assessores confirmaram que o candidato reconheceu o débito e parcelou o valor.

Entretanto, Wellington deixou vincular até hoje no horário eleitoral a propaganda informando que ele estava sendo acusado injustamente, pois não existia débito. Ora, se não existia débito, como ele pagou o tal débito? O Blog já havia abordado o assunto na postagem “Campanha de Wellington do Curso precisa afinar o discurso”.

Já no debate da TV Guará, Wellington voltou a desdizer o que disse. Quando questionado pelo candidato Fábio Câmara (PMDB) sobre a sua ideia, que não repercutiu bem, de colocar o VLT na Avenida Litorânea para atrair o Turismo, Wellington negou que tenha afirmado isso.

Entretanto, infelizmente, Wellington mentiu. Na sabatina no jornal O Estado do Maranhão, Wellington afirmou sim que uma das alternativas para o VLT seria leva-lo para a Avenida Litorânea.

“O VLT pode ser viável do Centro ao Itaqui-Bacanga. Pode ser viável do Centro ao aeroporto. Se não tiver viabilidade técnica nós temos outra possibilidade. Porque não utilizar o VLT de forma que possa atrair o Turismo? Porque não utilizar o VLT saindo da Praça do Pescador e percorrendo toda a extensão da Litorânea? Um trecho agradável, um trecho que possa atrair Turismo. Algo que não vamos perder o investimento e que possa ser adaptado da Praça do Pescador ao fim da Litorânea”, afirmou Wellington.

Para que não paire dúvidas sobre a afirmação de Wellington na sabatina de O Estado, o Blog deixa aqui a entrevista completa do candidato. Aos 34 minutos e 40 segundos, o jornalista Ronaldo Rocha questiona Wellington sobre o VLT. A resposta transcrita pelo Blog está próxima dos 37 minutos.

O desdizer, ou melhor, a emenda de Wellington do Curso foi pior que o soneto, pois o adversário Fábio Câmara foi certeiro ao afirmar que: “Wellington não sustenta em pé, o que diz sentado”. Por coincidência ou não, Wellington estava sentando quando fez a proposta sobre o VLT e estava em pé quando negou o que disse.

Que ficou feio, isso ficou. Seguindo assim Wellington cairá fatalmente em descrédito junto a classe política e principalmente perante a população. Fica a dica.

Leia mais

7 comentários »

Após polêmica, Wellington paga IPTU

1comentário
“Nós temos coragem para transformar São Luís”, diz Wellington em Convenção

Coordenação de Wellington confirma pagamento de R$ 120 mil para a Prefeitura de São Luís

Após a polêmica sobre do débito da ordem de R$ 120 mil de IPTU referente a imóveis de sua propriedade, o candidato Wellington do Curso (PP) decidiu fazer o pagamento à Prefeitura de São Luís.

O pagamento foi feito após o assunto vir à tona com toda força no horário eleitoral pelo candidato Fábio Câmara (PMDB). “Quem não paga imposto não tem moral para ser prefeito”. A declaração é um trecho da propaganda eleitoral do candidato a prefeito Fábio Câmara (PMDB).

O anúncio do pagamento foi feito pela coordenação da campanha do candidato do PP. Wellington agora estuda levar o assunto ao seu programa, mostrando que já está em dia com o Município.

Diga-se de passagem, o candidato nunca negou a dívida, mas estranhou o fato do assunto vir à tona neste período.

Wellington tinha afirmado que estava discutindo o débito na Justiça, mas pressionado pela situação decidiu em meio à polêmica efetuar o pagamento e espera ter encerrado o assunto.

Além de pagar o débito, nesta segunda-feira (19), Wellington do Curso garantiu na Justiça Eleitoral uma liminar que mandou retirar a propaganda de Fábio Câmara do ar.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Câmara critica Wellington sobre IPTU

9comentários

“Quem não paga imposto não tem moral para ser prefeito”. A declaração é um trecho da propaganda eleitoral do candidato a prefeito Fábio Câmara (PMDB).

A crítica do vereador é dirigida ao candidato Wellington do Curso (PP) que segundo denúncia estaria devendo mais de R$ 120 mil em Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU).

