Secretários repudiam ato de racismo contra Gilvana

1comentário

Os secretário de Esporte e Lazer, Hewerton Pereira e de Educação, Felipe Camarão divulgaram nota de repúdio contra o ato de racismo praticado contra a atleta maranhense Gilvana Mendes Nogueira que disputa a Liga Nacional de handebol pelo UNIP/São Bernardo.

‘Volta para senzala’, ‘macacas’ , ‘vaca preta’, foram algumas das palavras proferidas por um torcedor do Blumenau na tentativa de atingir a atleta maranhense durante uma partida pela competição.

Em nota, o secretário Hewerton Pereira se solidarizou com a atleta, bem como todos que tem sofrido algum tipo de constrangimento e discriminação, e reafirmou o compromisso com a promoção da igualdade, nos mais diferentes âmbitos.

O secretário de Educação, Felipe Camarão disse que qualquer ato de racismo é inaceitável. “O racismo em pleno século XXI é inaceitável e deve ser firmemente combatido. Portanto, é intolerável qualquer tipo de preconceito, seja de identidade étnica, sexual, de gênero, religioso ou de qualquer outra  natureza”, afirmou Camarão.

Nota da Sedel

“A Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) vem a público manifestar profunda indignação com o ataque racista sofrido pela atleta de handebol Gilvana Mendes Nogueira, durante a Liga Nacional de Handebol do Brasil, o qual a atleta representou a UNIP/São Bernardo.

Grande destaque nas partidas, a atleta de 20 anos teve que ouvir diversas palavras ofensivas. A Sedel repudia qualquer tipo de atitude que vá contra o ser humano, independente de gênero, raça ou opção sexual. O esporte é uma ferramenta inclusive e deve permanecer enquanto tal, oportunizando a descoberta de novos talentos e ensinando valores para toda a comunidade desportiva.

A Secretaria se solidariza com a atleta, bem como todos que tem sofrido algum tipo de constrangimento e discriminação, e reafirma o compromisso com a promoção da igualdade, nos mais diferentes âmbitos”.

Nota da Seduc

 A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) vem a público manifestar repúdio ao ato de racismo sofrido pela atleta maranhense, Gilvana Mendes, em jogo válido pelas oitavas de final da Liga Nacional de Handebol Feminino, que aconteceu no último dia 27, entre as equipes do Blumenau e UNIP/São Bernardo.

Gilvana Mendes é ex-estudante da Rede Pública Estadual de Ensino, vencedora do Troféu Mirante e pertenceu à equipe de handebol do Barbosa de Godois. Atualmente, é atleta profissional que joga em São Bernardo e jogadora da Seleção Brasileira Junior.

A Seduc ressalta, ainda, que o racismo em pleno século XXI é inaceitável e deve ser firmemente combatido. Portanto, é intolerável qualquer tipo de preconceito, seja de identidade étnica, sexual, de gênero, religioso ou de qualquer outra  natureza.

Desta forma, a Seduc se solidariza com a atleta Gilvana Mendes e todos que têm sofrido algum tipo de constrangimento e discriminação e reafirma o pedido de apuração dos fatos aos órgãos competentes a fim de que sejam tomadas as medidas cabíveis em conformidade com a legislação vigente.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Maranhão pode sediar etapa da Superliga de Vôlei

0comentário

O secretário de Estado do Esporte e Lazer, Hewerton Pereira, esteve em reunião na terça-feira (30) com representantes da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e da Federação Maranhense de Voleibol (FMV), a fim de buscar parcerias para o calendário anual de jogos do ano que vem.

Na conversa, os gestores abordaram o trabalho realizado pela Secretaria durante o ano de 2018, e também trataram sobre a possibilidade de o Maranhão sediar uma das etapas do Campeonato Brasileiro de Vôlei, que ocorrerá em 2019.

“Nossa gestão tem investido no desenvolvimento do esporte, feito esse que pode ser visto por meio do grande número de atletas e modalidades que contam com o apoio do Estado”, enfatizou o secretário Hewerton Pereira.

A iniciativa de sediar uma etapa brasileira visa o fomento à pratica esportiva no Estado. “É uma iniciativa fundamental para o esporte do Maranhão, além de ajudar nossos atletas e incentivar a prática esportiva no Estado”, garantiu Hewerton.

