Prefeitura e Iphan anunciam novas obras em São Luís

0comentário

Após vistoriarem as obras de restauração da Rua Grande, que já está na fase de conclusão dos serviços na última quadra da via, o prefeito Edivaldo Holanda Junior e a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, confirmaram, na manhã deste sábado (14), novas obras para o Centro Histórico – requalificação urbana da Praça João Lisboa, Largo do Carmo e construção da Praça das Mercês. Tanto as obras quanto a entrega da Rua Grande estão previstas para o começo do segundo semestre deste ano. Os logradouros integram um novo conjunto de intervenções realizadas pelo Iphan, em parceria com a Prefeitura de São Luís, visando à revitalização de espaços, prédios e monumentos do Centro Histórico da capital maranhense.

Na vistoria aos trabalhos na Rua Grande, que contou também com a presença do superintendente do Iphan, Mauricio Itapary, da primeira-dama, Camila Holanda e de secretários municipais, o prefeito Edivaldo destacou a magnitude das obras já entregues no Centro Histórico de São Luís e pontuou a importância dos novos investimentos que chegam para ampliar ainda mais o resgate da área central de São Luís, que é patrimônio da humanidade, resultando no crescimento do turismo local, na revitalização do comércio com a abertura de novos empreendimentos e, consequentemente, no desenvolvimento econômico e social do município.

“Estamos realizando mais uma vistoria a essa importante intervenção de requalificação urbanística na Rua Grande e reafirmando a realização de novas obras de requalificação em outros importantes e tradicionais espaços da cidade, que são a Praça João Lisboa, o Largo do Carmo e a Praça das Mercês. Com essa nova etapa de obras, o Centro Histórico da nossa cidade, que passa pelo maior investimento já realizado nos últimos 30 anos, ganhará mais beleza e vida. São intervenções que, aliadas a outras iniciativas na área do turismo e da cultura, têm promovido o resgate dessa área tão importante para a memória da cidade, e trazido de volta a população para apreciar esses espaços antes degradados e esquecidos” afirmou o prefeito.

O prefeito lembrou ainda a restauração do Complexo Deodoro e da Praça Pedro II, entregues no início desde ano; o Museu da Gastronomia Maranhense, inaugurado na última quinta-feira (13), e a implantação da Feirinha São Luís, que este mês completou dois anos de funcionamento. “São todas as obras e serviços que a população clamava e hoje são uma realidade. Todas importantíssimas para a preservação da cultura local e revitalização do nosso Centro Histórico, que é lindo e precisa ser muito bem cuidado e preservado por todos”, completou Edivaldo.

A presidente do Iphan, Kátia Bogéa, também destacou a nova etapa de obras que será iniciada no Centro Histórico da capital, para restauração de alguns dos mais tradicionais largos da cidade. Ela destacou o esforço conjunto empreendido pelo órgão e a Prefeitura de São Luís na execução das obras integrantes do grande programa de requalificação da área central.

“São obras impactam significativamente na vida do comércio e das pessoas, mas com a parceria fundamental da Prefeitura de São Luís em todo o processo, proporcionando todo o apoio logístico necessário, foi possível executarmos com bastante celeridade. A Rua Grande, que era uma obra reclamada a mais de 30 anos, por exemplo, conseguimos executar em um ano e já estamos finalizando os serviços para entregarmos a via amplamente requalificada no início do próximo semestre. Também contaremos com a parceria da Prefeitura de São Luís nessa nova etapa de obras que vamos iniciar no Largo do Carmo, na Praça Gonçalves Dias e na Praça das Mercês, dando continuidade ao macro programa de requalificação do Centro Histórico de São Luís”, observou Kátia Bogéa.

Fotos: A. Baeta

sem comentário »

Câmara terá nova sede na Fábrica São Luis

0comentário

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), deu o primeiro passo para a concretização do projeto de fazer da antiga Fábrica São Luís a nova sede do Poder Legislativo Municipal que, este ano, comemora 400 anos de atividades.

O martelo foi batido na manhã desta segunda-feira (25), na superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), durante reunião de trabalho com a presidente nacional do órgão, Kátia Bogéa e o superintendente regional Maurício Itapary.

Na oportunidade, técnicos do Instituto apresentaram detalhes do projeto de restauração e readequação do espaço, localizado na Centro da capital.