“A pessoas dignas pagam seus impostos em dia, são honradas e podem reclamar da prefeitura. Já os empresários caloteiros têm sucesso por que não pagam os impostos ainda ficam ostentando. Pobre paga o IPTU para não ficar com o nome sujo; e quando não paga, é porque não tem. Empresário espertalhão tem, mas não paga. Quer mesmo se dar bem. Sonegar imposto é tirar criança da escola e de leito de hospital”, diz a propaganda de Fábio Câmara.

Há duas semanas o candidato Wellington do Curso vem sendo acusado de não pagar o IPTU do curso que tem o seu nome, mas somente agora o assunto veio à tona no horário eleitoral, mesmo assim, o candidato do PP prefere ficar calado.

Na terça-feira (13), em entrevista ao Blog do Gilberto Leda, o candidato Wellington do Curso disse estar buscando os meios legais para discutir o débito.

9 comentários »

Fábio Câmara fortalecerá Guarda Municipal

0comentário
Candidato Fábio Câmara (PMDB) foi entrevistasdo nesta quarta-feira no Ponto Final, na Rádio Mirante AM

Candidato Fábio Câmara foi entrevistasdo nesta quarta no Ponto Final, na Rádio Mirante AM

O candidato Fábio Câmara (PMDB) foi entrevistado nesta quarta-feria (31), no Ponto Final, com Roberto Fernandes, na Rádio Mirante AM na série com os candidatos à Prefietura de São Luís. (Clique aqui e ouça a entrevista na íntegra).

Fábio Câmara iniciou a entrevista mostrando a sua trajetória política e disse que pretende administrar a nossa cidade porque ela precisa de um prefeito de verdade. “São Luís precisa de um prefeito. Quando Castelo foi prefeito que administrou foi a filha. Agora com Edivaldo quem administra é o papai. Quem vai administrar a prefeitura sou eu e o povo”, disse.

Fábio Câmara disse que Educação e Saúde terão prioridade e destacou a importância dos agentes de saúde. “Nós iremos qualificar as nossas equipes do Saúde da Família e essas equipes, com os agentes de saúde qualificados irão até os bairros para que aquelas pessoas que mais necessitam possam ser de fatos atendidas”, apontou.

O candidato do PMDB prometeu reestruturar a Guarda Municipal para cuidar da segurança das pessoas. “Nós vamos fortalecer a Guarda Municipal. Vamos discutir a segurança da nossa gente com o governador, porque o maior patrimônio da nossa cidade é a vida das pessoas. Essa questão será uma das prioridades, por isso temos um vice que o coronel Flávio que sabe o que é Segurança”.

Nesta quinta-feira (1º) participam das entrevistas no Ponto Final os candidatos Wellington do Curso (PP) que será entrevistado às 8h30 e Eduardo Braide (PMN), às 9h30 e na próxima sexta-feira (2), será entrevistada a candidata Eliziane Gama (PPS), às 8h30.

Foto: Zeca Soares

sem comentário »

Câmara tem que excluir post contra Edivaldo

1comentário
Candidato Fábio Câmara (PMDB)

Candidato Fábio Câmara (PMDB)

O juiz Adelvan Nascimento Pereira, da 2ª Zona Eleitoral determinou em caráter liminar que o candidato Fábio Câmara (PMDB) exclua do seu perfil no Facebook postagem contendo afirmação caluniosa e sabidamente inverídica contra o candidato Edivaldo Holanda Júnior.

Fábio Câmara divulgou propaganda eleitoral negativa contra o candidato da Coligação Prá seguir em frente (PDT, PROS, PSDC, PSL, PCdoB, PTC, PTB, DEM, PEN, PSC, PRP e PT) na qual afirma que Edivaldo Holanda Júnior é investigado no Ministério Público, no Tribunal de Contas e nas Justiças Federal e Estadual.

A postagem fere o que determina o art. 24 da Resolução do TSE nº 23.457/2015 que diz ser livre a manifestação do pensamento, vedado o anonimato durante a campanha eleitoral, por meio da rede mundial de computadores – internet, assegurado o direito de resposta. A violação do disposto neste artigo sujeitará o responsável pela divulgação da propaganda e, quando comprovado seu prévio conhecimento, o beneficiário à multa.

