Recado dado

2comentários

FlavioDino

Ainda há os que queriam “se enganar”, mas a verdade é que o governador Flávio Dino (PCdoB) mandou um recado claro aos prefeitos maranhenses, quando da sua participação na I Marcha Municipalista do Maranhão: ele não atenderá aos pedidos dos gestores por mais celeridade no pagamento de convênios.

Pelo menos, não do jeito que os prefeitos pensavam que conseguiriam.

Durante todo o evento, na presença do comunista, o anfitrião Gil Cutrim (PDT), prefeito de São José de Ribamar e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), apresentou as demandas dos colegas prefeitos, reclamou de secretários que não os atendem e pediu um posicionamento formal do governo sobre o pagamento dos convênios.

– O que nós queremos saber é se vai pagar, ou se não vai. Porque nós temos que dar uma satisfação para o nosso povo. O povo está pensando que os prefeitos roubaram o dinheiro -, reclamou Cutrim.
Dino respondeu. E em dois momentos distintos do discurso deu o recado. Primeiro, disse ser impossível atender às demandas de todos.

– Dialogar não significa, necessariamente, ter todos os seus desejos individuais atendidos, por um motivo simples: não é possível. Até porque a vida seria inviável se todas as vontades individuais das pessoas fossem atendidas -, declarou.

Mais adiante, fez um arrazoado sobre a crise econômica mundial para justificar os problemas financeiros do Estado, citou “imprevisibilidades” que se abateram sobre os cofres estaduais e arrematou:

– Eu vou dizer uma coisa pra vocês com a franqueza que eu acho que é preciso ter nesse diálogo: nós poderíamos ter avançado mais nesse tema tão estimado de vocês todos que é o tema dos convênios, não fossem as imprevisibilidades, coisas que não estavam escritas e não aconteceram – completou.

O recado está dado. Se alguém ainda tem alguma dúvida…

Coluna O Estado Maior/ O Estado

2 comentários »

Hora de diálogo

0comentário

GilCutrim

Gestores públicos municipais dialogaram nesta sexta-feira (30) com o governador Flávio Dino, oportunidade na qual receberam a confirmação de que, a partir de janeiro de 2016, Prefeituras não mais irão arcar com despesas (pagamento de combustível de viaturas das Polícias Civil e Militar e custeio de alimentação dos policiais, por exemplo) relacionadas ao sistema de Segurança Pública.

O governador garantiu, ainda, que outras reivindicações — pagamento do restante dos convênios firmados ano passado; custeio dos hospitais de 20 leitos; aumento dos repasses aos municípios para custeio do transporte escolar dos alunos do Ensino Médio – serão avaliadas e atendidas dentro do possível, obedecendo a capacidade orçamentária do Estado que, segundo o próprio Dino, também enfrenta dificuldades financeiras.

“Assim como os municípios, o Estado do Maranhão também está sendo penalizado financeiramente com a perda de recursos. No entanto, temos um planejamento a ser seguido e iremos, sim, atender as reivindicações dentro do possível. Uma delas, já a partir de janeiro, será a questão do fim do suporte que as Prefeituras dão ao setor de Segurança Pública”, afirmou o governador.

A plenária envolvendo prefeitos e o governador ocorreu durante o segundo dia de programação da I Marcha Municipalista do Maranhão, evento promovido pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) e que reuniu mais de 200 gestores.

Os trabalhos foram coordenados pelo presidente da entidade, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), e também contou com as participações de outros agentes da classe política e da sociedade.

Gil Cutrim mostrou ao governador a situação de dificuldade financeira vivida, hoje, pelas cidades maranhenses (somente nos últimos três meses, os municípios perderam mais de R$ 100 milhões de recursos do FPM) e ratificou o compromisso de trabalhar junto com toda classe política no sentido de modificar esta realidade.

Cutrim também apresentou a deputados estaduais e federais reivindicações municipalistas que, a partir de agora, serão trabalhadas na Assembleia Legislativa e em Brasília.

