Adriano chama Dino, Boulos e Haddad de ‘três patetas’

3comentários

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) chamou no Twitter, Flávio Dino (PCdoB) Guilherme Boulos (Psol) e Fernando Haddad (PT) de “Trës patetas”) que assinaram nota em defesa de quem classificou como “trobadinhas”, dentre eles a ex-candidata a vice-presidente Manuela D’Ávila (PCdoB) que invadiram a privacidade de juízes, promotores e ex-presidentes.

Adriano Sarney lembrou que somente no Maranhão, o governador Flávio Dino move processos contra 20 jornalistas.

“Os três patetas – Dino, Boulos e Haddad – assinam nota em defesa dos trombadinhas (inclui-se também a Manu) que invadiram a privacidade de juízes, promotores, ex-presidentes, etc. Falam que defendem a liberdade de expressão. Só no Maranhão Dino processa 20 jornalistas! Vinte!”, disse.

Adriano levanta a hipótese do dinheiro pago aos hackers ter como origem o governo do Maranhão.

“A nota dos três patetas defende tanto a comunista Manu que me faz refletir se esse dinheiro para os hackers não veio do governo do Maranhão, última trincheira comunista no Brasil”, afirmou Adriano.

Foto: Reprodução / Twitter

3 comentários »

Fernando Haddad deseja ‘sucesso’ a Jair Bolsonaro

1comentário

Muito criticado ontem, por não ter se dirigido ao presidente eleito Jair Bolsonaro, durante o seu pronunciamento após o anúncio oficial da vitória do candidato do PSS, o petista Fernando Haddad se manifestou nas redes sociais nesta segunda-feira (29).

“De coração leve, com sinceridade”, Hadad desejou sucesso a Bolsonaro.

“Presidente Jair Bolsonaro. Desejo-lhe sucesso. Nosso país merece o melhor. Escrevo essa mensagem, hoje, de coração leve, com sinceridade, para que ela estimule o melhor de todos nós. Boa sorte!”, disse.

“E como disse ontem, eu coloco a minha vida à disposição desse país. Não tenham medo, nós estaremos aqui. Nós estamos juntos. Nós estaremos de mãos dadas com vocês. Nós abraçaremos a causa de vocês. Contem conosco. Coragem, a vida é feita de coragem. Viva o Brasil!”, acrescentou.

Ontem, Haddad havia dito que não se sentia à vontade para se dirigir a Jair Bolsonaro por ter sido chamado de “canalha” e ameaçado de “prisão” pelo adversário.

“Ele me chamou de canalha e disse que se eleito mandaria me prender. Achei que não tinha o menor clima, além de não poder prever a reação”, disse a jornalista da GloboNews, Natuza Nery,

Hoje, Haddad mudou de opinião.

É isso…

Foto: Reprodução/Redes sociais

1 comentário »

‘Resistência popular segue firme’, diz Flávio Dino

2comentários

O governador Flávio Dino (PCdoB), comentou, nas redes sociais, o resultado das eleições para presidente da República. Ele não cita sequer o nome do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Segundo Dino, não existe derrota quando se defende boas causas. Ele disse que a resistência popular seguirá firme.

“Não se perde quando se combate por boas causas. Defendemos o Brasil e os brasileiros, sobretudo os mais pobres. Parabéns a Haddad e Manuela pela coragem e dedicação. A resistência democrática, nacional e popular segue firme”, disse.

Flávio Dino parabenizou os maranhenses que garantiram a vitória de Haddad no estado.

“Agradeço à população do Maranhão pela extraordinária votação conferida a Haddad. Longe daqueles discursos preconceituosos que se ocupam de atacar o Nordeste, nosso voto se embasa em uma visão sobre desenvolvimento com justiça social. Essa concepção foi a vencedora aqui”, afirmou.

2 comentários »

Flávio Dino confirma ato de Haddad em São Luís

4comentários

O governador Flávio Dino (PCdoB) confirmou, nas redes sociais a visita do candidato a presidência da República, Fernando Haddad (PT) a São Luís.

O petista participa no domingo (21) de uma caminhada e grande ato político, às 8h30, no Anil.

“Vamos receber nosso candidato Haddad no próximo domingo, 8h30, em grande caminhada e Ato Político no Anil, em São Luís. Convido todos a participarem. Em favor da democracia e dos direitos sociais”, disse Dino.

