Sérgio Frota destaca ajuda de Fernando Sarney

4comentários

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota foi o entrevistado de hoje (11), no Bom Dia Mirante, na TV Mirante. (Clique aqui e veja a entrevista na íntegra).

Sérgio Frota deu sinais de que após o acesso pode até disputar a eleição para vereador em São Luís. “O futuro a Deus pertence”, afirmou.

O dirigente criticou a falta de investimento e apoio ao futebol e prometeu manter a base do time que garantiu o acesso à Série B e o técnico João Briugatti para a temporada 2020. E afirmou que pretende antecipar a eleição do clube para que possa pleitear junto À CBF a antecipação da cota de patrocínio que terá direito na Série B no ano que vem.

Sérgio Frota fez um agradecimento especial ao vice-presidente da CBF, Fernando Sarney e afirmou que ele [Fernando Sarney] faz muito pelo futebol maranhense. “Ele foi fundamental”, disse.

Veja os trechos da entrevista:

Acesso e investimento

“Esse foi o quinto acesso do Sampaio. Nós temos três rebaixamentos e temos quatro acessos para a série C, três desses na formatação que é hoje, uma da série D para a série C. Porque ano passado com o rebaixamento do Sampaio, muitas pessoas se afastaram e houve uma queda de patrocínio, uma queda de investimento, mas é fundamental e eu acho que devo parabenizar os jogadores, a comissão técnica d a diretoria. Agradecer também a torcida que compareceu finalmente nesse jogo do acesso. Que bom seria se a gente tivesse sempre esse público no Castelão porque eles são o fortalecimento do futebol maranhense. Eu sou muito questionado sobre o bate e volta do Sampaio e eu explico que nós fomos rebaixados em 2016, subimos em 2017, rebaixados em 2018 e novamente tivemos acesso nesse ano. Falta investimento no futebol maranhense, tanto da iniciativa privada quanto do poder público que me dá muita satisfação ouvir o governador falar e o secretário de estado em um projeto. Porque é muito difícil você estar na série B. Todos os 20 clubes vão receber de 7 a 8 milhões. O agregado que se pode botar a isso é difícil, porque isso vem através de merchandising e do patrocínio e eu vou dar um exemplo aqui. No ano passado, o Sampaio foi rebaixado e o patrocinador do Sampaio era R$ 20 mil. O CSA de Alagoas que é o estado que tem o PIB menor do que o Maranhão tinha um patrocínio de R$ 120 mil de uma usina de álcool. Então veja a discrepância, o Paysandu que não subiu tem R$22 mil, o Remo que não subiu tem R$ 20 mil e o Santa Cruz tem mais de R$ 25 mil. Então há uma diferença grande e talvez isso explique a questão de você ir e voltar”.

Eleição de vereador

“O futuro a Deus pertence. Minha cabeça não está na política agora, minha cabeça está no Sampaio e volto a dizer, foi um desafio muito grande porque muitos se afastaram e isso é normal. Nós temos que criar as condições com a experiência de estar 12 anos no comando do time mais popular do Maranhão, de maior torcida, apesar disso não se reverter em receita para o clube. Todos os mecanismos de receita que um time de futebol pode ter, nós temos tentado implementar no Sampaio sem sucesso. O Sampaio no auge, no G4 da série B em 2015, tínhamos cerca de dois mil torcedores e eu não estou reclamando porque nós estamos em um estado com a menor renda per capita do Brasil e o poder aquisitivo do torcedor do Sampaio é baixo, é classe C, D e E. Eu reconheço isso, tanto que, nós temos o ingresso mais barato do Brasil. É só você pegar no ranking. Eu queria dizer que antes do mata-mata, o Sampaio estava no 13º, atrás do Imperatriz. Quero inclusive parabenizar o Imperatriz, que subiu no ano passado e esse ano fez uma campanha belíssima. A maneira como a cidade abraçou o cavalo, eu conversando ontem no palácio com o secretário Cleiton Noleto e ele disse que fez um jantar, arrumou R$ 250 mil no jantar. Um jantar que eu não arranjo R$ 20 mil. Eu quero dizer que é necessário a gente criar esses mecanismos, geração de receita, já que 85% da receita do clube vem de direito televisivo. Pode ser para o Flamengo, para o Corinthians, tá aí porque a Globo se discute muita cota e é fundamental que a gente tenha esse investimento porque se não tiver, vai ser sempre isso de bater e voltar”.