“A Marcha contou com a participação massiva dos prefeitos e prefeitas. Mostramos força e, principalmente, comprovamos que estamos unidos em favor dos municípios. Quero também agradecer o Flávio Dino, que se fez presente e dialogo conosco.  Prova concreta de que o governador é municipalista e também está irmanado com os gestores em prol das cidades”, disse o presidente da Famem.

sem comentário »

Pauta definida

0comentário

MarchaMunicipalista

Prefeitos de várias regiões do Estado fecharam questão nesta quinta-feira (29), durante plenária da I Marcha Municipalista do Maranhão, evento que está sendo promovido pela FAMEM no Rio Poty Hotel, em São Luís, em torno de uma pauta de reivindicações municipalistas que será discutida com o governador Flávio Dino, deputados estaduais, deputados federais e senadores nesta sexta-feira (30).

A plenária ocorreu pela manhã, após a abertura oficial do evento, cerimônia que contou com as participações do presidente da entidade municipalista, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar); vice-governador Carlos Brandão; presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Jorge Pavão; representantes da CGU e CNM; além de dezenas de gestores públicos e técnicos municipais.

A pauta municipalista abordará as seguintes reivindicações: pagamento do restante dos convênios firmados com municípios ano passado; custeio dos hospitais de 20 leitos; aumento dos repasses, por parte do Estado, aos municípios para custeio do transporte escolar dos alunos do Ensino Médio; maior investimento no setor de segurança pública e fim do suporte financeiro dado pelos municípios para custeio de equipamentos do setor (aluguel de prédios de delegacias e de companhias militares; pagamento de combustível para viaturas policiais, por exemplo).

Gil Cutrim classificou o primeiro dia da Marcha como muito proveitoso. “Tanto as reuniões políticas, como as palestras e oficinas, contaram com a participação massiva dos gestores e técnicos. É mais uma prova de que a Marcha está alcançando seu objetivo”, disse.

Para Ribamar Alves, prefeito de Santa Inês, é necessário que a classe política sele um pacto de união e trabalhe com unidade para evitar que as administrações municipais entrem em colapso.

Leia mais

sem comentário »

Marcha Municipalista

0comentário

MarchaMunicipalista

Idealizada pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), a I Marcha Municipalista do Maranhão será realizada nesta quinta-feira (29) e sexta-feira (30) no Rio Poty Hotel, em São Luís.

O evento pioneiro no Estado reunirá agentes da classe política (prefeitos e prefeitas; deputados estaduais, deputados federais, senadores; além do governador Flávio Dino) e representantes de vários segmentos da sociedade que, juntos, irão discutir soluções para a situação de crise financeira vivida pelas cidades maranhenses.

As inscrições, assim como a programação completa, estão disponíveis no www.famem.org.br

Somente nos últimos três meses deste ano, as cidades maranhenses foram penalizadas com a perda de mais de R$ 100 milhões de recursos do Fundo de Participação dos Municípios, situação que está tornando quase que impraticável as administrações públicas municipais.

A I Marcha Municipalista do Maranhão tem como tema “Crise e Conscientização – Prefeitos Em Busca de Soluções”, uma alusão às dificuldades financeiras pelas quais passam os municípios devido a queda constante de repasses do FPM.

Programação

sem comentário »

Marcha Municipalista

0comentário

GilCutrim

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Jorge Pavão, confirmou nesta quinta-feira (22), durante reunião com o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), apoio e participação do TCE na I Marcha Municipalista do Maranhão, evento que acontece nos dias 29 e 30 deste mês no Rio Poty Hotel, em São Luís. As inscrições para o evento estão disponíveis no www.famem.org.br

Jorge Pavão destacou o caráter mobilizador e de união da Marcha, principalmente devido a atual situação de crise financeira vivida pelos municípios maranhenses. De acordo com o presidente, a Corte de Contas enviará conselheiros e técnicos para participar das plenárias com os gestores públicos municipais.

“A Marcha Municipalista é um evento importante que, com toda certeza, entrará para o calendário político do Maranhão. O TCE apoia a iniciativa e irá contribuir no sentido de aproximar, cada vez mais, o Tribunal dos gestores públicos, mostrando aos mesmos a sua função orientadora e não apenas punitiva”, disse Pavão.

