Maura Jorge perdeu eleição em Lago da Pedra

0comentário

A candidata Maura Jorge (PSL) não conseguiu vencer a disputa para o governo do Maranhão em nenhum município maranhense. Ela foi a terceira colocada na eleição e teve 247.988 votos (7,87%). (veja o resultado aqui).

Nem mesmo em sua cidade Lago da Pedra, a candidata do PSL que foi prefeita de 2009 a 2016, conseguiu terminar em primeiro. Ela foi derrotada pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

Flávio Dino obteve 12.834 votos (58,11%) enquanto Maura Jorge teve 7.674 votos (34,74). Roseana Sarney 1.459 (6,61%), Roberto Rocha 91 votos (0,41%), Ramon Zapata 17 votos (0,08%) e Odívio Neto 12 votos (0,05%).

Maura Jorge e Flávio Dino protagonizaram um episódio em 2016 em Lago da Pedra. A então prefeita na época se desentendeu com o governador durante uma solenidade na cidade e acabou tendo que descer do palanque onde ocorria um evento político.

Durante o debate na TV Mirante, Maura Jorge relembrou o fato. Flávio Dino disse que o desentendimento dela foi com o cerimonial do Palácio dos Leões.

Foto: Reprodução/TSE

sem comentário »

Andrea denuncia uso de helicóptero por Dino

0comentário

A deputada estadual Andrea Murad (PRP) denunciou, nas redes sociais o governador Flávio Dino (PCdoB) por usar helicóptero do GTA para participar de evento político no interior.

“Sem agenda oficial, Flávio Dino usa helicóptero da Segurança Pública para participar, em Lago da Pedra, do Círculo de Orações da Assembleia de Deus acompanhado da sua candidata ao Senado, deputada Eliziane Gama. Estou publicando as fotos que comprovam o abuso, ao mesmo tempo em que me dirijo ao procurador Eleitoral, Dr. Pedro Henrique Castelo Branco, para punir mais esse crime do governador usando recursos e equipamentos públicos, em dia de expediente e horário de trabalho, para fazer campanha política no interior do Estado”, escreveu Andrea Murad nas redes sociais.

Nesta sexta-feira (20), Flávio Dino esteve em Lago da Pedra para participar do 36º Congresso Estadual de Missionárias e Dirigentes de Círculo de Oração, da Igreja Assembleia de Deus, que contou também com a presença da sua candidata ao senado, Eliziane Gama. No local, o governador também fez discurso, falando de nomeação de novos policiais e da inauguração de maternidade em Lago da Pedra.

sem comentário »

Edilázio recebe apoio no interior do Maranhão

0comentário

O deputado estadual Edilázio Júnior (PSD) recebeu apoio à sua pré-candidatura a deputado federal, no último fim de semana, nos municípios de Santa Luzia do Paruá e Lago da Pedra.

Em Santa Luzia ele foi recebido pela ex-prefeita dra. Eunice ao lado do ex-prefeito dr. Harolfran Melo e todo o grupo político da região, formado por vereadores, ex-vereadores e lideranças políticas. No encontro, dra. Eunice e dr. Harolfran prometeram empenho em prol da pré-candidatura de Edilázio para a Câmara Federal.

O ex-governador do Maranhão e ex-presidente da Assembleia Legislativa Arnaldo Melo, ao lado da filha, deputada Nina Melo, participou do ato.

Já no município de Lago da Pedra, Edilázio foi recebido pelo ex-prefeito Luiz Osmani. Vereadores, ex-vereadores e lideranças políticas da região declararam apoio ao pré-candidato do PSD.

O vereador do município de Esperantinópolis, Frankson e o ex-prefeito Chico Jovita, também fecharam aliança pela pré-candidatura de Edilázio.

O parlamentar agradeceu o gesto das lideranças políticas de Santa Luzia do Paruá e de Lago da Pedra, e assegurou dedicação e empenho, caso eleito para a Câmara, em prol dos municípios.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Maura Jorge é condenada por improbidade

6comentários

MauraJorge

O juiz Marcelo Santana, titular da 1ª Vara de Lago da Pedra, proferiu decisão na qual condena a Prefeita Maura Jorge ao ressarcimento integral do dano ao erário, à perda da função pública, à  suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 8 (oito) anos, entre outras determinações. Condenou, ainda, o Município de Lago da Pedra a abster-se de produzir, determinar ou manter publicidades com sinais ou outros meios que impliquem promoção pessoal de seus gestores, entre outras penalidades.