Eleições no clube

“Eu sou um homem de uma palavra só. Eu disse que não queria ser candidato e agora eu me vejo em uma situação em que existe algo chamado compliance financeiro. E hoje, imagina como eu me senti naquele segundo gol do São José. O Sampaio tem um passivo de R$ 1 milhão e nós queremos que haja antecipação dessa receita no ano de 2020 sendo que o meu mandato vai até 31 de dezembro. Então eu vou ter que discutir com meu conselho deliberativo essa antecipação de eleição. Realmente não era o que eu queria, porque para mim a democracia pressupõe alternância de poder e eu já estou 12 anos e meio e já estourei minha cota de sacrifício. Eu já passei muito aniversário de filho meu, eu já passei muitos dias dos pais viajando, inclusive esse agora com o Sampaio porque eu acompanhei todos os jogos. No ano passado, o Sampaio depois de ter a maior conquista dele no dia 7 de julho, 20 dias depois o Sampaio estava na zona de rebaixamento. Eu abandonei a campanha e fui a todos os jogos do Sampaio, evitei o rebaixamento, mas se tiver que fazer nós vamos”.

Base e Brigatti

“A base é fundamental, estou muito satisfeito e queria destacar o grande trabalho desse treinador que é o João Brigatti. Durante esses anos, eu tive cerca de 16 treinadores e posso dizer que esse foi o melhor treinador que já tive. Vou te dizer o motivo, além de ser um cara comprometido, sério e trabalhador, ele vive futebol 24 horas, ele ganha um salário no Sampaio, teve uma proposta de time da série C com muita mais força financeira, que ofereceu o triplo e ele não me disse, eu soube através de um repórter de Pernambuco que me ligou e ele disse para mim: “Presidente, eu não lhe falei porque eu não iria”. Então fica meu agradecimento ao João Brigatti e dizer que o planejamento é fundamental. Você sente que o clube de futebol é uma empresa, hoje inclusive, está sendo tramitado no Congresso a efetivação do clube-empresa e é fundamental que a gente tenha isso para que não ocorra o que aconteceu com o Figueirense, mas a minha ideia é manter a base e as pessoas as vezes dizem ‘Não mantém’, não mantém porque se o cara ganha x com o acesso ele já se valoriza, e quero dizer o seguinte: nós não paramos por aqui. O primeiro objetivo é classificar e nós conseguimos com três rodadas de antecedência, depois teve a vantagem do mata-mata com duas rodadas de antecedência, o nós conseguimos o acesso e eu vou fazer tudo juntamente com esse grupo, o trabalho é do grupo todo, não é só meu, para que a gente possa botar esta quarta estrela naquele manto do Sampaio Corrêa”.

Futebol empresa

“Está sendo tramitado no Congresso a efetivação do clube-empresa e é fundamental que a gente tenha isso para que não ocorra o que aconteceu com o Figueirense, mas a minha ideia é manter a base e as pessoas as vezes dizem ‘Não mantém’, não mantém porque se o cara ganha x com o acesso ele já se valoriza, e quero dizer o seguinte: nós não paramos por aqui. O primeiro objetivo é classificar e nós conseguimos com três rodadas de antecedência, depois teve a vantagem do mata-mata com duas rodadas de antecedência, o nós conseguimos o acesso e eu vou fazer tudo juntamente com esse grupo, o trabalho é do grupo todo, não é só meu, para que a gente possa botar esta quarta estrela naquele manto do Sampaio Corrêa”.