Gil Cutrim agradeceu o apoio do presidente do Tribunal. Para ele, ter a participação de diversas instituições e órgãos de controle externo tornará o debate acerca da situação das cidades mais proveitoso e enriquecedor. A reunião de trabalho contou, ainda, com a participação do conselheiro Washington Oliveira.

A I Marcha Municipalista do Maranhão tem como tema “Crise e Conscientização – Prefeitos Em Busca de Soluções”, uma alusão às dificuldades financeiras pelas quais passam as cidades maranhenses devido a queda constante de repasses do Fundo de Participação dos Municípios – somente nos últimos três meses, as cidades maranhenses perderam mais de R$ 100 milhões de recursos do FPM.

programação será composta de oficinas temáticas, que abordarão temas de interesse da municipalidade, e reuniões políticas com as bancadas de deputados estaduais, federais, senadores; além do governador Flávio Dino e seu secretariado.

sem comentário »

Pressão de prefeitos

2comentários

GileLeo

Prefeitos de seis regiões do Estado (Cocais, Leste Maranhense, Sul, Pedreiras, Pré-Amazônia e Tocantina) irão cobrar do Governo do Estado, Assembleia Legislativa e Bancada Maranhense em Brasília ações efetivas e que beneficiem os municípios amenizando, desta forma, a situação de crise financeira vivida atualmente pelas Prefeituras – somente nos últimos três meses, as cidades maranhenses perderam mais de R$ 100 milhões de recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

O pacto de união foi firmado esta semana durante reuniões de trabalho nas cidades de Caxias e Imperatriz e que funcionaram como mecanismos mobilizadores para a I Marcha Municipalista do Maranhão, evento promovido pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) e que acontece nos dias 29 e 30 deste mês no Rio Poty Hotel, em São Luís.

As inscrições para o evento pioneiro podem ser feitas no www.famem.org.br. Nas reuniões, gestores públicos elencaram uma série de reivindicações que serão tratadas com deputados estaduais, deputados federais, senadores e o governador Flávio Dino durante a Marcha.

Eles destacaram como prioridade resolução urgente para a questão do pagamento dos convênios firmados ano passado; subfinanciamento dos programas federais; maior apoio do Governo ao serviço de transporte escolar prestado pelos municípios aos estudantes do Ensino Médio; fim do apoio financeiro das Prefeituras ao sistema estadual de Segurança Pública (custeio de aluguel de prédios [delegacias] e combustível para viaturas da PM, por exemplo); aprovação, na AL, de projetos de lei de interesse da municipalidade; modificação do pacto federativo injusto imposto pela União aos municípios; dentre outros.

“É necessário, de fato, que a situação dos municípios do Maranhão seja olhada com toda atenção possível. A queda constante de recursos do FPM está inviabilizando as administrações. Muitos gestores não estão conseguindo nem pagar os servidores. Nós, prefeitos e prefeitas, precisamos contar com mais apoio dos demais agentes da classe política”, afirmou o prefeito Leo Coutinho, de Caxias.

GileMadeira

Avaliação parecida fez Sebastião Madeira, prefeito de Imperatriz. De acordo com ele, somente unindo forças será possível pleitear novas realizações direcionadas para as cidades.

Representando a Assembleia Legislativa nas reuniões de trabalho, o deputado Glalbert Cutrim destacou a importância da Marcha como forma de mobilizar a classe política em relação a difícil situação vivida, hoje, pelas cidades.

Presidente da entidade municipalista e coordenador das reuniões, o prefeito Gil Cutrim, de São José de Ribamar, classificou os encontros como proveitosos e, de acordo com ele, foram fundamentais para que uma pauta específica de reivindicações fosse traçada.

A I Marcha Municipalista do Maranhão tem como tema “Crise e Conscientização – Prefeitos Em Busca de Soluções”, uma alusão às dificuldades financeiras pelas quais passam as cidades maranhenses devido a queda constante de repasses do FPM.

programação, também disponível no www.famem.org.br, será composta de oficinas temáticas, que abordarão temas de interesse da municipalidade – comunicação e negociação no setor público, elaboração de projetos e práticas sociais, licitações e contratos, operacionalização do Siconv – e reuniões políticas com as bancadas de deputados estaduais, federais, senadores; além do governador Flávio Dino e seu secretariado.

