Jogador do Sampaio diz que foi chamado de ‘macaco’

0comentário

O Sampaio divulgou nota oficial condenando o ato criminoso cometido por um torcedor contra o zagueiro Odair, após a partida contra o Botafogo-PB, pelo Campeonato Brasileiro Série C.

Além do Sampaio, o Botafogo condenou o ato racista. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não se manifestou sobre o assunto.

Odair foi chamado de “macaco’ no momento em que deixava o campo do Estádio Almeidão. O Sampaio venceu o jogo, por 2 a 1, e retornou ao G4. Veja a nota do Sampaio:

“Viemos através desta repudiar o que aconteceu ontem com o zagueiro Odair Lucas, que foi chamado de macaco por um torcedor do Botafogo-PB. Temos certeza que a maioria da torcida do Botafogo não aprova este fato, só que não podemos ficar calados, não é apenas um xingamento qualquer ao fim do jogo, é um crime cometido contra um ser humano. Não ao racismo”, diz o Sampaio.

A diretoria do Botafogo condenou o ato racista, mas disse que não flagrou e nem foi informado por jogadores adversários sobre ofensas.

“O Botafogo Futebol Clube vem a público repudiar veementemente quaisquer ofensas racistas que tenham sido proferidas a partir da arquibancada do Almeidão na noite de sábado (6). O clube tomou conhecimento do ocorrido a partir das redes sociais que um jogador do Sampaio Correa, Odair Lucas, afirmou ter sido agredido com ofensas racistas por um torcedor do Botafogo.

O clube reitera que tal atitude vai frontalmente de encontro aos valores defendidos pelo Botafogo, tais como o respeito e a diversidade nas arquibancadas do Almeidão ou de qualquer estádio. São valores inegociáveis para todos que fazem o clube e que devem refletir na postura dos nossos torcedores.

O relato da ofensa pegou a todos que fazem o clube de surpresa. Passamos por situações muito mais adversas no Almeidão e em nenhum momento flagramos ou fomos informados por jogadores adversários de ofensas racistas terem partido de algum torcedor do Botafogo em nossa história recente.

Somos do estado em que metade da nossa população é negra, somos nordestinos e sabemos que preconceito e discriminação não cabem mais na nossa sociedade. O Botafogo externa toda solidariedade ao atleta Odair Lucas.

O Botafogo somos todos nós, sem exclusão. Não ao racismo!”.

Foto: Elias Auê / Sampaio

sem comentário »