JEMs define primeiros campeões no infanto

0comentário

No segundo dia de disputas dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) 2018, categoria infanto, foram conhecidos os primeiros campeões em modalidades individuais nesta terça-feira (21). Atletas com histórias diferentes, mas com alguns pontos em comum: a vontade de vencer e a dedicação nos treinos para fazer o melhor na hora de competir.

No kartódromo João Salem, o ciclismo definiu seus vencedores. No masculino, o Madison Kildery da Escola Nicolau Dino de João Lisboa levou três medalhas nas três provas em que competiu. Ele ficou em 3º na prova de resistência, levou o 2º na prova de contrarrelógio e foi campeão na prova por pontos.

No feminino, Bianka de Sousa Carvalho da Escola Caminhos do Futuro de Imperatriz ficou em 3º lugar na prova por pontos e venceu as adversárias em 1º na prova contrarrelógio. “Para mim é uma honra e acredito que seja a primeira participação de muitas outras nos JEMs. Tudo isso foi resultado de muito treino. Vou levar muitas amizades e as medalhas dos jogos”.

Nas disputas do judô, realizadas no Ginásio Paulo Leite, a atleta Mayara Luiza da Silva, do Upaon Açu ganhou a medalha de ouro no sub 18 feminino médio, -63 KG.

O Reino Infantil também levou medalha de ouro com Tiago Teles. Ele ficou em 1º lugar no sub 18 masculino médio, -81 kg.

Já na quadra de areia da AABB São Luís, o vôlei de praia era a principal atração. Sob intenso sol, os estudantes não demonstravam cansaço e ficavam mais focados a cada jogada. Para a dupla Ana Luísa Carvalho e Hillary Silva da escola Adonai COC de Imperatriz, a parceria é um dos pontos fortes da equipe. Elas venceram o Liceu Maranhense por 2 sets a 1.

Promovidos pela Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel), os JEMs entra em sua fase de modalidades coletivas a partir desta quarta-feira (22). Na quinta-feira (23) iniciarão as competições de basquete, vôlei, handebol e futsal em diversas praças esportivas de São Luís.

Foto: Divulgação/ Sedel

sem comentário »

Campeões no judô

0comentário

ArthurLoureiroNesta quinta-feira (7), no Ginásio Paulo Leite, foi realizada a primeira competição de lutas na Etapa Estadual dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), competição promovida pela Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel). Responsável pela abertura dos combates nos JEMs, o judô da categoria Infantil, de 12 a 14 anos, distribuiu diversas medalhas aos seus competidores, nas mais diversas categorias, e premiou as escolas com o melhor desempenho. A competição foi realizada no Ginásio Paulo Leite.

Na disputa do masculino, o equilíbrio foi grande, tanto que cinco escolas diferentes conquistaram os sete títulos que estavam em jogo, sendo que o Santo Expedito foi o único a levar três ouros, com Gleidson Ruan Luz Marques, David Eduardo dos Santos e Paulo Igor Martins Sales. No absoluto, entretanto, o Santo Expedito se destacou e conquistou o quarto título do dia, o que fez com que a escola levasse a primeira posição na classificação geral. O segundo lugar ficou com o Cintra.

Na disputa individual, o Reino Infantil conquistou o ouro na categoria meio-leve com Arthur Loureiro Carvalho (foto).

Já pelo feminino, os duelos foram menos acirrados e contaram, de imediato, com o domínio do Colégio Militar Tiradentes I, que faturou quatro dos oito títulos em jogo. Além de vencer com as alunas Tarcylla Chrystina Abreu Silva, Flávia Nayana de Carvalho Lima, Marta Victória Pinheiro de Souza e Maria Cecília Oliveira Coelho, o CMT venceu na categoria Absoluto e acabou levando o título na classificação geral, seguido pelo Marista.

Esportes individuais

Nesta sexta-feira (8), as disputas das modalidades individuais dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) prosseguem a partir das 8h. As modalidades de natação, taekwondo, tênis de mesa, tênis de quadra e xadrez estreiam na Etapa Estadual. Enquanto isso, a sexta-feira também será de definições de medalhas para o atletismo e badminton.