Consta na Ação Civil Pública, tendo como requerida Maura Jorge Alves Ribeiro, e o Município de Lago da Pedra, que a primeira teria desrespeitado o comando do art. 37, § 1º da Constituição da República, ao usar da publicidade institucional com o fim de obter sua promoção pessoal, nos anos de 2009 a 2011, como se conclui no pedido e no inquérito anexo.

Destaca a ação: “(…) A primeira requerida passou a utilizar a expressão “Modernidade e Desenvolvimento”, aduzindo que o “M” sempre foi grafado de forma diferenciada e com relevo em várias obras, prédios, informativos, outdoors, página de internet e veículos públicos, suscitando perplexidade quanto à verdadeira meta perseguida, sendo que em algumas obras como a reforma daQuadra de Esporte Velho Zuca, a Praça de Esportes Luan Klisman e a reforma da Praça Rosendo Rodrigues da Silva é visualizado apenas a fixação de “M””.

“Esse M seria em alusão não a expressão Modernidade e Desenvolvimento, mas ao nome MAURA, prática comum usada inclusive quando a mesma exercia outrora o cargo de deputada estadual, como consta em jornal informativo de seu gabinete, que traz o título “Maranhão Melhor”, sempre com a letra “M” em evidência, fato também destacado na atual publicação do “Informativo Lago da Pedra Melhor”, em que novamente a letra “M” é posta em relevo em detrimento das demais”, suscita o pedido do Ministério Público.

(mais…)

6 comentários »

Fufuca repudia declaração de Dutra

0comentário

Vaqueiros

O deputado Federal, André Fufuca repudiou nas redes sociais as declarações do ex-deputado federal e pré-candidato a prefeito em Paço do Lumiar, Domingos Dutra.

Segundo Futuca, recentemente Dutra minimizou o trabalho de milhares de homens e mulheres humildes do Maranhão e de todo o Brasil ao afirmar que um “vaqueiro não pode ser prefeito”. Na ocasião se referia a Laércio Arruda, que irá disputar as eleições deste ano em Lago da Pedra.

“A atitude de Dutra, vinda de um político que sempre talhou sua trajetória na defesa dos mais humildes, é surpreendente. Será que ele mudou de ideia e acha que um vaqueiro ou uma pessoa humilde não pode ter lugar na política? Ou será que sempre pensou assim? “, perguntou.

O parlamentar destacou a importância dos vaqueiros e disse ser testemunha do trabalho de muitos vaqueiros no Maranhão.

“Eu gostaria de manifestar minha admiração por todos os vaqueiros do meu estado e do meu país. Sou testemunha ocular do trabalho árduo prestado por eles, trabalho que resulta em comida na mesa das pessoas. Desde os mais abastados até os mais humildes, sem distinção. Um vaqueiro não pensa em quem irá se beneficiar do trabalho dele, por isso é digno de admiração. Lamento, a quem ache que a política não é lugar para quem trabalha”, finalizou.

sem comentário »

Neto mantém silêncio e acusa Fábio Macedo

0comentário

NetoEvangelista

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social, deputado Neto Evangelista decidiu quebrar o silêncio após o episódio registrado no fim de semana em Lago da Pedra, mas segue sem falar sobre o que aconteceu no fim de semana.

Durante um evento do Governo do Maranhão naquela cidade, o governador Flávio Dino proibiu a prefeita Maura Jorge de falar em público sob alegação de que não estava em “campanha política”.

O secretário Neto Evangelista que é genro da prefeita e tem base eleitoral em Lago da Pedra acompanhou tudo e nada fez. Não teve coragem sequer de acompanhar a prefeita que se retirou do palanque do governador em meio a aplausos e vaias.

Hoje, Neto Evangelista utilizou as redes sociais, mas se manteve em silêncio em relação ao assunto. Pelo contrário, quebrou o silêncio para acusar o colega Fábio Macedo (PDT) de compra de votos.

