Uma nova realidade para crianças do Jaracaty

0comentário

A comunidade da Vila Jaracaty, em São Luís, recebeu, na manhã de sábado (17), um espaço reformado e ampliado para a realização das atividades do Fórum de Desenvolvimento Local e Sustentável do bairro, que atende cerca de 200 crianças e jovens com aulas esportivas e de capacitação profissional.

A reforma do espaço contemplou, via Lei de Incentivo ao Esporte, a construção de quadra poliesportiva, troca de piso das áreas de judô e tênis de mesa, ampliação e climatização da brinquedoteca, sala médica, laboratório de informática e auditório. Foram investidos, em parceria com a Cemar, cerca de R$ 600 mil no espaço.

O governador Flávio Dino louvou os esforços conjuntos de sociedade civil, empresa e Governo, para a realização e manutenção do projeto. “O Governo do Maranhão tem ajudado no custeio e agora na melhoria da infraestrutura. Essa tríplice aliança resulta em nossa luta para que as políticas sociais cheguem para todos. Com isso, a gente consegue ampliar direitos e diminuir a desigualdade social, que é o grande objetivo do nosso governo”, defendeu.

Diretora do Fórum, Marcia Serra relembrou o início do projeto, em 2003, e agradeceu a reforma e ampliação. “A gente não tinha espaço, se reunia debaixo de coqueiro ou em escadaria. Hoje não só temos espaço, como ele está ampliado. A gente pensa em transformar a nossa comunidade. Agradeço muito a todos e esperamos levar essa ideia para outros bairros”, disse.

Para o secretário de Esportes e Lazer, Rogério Cafeteira, a nova estrutura traz mais conforto para crianças e instrutores. “É uma nova estrutura com mais conforto, instalações melhores para desenvolver todas as ações de esporte e socioeducativas. Esse é um projeto antigo, aprovado e que deu certo. Serve de exemplo para ser replicado”, afirmou.

Foto: Handson Chagas/Secap

sem comentário »

Cafeteira vistoria obra no projeto social Fórum Jaracaty

0comentário

O secretário de Esporte e Lazer do Governo do Maranhão, Rogério Cafeteira, fez uma visita às obras de reforma do projeto social Fórum Jaracaty, localizado na Vila Jaracaty, na manhã de quarta-feira (10). A previsão é que a estrutura estará concluída no final do mês de julho. 

A reforma do Fórum Jaracaty está sendo executada pela Companhia Energética do Maranhão S.A. (Cemar) com o apoio do Governo do Maranhão, por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. As obras compreendem a construção de uma quadra poliesportiva, mudanças na fachada frontal e lateral,  troca de telhas  de fibrocimento por telhas termoacústicas, um auditório para 40 pessoas, uma sala médica, uma brinquedoteca e sala de informática mais amplas, reforma dos vestiários, colocação de mais vasos sanitários, troca de cerâmica, pintura interna e externa, climatização, entre outras mudanças. 

Criterioso, o secretário da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel), Rogério Cafeteira, falou da importância em fiscalizar os projetos que estão em fase de execução, para saber se as obras de fato estão correndo conforme o projeto apresentado. 

“Temos como responsabilidade acompanhar a execução dos projetos, por esse motivo gosto de conferir e fiscalizar o que está sendo feito. A comunidade da Vila Jaracaty merece um espaço digno e moderno para que possam usufruir o máximo deste nosso empenho”, ressaltou Rogério Cafeteira.

O Gerente de Comunicação Externa Marketing e Sustentabilidade da Cemar, Carlos Hubert, disse que reformar espaços incentivados via Lei de Incentivo ao Esporte como é o caso  do Fórum Jaracaty, é uma grande satisfação, principalmente por ser um dos pioneiros. 

“Esse momento é a realização de um sonho. Desde que nós começamos a trabalhar com a Lei de Incentivo ao Esporte, o Fórum Jaracaty foi dos primeiros projetos. Esse é um projeto que de fato gera uma inserção dessas crianças e adolescentes na sociedade de uma maneira muito forte, envolvendo a inclusão da família. A nossa ideia é que o Fórum sirva de exemplo para projetos futuros e que isso passe a evoluir”, falou  Carlos Hubert.

O projeto social Fórum Jaracaty alcança aproximadamente 300 alunos, sendo crianças e adolescentes entre quatro e 18 anos. Uma das exigências para integrar as atividades é estar regularmente matriculado e cumprindo o ano letivo escolar. O projeto oferece atividades como judô, tênis de mesa, brinquedoteca, informática. As atividades ocorrem de segunda a sexta-feira, pela manhã e tarde, no bairro Jaracaty.

Foto: Divulgação / Secap

sem comentário »