2 comentários »

Marcha Municipalista

1comentário

MarchaMunicipalista

Os municípios de Caxias e Imperatriz recebem, na próxima semana, reuniões de trabalho promovidas pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) e que visam mobilizar prefeitos, técnicos municipais e a sociedade para a I Marcha Municipalista do Maranhão, que acontece nos dias 29 e 30 deste mês no Rio Poty Hotel, em São Luís. As inscrições para participar do evento pioneiro no Estado podem ser feitas no www.famem.org.br

O primeiro encontro será realizado terça-feira (20), a partir das 10h, no auditório da Prefeitura de Caxias, no centro da cidade. Participarão da reunião gestores de cidades das Regiões dos Cocais, Leste Maranhense e Pedreiras.

Em Imperatriz, a plenária será promovida na quarta-feira (21), a partir das 14h, na Universidade Aberta do Brasil, oportunidade na qual estarão reunidos prefeitos e prefeitas das Regiões Tocantina, Sul e Pré-Amazônia.

A exemplo do que aconteceu na Baixada Maranhense e na Região do Vale do Pindaré, o presidente da entidade municipalista, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), apresentará o projeto do evento, mostrando sua importância enquanto mecanismo fortalecedor do municipalismo no Estado.

Gestores e representantes da sociedade também terão a oportunidade de se manifestar sugerindo, inclusive, novas pautas ou assuntos que poderão ser tratados durante a Marcha.

A I Marcha Municipalista do Maranhão tem como tema “Crise e Conscientização – Prefeitos Em Busca de Soluções”, uma alusão às dificuldades financeiras pelas quais passam as cidades devido à queda constante de repasses do Fundo de Participação dos Municípios.

Somente de julho a setembro deste ano, os municípios maranhenses foram prejudicados com a perda de mais de R$ 100 milhões de recursos do FPM.

A programação, também disponível no www.famem.org.br,  será composta de oficinas temáticas, que abordarão temas de interesse da municipalidade, e de reuniões políticas com as bancadas de deputados estaduais e federais; e com o governador Flávio Dino e seu secretariado.

1 comentário »

Marcha Municipalista

0comentário

Famem

Gestores públicos da Região do Vale do Pindaré, dentre eles prefeitos, prefeitas e técnicos municipais, confirmaram participação na I Marcha Municipalista do Maranhão, evento promovido pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) e que acontece nos dias 29 e 30 deste mês no Rio Poty Hotel, em São Luís.

Na reunião de trabalho, ocorrida na última sexta-feira (9) no auditório da Prefeitura de Santa Inês e coordenada pelos prefeitos Ribamar Alves e Gil Cutrim – este último presidente da entidade municipalista – foi fechada questão no sentido de cobrar do Governo do Estado e dos deputados estaduais e federais maior empenho na resolução de problemas que continuam afetando as cidades, dentre eles o pagamento de convênios firmados com as Prefeituras ano passado; fim do subfinanciamento dos programas federais; custeio do transporte escolar; manutenção de hospitais; e o fim do apoio financeiro dos municípios ao sistema de segurança pública, principalmente no que diz respeito ao pagamento de aluguéis de prédios e abastecimento de veículos das Polícias Civil e Militar.

“O encontro foi muito proveitoso e se confirmou a união dos gestores em torno de uma causa única, que é trazer mais benefícios para os municípios, amenizando a situação de crise financeira pelos quais os mesmos estão passando”, avaliou Ribamar Alves.

Walber Pereira, prefeito de Pindaré Mirim, disse estar esperançoso de que, durante a Marcha, o governo estadual possa anunciar um pacote de novas ações que sejam benéficas às cidades.

“Os municípios, desde o início do ano, sofrem com a queda permanente de recursos do FPM. Muitos não estão, sequer, conseguindo pagar a folha de funcionários. É necessário que o Governo, durante a Marcha, atenda pelo menos alguns de nossos pleitos. Caso contrário, será impossível continuar mantendo uma administração municipal”, disse.

Gil Cutrim afirmou que as reuniões de mobilização para Marcha nas Regiões da Baixada e Vale do Pindaré foram importantes, principalmente porque foi possível inserir na pauta do evento sugestões apontadas pelos próprios gestores. O presidente da FAMEM explicou que novos encontros serão realizados em outras Regionais, dentre elas Cocais e Tocantina.

