Prefeitura realiza Dia D de Limpeza das praias

1comentário

Para chamar a atenção da população para o problema da poluição das praias de São Luís, a Prefeitura realiza neste sábado (15), mais um Dia D de Limpeza de Praia, iniciativa firmada pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. A ação faz parte de uma campanha lançada em setembro, durante o Dia Mundial de Limpeza das Praias, para conscientizar a população da cidade sobre os prejuízos ao meio ambiente marinho decorrentes do descarte irregular de resíduos sólidos na areia. A ação acontece na Avenida Litorânea.

A concentração começa às 7h30. O ponto de encontro será a Casa das Dunas. Às 8h, voluntários farão a catação dos resíduos encontrados na faixa de areia que no trecho que segue até a Praça dos Pescadores, na Avenida Litorânea. Os resíduos serão separados em três tipos: recicláveis, orgânicos e perigosos. A catação dos resíduos recicláveis, exceto vidro, será feita pelos voluntários e estudantes municipais. Já os resíduos de vidro, orgânicos e perigosos serão recolhidos pelos agentes de limpeza.

Ao longo da faixa de areia haverá ainda máquinas de remoção que recolherão os resíduos mais pesados, que não podem ser recolhidos manualmente. A catação será encerrada às 10h por causa da tábua de marés.Ao longo do percurso, os frequentadores da praia receberão dicas de como fazer o descarte correto do seu lixo e reduzir a geração de resíduos, protegendo as praias da cidade.

Ao final, tudo que for recolhido será pesado para que as pessoas tenham noção do quanto é descartado irregularmente nas praias de São Luís e os riscos que esse descarte traz. O Cidadão Limpeza Cidade Beleza acompanhará toda a ação, chamando a atenção da população para o problema.

A ação que será realizada neste sábado é um chamamento de cunho social e voluntário à população para que se consiga acabar com o descarte irregular de resíduos. Com a ação a Prefeitura de São Luís pretende que a população compreenda que o ideal é que o serviço de limpeza urbana recolha apenas o que é gerado pela ação da natureza e não pela interferência humana no meio ambiente.

Foto: Agência São Luís

1 comentário »