O último dia de disputas individuais dos JEMs ocorrerá no sábado (9), quando serão definidos os campeões da categoria Infantil. As competições de ginástica rítmica e caratê ocorrem somente no sábado.

No site da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) está a programação completa da Etapa Estadual dos JEMs 2014. O endereço é o www.esporteelazer.ma.gov.br.

Veja os resultados do judô

sem comentário »

Brasileiro de Judô

0comentário

judo1

Pela primeira vez, São Luís sediou a fase final do Campeonato Brasileiro de Judô Sub-18, competição promovida pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ) que reuniu aproximadamente 300 atletas de todo o país. Realizado no último fim de semana no Ginásio Castelinho, a disputa nacional contou com o apoio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel).

Antes do início dos combates no Ginásio Castelinho foi realizada a solenidade de abertura desta edição do Campeonato Brasileiro com a presença do secretário Executivo da Comissão de Análise e Projetos Esportivos Incentivados da Sedel, Clineu Coelho, que representou o secretário de Esporte e Lazer Joaquim Haickel, do presidente da CBJ, Paulo Wanderley Teixeira, e do secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Ricardo Leyser.

“É importante para o nosso esporte eventos deste porte. A Sedel não mede esforços para o crescimento do esporte no Estado. Ficamos orgulhosos por São Luís ter sido escolhida para sediar um evento tão importante para o judô brasileiro”, comentou Clineu Coelho.

O secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Ricardo Leyser, comentou sobre os investimentos que estão sendo destinados ao fortalecimento do judô no país.  De acordo com Leyser, elogiou a escolha de São Luís para sediar o Brasileiro Sub-18 e aproveitou para afirmar que o governo federal continuará investindo muito na modalidade.

“O Ministério do Esporte quer agradecer tudo o que o judô vem fazendo pelo país. Acreditamos que o Brasil é um país de sucesso e o judô é um exemplo disso”, disse Leyser.

Na mesma linha, o presidente da CBJ, Paulo Wanderley Teixeira destacou a grandiosidade do evento na capital maranhense. “Tudo o que está acontecendo pelo apoio do Ministério do Esporte, a visibilidade com os grandes patrocinadores têm um motivo: os atletas de judô que constroem a história do judô. Nesta competição, temos 281 atletas. É o maior Campeonato Brasileiro em quantitativo de judocas”, afirmou.

judo
Medalhas

E, dentro dos tatames, os judocas proporcionaram grandes lutas. O Maranhão, por exemplo, conquistou três medalhas nesta edição do Campeonato Brasileiro de Judô Sub-18.

O primeiro triunfo dos atletas maranhenses veio com Ítalo Mazzili na categoria Super Ligeiro (50kg). O judoca natural da cidade de Imperatriz garantiu a medalha de prata na competição.

As outras duas medalhas do Maranhão foram conquistadas na disputa feminina. Na categoria Leve (52kg), Luciana Coelho conquistou o bronze. Mesmo desempenho teve Brenda Barbosa, na categoria Médio (63kg), que também garantiu a medalha de bronze.

Fotos: Biaman Prado

sem comentário »

Maranhão é destaque

4comentários

jogosdajuventudeA delegação do Maranhão, que é patrocinada pela Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), começou muito bem a disputa dos Jogos Escolares da Juventude 2013, etapa para jovens de 15 a 17 anos que está sendo realizada na cidade de Belém (PA). Em apenas três dias de competição, os maranhenses conquistaram três medalhas, sendo uma de prata e duas de bronze.

Curiosamente, os triunfos maranhenses foram obtidos na pista, no tatame e na piscina. Na Pista do Estádio Mangueirão, Fernando Lucas Martins, do Cegel, brilhou. No atletismo, o jovem atleta garantiu a medalha de prata na prova do octatlo.

O maranhense somou 5.293 pontos e garantiu um lugar no pódio. A medalha de ouro ficou com Vinícius Fontanele, do Colégio Caio Prado (SP), que somou 5.791 pontos e quebrou o recorde do campeonato. Na prova do octatlo, Maurício Oliveira Junior, do Colégio Virgínio Perillo (MG), completou o pódio a competição com 5.177 pontos.

judoNos tatames, o Maranhão também mostrou força. Na disputa da categoria Pesado Masculino, Roberto Matos conquistou a medalha de bronze. O atleta, do Colégio Santo Expedito, foi muito bem. Estreou nas oitavas de final com vitória sobre Izau Matos Neto, do Colégio Shirley Costa (PI). Na luta seguinte, triunfo sobre Francisco Lima, do Colégio Antenor Sarmento (AM) e vaga assegurada na semifinal.