Esta será a segunda vez que Haddad vem ao Maranhão. Na primeira, ele ainda era candidato a vice na chapa encabeçada pelo ex-presidente Lula.

Foto: Reprodução/Redes sociais

4 comentários »

Honorato destaca importância dos professores

0comentário

Em pronunciamento, na manhã desta segunda-feira (15), no Plenário da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Honorato Fernandes (PT) felicitou os professores pela data de hoje, Dia dos Professores, falou sobre o resultado das eleições, agradeceu aos votos recebidos como candidato a deputado estadual e fez uma analise sobre o atual momento político no cenário nacional destacando a importância do debate se dar no campo das propostas e não do ódio.

Quanto às eleições de 7 de outubro, Honorato agradeceu o apoio e votos recebidos.

“Quero agradecer aos quase 17 mil votos recebidos na eleição. Foi uma experiência muito rica, andei pelo nosso grande Estado e tive a oportunidade de ver de perto a situação da nossa gente. Muito tem sido feito e precisamos fazer muito mais pelo nosso povo. Sou grato pelos votos recebidos”, disse Honorato.

Ao saudar os professor pelo dia de hoje, o vereador destacou a importância dos professores na formação do caráter de todas as pessoas e os cumprimentou na pessoa de sua esposa, Erika Fernandes, professora da rede municipal de São Luís.

“Quero aqui externar todo o meu respeito aos professores e professoras que buscam no seu dia a dia condições para formar verdadeiros cidadãos, não apenas ensinar a ler e escrever. Estes profissionais buscam, na sua função de professores e professoras, ajudar a criar a verdadeira cidadania. A dar condições para que crianças e adolescentes possam entender qual é a razão de frequentar um banco de escola e qual é o seu papel, desde criança, numa sociedade que ainda é extremamente desigual , extremamente injusta, e por que não dizer covarde com a primeira infância e com a juventude. Obrigado professores e professoras pelo seu devotado e essencial trabalho”, destacou Honorato.

Quanto ao cenário nacional Honorato externou a sua preocupação quanto a explosão de ódio no processo eleitoral do segundo turno.

“É preocupante e assustador ver a crescente onda de intolerância que toma cada vez mais conta do nosso país. Mais de 50 casos de agressão e um caso de assassinato, por motivação política, já foram registrados desde o dia da eleição até hoje. São pessoas tomadas pelo ódio”, destacou o vereador, afirmando ainda que as discussões pertinentes a corrida eleitoral para a presidência devem se dar no campo das ideias, repudiando os inúmeros casos de Fake News já denunciados.

“O debate precisa ser baseado na discussão de propostas e não na divulgação desonestas de notícias mentirosas. Voto em Haddad pelas propostas e respeito às políticas públicas inclusivas apresentadas por ele, por ser um candidato que defende o seu ponto de vista com argumentos e não com incitação ao ódio e fake news”, declarou o parlamentar, que finalizou a fala, sugerindo aos demais vereadores da Câmara a união para formação de um frente de combate às ações permeadas de ódio e violência ora em curso.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Haddad venceu em 214 cidades do Maranhão

1comentário

O candidato do PT a Presidência da República, Fernando Haddad, venceu em 214 das 217 cidades do Maranhão no 1º turno das eleições de 2018. Jair Bolsonaro (PSL) ganhou em apenas 3 municípios. Nenhum outro candidato conquistou uma cidade além de Haddad e Bolsonaro.

No geral, Fernando Haddad obteve 61,26% dos votos contra 24,28% de Bolsonaro no MA. Veja o mapa completo.

Onde Haddad perdeu

O candidato do PT perdeu nas cidades de São Pedro dos Crentes, Imperatriz e Açailândia, que ficam na região oeste do estado. A maior diferença de votos ocorreu em Imperatriz, onde Bolsonaro conseguiu 50,93% dos votos contra 37,53% de Haddad.

Onde Haddad ganhou

Fernando Haddad venceu em todas as outras cidades do Maranhão. A maior diferença de votos ocorreu em Belágua, onde Haddad conseguiu 89,57% dos votos contra apenas 5,87% de Bolsonaro.

Capital

Na capital São Luís, Fernando Haddad venceu em quatro regiões contra duas de Bolsonaro. O candidato do PT venceu na zona rural e na região central da cidade, enquanto o candidato do PSL ganhou na maioria das áreas consideradas nobres da capital.

Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo; Fábio Vieira/Fotorua/Estadão Conteúdo

Leia no G1

1 comentário »