Foi uma resposta a Fábio Macedo que durante a sessão desta terça-feira (1º) na Assembleia Legislativa disparou: “Quem conhece a política de Lago da Pedra sabe o quanto Maura Jorge se sente dona da cidade e tenta fazer dali o seu feudo, só que vivemos em um momento novo em nosso estado, de mudança e renovação, onde os coronéis não tem vez”.

Neto vangelista disse ainda que Macedo “perdeu a oportunidade de continuar calado”.  Mas ora bolas, entendo que foi Neto Evangelista quem perdeu a grande oportunidade de demonstrar coragem e se manifestar em defesa da sogra, a menos que discorde de tudo que ela fez.

Vamos continuar aguardando uma manifestação de Neto Evangelista sobre tudo que aconteceu em Lago da Pedra. Não adianta fiingir que não viu ou que não aconteceu nada…

sem comentário »

Evento em Lagoa Grande amplia discussão

3comentários

LagoaGrande

Foi no mínimo desrespeitoso o tratamento do governador Flávio Dino com a prefeita Maura Jorge, no último sábado, durante evento na cidade de Lago da Pedra.

Dino proibiu a prefeita de falar durante o evento alegando que não estava ali para fazer campanha. Ao lado estava o deputado e secretário Neto Evangelista que nada fez.

A prefeita acabou se retirando do evento, pois não cabe, mesmo sendo um evento do Governo do Maranhão proibir que a prefeita que diga-se de passagem havia sido convidada tivesse condição de falar em público.

O que mais chamou atenção foi o ato seguinte do governador no município de Lagoa Grande. Lá, o prefeito Jorge de Melo falou o tempo que quis e deixou o governo sem ter o que explicar sobre o que ocorreu em Lago da Pedra.

Ai você vai me perguntar: como a prefeita não pode falar em Lago da Pedra, mas o prefeito pode falar em Lagoa Grande? Será que é porque em um município o prefeito é aliado político do governador e no outro não?

Ninguém entendeu isso. Só o governador mesmo para explicar, mas que foi ridículo….

3 comentários »

Andrea se solidariza com prefeita e critica Famem

2comentários

MauraJorge

A visita do governador Flávio Dino ao município de Lago da Pedra e o triste episódio envolvendo a prefeita Maura Jorge também despertaram críticas da deputada Andrea Murad (PMDB). A parlamentar que já vem presenciando o desleixo e falta de trato do governador com municipalistas, considerou a postura de Flávio Dino arrogante.

“Prefeita Maura Jorge se retira em protesto ao palanque de Flávio Dino em Lago da Pedra, impedida em seu próprio município de discursar, o que demonstra a arrogância, a falta de educação, a ausência de preparo para o cargo que ocupa e o menor jeito de Flávio Dino pra política e, principalmente, pra governador”, escreveu Andrea em seu perfil na rede social.

A deputada também lembrou da Famem, Federação que vem fechando os olhos para os atos humilhantes do governo contra prefeitos que não fazem parte da base do governador Flávio Dino. A Prefeitura de Coroatá, por exemplo, foi a primeira, corajosamente, a se desvincular da instituição por entender que a instituição não responde mais aos interesses dos seus associados. Isso por causa do prefeito Gil Cutrim, atual presidente da Famem.

“Infelizmente, mais uma vez Gil Cutrim se cala, como fez com a prefeita de Coroatá por nunca defender a causa municipalista, mas aos seus interesses junto ao governo. Por isso, Coroatá desvinculou-se da FAMEM, por entender que Gil Cutrim usa a instituição em benefício próprio e é chegada a hora dos prefeitos reagirem. Basta de humilhação, de perseguição, a hora é de afirmação e de defesa do povo que está sendo humilhado e massacrado por um governo que em apensas um ano se transformou na maior mentira da história do Maranhão”, disse a deputada na sua página.

Foto: Blog do Carlinhos

2 comentários »

Constrangimento de Maura Jorge em sua terra

13comentários

[youtube vLOAjULOXwI]

[youtube NQXsaAxrxNw]

Em Lago da Pedra, o Cerimonial do Governo foi pessoalmente a residência da Prefeita Maura Jorge, convidá-la para ir no evento do Governo que acontecia nesse sábado.

