Prefeitos da Grande Ilha lançam consórcio

0comentário

gilcutrim

Os prefeitos Gil Cutrim (PMDB) e Josemar Sobreiro (PR), durante solenidade realizada nesta última sexta-feira (25), lançaram oficialmente o Consórcio Público Intermunicipal de Saneamento Básico, denominado como Pró Cidades,associação pública que tem como função gerenciar os sistemas de abastecimento d´água e esgotamento sanitário dos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar, garantido e executando, nos próximos anos, novos investimentos e ações no setor.

A cerimônia de lançamento aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura de São José de Ribamar e reuniu diversas lideranças políticas e comunitárias das duas cidades, além de representantes de vários segmentos da sociedade organizada.

A criação do Pró Cidades, cuja formalização aconteceu no fim do ano passado e do qual também é integrante a Raposa (a cidade deverá, em breve, se engajar nesta primeira etapa de ações do Consórcio), surgiu da necessidade dos municípios em otimizar os seus sistemas de abastecimento d´água e de esgotamento sanitário, antes gerenciados pela CAEMA,  prestando, desta forma, um melhor serviço aos usuários Figura, ainda, como uma ação pioneira e concreta de metropolização envolvendo cidades da Grande Ilha.

O sistema de abastecimento d´água e esgotamento sanitário de São José de Ribamar, por exemplo, era gerido até bem pouco tempo pela CAEMA e atende, hoje, apenas 18% da população (formada por mais 200 mil habitantes), sendo que o desperdício ultrapassa a casa dos 70%, de acordo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

No município, ao longo dos anos, não foi implantado, sequer, um palmo de rede de esgotamento sanitário. Já em Paço do Lumiar, além da ineficiência do abastecimento d´água, a cidade possui rede de esgotamento sanitário somente no Maiobão, maior conjunto habitacional do município e que foi construído pelo Governo do Estado no início da década de 80.

“Através da atuação do Pró Cidades, iremos otimizar os sistemas tendo como meta, num período de quatro anos, oferecer abastecimento d´água de qualidade para 100% dos bairros dos dois municípios e, em oito anos, implantar rede de esgotamento que beneficie as populações das duas cidades”, explicou Gil Cutrim ressaltando que até o fim do ano as estruturas dos sistemas dos dois municípios não deverão sofrer grandes intervenções, sendo apenas geridos pelo Consórcio,  através da Enorsul, empresa com vasta experiência no setor e que venceu licitação para a execução do serviço.

“Os próximos meses serão de transição, de manutenção e melhoramento, dentro das possibilidades financeiras, do que já existe. Os grandes investimentos [ampliação dos sistemas de abastecimento d´água, implantação integrados de outros, instalação de rede de esgotamento, por exemplo] terão início a partir do ano que vem”, completou o prefeito ribamarense ressaltando, ainda, a importância da capital São Luís unir forças com São José de Ribamar e Paço do Lumiar no sentido de beneficiar as populações da Ilha.

Josemar Sobreiro disse que a ação dos municípios de Ribamar e Paço em distratar com a CAEMA e assumir o gerenciamento dos sistemas visa, tão somente, fazer com que as populações ribamarense e luminense tenham acesso a um serviço de melhor qualidade.

“Durante décadas a CAEMA gerenciou estes sistemas e nunca, de fato, prestou um serviço de qualidade. Em Paço do Lumiar, assim como na maioria dos municípios maranhenses, as reclamações acerca do trabalho do órgão estadual são muitas. O que eu e Gil estamos fazendo é um ato em prol dos nossos municípios e de suas populações. Estamos de mãos dadas e trabalhando firmemente para que, a partir de agora, possamos oferecer um serviço melhor ao povo”, avaliou.

Outras ações – Além dos setores de abastecimento d´água e esgotamento sanitário, o Consórcio Público Intermunicipal também está autorizado a executar ações relacionadas à destinação final de resíduos sólidos envolvendo os municípios associados. Neste setor, por exemplo, está prevista para os próximos anos a parceria das Prefeituras para implantação na Grande Ilha de uma usina de reciclagem de lixo.

Foto: Oswaldo Ceará

sem comentário »

Protesto em Paço do Lumiar

0comentário

protestolimaverde

Moradores do bairro Lima Verde, em Paço do Lumiar, interditaram, agora pela manhã, os dois sentidos da MA-201. Eles protestam por mais segurança e infraestrutura. Segundo os moradores, a ação dos bandidos é facilitada porque muitas muitas ruas do bairro não são iluminadas.

Os moradores colocaram madeiras e pneus na via e impedem a passagem dos carros formando um grande congestionamento. Eles pedem a presença do prefeito Josemar ou de representantes da prefeitura de Paço do Lumiar.

Em São Luís, moradores do São Raimundo, interditaram mais uma vez a avenida principal do bairro. O motivo da interdição também é para pedir infraestrutura, segurança, saúde e educação.

Foto: Diego Chaves

sem comentário »

Paço do Lumiar no Cinpra

1comentário

robertorochaO Consórcio Intermunicipal de Produção e Abastecimento (Cinpra) terá mais um participante da ilha de São Luís. A cidade de Paço do Lumiar comporá o Cinpra, segundo anunciou o prefeito Professor Josemar após reunião com o presidente do consórcio, Roberto Rocha, vice-prefeito de São Luís.

Assim que aderir oficialmente ao Cinpra, Paço do Lumiar será o décimo município associado. Para fazer parte do consórcio, a prefeitura precisa enviar mensagem do Executivo para a Câmara Municipal solicitando a liberação de 0,5% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) ao consórcio.

“Faremos isso. Primeiro vamos nos reunir com o secretário executivo do Cinpra, Júnior Lobo, para que passamos a conhecer todo o processo. Logo após vamos enviar a mensagem e quando aprovada, estaremos oficialmente no consórcio”, disse Professor Josemar.

Ainda de acordo com o prefeito de Paço do Lumiar, o município desenvolve hoje a agricultura familiar e com a participação no Cinpra poderá aumentar a produção das famílias gerando emprego e renda. Outro objetivo da administração de Paço do Lumiar é investir na psicultura.

O presidente do Cinpra, Roberto Rocha, garante que trazer os municípios da região metropolitana de São Luís para o consórcio abre mais espaços já que existem áreas dos municípios da ilha que se confundem nos limites.

“Temos uma grande área rural que poderá ser aproveitada melhor com a participação de todos os municípios da Ilha de São Luís já que existem locais que se confundem os limites municipais”, disse o presidente do Cinpra.

Além de Paço do Lumiar, a cidade de São José de Ribamar também já confirmou adesão ao Cinpra. O prefeito Gil Cutrim, que recebeu o convite oficial de Roberto Rocha no início da semana, confirmou que enviará mensagem ao legislativo para autorizar a entrada do município no consórcio.

Já fazem parte do Cinpra além de São Luís as cidades Barreirinhas, Humberto de Campos, Axixá, Morros, Alcântara, Icatu e Rosário.

1 comentário »