No entanto, na semifinal, o maranhense foi superado por Bruno Souza, do Colégio Souza Aguiar (RJ) e foi disputar a repescagem em busca da medalha de bronze. E, em um combate perfeito, Roberto Matos levou a melhor sobre Caíque Ishii, do Colégio General Osório (MS) para garantir o primeiro bronze para o Maranhão.

Isso porque o segundo bronze maranhense nos Jogos Escolares da Juventude foi conquistado por Bruno Cardoso, atleta do Colégio São Vicente de Paulo, na natação. Bruno medalhou na prova dos 50m borboleta com o tempo de 25s36. O primeiro lugar ficou com Gabriel Souza, do Colégio Objetivo Granja Viana (SP) com a marca de 25s05 e, a segunda colocação, foi de Matheus Santana, do Colégio Santa Cecília (SP) com o tempo de 25s13.

Os Jogos Escolares da Juventude 2013, etapa para jovens de 15 a 17 anos, prossegue até o próximo dia 16 deste mês. O Maranhão ainda tem chances de medalhas nas modalidades coletivas: basquete, futsal, handebol e vôlei.

Foto: Bruno Mendes

4 comentários »

Apoio ao Judô

0comentário

edivaldoeadriely

A Prefeitura de São Luís vai patrocinar a participação da atleta Adrielly Santos no Campeonato Mundial de Judô, em El Salvador, no mês de novembro. O compromisso foi firmado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior durante encontro com a atleta nesta terça-feira (24), na sede da Prefeitura. Aos 13 nos, Adrielly conquistou na semana passada, a medalha de ouro na categoria leve do Campeonato Brasileiro Sub-15 de Judô, realizado em Porto Velho (RO).

Moradora do bairro do João Paulo, a judoca faz parte do grupo de atletas do Projeto Movimento e Resgate, mantido pela Prefeitura de São Luís.  O projeto é desenvolvido na Academia Hippon, no bairro a Alemanha, onde são oferecidos treinamento em todas as modalidades de esportes. Embora esteja funcionando há oito anos, somente este ano o projeto recebeu o material esportivo necessário. Mais de 70 crianças são atendidas pelo projeto.

“Essa atleta é um bom exemplo de que vale a pena investir em nossas crianças e adolescentes. De origem humilde, Adrielly vem treinando há sete anos na escolinha da Semdel, embora durante parte deste tempo não teve o material adequado. Ela é um exemplo bem sucedido e que vai se integrar ao restante do país”, comemorou o secretário de Desporto e Lazer, Raimundo Penha.

No mês passado, a Secretaria de Desporto e Lazer (Semdel) fez a entrega de material esportivo para 68 escolinhas de esportes nos núcleos reativados na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. As escolinhas atendem crianças da idade entre 10 e 17 anos.  Nas escolinhas o instrutor é custeado pela Prefeitura.

Dentre as escolas que receberam material está a Associação Hippon. A Semdel entregou jogos de quimonos que vão contribuir para ampliar o quadro de atletas e equipar o já existente de maneira mais adequada.

“Foi importante conquistar essa medalha. Venho treinando há muito tempo. No ano passado fui vice-campeã brasileira. Esse ano sabia que tinha capacidade de conquistar e treinei mais ainda. O apoio da Prefeitura nos deixa mais aliviados para não ficar sempre correndo atrás”, destacou a atleta Adrielly Santos.

sem comentário »

Jogos da Juventude

0comentário

atletismo

O atletismo maranhense brilhou nos Jogos Escolares da Juventude 2013, etapa para jovens de 12 a 14 anos, competição que está sendo disputada na cidade de Natal (RN).

A jovem Lívia Farias, da Escola Reis Magos (Bacabal), conquistou a medalha de ouro no lançamento de dardo, prova realizada, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

judo

O Maranhão conquistou também duas medalhas de bronze nas disputas do judô. O judoca Orlando Júnior garantiu a medalha na categoria Leve.