Agradecimento

“Eu queria deixar um agradecimento especial ao vice-presidente da CBF, Fernando Sarney, que foi fundamental. Como Sérgio Frota? Eu falei para o Fernando depois jogo em Porto Alegre, onde nós fomos prejudicados, teve um gol legal que foi anulado, e eu falei Fernando eu preciso de uma arbitragem neutra e ele fez tudo. Então meu muito obrigado, já que muita gente diz que Fernando não faz nada e eu quero dizer para você que ele faz muito pelo futebol maranhense”.

Foto: Reprodução / TV Mirante

4 comentários »

Fernando Sarney toma posse como vice da CBF

8comentários

O empresário Fernando Sarney tomou posse na tarde desta terça-feira (9) como um dos vice-presidentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Membro do Comitê Executivo da Fifa e da Conmebol, Fernando Sarney é o presidente do comitê organizador da Copa América que será disputada no Brasil.

A cerimônia marcou a posse de Rogério Cabloclo na presidencia da CBf e foi realizada na sede da entidade, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ).

A posse foi prestigiada pelos presidentes da FIFA, Gianni Infantino, e da Conmebol, Alejandro Domínguez.

Em seu discurso, Caboclo anunciou uma série de ações para a evolução do esporte mais popular do mundo no país: nova marca da CBF, novos uniformes da Seleção Brasileira, técnico da Seleção Olímpica, novo presidente da Comissão de Arbitragem, construção do Centro de Desenvolvimento do Futebol, Conselho de Craques e criação da Diretoria de Desenvolvimento do Futebol Brasileiro.

Leia mais

8 comentários »

Os desafios de Roseana Sarney

12comentários

Depois de fazer uma grandiosa convenção, no último do domingo, 29, que reuniu um exército de lideranças políticas, partidárias e populares em geral, além de calar a boca de muita gente do próprio grupo que duvidava de sua candidatura ao Governo do Maranhão, Roseana Sarney (MDB) tem, a partir de agora, alguns desafios a serem enfrentados até as eleições de outubro.

A ex-governadora sabe não terá uma campanha fácil como já teve em outros tempos.

Detentora de nada menos do que quatro mandatos de chefe do executivo estadual, a emedebista terá que fazer, primeiro, um balanço da “era Roseana Sarney” para, em seguida, tentar convencer a população de que merece ser inquilina do Palácio dos Leões pela quinta vez.

Não há como negar que Roseana possui serviços prestados, obras e projetos no estado, inclusive na capital. Não é por acaso que alguns a consideram a melhor “prefeita” que São Luis já teve e com certeza esse trabalho na ilha será levado aos programas eleitorais no rádio e na tevê. Se convencerá o eleitor é outra coisa.

Outra questão fundamental que será colocada para a candidata é unir o seu grupo e evitar corpo de mole de lideranças importantes como aconteceu no campanha de Lobão Filho em 2014 em vários municípios.

Havendo dispersões ou “corpo mole” sejam dos “praças” ou “oficiais” ao longo da campanha do 15, o resultado pode ser catastrófico!

Sendo candidata do MDB-15, não terá como Roseana ter a sua imagem associada  ao presidente Michel Temer, ainda que diga pelos quatro cantos do estado que ela é Lula! Ainda mais se o seu partido realmente tiver candidato a presidente, no caso o ex-ministro Henrique Meireles. Misturar Roseana, Temer e Meirelles será algo inevitável, e os estrategistas da campanha terão que encontrar as vacinas, se é que é possível.

A favor da candidata Roseana, porém, tem o fato de sua campanha estar em boas mãos, no caso seu irmão Fernando Sarney.

O empresário e dirigente da CBF é um homem inteligente, articulado, bem relacionado e pode costurar e atrair apoios de lideranças de fora do seu grupo mesmo durante a campanha. Soma-se a isso, claro, o fato de ninguém menos, ninguém mais estar por trás das grandes articulações: José Sarney.

O fato é que a Roseana Sarney terá vários desafios a serem enfrentados e superados ao longo do processo eleitoral.

Mas, quem conhece a emedebista sabe que ela é dada a vencer situações adversas ao longo da sua vida.

Não é à toa que leva a alcunha de “Guerreira”.

