Bandidos explodem banco em Humberto de Campos

0comentário

Bandidos explodiram na madrugada desta quinta-feira (6), a agência do Banco do Brasil em Humberto de Campos, que fica a 92 Km de São Luís.

A ação foi registrada por volta de 2h30 da madrugada.

Segundo a Polícia, os bandidos chegaram em três carros e se dividiram na entrada da cidade; um grupo seguiu em direção ao Quartel da Polícia Militar e um terceiro se dirigiu ao banco.

Além da agência do Banco do Brasil, os bandidos atacaram o Quartel da PM que teve o muro e o portão atingidos por disparos de armas de fogo.

Pelas informações, os bandidos não teriam conseguido levar o cofre com dinheiro.

Foto: Domingos Moraes

sem comentário »

Prefeito de Humberto de Campos é afastado

0comentário

O prefeito do Município de Humberto de Campos, Raimundo Nonato dos Santos, foi afastado do cargo por decisão, do desembargador Antonio Guerreiro Júnior, relator de agravo de instrumento ajuizado pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA).

O órgão sustenta, em ação civil pública de improbidade administrativa, a necessidade de afastamento liminar do gestor, em decorrência de desvio de recursos públicos, praticado em processo licitatório, cujo objetivo era a construção de uma quadra poliesportiva.

O desembargador suspendeu a decisão do Juízo da Vara da Comarca de Humberto de Campos, que havia indeferido a cautelar de afastamento do prefeito. Guerreiro Júnior determinou o imediato afastamento de Raimundo Nonato dos Santos, do cargo – até o pronunciamento definitivo de sua relatoria ou da câmara – por entender que o MPMA obteve êxito em demonstrar que, caso a decisão fosse mantida, a prestação jurisdicional poderia ser inócua e o Município de Humberto de Campos poderia sofrer lesão de grave e difícil reparação.

O Ministério Público alega que o processo licitatório a que se refere encontra-se maculado de nulidades e vícios insanáveis. Sustenta que a permanência do prefeito, no cargo, representa risco concreto à conclusão e julgamento da ação originária, uma vez que, no cargo, ele alterará o estado das coisas e continuará praticando os atos que o MPMA aponta como lesivos ao patrimônio público.

(mais…)

sem comentário »

Médica maranhense de 82 anos é exemplo

9comentários

DraJoana

Exemplo como o da Drª Joana, uma maranhense cheia de vitalidade aos 82 anos e que enfrenta até 6 horas de viagem em mar aberto de São José de Ribamar até Humberto de Campos para atender pescadores numa comunidade de pescadores devem ser aplaudidos por todos nós.

Ela foi destaque hoje, no programa Encontro com Fátima Bernardes.

“O mar me relaxa. Eu sempre chegou tranquila… Eu que curto a medicina seria impossível viver”, disse.

A história de Drª Joana deve servir de exempo aos que estão buscando o caminho da medicina. Nem de longe ela pensa em parar.

“Ainda não chegou, ainda não passou pela minha cabeça”, contou.

A entrevista é imperdível….

Veja a participação ao vivo

9 comentários »

Prefeito é afastado

5comentários

Prefeitoprefeito-do-município,-Raimundo-Nonato-dos-SantosO juiz Marcelo Santana Farias, titular da Comarca de Humberto de Campos, determinou o afastamento pelo prazo de 180 (cento e oitenta dias) do prefeito do município, Raimundo Nonato dos Santos (foto). A decisão atende à Ação Civil Pública por ato de Improbidade Administrativa interposta pelo Ministério Público estadual contra o prefeito, secretários de Educação e de Obras, além do presidente e outros integrantes da Comissão Permanente de Licitação, além da participação de empresários. Segundo a decisão, há suspeitas de fraude processual e de sonegação de informações.

Em decisão liminar, o magistrado determinou a proibição da entrada ou permanência do prefeito na sede da Prefeitura, bem como a avocação, por parte do gestor, e sob qualquer pretexto, da presença de funcionários municipais. No documento, Marcelo Santana determina, também, a intimação da Câmara de Vereadores de Humberto de Campos, na pessoa de seu presidente, para que, no prazo de 24h, emposse interinamente o vice-prefeito no cargo de prefeito da cidade. Segundo o juiz, as intimações do prefeito e do presidente da Câmara já foram efetuadas e o prazo para cumprimento da decisão já está transcorrendo.

Na ACP, a Promotoria de Justiça sustenta que o prefeito declarou ao Tribunal de Contas do Estado como construída uma quadra poliesportiva na zona rural do município desde 2013, sendo que a mesma só foi construída em 2015, depois de iniciada a ação, pelo que o autor requer o afastamento do prefeito e a indisponibilidade dos bens do gestor e dos demais requeridos.

Entre outras irregularidades apontadas na ação, há indícios de que, além da obra ser “fantasma”, a empresa que recebeu pelo pagamento da mesma seria uma organização “de fachada”, não existindo no endereço informado na licitação.

Em uma primeira decisão, datada de março do corrente, Marcelo Santana já havia determinado o bloqueio do valor máximo de R$ 143.594,54 (cento e quarenta e três mil, quinhentos e noventa e quatro reais e cinquenta e quatro centavos). Quanto ao pedido de afastamento do gestor, o magistrado concedeu ao mesmo o prazo de cinco dias para se manifestar a respeito.

A defesa do prefeito suscitou, entre outras, que o mesmo não estaria sujeito à Lei de Improbidade Administrativa, bem como alegou a ilegitimidade do Ministério Público na ação.