As inscrições para a I Marcha Municipalista do Maranhão podem ser feitas no www.famem.org.br. A programação será composta de oficinas temáticas, que abordarão temas de interesse da municipalidade, e reuniões políticas com deputados estaduais, federais e o governador Flávio Dino.

sem comentário »

Mobilização na Baixada

0comentário

GIlCutrim

Prefeitos da Região da Baixada Maranhense reuniram-se nesta quinta-feira (08), na cidade de Pinheiro, oportunidade na qual foi pregada a união da classe e dado total apoio à I Marcha Municipalista do Maranhão, que acontece nos dias 29 e 30 deste mês no Rio Poty Hotel, em São Luís.

O encontro de mobilização para o evento pioneiro no Estado foi promovido pelo presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), com o apoio do prefeito Filuca Mendes.

Os participantes tiveram acesso a todas as informações sobre a Marcha, cujas inscrições estão disponíveis nowww.famem.org.br, e também puderam discutir assuntos de interesse das cidades, dentre eles pagamento de convênios, transporte escolar, maior investimento no setor da segurança pública e manutenção de hospitais.

Para o prefeito de Bequimão, José Martins, a Marcha tem uma importância muito grande, uma vez que oferecerá aos gestores a oportunidade de dialogar diretamente com as bancadas de deputados estaduais e federais; senadores; e com o próprio governador Flávio Dino.

“Além disso, o evento oferecerá oficinas que abordarão temas de interesse de todos aqueles que, direta ou indiretamente, possuem ligação com a administração pública municipal”, destacou.

Filuca Mendes disse ser necessário que os gestores públicos municipais do Maranhão se unam neste momento. De acordo com ele, somente desta forma será possível fortalecer as cidades, amenizar a crise financeira que prejudica as mesmas e obter novas conquistas junto ao Governo do Estado.

Gil Cutrim classificou a reunião como proveitosa. O presidente da Federação explicou que os encontros de mobilização terão prosseguimento, sendo que o segundo será realizado nesta sexta-feira (09), na cidade de Santa Inês (Região do Vale do Pindaré).

“Na próxima semana estaremos em outras regionais apresentando o evento e mobilizando a classe política”, disse.

A I Marcha Municipalista do Maranhão tem como tema “Crise e Conscientização – Prefeitos Em Busca de Soluções”, uma alusão às dificuldades financeiras pelas quais passam as cidades maranhenses devido a queda constante de repasses do FPM.

A programação será composta de oficinas temáticas, que abordarão temas de interesse da municipalidade – comunicação e negociação no setor público, elaboração de projetos e práticas sociais, licitações e contratos, operacionalização do Siconv – e reuniões políticas.

sem comentário »

Marcha Municipalista

0comentário

GilCutrimFamem

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) promove nesta quinta-feira (8) e sexta-feira (9), nos município de Pinheiro e Santa Inês, trabalho de mobilização de gestores públicos e representantes da sociedade para a I Marcha Municipalista do Maranhão, evento que acontece nos dias 29 e 30 deste mês no Rio Poty Hotel, em São Luís.

A Marcha, cujas inscrições podem ser feitas www.famem.org.br, funcionará como o maior fórum de debates já realizado no Estado sobre a crise financeira vivida pelos municípios na atualidade.

Em Pinheiro, o encontro de trabalho será realizado na quinta, a partir das 10h, no Centro Cultural José Sarney, no Centro da cidade. Cerca de 30 prefeitos e prefeitas da Região da Baixada participarão da reunião na qual o presidente da entidade municipalista, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar) apresentará o projeto do evento, mostrando sua importância enquanto mecanismo fortalecedor do municipalismo no Estado.

Na sexta, em Santa Inês, aproximadamente 40 gestores da Região do Vale do Pindaré participarão do encontro que será promovido no auditório da Prefeitura Municipal.

As reuniões de mobilização, é importante destacar, contam com os apoios dos prefeitos Filuca Mendes e Ribamar Alves, ambos integrantes da diretoria da Federação.

sem comentário »