”Hoje, foi dada a largada para que este sonho seja materializado e a Fábrica São Luís seja entregue à população. Neste espaço está contemplado o Centro Administrativo do Poder Legislativo Municipal, no ano no qual a Casa completa 400 anos de sua fundação”, disse Osmar Filho, que estava acompanhado dos vereadores Pavão Filho (PDT) e Estevão Aragão (PSDB).

Para o presidente da Câmara, trata-se de um projeto muito importante porque, além de revitalizar a área, impulsionará o turismo e aproximará a população do Parlamento, uma das principais metas da atual Mesa Diretora.

Pelo projeto apresentado – além do Centro Administrativo composto por plenário, gabinetes dos vereadores e demais dependências de todos os setores da Casa – a Fábrica São Luís contará com uma praça cívica e um auditório com 180 lugares para a realização de eventos culturais. Prevê, ainda, instalação de um hall que abrigará exposições do sistema fabril e da história da Câmara como mais um atrativo para turistas e cidadãos. A nova sede também será incluída em uma rota de turismo que abrange a visitação a alguns pontos da cidade, como as Fábricas Santa Amélia e Progresso.

De acordo com Kátia Bogéa, o projeto faz parte do Programa PAC Cidades Históricas, um programa antigo que agora sai do papel e segue para aprovação final em Brasília.

“Ao retornar da aprovação em Brasília, o projeto já estará pronto para ser licitado. A previsão é que, em agosto, seja assinada a ordem de serviço autorizando o início das obras”, disse.

Ela explicou que o IPHAN irá garantir os R$ 5 milhões, dos R$ 37 milhões, já orçados para que a obra tenha início.

O deputado federal Pedro Lucas Fernandes (PTB), que participou da reunião, se comprometeu em mobilizar a Bancada Maranhense em Brasília no sentido de obter recursos para o projeto.

“É um ganho para a cidade de São Luís, que vai poder ter uma Câmara com uma nova estrutura, totalmente revitalizada para a população ludovicense, onde vai-se poder trabalhar a cultura, o turismo e o conhecimento”, pontuou.

Foto: Hamilton Jr.

sem comentário »

Osmar Filho busca parcerias com o Iphan

0comentário

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), deu prosseguimento, nesta sexta-feira (15), à sua agenda de trabalho em Brasília.

Acompanhado do deputado federal Pedro Lucas Fernandes (PTB); dos vereadores Marquinhos (DEM) e Estevão Aragão (PSDB); além do procurador-geral da Casa, Vitor Cardoso, o pedetista participou de reunião de trabalho com a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Kátia Bogéa.

Os parlamentares solicitaram novos investimentos para a capital maranhense, oportunidade na qual foram informados oficialmente que o órgão federal, este ano, injetará cerca de R$ 80 milhões na execução de ações de revitalização do Centro Histórico.

Osmar Filho e Kátia Bogéa também trataram do projeto de restauração da Fábrica São Luís, na região central da cidade.

O projeto, orçado em cerca de R$ 45 milhões, prevê que a nova sede do Poder Legislativa Municipal seja instalada na referida área. “Foi uma reunião muito produtiva. O IPHAN, este ano, promoverá ações importantes no Centro Histórico. Paralelo a isso, recebemos, mais uma vez, o apoio da companheira Kátia no sentido de unirmos forças para conseguirmos viabilizar a construção da tão sonhada nova sede da Câmara de São Luís”, afirmou o presidente.

No próximo dia 25, a presidente do órgão federal e o seu superintendente regional, Maurício Itapary, estarão na Câmara de São Luís participando de reunião com os vereadores.

Os políticos maranhenses também estiveram na sede do Banco do Brasil, onde foram recebidos por Ênio Ferreira, representante da instituição pública.

Foi discutida a possibilidade da elaboração de contratos para concessão de microcréditos para trabalhadores informais de São Luís, além de futuras parcerias institucionais entre a Câmara e o Banco.

Os vereadores e o deputado federal reuniram-se com o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), André Nóbrega.

Eles receberam informações detalhadas acerca da elaboração das tarifas cobradas no Maranhão e agendaram para o mês de março, em São Luís, uma audiência pública na qual o tema será tratado com a sociedade organizada.

A audiência pública, assim como o encontro na capital federal, foram solicitações feitas pelo vereador Marquinhos.

“O presidente Osmar, ao promover esta vasta agenda de trabalho em Brasília, mostra comprometimento não apenas com o Parlamento Ludovicense, mas principalmente com o povo de São Luís”, avaliou Pedro Lucas.