Também conhecido como Superliga de Vôlei Brasileiro, o campeonato é um torneio anual realizado pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e que dá acesso ao Campeonato Sul-Americano de Clubes.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Iluminação do Nhozinho Santos passa por testes

1comentário

A obra de reforma do Estádio Nhozinho Santos segue em ritmo acelerado.

Depois da retirada de todo o gramado antigo, nesta sexta-feira (28) à noite foram iniciados os testes na iluminação que também está sendo recuperada.

A iluminação está sendo por meio da Secretaria de Estado de Desporto e Lazer (Sedel) em parceria da Cemar através da Lei de Incentivo ao Esporte. Todo o trabalho na iluminação deve ficar pronto dentro dos próximos 30 dias.

Segundo o secretário Hewerton Pereira (Sedel) a drenagem do Nhoznho Santos também será feita por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Handebol e futsal são destaque no ParaJems

0comentário

O ginásio poliesportivo Manoel Trajano no Complexo Esportivo Canhoteiro foi centro de disputas do futsal de cinco, futsal intelectual e handebol intelectual – masculino e feminino – das Paralimpíadas Escolares Maranhenses (ParaJEMs) 2018 que integram os Jogos Escolares Maranhenses (JEMS) 2018. No terceiro dia de competições, os estudantes mostraram as jogadas dos intensos treinos em disputas acirradas.

As primeiras a darem show em quadra foram as equipes femininas do handebol intelectual da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (APAE) e da escola Eney Santana.  Com placar de 9 a 8 para a APAE, a atacante da equipe vitoriosa, Joseana Pereira, acreditou na vitória da equipe. “Foi difícil, mas mais importante do que ganhar ou perder é participar porque significa inclusão com as pessoas com deficiência”, afirmou.

No masculino de handebol intelectual, a APAE também levou a melhor em cima da Escola Eney Santana com placar de 12 a 6.

Já no futsal de cinco, as equipes A e B da Escola de Cegos Maranhão (Escema) se enfrentaram em quadra. O atacante do time B, Maciel Santos, pretendia fazer três gols, mas a partida ficou no 0 a 0. “Nossa equipe é conhecida pela união. Foi um grande desafio e apesar do resultado, estamos satisfeitos. Tudo isso engrandece nosso esporte”.

Do outro lado, a equipe A também levou o empate como um importante resultado para o time. “Fomos bem. Apesar de a equipe adversária ter um atacante excelente, nós conseguimos barrar ele porque o jogo ficou empatado. Eles tinham tudo para ser favorito, mas conseguimos neutralizar”, avaliou o zagueiro Carlos Cavalcante.

O futsal intelectual finalizou as rodadas matutinas no Manoel Trajano. A APAE fez um grande jogo e venceu por 11 a 4 a Escola Eney Santana. “Estamos aqui para descontrair. Hoje nós ganhamos deles e vamos ganhar de novo”, comemorou o lateral direito da APAE, Luís Cássio. Já o atacante da Eney Santana, Eliseu Costa, afirmou que “foi um jogo bom, deu pra mostrar nosso futebol e que deficientes têm condições de praticar esporte”.

O Secretário de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), Hewerton Carlos Rodrigues, acompanhou os jogos e ressaltou o papel dos JEMs. “Os jogos das Paralimpíadas são muito importantes pela inclusão social que promovem. Dessa forma, pessoas com deficiência podem aproveitar o esporte para o seu desenvolvimento, para melhorar a saúde e para o lazer”, finalizou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Sampaio Basquete agradece parceria com o governo

6comentários

O governador Flávio Dino recebeu, na quarta-feira (13), o presidente do Sampaio Basquete, Sérgio Frota, acompanhado da diretoria técnica do clube e de parte das atletas vice-campeãs da Liga Brasileira Feminina de Basquete na edição 2017/2018.

A visita foi para agradecer o apoio dado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel) e da Lei de Incentivo ao Esporte, o que contribuiu para a conquista do segundo lugar. “Viemos agradecer o apoio do Governo do Maranhão, na pessoa do governador Flávio Dino, por ter aderido ao projeto do Sampaio Basquete”, diz o presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota.