Blog do Robert Lobato

12 comentários »

Fernando Sarney é reeleito para conselho da FIFA

5comentários


O empresário maranhense Fernando Sarney foi reeleito nesta sexta-feira (11) membro do Conselho da Conmebol na FIFA, no 69º Congresso Ordinário da Confederação Sul-Americana de Futebol.

Além de representar o futebol brasileiro na Conmebol, Fernando Sarney que é vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é membro do conselho Executivo da FIFA.

Para representantes da Conmebol no Conselho da Fifa, foram eleitos o brasileiro Fernando Sarney, o colombiano Ramón Jesurún, o uruguaio Wilmar Valdez e a equatoriana María Sol Muñoz.

Ontem (10), a Conmebol reinaugurou sua sede administrativa, na cidade de Luque, no Paraguai. O presidente da entidade, Alejandro Domínguez, apresentou a remodelação do prédio e suas novas instalações. O evento também contou com a presença do Conselho da Conmebol e do presidente da FIFA, Gianni Infantino.

O projeto da reforma foi iniciado em 2017, com o objetivo de criar um ambiente de trabalho mais adequado aos conceitos contemporâneos de gestão. O edifício passou a ter escritórios abertos e espaços que facilitam a integração dos setores, eliminando barreiras física e aumentando a comunicação e a produtividade.

Alejandro destacou que a Conmebol vem promovendo a transparência e as mudanças estruturais a ideia de portas abertas para o futebol do continente. Na cerimônia desta quinta, ele teve a companhia de dirigentes, colaboradores e jornalistas esportivos, que fizeram um tour pela nova sede.

“Com os novos espaços, se constrói uma identidade corporativa verdadeira para obter melhores resultados do trabalho em equipe. Esta é a casa dos países que compõem a Conmebol”, afirmou Domínguez.

Foto: Divulgação/ Conmebol

5 comentários »

Fernando Sarney é reeleito vice-presidente da CBF

7comentários

O empresário Fernando Sarney foi reeleito nesta terça-feira (18), para mais um mandato de vice-presidente da CBF para o período entre 2019 a 2023.

Atual vice-presidente da entidade, Fernando Sarney permanece no cargo na gestão do presidente eleito Rogério Caboclo que assume a presidência em abril de 2019.

Além de vice-presidente da CBF, Fernando Sarney é membro da Conmebol e do Comitê Executivo da Fifa.

Em seu discurso, o novo presidente da CBF, Rogério Caboclo fez um agradecimento aos clubes e federações pela presença no pleito e ressaltou os conceitos básicos de sua gestão. Segundo ele, ser eleito presidente da entidade é uma honra e uma responsabilidade muito grande.

“Farei uma gestão participativa, dialogando com todos – atletas, ex-atletas, técnicos, árbitros, clubes e federações – aplicando com independência as melhores soluções. De minha parte, prometo muito trabalho e a busca incessante de união e entendimento. Nossa gestão será marcada por dois pilares: eficiência e integridade, dos quais decorrerão todos os demais”, afirmou.

Foto: Reprodução/ CBF

7 comentários »

Noite de gala no esporte maranhense

0comentário

Vencedores do Troféu Mirante Esporte 2016 celebram conquista no auditório da Fiema

Noite de gala no esporte maranhense com a premiação dos melhores atletas de 2016 no Troféu Mirante Esporte, no auditório Alberto Abdala, na Fiema.

O presidente do Conselho Deliberativo do Grupo Mirante, Fernando Sarney destacou a importância da premiação. “É um troféu crescente em importância. É o pódio favorito dos atletas do Maranhão e, é um orgulho, ao longo desses doze anos, ter influenciado tanta gente e ter de alguma forma incentivado o esporte do Maranhão. Porque eu acho que o esporte é dever do Estado com um todo, o poder público. Quando esse incetivo não vem, nós empresários temos que de alguma forma fazer com que as coisas aconteçam”, disse.

O ex-secretário e ex-deputado Joaquim Haickel, idealizador da Lei de Incentivo ao Esporte e à Cultura foi o grande homenagado da noite.