Diante isso, a prefeita Maura Jorge mesmo fragilizada com a recente morte do seu tio, com todo respeito e carinho organizou com seu grupo político uma calorosa recepção para dar as boas vindas ao governador queiria trazer benefícios para o povo local. A Prefeita então, se dispôs junto com todo seu povo para organizarem a chegada do governador .

Assim seguiu e todo a multidão seguiu para o local. Já no evento, no palanque, o cerimonial do governo anunciou para as lideranças e para própria Prefeita que ela Maura Jorge Ribeiro iria discursar antes da fala do governador.

Tudo ocorrendo como combinado e o povo continuou aguardando o pronunciamento da prefeita… Ocorreu que minutos depois, de repente, tudo mudou e o governador começou seu discurso, não permitindo que Maura Jorge se pronunciasse.

Discretamente a Prefeita pediu para o governador para usar a palavra, o governador disse para própria prefeita que ela não iria mais falar.

Diante a atitude dele, a prefeita educadamente insistiu e pediu para ela falar pois seu povo aguardava ela dar as boas vindas a ele em nome deles. Mesmo com isso, o governador repetiu para a pefeita, que ela não iria falar pois ele é o governador.

E a prefeita Maura Jorge respondeu a ele: que ele era governador e ela era a Prefeita da cidade e que ela iria falar sim. Logo a multidão local começou a gritar e vaiar, a prefeita Maura Jorge pedia ao povo que se acalmasse e não vaiasse, mas o povo cobrava sem parar o governador o porquê a representante deles não iria mais falar.

Como ela que o recebeu dignamente foi proibida de repente de falar? Com essa situação, a prefeita Maura Jorge retirou-se do palanque e todo o povo que ali estava também, deixando o local praticamente vazio. E de lá a prefeita foi discursar em seu carro de som, para dar uma satisfação para o povo.

Maura Jorge Ribeiro enquanto deputada estadual e como prefeita ,sempre passou para o povo que calúnia e inverdades não fazem parte do seu discurso, que a fala dela condiz com a prática, que ela é política de fazer a diferença na vida das pessoas, que ela é parcerias, que ela é firme no que fala e faz, que respeita a todos e quer ser sempre respeitada.

E que ela e todo seu povo mesmo com esse ocorrido,a inda acreditam que o Governador é governador de todos e que Lago da Pedra continuará de portas abertas para ele.

13 comentários »

Recomendações do MP

0comentário

MauraJorge

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF-MA) e o Ministério Público do Maranhão (MP-MA) apresentaram dez recomendações à prefeita Maura Jorge e à secretária de educação Laudicélia Arruda Melo. Todas as recomendações referem-se a melhorias na educação municipal de Lago da Pedra.

Os MP’s recomendaram que o município realize vistorias nas escolas e apresente relatório produzido por engenheiro e arquiteto, e, logo após, inicie manutenção e reforma nas dependências, que não deverão ultrapassar o prazo final de dois anos. Foi recomendado também que haja garantia de acessibilidade em toda rede de ensino. O município deve apresentar um diagnóstico das condições de acessibilidade de cada escola e apresentar projeto de implementação de acessibilidade arquitetônica de todas as unidades.

Os pedidos buscam ainda, merenda em quantidade e qualidade suficientes, implantação de computadores, conexão de internet, bibliotecas e sinalização de trânsito próximo às escolas. Também, garantia de abastecimento de água potável nas unidades, realização de concursos públicos para docentes e respeito a carga horária dos professores.

A prefeitura recebeu a lista das escolas onde as melhorias devem ser aplicadas e prazos de 30, 60 e 120 dias para apresentar as medidas adotadas.

As recomendações tiveram como base a audiência pública, as visitas realizadas pelos membros do MPF e MPE em algumas escolas do município e os resultados dos questionários respondidos pelos gestores e professores de escolas municipais de Lago da Pedra, durante a realização do projeto Ministério Público pela Educação (MPEduc), ocorrido no município em junho deste ano.

Essas são apenas as primeiras recomendações enviadas ao município que, de acordo o procurador da República Hilton Araújo de Melo, receberá outras em breve.

O descumprimento dos pedidos implicarão nas medidas administrativas e judiciais cabíveis aos responsáveis.

sem comentário »