5 comentários »

Humberto de Campos é campeão

1comentário

humbertodecampos

Saiu o campeão maranhense de beach soccer 2014. A selecão de Humberto de Campos conquistou o título numa disputa dramática contra Morros e que só foi definida nos pênaltis.

Mais uma vez as arquibancadas da arena montada na Raposa estiveram completamente lotada comprovando o sucesso da competição.

No tempo hormal, as duas seleções empataram por 3 a 3. Na prorrogação, Humberto de Campos poderia ter definido o título num pênalti que foi perdido.

A decisão foi para os pênaltis e após o empate em 2 a 2, Morros perdeu três pênaltis e Humberto de Campos dois. No final, a vitória por 3 a 2, nos pênaltis encerrou a sequência de quarto vices de Humberto de Campos.

O Campeonato Maranhense de Beach Soccer é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e tem o patrocínio da Tim, Guaraná Jesus e Cemar.

Foto: Bruno Alves

1 comentário »

Prefeito é afastado em Humberto de Campos

2comentários

prefeitoDecoO juiz Lúcio Paulo Fernandes Soares, titular de Humberto de Campos, deferiu decisão cautelar na qual determina o afastamento imediato do prefeito Raimundo Nonato dos Santos (foto), pelo prazo de 90 dias. De acordo com a decisão, o afastamento deu-se por causa de irregularidades no contrato realizado entre Prefeitura Municipal e a empresa Marf Locações e Urbanismo, para a construção de duas praças. Os recursos para a construção das praças são oriundos do Governo do Estado e da própria prefeitura.

De acordo com o pedido feito pelo Ministério Público, o processo licitatório para a escolha da empresa está cheio de ilegalidades. “Apenas uma consulta simples já dar pra notar o prejuízo ao dinheiro público. Em outro momento, analisando o procedimento administrativo, que mais tarde virou inquérito, dá pra perceber a previsão de gastos inexistentes no custo da obra”, relata o documento.

“Não bastasse isso, a empresa em questão encontra-se cercada em um escândalo que, no mínimo, recomenda-se cautela das instâncias de controle e fiscalização, bem como do Judiciário, como forma de proteger o interesse público contra dano irremediável à sua integridade”, ressalta o pedido do MP decisão. Ainda de acordo com o MP, “a contratação da citada empresa foi fruto de uma fraude grosseira e acintosa ao processo de licitação, sendo completamente indevida”, solicitando a imediata suspensão das obras.

Ao deferir o pedido feito pelo Ministério Público, o magistrado determinou a imediata suspensão da construção das duas praças municipais (Praça Humberto de Campos e Praça do Bairro Base), bem como quaisquer pagamentos referentes a essas obras até o final da futura ação civil, que deverá ser proposta no prazo legal. As instituições bancárias serão oficiadas no sentido de proibir qualquer transação financeira por parte de Raimundo Nonato dos Santos, relacionadas às contas públicas.

O prefeito está proibido, pelo mesmo prazo de 90 dias, de entrar ou permanecer em seu local de expediente, bem como convocar funcionários públicos a qualquer pretexto. O presidente da Câmara Municipal, quando notificado da decisão, deverá empossar o vice-prefeito no cargo de Prefeito de Humberto de Campos. Em caso de descumprimento de algum item da referida decisão, será imposta uma multa de 3 mil reais ao Município de Humberto de Campos, 2 mil à empresa contratada, e 1 mil reais às instituições financeiras citadas, sem prejuízo da responsabilidade penal por crime de desobediência.

2 comentários »

Obras de pavimentação

2comentários

luisfernandosilva

O secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, assinou Ordem de Serviço para início das obras de pavimentação de vias urbanas com blocos de concreto em Humberto de Campos e, anunciou 3 km de asfalto para ruas e avenidas em Bacabeira, nesta sexta-feira (14). As ações fazem parte do Programa Viva Maranhão, que contempla, entre outros setores, o de infraestrutura, com a pavimentação de ruas e avenidas das cidades e a interligação de todas as sedes municipais por uma via asfaltada.

“Humberto de Campos está ganhando mais 4 km de pavimentação, ao estilo da cidade, com calçamento de blocos de concreto, com isso, as ruas e avenidas vão ficar livres da poeira, no verão, e da lama, no inverno. Assim, a gente vai mudando a vida em cada cidade do Maranhão”, ressaltou o secretário, confirmando que a obra já foi iniciada.

Luis Fernando Silva lembrou que o Programa de Pavimentação das Vias Urbanas está sendo executado em todos os 217 municípios maranhenses, o que vai totalizar 1.100 km de asfalto, e tem levado melhoria da qualidade de vida e geração de renda a todas as regiões do estado. “A recomendação nossa é que a construtora que venceu a licitação, utilize, prioritariamente, a mão de obra local para gerar oportunidades de emprego e renda para os moradores, como os humbertuenses”, contou.

O prefeito Raimundo Nonato Santos (Deco) lembrou que a parceria com o Governo do Estado é importante para o município. “A gente sente nas pessoas a alegria em ver a chegada dessas obras, que estão melhorando a vida da população. Só tenho a agradecer ao governo e ao secretário Luis Fernando por trazerem essa pavimentação para Humberto de Campos”.

Os investimentos no município são da ordem de R$ 2.351.199,89 e vão beneficiar os bairros Bacabeiras, Manga, São Bernardo, Base e Lagoinha. Também presentes o secretário adjunto de Assuntos Políticos, Antônio Cruz, o Júnior Marreca; os deputados Eduardo Braide e César Pires; os prefeitos de Primeira Cruz, Sérgio Albuquerque; de Icatu, José Ribamar Moreira, e de Morros, Silvana Alves; além de ex-prefeitos da região.

Foto: Jorge Ribeiro

2 comentários »