O prêmio de Federação Destaque ficou com Federação Maranhense de Futebol (FMF). O meia MArcos Paulo que jogou no Moto e atuamente está no Campinense-PB foi o melhor no futebol. O melhor atleta pelo voto popular foi Thalisson Amorim, que também levou o troféu no Jiu-jitsu e Júlia Nina, escolhida pelo júri técnico.

O Centro Desportivo Maranhense de Cegos (CEDEMAC) recebeu o prêmio Homenagem Paralímpica. O atleta José Carlos Moreira, o Codó, maranhense que recentemente teve o reconhecimento com a medalha de bronze nas Olimpíadas de Pequim 2008.

Veja os vencedores

Atletismo – Saul Santos Do Nascimento
Automobilismo – Fábio Cadaço
Badminton – Ana Luisa Leite Zecchin
Basquete – Allan Hass
Beach Soccer – Luís Alberto do Nascimento Braga (Datinha)
Capoeira – Jardiely dos Santos Sá
Ciclismo – Cláudio Guimarães
Fisiculturismo – Orlando Gomes Martins
Futebol – Marcos Paulo
Futsal – Carlos Henrique Costa Soares
Ginástica – Ana Paula Carneiro Martins
Handebol – Gilvana Mendes Nogueira
Jiu-Jitsu – Thalisson Amorim Santos
Jogo de Damas – Thalyane Bianca Sá Santos
Judô – Pedro Rezende
Karatê – Débora Raquel Freire Pereira
Kite Surf – Bruno Lobo
Motociclismo – Cleidson Silva Sousa
Natação – Júlia Leal Nina
Sinuca – Bartolomeu Cardoso Feitosa (Beto)
Surf – Amauri de Melo Oliveira
Tênis de Mesa – Pedro Da Silva Araújo
Tênis de Quadra – Isadora Costa Ferreira Andrade
Tiro Esportivo – Thiago Nelson Farias Dos Reis
Triatlon – Shirley Orivane
Voleibol – Pablo Neruda Linhares Silva
Xadrez – Nicolau Duailibe Leitão

sem comentário »

Jogo de estrelas

1comentário

Fifa1

O vice-presidente da CBF, maranhense Fernando Sarney que representa o Brasil, a CBF e a Conmebol no novo Conselho da Fifa foi destaque no jogo festivo da Fifa que reuniu muitas feras do futebol mundial, nesta segunda-feira (9), em Zurique, na Suíça.

Dentre as estrelas presentes, nada mais, nada menos do que Diego Maradona, Van Basten, Batistuta, Desailly, Puyol, Zenga, Pablo Aimar, Albertini, Trezeguet, Alejandro Dominguez, Mohamed Aboutrika e Vitor Baia, dentre outros.

FernandoSarney

Antes da partida, Fernando Sarney esteve com o ex-craque argentino Diego Maradona.

Durante a partida, Fernando Sarney aparece ao lado do presidente da Fifa Gianno Infantino (colete verde)

No time de colete laranja, no qual jogou e venceu, Fernando Sarney marcou um dos gols e deu assistência para mais um na vitória por 3 a 2.

Fotos: Fifa

1 comentário »

Mudanças na Copa

0comentário

Vice-presidente da CBF, Fernando Sarney parabeniza o Moto Club pelo acesso á Série C em 2017

Maranhense Fernando Sarney participará da reunião que pode mudar rumos no futebol mundial

O vice-presidente da CBF, maranhense Fernando Sarney que representa o Brasil, a CBF e a Conmebol no novo Conselho da Fifa estará ao lado de mais 36 dirigentes do mundo inteiro que poderão mudar a história do futebol entre segunda e terça-feira da semana que vem, em Zurique, na Suíça.

O presidente da Fifa Gianno Infantino pretende mudar o formato de disputa da Copa do Mundo e alterar o número de participantes, passando de 32 para 48 seleções.

A proposta é que as 16 melhores equipes das eliminatórias das seis confederações garantiriam classificação direta ao torneio. Depois, um playoff envolveria mais 32 seleções. Sairiam 16, que se uniriam às 16 já garantidas, o que levaria aos 32 participantes, número adotado desde 1998.