A segunda medalha de bronze do Maranhão nos Jogos Escolares da Juventude 2013,foi conquistada pelo atleta Rômulo Carvalho, do Colégio Giovanni Zanni (Imperatriz), que subiu no pódio na categoria super-ligeiro.

maranhao

O badminton maranhense encerrou sua participação nos Jogos Escolares da Juventude 2013, etapa para jovens de 12 a 14 anos, com medalha de bronze. A dupla formada pelos atletas Thierike Santos e Fabrício Oliveira, da Escola Mãos Dadas (Timon), conquistou o terceiro lugar na modalidade na disputa das duplas, realizada no Ginásio da Facex, na cidade de Natal (RN).

As informações sobre a participação maranhense nos Jogos Escolares da Juventude Natal 2013 estão disponíveis no site da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel). O endereço é o www.esporteelazer.ma.gov.br

Fotos: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Judô do Maranhão brilha no Amapá

0comentário

arturcarvalhoTrinta e seis medalhas. Doze de ouro, doze de prata, doze de bronze e a terceira colocação geral para a equipe maranhense que participou no fim de semana do Campeonato Brasileiro de Judô da Região I, em Macapá, no Amapá.

O Maranhão deu show na categoria Sub-15 com a conquista de 4 ouros, 4 pratas e 5 bronzes. Quem também brilhou foi Arthur Carvalho (foto) que trouxe a medalha de prata para o Maranhão no (Sub-13).

Quadro de medalhas

Ouro: Jully Nazaré (Sub-18), Adryelly Santos (Sub-15), Orlando Junior (Sub-15), Nayara Barbosa (Sub-21), Juliana Coelho (Sub-15), Nayara Barbosa (Sub-18), Leonardo Kubo (Sênior), Brenda Barbosa (Sub-18), Luís Anchieta (Sub-13), Willian Sá (Sub-15), Caio Borralho (Sub-21), Antonio Pegado (Sub-13).

Prata: Ana Silva (Sub-13), Lucas Rios (Sub-13), Thalison Filgueiras (Sub-15), Priscyla Silva (Sub-21), Maria Coelho (Sub-13), Luís Rios (Sub-13), Arthur Carvalho (Sub-13), Jarbas Ferreira (Sub-15), Luciana Coelho (Sub-18), Lucas Fernandes (Sub-13), Tárcylla Silva (Sub-15), Larissa Baia (Sub-15).

Bronze: Rômulo Carvalho (Sub-15), Ítalo Mazzili (Sub-18), Vítor Rios (Sub-21), Elias Souza (Sub-18), Valber Neto (Sub-15), Vanessa Oliveira (Sub-18), Juliana Britto (Sub-13), Diogo Pereira (Sub-13), Matheus Soares (Sub-15), Brenda Barbosa (Sub-21), Matheus Brito (Sub-15), Jonathas Ferreira (Sub-15).

Classificação final

1º Pará – 84 medalhas (25 ouros, 23 pratas e 36 bronzes)
2º Amapá – 80 medalhas (24 ouros, 23 pratas e 33 bronzes)
3º Maranhão – 36 medalhas (12 ouros, 12 pratas e 12 bronzes)
4º Piauí – 23 medalhas (10 ouros, 8 pratas e 5 bronzes)
5º Ceará – 24 medalhas (8 ouros, 9 pratas e 7 bronzes)

sem comentário »

Promessa no judô busca patrocínio para competir

1comentário

Adryelly-KarolynnyEla tem apenas 13 anos, mas já é destaque no cenário do judô nacional. A jovem judoca Adryelly Karolynny, atleta da Associação Ippon de Judô, é uma promessa do esporte maranhense. Dedicada nos estudos e em cima do tatame, Adryelly é nome certo para brigar pela medalha de ouro no Campeonato Brasileiro Regional I, competição que será realizada no início de abril na cidade de Macapá (AP).

Hexacampeã estadual, tricampeã regional, medalha de prata nas Olimpíadas Escolares em 2011 e atual vice-campeã brasileira Sub-15, a judoca maranhense agora se prepara para mais um desafio.