“Com efeito, entendo que causará danos irreparáveis ao candidato representado, pelos fatos negativos imputados à sua imagem, a manutenção da postagem hostilizada, que apresenta, ainda que em exame superficial, carga de ofensividade”, diz o juiz em sua decisão.

Além de determinar a exclusão da postagem, o juiz determinou que Fábio Câmara se abstenha de divulgá-la novamente, sob pena de imposição de multa diária de R$ 1 mil.

1 comentário »

Fábio Câmara mostrará legado do PMDB

2comentários

FabioCamaraSabatina

O vereador Fábio Câmara, cândidato do PMDB à Prefeitura de São Luís participou nesta sexta-feira (12), da Sabatina com jornalistas de O Estado Fábio Câmara iniciou a Sabatina fazendo um relato das administrações de São Luís nos últimos oito anos e afirmou que o novo gestor da capital precisa ter um olhar para o futuro e não ficar preso ao passado.

“Nós conhecemos os problemas da cidade e temos um conceito de como mudar a realidade ruim da capital. Nós temos sugestões, propostas que irão ser  julgadas pelos eleitores”.

O candidato disse que pretende mostrar ao eleitor o legado do PMDB em São Luís. “Tira a Lagoa da Jansen, a Litorânea, os elevados e tantas outras obras e veja o que resta de São Luís”, afirmou.

Segundo Câmara, o mundo está nas mãos de todos. E para trazer essa realidade para São Luís, o candidato disse que vai buscar nas universidades que produzem conhecimento. “Fábio Câmara prefeito vai buscar a modernização junto aqueles que produzem conhecimento”.

Fábio Câmara disse que a saída para falta de dinheiro é buscar parcerias, convênios. Sobre parceria com o governo estadual em um eventual governo do peemdebista, Fábio Câmara disse que buscará sim parceria com o governo de Flávio Dino. Além disso, já se movimenta em Brasília para uma futura parceria com o Governo Federal.

“Eleito, a bandeira se recolhe e todos nós devemos trabalhar por São Luís”, destacou acrescentando que não acredita que o governo estadual seria capaz de virar as costas a população da capital caso o candidato Edivaldo Júnior perca as eleições em outubro.

Segundo o peemedebista, a cultura é saúde também. A Cultura deve ser tratado com prioridade, com atenção. “Precisamos democratizar a Cultura. Eu quero provar para eles [membros da cultura de São Luís] que nós temos projetos e rumos para a Cultura”.

Fábio Câmara anunciou a criação da Polícia Municipal e da Secretaria de Segurança do Município. Ele disse ainda que irá armar os guardas municipais e, no máximo dois anos, será comprado um helicóptero e que o seu candidato a vice-prefeito, coronel Flávio, será o responsável por treinar os guardas municipais para atuar nas forte na segurança.

O candidato criticou a licitação no transporte público e afirmou que não houve qualquer tipo de mudança no Sistema de Transporte Coletivo. “Tudo está como anteriormente”, acrscentando que os corredores de transporte serão prioridade devido ao transporte de massa e que VLT e BRT são investimentos caros e que buscará parceria.

Na segunda-feira, a candidata a participar da Sabatina de O Estado será Cláudia Durans (PSTU).

Foto: Reprodução/ TV Mirante

2 comentários »

PRB decide apoiar Fábio Câmara

1comentário
PRB decide apoiar a candidatura do vereador Fábio CÂmara (PMDB) a prefeito

PRB decide apoiar a candidatura do vereador Fábio CÂmara (PMDB) a prefeito

Após idas e vindas acabou o mistério do PRB…

Até a semana passada, o Partido Republicano Progressista estava na base do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Havia expectativa que o presidente do PRB, ex-vereador Severino Sales fechasse com o PP de Wellington do Curso, mas nesta sexta-feira (5), o partido tomou a decisão.

O PRB vai apoiar a candidatura do vereador Fábio Câmara (PMDB) a prefeito de São Luís. Ele terá como vice o coronel PM reformado Flávio de Jesus (PMDB).