O presidente da equipe fez um breve relato e lembrou a conquista do título de campeãs brasileiras em 2016: “Agora, neste ano, na disputa de 5 partidas, nós ganhamos duas, mas trouxemos o título de vice-campeonato brasileiro. Isso se deu graças ao apoio do Governo do Estado”.

Três das seis atletas maranhenses que disputaram as partidas estiveram na visita. Elas, que hoje integram o time profissional, já fizeram parte de projetos sociais e de inclusão realizados nos seus bairros, como a mais nova da equipe, a jogadora Eduarda Serra, de apenas 17 anos.

O secretário de Estado de Esporte e Lazer, Hewerton Pereira, enfatizou os legados que os projetos apoiados pela Sedel têm trazido para o Maranhão. “A secretaria vem contribuindo com muitos projetos, e este do Sampaio Basquete não é diferente. Sempre que nos empenhamos em concretizar um projeto, pensamos em qual legado ele irá deixar para o nosso estado. Esse do Sampaio, além da inspiração para muitos meninos e meninas que sonham em viver no mundo do esporte, traz reforma de quadra, projetos sociais, palestras em escolas públicas, entre outras atividades realizadas paralelamente aos campeonatos”, enumera o gestor da Sedel.

A experiente e ex-jogadora Iziane Castro, que hoje integra a diretoria técnica do Sampaio Basquete, ressaltou a importância do trabalho social desenvolvido para despertar e descobrir novos atletas de basquete no Maranhão.

“Sempre falo que o esporte é educação, é saúde, é cultura, é segurança pública, entre outros benefícios que ele traz para a sociedade. Isso tudo porque desenvolve a criança de uma outra forma pedagógica, além da educação tradicional”, destaca.

Foto: Divulgação

6 comentários »

Aposta no Sampaio Basquete foi uma boa jogada

4comentários

O Sampaio Basquete é finalista da Liga de Basquete Feminino (LBF) – principal competição do basquete feminino no país. Em três anos, essa é a segunda vez que o Sampaio estará na decisão.

Pelo fato de estar em mais uma decisão, somente isso já mostra que o projeto do Sampaio Basquete é totalmente vitorioso.

No início do ano, por pouco a diretoria do Sampaio Basquete não desistiu de participar da competição, mas a sensibilidade do secretário da Sedel, Hewerton Pereira e do governador Flávio Dino falaram mais alto.

A participação do Sampaio na LBF foi garantida pela Cemar e Governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

O secretário Hewerton Pereira foi um defensor do projeto em todos os momentos e fez gestões junto ao governador Flávio Dino que decidiu apoiar o nosso representante em mais uma temporada.

O bom resultado alcançado este ano mostra o quanto é importante a manutenção do projeto em 2019, além disso, Sampaio já está classificado para o Sulamericano de clubes que será em junho e significa mais uma grande conquista para o nosso esporte.

O fato é que o resultado está ai. O Sampaio Basquete é finalista da LBF e além disso tem várias jogadores que integram a Seleção Brasileira.

E tem mais. O Sampaio coloca o Maranhão nos lugar mais alto do pódio no basquete brasileiro, o que é muito importante para todos os desportistas. Neste sentido, o apoio do governo do Maranhão ao projeto merece o nosso reconhecimento.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

4 comentários »

Costa Rodrigues será entregue este mês

0comentário

23 de março. Anotem esta data que será lembrada sempre pelos desportistas maranhenses como a data de reinauguração do ginásio Costa Rodrigues que finalmente será entregue à população.

A partida entre Sampaio Basquete e Catanduva, às 21h, pela Liga de Basquete Feminino (LBF) vai marcar a reabertura do maior símbolo do esporte amador no Maranhão. A informação foi confirmada ao blog pelo secretário Hewerton Pereira.

O Costa Rodrigues está fechado desde 2014, após ser entregue no mês de dezembro de 2013. Recuperado pelo governo Roseana, o ginásio foi entregue na gestão do secretário Joaquim Haickel, mas ficou fechado durante todo esse período pelo secretário Márcio Jardim, no governo Flávio Dino e somente agora na gestão do secretário Hewerton Pereira que assumiu a Sedel em setembro do ano pasado teve a obra totalmente concluída.

