Cafeteira diz que Castelinho terá reforma completa

0comentário

O secretário de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira disse em entrevista ao Bom Dia Mirante, na TV Mirante que o Ginásio Castelinho passará por uma completa reforma após o desabamento do teto há um mês.

“Faremos a cobertura. Em seguida faremos uma reforma em todo o ginásio. São prédios antigos, da década de 80, onde não existia a legislação de acessibilidade e não havia essa preocupação. Aproveitaremos para refazer essas adequações necessárias, vamos refazer a quadra e as reformas necessárias em toda a estrutura. Teremos um ginásio novo”, disse.

Segundo Rogério Cafeteira, o prazo inicial da obra é de um ano, mas que pode ser prorrogado por até cinco anos. Ele disse acreditar que o ginásio possa vir a ser reaberto em pouco mais de um ano.

“O prazo pode ser prorrogado por até cinco anos, mas acredito que em um ano, mais ou menos, a gente poderá concluir essa obra. Sobre a questão da perícia, eu entrei em contato com o ICRIM e nos passou que devem passar nos próximos 15 dias. Ainda não foi apresentado um laudo, porque as peças que sofreram fratura foram levadas para laboratório para uma análise mais profunda. Segundo foi informado o laboratório da UFMA não estavam completo e foi levado para o laboratório da UEMA”, explicou.

Rogério Cafeteira também explicou sobre a obra de reforma do Parque Aquático e adiantou que a ordem de serviço deverá ser assinada dentro de 10 dias.

“Não passará de 10 dias, provavelmente, darei a ordem de serviço para a recuperação do parque aquático. Quero ressaltar o trabalho do secretário Clayton Noleto para recuperar esse recurso, que existia para as piscinas. Teremos uma estrutura de nível olímpico para receber quaquer competição. Piscinas com as mesmas tecnologias usadas nas Olimpíadas. Em um espaço curto de tempo, creio que em 15 meses, aproximadamente, o parque aquático estará totalmente recuperado. Precisamos dar utilidade e o Complexo Canhoteiro é subutilizado pela população”.

Clique aqui e veja a entrevista na íntegra

sem comentário »

Marcas do descaso e abandono no esporte

3comentários

Pista de atletismo do Complexo Esportivo Canhoteiro sofre com o abandono

A pista de atletismo do Complexo Esportivo Canhoteiro está tão desgastada, que até o material de borracha está se soltando. A área está cheia de mato. No acesso ao Ginásio Castelinho, quem chega se depara logo com vários buracos.

A situação é ainda mais difícil no parque aquático. As piscinas estão abandonadas há décadas. A água acumulada é para não deixar a estrutura ficar comprometida e está servindo como criadouro de muitos mosquitos.

Ao redor o mato está tomando conta. Fios elétricos estão expostos na parede e no chão. A cobertura da arquibancada está caindo aos pedaços e está comprometida pela ferrugem e ameaça desabar.

A única obra que foi feita é uma cerca, construída de tijolos com uma grade de ferro ao redor do complexo.

No passado, o complexo foi palco de bons momentos do esporte maranhense. O local também ficou marcado por receber várias competições aquáticas de nível nacional. Um passado que os moradores, que vivem próximo ao complexo, lembram com saudade.

Piscinas do Complexo Esportivo do Canhoteiro estão abandonadas há décadas

“Eu cheguei a passar aqui e tinha gente banhando aí na piscina, fazendo torneio, disputando competições. Fazem propaganda para lutar contra a dengue, mas as principais autoridades não tomam a frente né?” afirmou o aposentado Melquisedeque Malheiros.

O Governo do Maranhão se manifestou em nota sobre a situação do Complexo Esportivo. Confira a íntegra abaixo.

A Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) informa que a área da piscina do Complexo do Canhoteiro, abandonada no governo anterior, atualmente é isolada e sistematicamente monitorada pela Vigilância Epidemiológica, com aplicação periódica de larvicida (veneno para larva do mosquito transmissor da dengue). Com relação à pista de atletismo, a Sedel esclarece que já realiza melhorias e, na segunda-feira (6), fará capina em toda a extensão da pista. A secretaria também está providenciando material para a repintura da arquibancada. Por fim, a Sedel informa que, ainda no ano passado, o Governo do Estado assinou contrato de repasse na Caixa Econômica e apresentou projeto executivo de reconstrução do Parque Aquático, que está em fase final de análise. Tão logo seja autorizado pela Caixa, será dado início ao processo licitatório para reconstrução do mesmo.

Fotos: Reprodução/ TV Mirante

Leia mais

3 comentários »

Maranhão Basquete aposta na força da torcida

0comentário

maranhaobasquete
O Maranhão Basquete já levou mais de 20 mil torcedores ao Ginásio Castelinho nesta edição da Liga de Basquete Feminino (LBF). A equipe está na semifinal, na qual terá apenas um jogo em São Luís, mas dos cinco jogos em casa, quatro tiveram seus públicos divulgados e o número é expressivo. Outro dado importante é a série de vitórias do time.

Até o momento, de acordo com o site da LBF, o Maranhão registrou um público de 21.675 em quatro jogos realizados no Ginásio Castelinho. Até o início da noite desta segunda-feira, os dados do último jogo contra Guarulhos não haviam sido divulgados.

Os ingressos dos jogos são trocados por alimentos não perecíveis. A arrecadação é distribuída para instituições de caridade.

É na força da torcida maranhense que o MB aposta na semifinal da Liga de Basquete Feminino.

O próximo jogo do Maranhão será contra Americana, iniciando a semifinal, às 11h (de Brasília) do domingo, no Castelinho. Os outros dois jogos serão em São Paulo.

Foto: Biaman Prado

Globoesporte

sem comentário »