Foto: Divulgação

sem comentário »

O reconhecimento ao trabalho de Hildo Rocha

1comentário

Gratidão foi o sentimento predominante na entrega do complexo da Deodoro que aconteceu no último sábado (22) em solenidade da qual participaram os Ministros Carlos Marun (Secretaria de Governo), e Sérgio Sá Leitão (Cultura); Kátia Bogéa, Presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura, responsável pela execução do empreendimento; parlamentares federais e municipais e autoridades do executivo municipal e estadual.

Kátia Bogéa ressaltou o papel dos deputados federais e senadores do Maranhão e também dos ministros que contribuíram para viabilizar o empreendimento. “Agradeço aos Ministros Sérgio Sá Leitão, e Carlos Marun. Agradeço aos senadores e aos deputados federais, em especial ao deputado Hildo Rocha. Quero dizer que você salvou o IPHAN, deputado. Eu nunca vou poder lhe agradecer o suficiente por tudo que você fez”, destacou Katia Bogéa.

O Ministro Carlos Marun também destacou o empenho do deputado Hildo Rocha e ressaltou que a determinação do presidente Michel Temer foi decisiva para que o projeto recebesse os recursos necessários.

“O presidente determinou o remanejamento de R$ 1 bilhão de reais para que pudéssemos realizar investimentos em locais onde era possível concluir as obras até o final deste ano. Graças ao presidente Michel Temer hoje nós estamos vivendo esse momento tão especial. A presidente do IPHAN, a querida Kátia Bogéa, me procurou para incluir essa obra dentro da nossa programação, dias depois o deputado Hildo Rocha também me procurou no Palácio do Planalto com o mesmo pedido. Nós cumprimos a nossa parte, vocês cumpriram a de vocês. Assim, nós estamos celebrando, de mãos dadas, essa grande realização. É um grande presente de Natal para a cidade e seus moradores”, afirmou Marun.

“Este é um daqueles momentos que justificam toda a nossa dedicação, todo o nosso empenho para fazer o melhor pelo nosso país e pela cultura brasileira. Em toda a história do Brasil, o governo que mais investiu em requalificação e preservação do nosso patrimônio histórico foi o do presidente Temer, foram mais de um bilhão e duzentos milhões investidos em apenas dois anos”, enfatizou o Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, durante seu pronunciamento agradeceu a atuação dos deputados federais do Maranhão em favor da obra.

Participaram do ato: os deputados federais Hildo Rocha, Juscelino Filho, Wewerton Rocha, André Fufuca, Luana Costa e Eliziane Gama; os vereadores de São Luís, Umbelino Júnior, Osmar Gomes, Pavão Filho e Dr. Gutemberg; o presidente da Academia Maranhense de Letras, Benedito Buzar, o superintendente do IPHAN no Maranhão e responsável pela obra, Maurício Itapary e o proprietário da construtora Ducol, Henry Duailibe que executou as obras. O governador Flávio Dino e o vice Carlos Brandão também prestigiaram a inauguração.

Fotos: Divulgação

1 comentário »

Complexo Deodoro tem previsão de inauguração

2comentários

As praças Deodoro e Pantheon e as alamedas Gomes de Castro e Silva Maia, que compõem o Complexo Deodoro, têm previsão de inauguração para o dia 18 de dezembro. O anúncio da data foi feito neste sábado (1º), pela presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa que, ao lado do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, vistoriou as obras do complexo e também da Rua Grande.

Os serviços de ações urbanísticas integram as obras de revitalização do Centro, executadas pelo Iphan em parceria com a Prefeitura de São Luís. Na Praça do Pantheon, uma das novidades é a volta dos bustos dos intelectuais maranhenses.

As obras serão um presente de Natal para a população da capital que recebe um vasto cronograma de atividades alusivas ao período natalino, marcando a entrega do Complexo Deodoro. Todo o trecho será decorado com elementos alusivos à data, assim como vem sendo feito em outros pontos da cidade.

“Estamos satisfeitos em mais uma vez participar deste momento significativo para São Luís e poder realizar, em parceria com o Iphan, obras estruturantes em uma área de referência para a cidade. O período natalino será marcado pela entrega desta importante obra, presenteando a cidade e sua população”, destacou o prefeito Edivaldo que estava acompanhado da primeira-dama Camila Holanda, do vice-prefeito Julio Pinheiro, do superintendente do Iphan-MA, Maurício Itapary e membros da gestão municipal.

