Socorro Reis conquista Sul-Americano de Kitesurf

0comentário

Uma semana após se tornar tricampeã brasileira de kitesurf, a maranhense Socorro Reis provou que vive sua melhor fase dentro do esporte. Patrocinada pela Fribal e pelo governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, a kitesurfista garantiu, pela primeira vez, o título do Campeonato Centro e Sul-Americano, competição realizada em Praia Brava, em Itajaí, litoral norte de Santa Catarina. A inédita conquista reafirma Socorro Reis como um dos principais nomes do modalidade no continente.

“Estou muito feliz por essas vitórias. Conquistar o tricampeonato brasileiro e seguir liderando no ranking é o objetivo de qualquer atleta. Conquistei também o título inédito de campeã centro e sul-americana em uma disputa acirrada com a colombiana Lizeth Loaiza que liderava a competição até o penúltimo dia. Eu precisava ganhar as três regatas de quatro previstas para a final para ser campeã e assim consegui. Estou imensamente feliz. Isso foi resultado de muito treino, esforço e dedicação. Agora é seguir focada para as próximas competições. Queria agradecer à Fribal e ao governo do Maranhão – meus patrocinadores – e a todos que torceram por mim”, afirmou a número 1 do Brasil e, agora, a número 1 das Américas Central e do Sul na categoria Kitesurf Hydrofoil.

A temporada tem sido bastante vitoriosa para a kitesurfista maranhense. Além do tricampeonato brasileiro de maneira avassaladora e do título do Campeonato Centro e Sul-Americano, Socorro Reis ainda conseguiu ser quarta colocada na etapa da França do Mundial Tou, competição que reuniu as melhores atletas do planeta.

O desempenho fez com que ela fosse convocada para o Time Brasil – equipe formada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) – e disputar, no mês passado, os Jogos Mundiais de Praia, em Doha, no Catar. Na ocasião, teve um bom desempenho no evento internacional e ficou no Top 15.

Bruninho é o melhor brasileiro

Considerado a principal promessa do kitesurf maranhense, o jovem Bruno Lima – o Bruninho – foi bem no Campeonato Centro e Sul-Americano. O kitesurfista, que também é patrocinado pela Fribal e pelo governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, mostrou bastante evolução e terminou a disputa sendo o brasileiro melhor colocado. O jovem de 19 anos terminou o evento na quarta colocação.

“Dessa vez não conseguimos chegar ao topo, mas foi uma competição bem interessante onde competi com rivais muito fortes. Agora é seguir firme nos treinos em busca de melhores resultados. Obrigado à Fribal e ao governo do Estado pela confiança”, disse.

Vale lembrar que, na semana passada, Bruninho conquistou resultados expressivos na categoria Kitesurf Hydrofoil: uma prata na categoria até 19 anos, um bronze na categoria só com atletas do Brasil e um quarto lugar na categoria Open, que reuniu os competidores de todos os países participantes no evento e de todas as faixas etárias.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Maranhenses brilham no brasileiro de kitesurf

0comentário

Pelo terceiro ano consecutivo, o Maranhão está no lugar mais alto do pódio do kitesurf nacional. Nessa segunda-feira (11), a maranhense Socorro Reis tornou-se tricampeã brasileira na categoria Kitesurf Hydrofoil ao vencer a competição realizada em Praia Brava, em Itajaí, litoral norte de Santa Catarina. Atleta patrocinada pela Fribal e pelo governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, a kitesurfista consolidou seu domínio no cenário nacional da modalidade e é atualmente, o principal nome do kitesurf no país.

A hegemonia da maranhense começou em 2017 com a primeira conquista nacional. Em 2018, Socorro Reis repetiu o resultado e sagrou-se bicampeã brasileira. Desta vez, a kitesurfista precisou superar tanto suas rivais diretas quanto as condições climáticas adversas para seguir como a número 1 do Brasil.

Após garantir o tricampeonato brasileiro, a kitesurfista maranhense não terá tempo para descansar. A partir desta quarta-feira (13), ela vai em busca do título inédito do Centro e Sul-Americano de kitesurf, evento que também será realizado em Praia Brava. No ano passado, Socorro foi vice-campeã sul-americana.

A competição deverá contar com a participação de atletas do Brasil, Argentina, Uruguai, Colômbia e Estados Unidos, além de França, Turquia, Inglaterra e Ilhas Antígua e Barbuda.