O novo costa Rodrigues tem a capacidade para receber até 800 torcedores sentados e jogos nas modalidades de basquetebol, voleibol, futebol de salão e handebol.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Hewerton busca parceria em Pedrinhas

0comentário

As secretárias de Estado de Esporte e Lazer (Sedel) e Administração Penitenciária (Seap) estudam proposta de parceria com o objetivo de abrir espaço de trabalho para os detentos na área de fomento ao esporte em São Luís.

Em visita ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na segunda-feira (5), o secretário da Sedel, Hewerton Pereira, discutiu o assunto com o secretário da Seap, Murilo de Oliveira e o adjunto de Administração, Logística e Inovação Penitenciária, Rafael Velasco. A ideia inicial é que os detentos trabalhem na manutenção das praças esportivas que estão sob o cuidado da Sedel.

Hewerton Pereira afirmou que o Governo do Estado está investido em parcerias entre as secretarias pelo desenvolvimento social. “É de extrema importância que as Secretarias trabalhem conjuntamente, de forma a promover o desenvolvimento educacional e social no Estado, um dos pilares do governo Flávio Dino”, afirmou.

“Estamos estudando a possibilidade de utilização da mão de obras de detentos para a manutenção das praças esportivas e, também, para a construção de kits esportivos, o que contribuirá para a valorização da mão de obra prisional e para a remição da pena dos detentos”, afirmou Hewerton Pereira.

Durante a visita, Hewerton conheceu as alas onde se encontram as oficinas de Malharia, Serralheria e Corte e Costura.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Hewerton diz que JEMs voltará para ‘casa’

0comentário

As obras para reinauguração do Ginásio Costa Rodrigues já estão quase finalizadas. O secretário de Estado do Esporte e Lazer, Hewerton Pereira, tem acompanhado de perto o processo de manutenção preventiva e corretiva do local, considerado a ‘casa’ dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs).

Orçado em R$ 1.199.617,58, a obra conta com 2.800 m² de área construída, distribuída entre os três pisos no ginásio e tem trazido grande expectativa para a entrega.

“Vamos trabalhar muito, e os JEMs voltará para casa em 2018. Recuperá-lo era o sonho de muitos.O ginásio em breve será entregue para a população maranhense”, disse Hewerton Pereira.

O Ginásio Costa Rodrigues possui três pisos. O térreo abriga rampas, áreas de bilheteria, alojamento, além da quadra esportiva e de um memorial, com o objetivo de ratificar a história do esporte amador maranhense. Além disso, o Ginásio conta com salas para associações esportivas, área para imprensa, tribuna de honra e salas destinada às federações esportivas.

sem comentário »

Ginásio Costa Rodrigues está pronto…

0comentário

Falta pouco para o governo entregar aos desportistas maranhenses o ginásio Costa Rodrigues – o maior símbolo do esporte amador no Maranhão.

Na verdade, o ginásio nem era para estar mais fechado se os quase R$ 5,5 milhões destinados à obra na gestão do ex-secretário Weverton Rocha, no governo Jackson Lago tivessem sido utilizados realmente.

Em 2014, o então secretário de Desporto e Lazer, Joaquim Haickel entregou o Costa Rodrigues em um dos últimos atos do governo Roseana. Foram gastos à época aproximadamente mais R$ 3 milhães na reforma.

Dinheiro jogado fora, pois na gestão do secretário Márcio Jardim, no governo Flávio Dino, o ginásio foi abandonado e fechado totalmente.

Agora, na gestão do secretário Hewerton Pereira, enfim o Costa Rodrigues está próximo de ser entregue. Não sabemos quanto foi gasto agora, mas o ginásio está pronto.

Essa é uma vitória do novo secretário Hewerton Pereira que de forma silenciosa e em tão pouco tempo consegue concluir uma obra que há muito tempo já deveria ter sido entregue. O seu gesto é uma demonstração de zelo e trabalho pelo esporte.

O blog publica com exclusividade, a foto do novo Costa Rodrigues.

Ë esperar a reinauguração. Os desportistas agradecem…

sem comentário »