O prefeito informou que a Guarda Municipal e a Blitz Urbana já estão fazendo a fiscalização do local e a intenção é manter um ponto fixo para a fiscalização da área. “Agora mais importante do quer a fiscalização da Prefeitura é a conscientização que todo cidadão deve ter,o sentimento de pertencimento deste espaço que é da população”, disse Edivaldo acrescentando ainda que a obra deve impulsionar o turismo e o comércio da região.

A entrega do Complexo Deodoro será um momento de grande festa para São Luís, pontuou a presidente do Iphan, Kátia Bogéa. “Esperamos que a população receba essa grande obra de braços abertos e com o poder público, se comprometa a preservá-la, pois é o principal guardião deste patrimônio. É uma obra esperada há mais de 30 anos e que agora se consolida. Este é um espaço cheio de simbolismo por estar no coração da cidade, do centro comercial que tem uma vida circulante que movimenta a economia e favorece a cultura e o turismo. Está é uma cidade que é Patrimônio Mundial, o que qualifica ainda mais este complexo. Estamos em parceria com a Prefeitura realizando várias obras na capital e outras virão, transformando o Centro Histórico da cidade”, enfatizou.

Fotos: Maurício Alexandre

2 comentários »

Edivaldo destaca ‘parceria verdadeira’ com Iphan

2comentários

Mesmo em campanha para consolidar seu projeto de reeleição, o deputado Edivaldo Holanda (PTC) segue firme com as atividades parlamentares. Durante discurso na Tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã desta terça-feira (11), o parlamentar destacou a parceria da Prefeitura de São Luís com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que está possibilitando a realização de importantes obras de melhorias urbanísticas na capital maranhense. Os investimentos são os maiores dos últimos 30 anos.

A parceria dos dois órgãos resultou na requalificação da Praça Dom Pedro II, no Centro Histórico da cidade, um dos presentes para a população, entregue na última sexta-feira (7), em comemoração aos 406 anos de São Luís, e possibilitou também a execução de obras no Complexo Deodoro, que estão em andamento. O projeto de requalificação da área central, compreende as praças Deodoro e Pantheon e as alamedas Silva Maia e Gomes de Castro e, ainda, a Rua Grande. Os trabalhos de requalificação de espaços públicos de referência da capital prosseguem dentro do cronograma esperado.

“O prefeito Edivaldo tem feito um trabalho extraordinário nesta cidade de São Luís, apesar da crise, imprimindo sua marca numa administração carente de recursos. A prova disso é a realização de obras em diversos seguimentos da administração, especialmente nas áreas de infraestrutura, saúde e educação. O trabalho ganha vida também por meio de parceria como essa com o Iphan, que já rendeu e renderá muitos outros frutos positivos para a cidade”, disse o deputado Edivaldo Holanda.

A Praça Dom Pedro II é cartão postal da cidade e está localizada em um dos locais mais movimentado e visitados do Centro Histórico de São Luís, considerado Patrimônio Cultural da Humanidade.

O deputado estadual ressaltou ainda a postura da presidente do Iphan, Kátia Bogéa. “Esta é uma parceria verdadeira, respeitosa, parceria que o povo quer e reclama. Parceria que a população aplaude. Parceria através também do respeito do administrador da cidade”, disse o deputado.

Foto: Agência Assembleia

2 comentários »

Estação de Rosário

1comentário

gastaovieira

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, confirmou nesta sexta-feira em São Luís, que os recursos para a revitalização da Estação Ferroviária de Rosário estarão liberados no próximo dia 1º de agosto. O anúncio foi feito durante uma reunião com a Superintendente do IPHAN-MA, Kátia Bogea e a prefeita de Rosário, Irlahi Linhares. No total, são R$ 7,7 milhões de recursos do MTur. As obras devem começar em 45 dias, logo após o processo de licitação que deverá ser iniciado na próxima semana. As obras, sob a responsabilidade do IPHAN-MA, devem ser concluídas no prazo de um ano.

Com a revitalização a antiga estação, construída no século XVIII, será transformada no Complexo Cultural de Rosário. Com uma área de 14 mil metros quadrados, o local terá teatro, salão de exposição, biblioteca, restaurantes, lojas para comercialização do artesanato da região, agências bancárias, além de posto de atendimento ao turista. A estrutura vai transformar Rosário em ponto de referência para o turismo na Região do Munim e Lençóis Maranhenses.

Durante a reunião, a prefeita de Rosário agradeceu o empenho do ministro Gastão Vieira na realização do projeto, “Este é um momento histórico para o nosso município, que agora está transformando em realidade um antigo sonho”, disse Irlahi Linhares.

1 comentário »