Bronze

Principal promessa do kitesurf maranhense, o jovem Bruno Lima – o Bruninho – fez bonito na edição deste ano do Campeonato Brasileiro de Kitesurf, competição realizada durante o fim de semana em Praia Brava, em Itajaí, litoral norte de Santa Catarina. O kitesurfista, que é patrocinado pela Fribal e pelo governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, terminou o evento com resultados expressivos na categoria Kitesurf Hydrofoil: uma prata, um bronze e um quarto lugar.

Bruninho esteve sempre na disputa pelo pódio mesmo com condições climáticas desfavoráveis. Durante os três dias de competição, os atletas sofreram com o vento fraco. Mesmo assim, o maranhense conseguiu ir bem e garantiu o quarto lugar na categoria Open, que reúne os competidores de todos os países participantes no evento e de todas as faixas etárias.

O resultado geral foi utilizado para definir a classificação final nas demais categorias. Assim, Bruninho ficou em segundo na disputa da categoria até 19 anos, atrás apenas do norte-americano Noah, e garantiu a medalha de prata.

Na classificação final, que contou apenas com kitesurfistas do Brasil, o maranhense terminou na terceira colocação geral e garantiu a medalha o bronze.

Agora, as atenções de Bruninho se voltam à disputa do Centro e Sul-Americano de Kitesurf, evento que também será realizado em Praia Brava a partir desta quarta-feira (13). O maranhense competirá contra atletas do Brasil, Argentina, Uruguai, Colômbia e Estados Unidos, além de França, Turquia, Inglaterra e Ilhas Antígua e Barbuda.

Fotos: Divulgação

sem comentário »

Maranhenses buscam título do Brasileiro de Kitesurf

1comentário

Os kitesurfistas maranhenses Socorro Reis e Bruno Lima, atletas patrocinados pela Fribal e pelo governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, estão confirmados no Campeonato Brasileiro de Kitesurf, competição que será realizada neste fim de semana em Praia Brava, em Itajaí, litoral norte de Santa Catarina. Em grande fase na temporada, a dupla do Maranhão chega ao evento nacional com boas chances de brigar pelo lugar mais alto no pódio.

No caso de Socorro Reis, as expectativas são para que ela possa repetir o desempenho das últimas duas edições do Campeonato Brasileiro de Kitesurf. Em 2017 e em 2018, a maranhense brilhou consagrando-se bicampeã nacional. Mais experiente e com uma bagagem internacional maior, a kitesurfista vai com tudo em busca do tricampeonato.

“Chegou a hora de colocar em prática tudo o que treinamos nos últimos meses. Será uma competição difícil, mas vamos dar o nosso melhor sempre”, disse a maranhense.

O atual momento de Socorro Reis é bem animador. No mês passado, ela representou o Brasil nos Jogos Mundiais de Praia, competição em Doha, no Catar. No evento internacional, competiu de igual para igual com as melhores kitesurfistas do mundo e terminou no Top-15.

Já na disputa masculina da categoria Kitesurf Hydrofoil, o jovem Bruno Lima é uma promessas da modalidade e estará em Praia Brava para consolidar seu nome entre os melhores do país. Aos 19 anos, Bruninho – como é conhecido –, será uma das principais atrações da competição e tem tudo para terminar o evento no pódio, assim como conseguiu em 2017, quando foi terceiro colocado na etapa do Brasileiro de Kitesurf Hydrofoil Tubular.

“Estou preparado para a disputa do Campeonato Brasileiro neste fim de semana. Acredito que será uma competição especial e com grandes atletas. Vou precisar me superar para conseguir alcançar meus objetivos, mas estou bastante confiante de que é possível. Só tenho a agradecer à Fribal e ao governo do Estado por acreditarem no nosso potencial e nos proporcionarem todo suporte para competir”, afirmou Bruninho.

Sul-Americano

Após a realização do Campeonato Maranhense de Kitesurf, Socorro Reis e Bruno Lima colocarão suas atenções ao Centro e Sul-americano de kitesurf, evento que ocorrerá entre os dias 12 e 17 de novembro, também em Praia Brava.

A competição deverá contar com a participação de atletas do Brasil, Argentina, Uruguai, Colômbia e Estados Unidos, além de França, Turquia, Inglaterra e Ilhas Antígua e Barbuda.

“O sul-americano 2019 é um dos eventos mais importantes do ano para mim. Poder competir com mulheres de várias nacionalidades e evoluir em cada competição é um dos maiores ganhos para qualquer atleta. Estou me preparando fisicamente e treinando forte em água para poder dar meu melhor”, concluiu Socorro Reis.

Foto: Divulgação

1 comentário »