Reajuste de tarifas

15comentários

onibusAcabou a greve dos rodoviários em São Luís, após 16 dias. Patrões e empregados chegaram a um acordo no Tribunal Regional do trabalho (TRT-MA) mediante reajuste de R$ 0,30 proposto pela Prefeitura de São Luís.

Durante toda a greve, o secretário de Trânsito e Transporte, Canindé Barros garantiu que a tarifa não sofreria qualquer reajuste.

Os rodoviários garantiram aumento no valor do tícket alimentação e reajuste salarial de 7,8%.

Com o reajuste de R$ 0,30, as passagens mais baratas deixam de custar R$ 1,30 e passam a R$ 1,60. As mais caras saem dos R$ 2,10 e ficam em R$ 2,40. A chamada ‘Domingueira’, desconto de 50% no valor das tarifas aos domingos, deixa de existir.

Os empresários se comprometeram em colocar nas ruas 250 ônibus novos, o mais rápido possível, além de mais 250 em janeiro de 2015. A chamada ‘Domingueira’, desconto de 50% no valor das tarifas aos domingos, deixa de existir.

Com o fim da greve, 100% da frota de ônibus volta a circular normalmente em São Luís.

15 comentários »

Rodoviários resistem…

3comentários

rodoviariosOs rodoviários decidiram em assembleia geral realizada na manhã de hoje manter 100% da frota parada em São Luís, mesmo com a decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MA) que julgou abusiva e ilegal, a greve da categoria e que determinou a volta de 70% da frota nas ruas.

Os rodoviários só foram notificados pelo TRT-MA na manhã de hoje sobre a decisão tomada ontem à noite. Mesmo assim decidiram em assembleia manter a paralisação de 100% da frota que hoje completa 12 dias.

A categoria vai aguardar uma proposta do Sindicado das Empresas. Na reunião realizada na sexta-feira, os rodoviários baixaram a pedida para menos de 9%, mesmo assim não houve acordo. Inicialmente a reivindicação era de 16%, depois os rodoviários baixaram para 11%.

Segundo os rodoviários, alguns ônibus (algo em torno de cinco) deixaram a garagem e estão circulando por falta de informação da categoria, disse Gilson Coelho, presidente do Sindicato dos Rodoviários.

Foto: Biné Morais/O Estado

3 comentários »

Proposta da Prefeitura

2comentários

reuniaoA Prefeitura apresentou nesta terça-feira (27) um conjunto de propostas de remodelamento do sistema de transporte público de São Luís. Os secretários Rodrigo Marques (Governo) e Canindé Barros (Trânsito e Transportes) coordenaram uma ampla mesa de diálogo com órgãos de interesse para a reestruturação do sistema. A Prefeitura descarta o aumento de tarifas no transporte público.

O plano concentra ações em cinco metas, que incluem a definição do percentual mínimo de cumprimento das viagens programadas, revisão das ordens de serviços, vistoria semestral da frota, programa de renovação da frota e treinamento do pessoal de operação.  “O transporte de qualidade é uma preocupação do prefeito Edivaldo desde o primeiro dia de governo. O problema é nacional. O prefeito entende que a solução passa por medidas estruturantes. Isso não é feito do dia para noite”, afirmou o secretário de Governo, Rodrigo Marques.

O secretário Canindé Barros assumiu o compromisso de instalar o sistema de biometria facial no prazo máximo de 90 dias e combater sistematicamente o transporte clandestino. A biometria é apontada como a maneira mais eficaz de combater a fraude no sistema. O problema está sendo detectado pela SMTT em inspeções regulares. Das 22 escolas fiscalizadas pela Secretaria nos últimos dias, em 12 foram encontradas irregularidades. Por conta do problema, foram suspensas de imediato mais de 5 mil carteiras de estudante.

As medidas de melhoramento do sistema apresentadas pela Prefeitura são acompanhadas pelo corte do subsídio de R$ 2 milhões repassados às empresas que exploram o transporte público. “A Prefeitura repassou para o sistema em doze meses mais de R$ 30 milhões e o sistema não melhorou. Não vamos continuar transferindo subsídio”, avisou Canindé. O secretário Rodrigo Marques também descarta qualquer contrapartida diante da grave situação financeira do município, que reflete uma realidade nacional.

Para superar o impasse da paralisação dos ônibus, os representantes da diretoria do Sindicato dos Rodoviários, em greve por reajuste salarial, concordaram em reduzir o índice de 16% para 11%.  Os representantes das entidades estudantis também aceitaram a retirada da domingueira.

 A Prefeitura anunciou ainda para o mês de julho o início das audiências públicas para discutir com a população o sistema ideal de transporte público. Serão realizadas ao menos 15 audiências. A previsão é que o processo licitatório aconteça até janeiro de 2015.

2 comentários »

Greve em São Luís

10comentários

greveonibus

São Luís amanheceu sem ônibus nesta terça-faira (27) com a greve dos motoristas, cobradores e fiscais de ônibus em São Luís.

Alguns pontos de ônibus estão completamente vazios, em outros, muitos usuários estão utilizando o serviço de mototáxi e vans para se deslocar ao trabalho.

O trânsito é lento em algumas avenidas.

10 comentários »