As partidas para definir estes 16 participantes serão disputadas em dias prévios ao Mundial e no país-sede da Copa.

Os Mundiais da Rússia de 2018 e do Catar de 2022 devem continuar com 32 seleções. O torneio de 2026, que poderá ser disputado nos EUA, receberia a nova fórmula.

sem comentário »

Fernando Sarney parabeniza Moto

21comentários

Vice-presidente da CBF, Fernando Sarney parabeniza o Moto Club pelo acesso á Série C em 2017

Vice-presidente da CBF, Fernando Sarney parabeniza o Moto Club pelo acesso á Série C em 2017

O vice-presidente da CBF, Fernando Sarney comemorou o acesso do Moto à Série C em 2017 e diz acreditar na possibilidade de título na Série D.

“Estamos no lucro. Quem sabe um título de campeão da Série D? Isso seria uma beleza. Vamos em frente. Parabéns ao Moto”.

Para ele o dirigente, a conquista do Moto fortalece muito o futebol do Maranhão.

“Aqui na CBF o assunto é o Moto Club, nosso glorioso Papão, que alcançou o feito, sem dúvida, muito bonito e que enche de felicidade a nós esportistas e que estamos no meio do futebol. Sem dúvida é um fortalecimento do futebol no maranhão.

Segundo Fernando Sarney, o acesso garante ao Moto melhor planejamento e perspectivas para a temporada do ano que vem.

“O acesso à Série C trás muitos benefícios para o clube, para o futebol, para o estado. Já passa a ser um outro patamar, já tem previsão, já tem uma tabela que contempla 18 jogos, já pode se planejar, já se sobe um degrau na escada do patamar financeiro. Enfim, o time já pega corpo e já pode mirar uma coisa maior que é justamente subir para a Série B, por que não sonhar com isso?”, perguntou.

Fernando Sarney disse acreditar na possibilidade dos clubes terem direito à cota financeira em 2017.

“Eu acredito que haverá cotas para times na Série C, porque já passa a ser economicamente importante”, finalizou.

21 comentários »

Fernando Sarney acredita em acesso na Série D

12comentários

FernandoSarney

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) acertou em cheio ao ampliar o número de clubes este ano no Campeonato Brasileiro Série D.

A ampliação deve custar aproximadamente R$ 10 milhões para os cofres da CBF, mas na prática pelo que a entidade fatura chega até a ser pouco perto do que isso representa para muitas Federações e clubes do futebol brasileiro, principalmente aqueles que mais precisam.

Na prática, a decisão da entidade ao atender à reivindicações da maioria das Federações que pleiteavam uma segunda vaga na Série D significa maior calendário aos clubes, mais empregos a jogadores e técnicos, além da geração de emprego e renda para quem trabalha com o futebol, desde o vendedor ambulante até o profissional da imprensa esportiva.

O vice presidente da CBF e membro do Comitê Executivo da Fifa, Fernando Sarney foi peça fundamental para que a entidade tomasse essa decisão. Sempre que possível conversávamos sobre a necessidade de ampliação da Série D e ele sempre se mostrou favorável.

“Nós entendemos na CBF que era importante ampliar a competição para garantir mais clubes, além de técnicos e jogadores em atividade no futebol brasileiro. Isto tinha um custo maior, mas a CBF entendeu que o momento era oportuno para essa mudança”, destacou.

Fernando Sarney falou sobre a oportunidade que o futebol maranhense terá a partir de agora com mais uma vaga na Série D.

“Sem dúvida alguma que essa mudança abre uma maior perspectiva para as nossas equipes. Serão duas vagas para o Maranhão a partir de agora e temos tudo para brigar por acesso. O nosso futebol atravessa um bom momento e com um bom planejamento e equipes fortes, certamente teremos condições de brigar”, disse.

Além de Fernando Sarney é necessário lembrar que foi fundamental a luta do presidente da FMF, Antônio Américo Lobato Gonçalves que é membro do Conselho Consutivo da CBF. Ele, teve papel importante e merece o nosso reconhecimento.

Foto: Paulo de Tarso Jr. / Imirante

12 comentários »