“Espero ter um bom resultado. Que possa vir qualquer medalha, mas meu foco é primeiro lugar para que eu possa me classificar para o Brasileiro final. Fui campeã da Copa Cidade de Fortaleza e agora estou treinando para ir para o Regional”, declarou a judoca de 13 anos.

No entanto, para competir na capital do Amapá entre os dias 6 e 7 de abril e buscar um lugar entre os melhores judocas do país, Adryelly terá de superar, além dos adversários, a falta de patrocínio para viajar. De acordo com a mãe da jovem promessa maranhense, Karine Sales Santos, a ausência de investimentos para o esporte é a principal dificuldade encontrada para a conquista de bons resultados.

“Infelizmente, não dispomos com recursos suficientes para estar arcando com todas as despesas. A grande dificuldade é essa para você conseguir patrocínio para o seu filho estar viajando e estar participando das competições. Até agora, só temos perspectivas. Está faltando algumas respostas. O pessoal prefere investir em festas a estar investindo em uma criança que está participando do esporte. Essa é a grande tristeza”, declarou dona Karine.

Apesar da dificuldade, a mãe de Adryelly espera conseguir estes patrocínios para que a filha não tenha o sonho de lutar interrompido. “Ela tem paixão pelo judô, uma dedicação inacreditável. Por isso, eu faço todo o sacrifício. Eu corro atrás de patrocínio porque esse tipo de incentivo está faltando. Se eu como mãe não incentivar, não correr atrás, irei estancar o sonho dela. Corro atrás para que esse sonho não seja interrompido”, finalizou.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

1 comentário »

Judoca maranhense é ouro na Colômbia

0comentário

O judoca maranhense Ítalo Mazzili de Carvalho, de 13 anos, conquistou, nessa segunda-feira (5), a medalha de ouro nos Jogos Sul-Americanos Escolares 2011. A competição está sendo disputada na cidade de Bogotá, na Colômbia.
 
Com uma campanha simplesmente perfeita, o maranhense, natural da cidade de Imperatriz, não deu chances aos adversários na categoria super-ligeiro (até 36kg). Ao todo, o jovem atleta fez três lutas e venceu todas.
 
Em seu primeiro combate, Ítalo Mazzili derrotou o colombiano, Rodrigo Ramirez Diaz, judoca da casa. Em seguida, o maranhense venceu o venezuelano Carlos Jacinto Gonzalez e, diante do peruano Raymfrans Atila Benavente, mais uma vitória para confirmar a conquista internacional.
 
Em 2011, Ítalo Mazzili já havia conquistado outra importante competição: as Olimpíadas Escolares, categoria infantil (de 12 a 14 anos). A competição nacional foi realizada no mês de setembro, na cidade de João Pessoa, na Paraíba. Na ocasião, a delegação do Maranhão foi patrocinada pela Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel).

sem comentário »

Leonardo Diniz é a esperança maranhense no Brasileiro

1comentário

Os judocas maranhenses Leonardo Diniz e Thalysson Chagas disputam, neste fim de semana, o Campeonato Brasileiro Sênior de Judô, competição que ocorre na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, com a participação de 270 atletas representando 25 estados.

De acordo com o treinador dos judocas maranhenses, professor Emílio Moreira, esta será uma competição muito difícil. No Campeonato Brasileiro Sênior, Leonardo Diniz, de 16 anos, e Thalysson Chagas, de 17 anos, irão enfrentar judocas mais experientes e em faixas etárias superiores. No entanto, Emílio Moreira acredita no potencial dos dois jovens.

“Eles vão participar do Campeonato Brasileiro Sênior e isso é uma façanha muito grande. Eles conseguiram grandes resultados neste ano e acredito que eles podem vir de Florianópolis com medalhas. Um terceiro lugar que vier, será uma façanha. Eles estão treinando muito”, explicou Emílio Moreira.

A Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) disponibilizou transporte e hospedagem a Leonardo Diniz e Thalysson Chagas, que representarão o Maranhão no Campeonato Brasileiro Sênior. A competição nacional é promovida pela Confederação Brasileira de Judô em parceria com a Federação Catarinense de Judô (FCJ) e ocorrerá no Complexo Esportivo Rosendo Vasconcellos Lima.

1 comentário »