Foto: Divulgação

1 comentário »

PMDB oficializa nome de Fábio Câmara

1comentário
FabioCamara

Fábio Câmara é candidato a prefeito e terá como vice o coronel PM reformado Flávio de Jesus

O vereador Fábio Câmara foi oficialmente candidato a prefeito em São Luís, num clima de festa e com forte presença de simpatizantes. A definição ocorreu, na tarde desta quinta-feira (4), em convenção partidária realizada no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Ao lado de colegas de partido e da família, Câmara discursou para pelo menos 1.000 pessoas que estavam no plenário, segundo a coordenação. A convenção começou às 16h e terminou logo após as 18h. A chapa “Coragem pra fazer” terá como candidato a vice-prefeito, o coronel PM reformado Flávio de Jesus, que também é do PMDB.

Em discurso, Fábio falou das oportunidades que obteve na politica, afirmou que estava “abrindo mão da verba para elevar o verbo” e destacou os motivos pelos quais está disposto a concorrer ao cargo de prefeito da capital.

“Cheguei até aqui graças às oportunidades que tive na vida. Primeiro, foi à oportunidade que tive em poder trabalhar no PMDB, partido que vou representar com muito orgulho nessa disputa pela Prefeitura. Segundo, foi à importância do secretário Ricardo Murad em trajetória. Terceiro, são vocês. Sem vocês não teria chegado até aqui. Agora eu quero dizer que estou fazendo algo que políticos não costumam fazer: abro mão da verba para elevar o verbo. Saio da zona de conforto para ser candidato a prefeito. Faço isso porque e inadmissível que o povo de São Luís não tenha uma opção entre o seus na disputa para o cargo de prefeito˜, destacou.

Estreante na politica, o coronel Flávio de Jesus, candidato a candidato a vice na chapa, empolgou a plateia ao abordar um discurso sobre segurança. O oficial destacou que não será um vice decorativo, mas atuará ao lado do prefeito com um  papel fundamental na Segurança Pública.

Bastante concorrida, a convenção que contou com a presença de militantes de todos os segmentos do partido, teve um revezamento de vários oradores. Entre os presentes, estava o deputado federal Hildo Rocha; o presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) do Maranhão, Assis Filho; o superintendente regional da Funasa, André Campos que também é vice-presidente do municipal do PMDB e o secretário nacional de Juventude, Bruno Moreira Santos que representou o presidente interino, Michel Temer.

Foto: Paulo Caruá

1 comentário »

Roseana quer PMDB com Wellington

0comentário
Ex-governadora Roseana Sarney conversa com o vereador de São Luís Fábio Câmara

Ex-governadora Roseana Sarney conversa com o vereador de São Luís Fábio Câmara

O vereador Fábio Câmara teve uma difícil conversa, no final da tarde desta segunda-feira (25) 00com a ex-governadora Roseana Sarney, sobre o futuro do PMDB nas eleições de São Luís. A informação é do Blog do Marco D’Eça.

De posse de avançados relatórios de pesquisas, ela tentou dissuadir o vereador a abrir mão da candidatura de prefeito para apoiar o deputado estadual Wellington do Curso (PP).

O encontro se deu na casa do senador João Alberto de Sousa, com a presença também de Ana Graziela Neiva, assessora de Roseana.

E o clima ficou pesado entre os peemedebistas.

Roseana entende que o PMDB precisa ser protagonista no pleito de São Luís, e entende que a candidatura do vereador não deslanchou como devia. Ao mesmo tempo, ela entende que Eliziane Gama (PPS) e de Edivaldo Júnior (PDT) representam o projeto do governador Flávio Dino (PMDB), antagônico ao PMDB.

E acha ainda que o apoio a Wellington praticamente consolidaria seu nome no segundo turno.

Fábio Câmara argumentou que, mesmo sozinho, sem apoio de nenhuma liderança do PMDB – e bombardeado dia e noite por essas próprias lideranças – conseguiu chegar num patamar de 3% a 5% das intenções de votos.

O vereador teve o aval de João Alberto, que também entendeu a necessidade de manter a candidatura.

Diante da tensão entre os peemedebistas, a reunião foi suspensa.

Mas pode gerar desdobramentos até o fim do prazo das convenções…

sem comentário »